• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

domingo, 11 de Junho de 2006

180 - Vinha D'Ervideira Trincadeira & Aragonez 2003 (Tinto)

180 - Vinha D'Ervideira Trincadeira & Aragonez 2003 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Trincadeira e Aragonez
Produtor: Ribeira da Ervideira, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Aromas bem frutados e complementados com um paladar muito agradável e de boca cheia, é encorpado e o seu final é prolongado e suave.




Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Abril 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Janeiro 2005

Rótulo: Este vinho foi obtido exclusivamente a partir das duas castas mais emblemáticas do Alentejo, TRINCADEIRA e ARAGONEZ que aqui se complementam de forma excelente. O resultado é um vinho de côr granada com aromas de ameixa e amoras silvetres, de textura aveludada, com notória e equilibrada estrutura complexada pela madeira, e de degustação persistente.

Etiquetas: , , , , ,

179 - Outeiro da Águia Colheita Seleccionada 2003 (Tinto)

179 - Outeiro da Águia Colheita Seleccionada 2003 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade do Meio - Casa Agrícola João & António Pombo, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Notas de Prova: Aromas intensos a frutos vermelhos que atingem o seu auge na boca, é cheio, vigoroso e aromatizado a baunilha, o final de boca é persistente e prolongado, sendo que impressiona a fruta apresentada.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2007

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2004

Rótulo: Este vinho de qualidade superior, produzido na Herdade do Meio numa quantidade limitada de 20.000 garrafas a partir de uma selecção das castas Aragonês, Trincadeira e Alicante Bouschet, foi vinificado em lagares com engaço total pelo processo de curtimenta completa, e submetido a um estágio de 8 meses em barricas de Carvalho francês e americano. Apresenta-se de cor rubi, aroma a frutos vermelhos bem maduros, bons taninos, encorpado, boa acidez e final longo, revelando toda a nobreza dos melhores vinhos tradicionais alentejanos.

Etiquetas: , , , , , ,

178 - Casa da Alorna Colheita Seleccionada 2003 (Tinto)

178 - Casa da Alorna Colheita Seleccionada 2003 (Tinto)
Região: DOC Ribatejo
Castas: Castelão, Trincadeira e Tinta Miúda
Produtor: Quinta da Alorna Vinhos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu e Martta Simões
Notas de Prova: Cor rubi intensa e aromas fortemente marcados pelos frutos silvestres bem maduros, na boca é volumoso e impetuoso até, a especiaria aparece muito bem integrada num conjunto frutado e fresco, o final é persistente e comprido.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2007

Rótulo: Produzido a partir das castas Castelão (Periquita), Trincadeira e Tinta Miúda com estágio de 9 meses em carvalho americano. Aroma e frutos vermelhos maduros, ameixa e groselha. É macio, com complexidade a fruta, madeira e especiarias. Ideal para acompanhar queijos fermentados e especialmente pratos de caça. Consumir a 18ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

177 - Quinta da Barreira Reserva 2003 (Tinto)

177 - Quinta da Barreira Reserva 2003 (Tinto)
Região: Regional Estremadura
Castas: Tinta Roriz, Castelão e Alicante Bouschet
Produtor: Quinta da Barreira - Viticultura e Serviços, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Alfredo Pinto Gaspar
Notas de Prova: Aromas de pimentos verdes e leves notas vegetais, na boca a fruta madura dá um sinal da sua graça e o final é mediano mas persistente.


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2007

Rótulo: Nota Gastronómica - Deve ser servido à temperatura de 18ºC a acompanhar assados, carnes vermelhas e queijos fortes. Apreciação Organoléptica - Aroma complexo e intenso, ressaltando a fruta que o originam e a madeira onde estagiou durante 6 meses. Cor rubi com prova harmoniosa e bem balanceada entre o corpo, estrutura e a componente madeira de carvalho americano. Descrição Técnica - Elaborado a partir das castas Tinta Roriz, Castelão e Alicante Bouschet provenientes na sua maioria de uma vinha com mais de 40 anos. Origem, História - Produzido pelo enólogo José Gaspar na sua adega centenária, de tradição familiar, na Quinta da Barreira. Desta colheita, produziram-se 16600 garrafas, cabendo a esta Garrafa o nº 00962.

Etiquetas: , , , , , ,

176 - Casa da Palmeira 2001 (Tinto)

176 - Casa da Palmeira 2001 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Quinta de Vila Maior - Manuel Joaquim Pinto
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Álvaro Van Zeller
Notas de Prova: Aromas bem conseguidos a frutos silvestres acompanhados de leves notas de madeira, equilibrado e de paladar cheio, respirando faz lembrar o martini rosso, o final de boca é persistente e interessante.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2006

Rótulo: Produzido na Quinta de Vila Maior. Situada na foz do rio Sabor, coração do Douro Superior, a partir das castas Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional. As uvas são vindimadas em caixas de 20 kg e, criteriosamente, seleccionadas em tapete. O mosto é submetido a uma maceração pré-fermentativa a baixa temperatura nos tradicionais lagares de granito do Douro e a fermentação decorre em cubas de aço inoxidavel sob temperatura controlada. Depois de um estágio em barricas de 2º e 3º ano, de carvalho americano e francês, o vinho é submetido a uma ligeira filtração antes de ser engarrafado. Acompanha, preferencialmente, bacalhau e peixes gordos assados, pratos de carne vermelha e queijos. Servir à temperatura de 20 - 22ºC. Data de vindima: 10 de Setembro. Enólogo responsável: Álvaro van Zeller

Etiquetas: , , , , , ,

175 - Fiúza Reserva 1998 (Tinto)

175 - Fiúza Reserva 1998 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Cabernet Sauvignon e Merlot
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Peter Bright
Notas de Prova: Não foi possível a Prova devido ao efeito TCA (cheiro a rolha).





Classificação Pessoal: ......................................0
• Data da Prova: Janeiro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Janeiro 2003

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Março 2001

Rótulo: Vinho produzido apenas em anos de colheitas especiais, a partir de uma selecção das uvas da vinha de Joaquim Mascarenhas Fiuza, denominada Quinta de Granja. Contém uma mistura de Cabernet Sauvignon e Merlot. Este vinho estagiou em barricas novas de carvalho durante um ano seguindo-se um estágio de ano e meio em garrafa.

Etiquetas: , , , , ,

174 - Quinta de S. João Batista Castelão 2002 (Tinto)

174 - Quinta de S. João Batista Castelão 2002 (Tinto)
Região: DOC Ribatejo
Castas: Castelão
Produtor: Caves Dom Teodósio, S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: Carlos Eduardo
Notas de Prova: Cor rubi forte e aromas a frutos bem maduros, na boca notam-se os taninos ainda algo ácidos tendo um final médio e um tanto ou quanto encorpado.




Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Dezembro 2005

Rótulo: Anos de tradição vitícola estão na origem da produção de vinho nesta quinta de rara beleza. Situada na região de Tomar, esta propriedade é rica em solos calcários, pardos e vermelhos, onde a casta predominante é a "Castelão". Produz vinhos de invulgar qualidade, equilibrados de corpo e suaves no paladar.

Etiquetas: , , , , ,

173 - Quinta de S. João Batista Fernão Pires 2003 (Branco)

173 - Quinta de S. João Batista Fernão Pires 2003 (Branco)
Região: DOC Ribatejo
Castas: Fernão Pires
Produtor: Caves Dom Teodósio, S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12%
Enólogo: Carlos Eduardo
Notas de Prova: Trata-se de um vinho com aromas frutados e frescos mas curtos no final de boca.





Classificação Pessoal: ......................................13
• Data da Prova: Outubro 2006

Rótulo: A casta "Fernão-Pires", tipicamente Ribatejana, quando vinificada com esmero, origina vinhos extremamente frutados e frescos como é o caso deste D.O.C. - QUINTA DE S. JOÃO BATISTA. Cultivadas e vinificadas na própria quinta, as uvas que originaram este vinho, foram alvo dos maiores cuidados desde a sua nascença até à sua vindima.

Etiquetas: , , , , ,

172 - Domini 2002 (Tinto)

172 - Domini 2002 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Notas de Prova: Aromas a frutos silvestres com leves notas de madeira, perdendo alguma força no paladar, taninos com falta de alguma frescura, o final é mediano mas equilibrado.



Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Janeiro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14.5
• Data da Revista: Novembro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................13.5
• Data da Revista: Fevereiro 2005

Rótulo: Domini é um projecto que junta dois senhores do vinho, Domingos Soares Franco e Cristiano Van Zeller, com o objectivo de optimizar a excelência das castas e dos vinhos do Douro. Aprecie em boa companhia com borrego assado e queijos de pasta mole.

Etiquetas: , , , , , ,

171 - Fiúza Cabernet Sauvignon 2001 (Tinto)

171 - Fiúza Cabernet Sauvignon 2001 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Cabernet Sauvignon
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Peter Bright
Notas de Prova: Aromas a frutos vermelhos bem notórios, acompanhados com leves notas de pimento verde, característicos da própria casta, tem um final médio mas persistente.



Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Novembro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2004

Rótulo: O viticultor José Mascarenhas Fiuza e o enólogo australiano Peter Bright uniram-se para produzir uma excelente série de vinhos através de castas de origem Francesa. Cultivadas numa única vinha localizada na região Ribatejana, produziu este Cabernet Sauvignon complexo com sabor a frutos silvestres maduros, estagiando um ano em castas novas de carvalho que adicionou complexidade e suavizou-o, tornando-se num vinho ideal para consumo imediato ou envelhecimento em garrafas.

Etiquetas: , , , , ,

170 - Quinta do Crasto 2003 (Tinto)

170 - Quinta do Crasto 2003 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Dominic Morris e Susana Esteban
Notas de Prova: Frutos vermelhos maduros e concentrados bem evidentes no aroma, acompanhados por leves e agradáveis notas de baunilha referente ao seu estágio em madeira, na boca os frutos estão em plena harmonia e os taninos suaves, é um vinho encorpado e tem um final prolongado e delicioso.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2010

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Setembro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Dezembro 2005

Rótulo: Localizada na margem direita do rio Douro, a meia distância entre a Régua e o Pinhão, a Quinta do Crasto já figurava no mapa do Barão de Forrester. Produzido a partir das castas Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional, este vinho revela um aroma muito vigoroso de frutos vermelhos com boas notas de especiarias. Na boca mostra uma boa estrutura, com taninos firmes e uma acidez equilibrada. Quinta do Crasto Douro 2003 foi ligeiramente filtrado antes de ser engarrafado em Julho de 2004.

Etiquetas: , , , , , , ,

169 - Galeria Pinot Noir 2001 (Tinto)

169 - Galeria Pinot Noir 2001 (Tinto)
Região: Regional Beiras
Castas: Pinot Noir
Produtor: Caves Aliança, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Francisco Antunes
Notas de Prova: O aroma da fruta está presente mas os taninos revelam um pouco de acidez, a madeira sente-se no paladar e o final é médio.





Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Agosto 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Prova: Maio 2004

Rótulo: Convictos do grande potencial desta casta, recuperamos um património vitícola há largos anos desaparecido, criando assim este Galeria Pinot Noir, decor rubi, frutado, suave, elegante e com uma suave nuance de madeira que advém do seu curto estágio em barricas de carvalho francês.

Etiquetas: , , , , ,

168 - Foral de Évora 2003 (Tinto)

168 - Foral de Évora 2003 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Colaço do Rosário e Pedro Baptista
Notas de Prova: Aromas a frutos bem maduros, taninos bem polidos e de acidez equilibrada, mostra complexidade e estrutura, o paladar é macio e a madeira é notória, o final é algo comprido.


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2007

Rótulo: A tradição do vinho na região de Évora remonta a tempos imemoriais. O Foral que D. Manuel I outorgou à cidade em 1501 disso dá testemunho. No ano em que Évora comemora os 500 anos do Foral Manuelino e honrando uma longínqua tradição vitivinícola, a Fundação Eugénio de Almeida junta o sabor da história à arte única deste vinho, numa edição evocativa do Foral. Este vinho é constítuido pela associação de castas Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet, estagiou em barricas novas de carvalho francês e em garrafa. É um vinho cheio, com a exuberância própria da sua juventude revelando grande concentração na côr, aroma e sabor. Terminando com bastante suavidade e persistência. Este vinho não foi estabilizado pelo que, com o tempo, pode vir a apresentar um ligeiro depósito.

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 9 de Junho de 2006

167 - Vinha da Nora 2001 (Tinto)


167 - Vinha da Nora 2001 (Tinto)
Região: Regional Estremadura
Castas: Syrah
Produtor: José Bento dos Santos - Quinta do Monte D'Oiro
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: José Bento dos Santos e Luís Elias Carvalho
Notas de Prova: Cor rubi bem intensa e aromas cheios de fruta madura, paladar macio mas corpulento, com uma complexidade bem interessante e acidez equilibrada, taninos maduros e madeira muito bem casada com a fruta, final longo e persitente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Setembro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Maio 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Março 2005

Rótulo: Este vinho foi elaborado com um rigor e cuidado extremos a partir da casta Syrah, fazendo sobressair as características do 'terroir'. A produção de uva por hectare foi reduzida e estagiou em barricas de carvalho francês das quais 50% novas. Assume a personalidade vincada dos vinhos da Quinta do Monte d'Oiro, o que lhe confere um notável sentido gastronómico para acompanhar a cozinha clássica. Este vinho deverá atingir o seu auge 5 a 7 anos depois do ano de colheita, podendo no entanto ser apreciado a partir de final de 2004.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 6 de Junho de 2006

166 - Casa de Santar Reserva 2003 (Tinto)


166 - Casa de Santar Reserva 2003 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Notas de Prova: Aromas a frutos silvestres e a especiarias, na boca é cheio e demonstra toda a madeira que possui, detém um final bem agradável e prolongado.




Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Março 2014

Classificação Blue Wine: ...................................16.5
• Data da Revista: Agosto 2008

Classificação Blue Wine: ...................................14.5
• Data da Revista: Maio 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Abril 2006

Rótulo: A Casa de Santar orgulha-se de apresentar este vinho Reserva, bem representativo das suas tecnologias e que estagiou em barricas de carvalho de alta qualidade. Cor rubi brilhante, aromas intensos a frutos silvestres e especiarias, expressando na boca todo o seu equilíbrio austero com final aveludado. Elegância e equilíbrio são a assinatura dos nossos vinhos.

Etiquetas: , , , , , ,

165 - Conde de Vimioso 2003 (Tinto)

165 - Conde de Vimioso 2003 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Trincadeira, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Cabernet Sauvignon
Produtor: Falua - Sociedade de Vinhos S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: João Portugal Ramos
Notas de Prova: Aroma com frutos maduros predominantes, taninos a necessitar de respiração, na boca é encorpado e tem um final cheio.



Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Janeiro 2005

Rótulo: O titulo Conde Vimioso está profundamente ligado à região ribatejana e às suas tradições. Noutros tempos, o 1º Conde de Vimioso, D. Francisco de Portugal, foi cognominado o Catão Português, pelos seus ditos conceituosos e dotes de espírito. Um nome à altura deste vinho intenso, que marca o renascimento desta região vitícola.

Etiquetas: , , , , , , ,

164 - Lavradores de Feitoria 2004 (Tinto)

164 - Lavradores de Feitoria 2004 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: Lavradores de Feitoria, Vinhos de Quinta S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paulo Ruão
Notas de Prova: Frutos maduros bem presentes no aroma e bem confirmandos na boca, é suave e tem um final simpático.



Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Dezembro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14
• Data da Revista: Junho 2006

Rótulo: A Lavradores de Feitoria reúne as novas gerações do Douro: vitinicultores, proprietários de Quintas nas três sub-regiões e profissionais de Enologia, Marketing e Gestão. Este vinho mostra bastante juventude, com aromas bem característicos das melhores castas e terroirs do Douro. Fresco, frutado, com taninos muito suaves, mostra-se bem equilibrado com um final elegante e muito agradável.

Etiquetas: , , , , , , ,

163 - Quinta do Vallado 2003 (Tinto)


163 - Quinta do Vallado 2003 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional e Sousão
Produtor: Quinta do Vallado - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Francisco Olazabal
Notas de Prova: Cor carregada e frutos vermelhos concentrados, taninos firmes e bem equilibrados, o final de boca é prolongado e muito frutado.


Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Outubro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14
• Data da Revista: Janeiro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Outubro 2004

Rótulo: A Quinta do Vallado situa-se no vale do rio Douro, e mantem-se na família Ferreira, descendente de Dona Antónia Adelaide Ferreira, há seis gerações. Ass: Maria Antónia Ferreira. Castas predominantes: Tinta Barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional e Sousão.

Etiquetas: , , , , , , , ,

segunda-feira, 5 de Junho de 2006

162 - Grand'Arte Touriga Nacional 2003 (Tinto)

162 - Grand'Arte Touriga Nacional 2003 (Tinto)
Região: Regional Estremadura
Castas: Touriga Nacional
Produtor: DFJ Vinhos, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: José Neiva Correia
Notas de Prova: Aromas profundos e de qualidade assinalável, no paladar as leves notas de madeira e o chocolate presente reforçam ainda mais o conjunto, o final de boca é cheio, longo e bem agradável.



Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Novembro 2011

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2008

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Outubro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Maio 2005

Rótulo: Feito a partir da genuína casta Portuguesa Touriga Nacional este vinho apresenta intensidade acentuada de fruto, característica principal desta uva. Produzido na quinta da família Neiva Correia, onde condições climatéricas ideais para a vinha contribuem para a produção de vinhos de qualidade com individualidade marcada.

Etiquetas: , , , , ,

161 - Quinta do Crasto 2004 (Tinto)

161 - Quinta do Crasto 2004 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Dominic Morris e Susana Esteban
Notas de Prova: Cor intensa e aromas bem definidos de frutos maduros e leves especiarias, na boca revela um volume bem agradável, acidez equilibrada a provar que o tempo em garrafa só lhe fez bem, está no ponto, com um final médio/longo e de uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2008

Classificação Wine Passion: ..............................14.7
• Data da Revista: Fevereiro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Março 2006

Rótulo: Localizada na margem direita do rio Douro, a meia distância entre a Régua e o Pinhão, a Quinta do Crasto já figurava no mapa do Barão de Forrester. Produzido a partir das castas Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional, este vinho revela um aroma muito vigoroso de frutos vermelhos com boas notas de especiarias. Na boca mostra uma boa estrutura, com taninos firmes e uma acidez equilibrada. Quinta do Crasto Douro 2004 foi ligeiramente filtrado antes de ser engarrafado em Agosto de 2005.

Etiquetas: , , , , , , ,

160 - Vinzelo 2000 (Tinto)


160 - Vinzelo 2000 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Touriga Nacional
Produtor: Quinta de Ventozelo Sociedade Agrícola e Comercial, S.A.
Preço: < 2€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Manuel Sebastião Mesquita
Notas de Prova: Aromas leves e frutados com paladar a revelar alguma frescura, o final de boca é pouco animador.




Classificação Pessoal: ......................................13
• Data da Prova: Setembro 2005

Rótulo: Um vinho elaborado a partir das castas, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Touriga Nacional, de vinhas localizadas no Douro, na sub-região denominada Cima Corgo. Vinho Tinto de cores vivas, com variados aromas a fruta, suave, com corpo, taninos macios e um final longo. Ideal para acompanhar todo o tipo de carnes, incluindo carnes de caça e queijos, a uma temperatura de 18ºC.

Etiquetas: , , , , , , ,

159 - Castello D'Alba Reserva 2003 (Tinto)

159 - Castello D'Alba Reserva 2003 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Outras
Produtor: VDS - Vinhos do Douro Superior, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Joaquim Anacleto, Rui Madeira e João Matos
Notas de Prova: Frutos vermelhos e maduros com alguma intensidade, tem um corpo médio no final mas acidez correcta.



Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Janeiro 2006

Classificação Blue Wine: ...................................14.5
• Data da Revista: Agosto 2006

Rótulo: Produzido no Douro Superior em vinhas de letra "A" implantadas em socalcos de xisto com indices de pedregosidade elevados e exposição predominante sul, originando baixas produções por hectare. Castas nobres da região demarcada do Douro. Grande intensidade aromática, dominada pela amora preta e ameixa muito madura em equilíbrio com as notas de baunilha resultantes do estágio em barricas novas de carvalho americano. Boca com estrutura, equilibrada, taninos de qualidade, final longo dominado pela fruta.

Etiquetas: , , , , ,

158 - Duque de Viseu 2002 (Tinto)

158 - Duque de Viseu 2002 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Manuel Vieira
Notas de Prova: Os aromas a frutos maduros em conjunto com as leves notas de madeira tornam este vinho de agradável prova, no final é prolongado o suficiente.



Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Setembro 2006

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Fevereiro 2006

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Fevereiro 2006

Classificação Blue Wine: ...................................13
• Data da Revista: Junho 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Dezembro 2005

Rótulo: Produzido pela Sogrape Vinhos, o Duque de Viseu Tinto é elaborado a partir de castas tradicionais do Dão, com destaque para Touriga Nacional, Tinta-Roriz e Alfrocheiro. De cor rubi, apresenta um aroma de frutos vermelhos, com notas de especiarias. Tem boa acidez, corpo macio e final equilibrado.

Etiquetas: , , , , , ,

157 - Encostas do Rabaçal Trincadeira Preta 2002 (Tinto)

157 - Encostas do Rabaçal Trincadeira Preta 2002 (Tinto)
Região: DOC Trás-os-Montes
Castas: Trincadeira Preta
Produtor: Adega Cooperativa de Valpaços, C.R.L.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Aguiar
Notas de Prova: Aromas a fruta madura bem presentes abrindo um pouco mais no paladar, tem um final de boca persistente.




Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Abril 2010

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Abril 2006

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2005

Rótulo: São as encostas que ladeiam o Rio Rabaçal outrora chamado Mente, nasce em Espanha atravessa e divide o concelho de Valpaços do de Mirandela. Era esta região atravessada pela Via Romana que ligava S. Tiago mais propriamente nas localidades de Vale de Telhas e Possacos onde ainda existem vestígios. Também a Corografia Portuguesa de Carvalho da Costa (1706) faz referência à ponte Romana sobre o Rio Mente e a produção do pão e vinho. Esta Região está enquadrada na Terra Quente Transmontana, dado o seu clima e tipo de colo produz excelentes vinhos e faz parte do património vitícola desta Cooperativa.

Etiquetas: , , , , ,

156 - Amiral de Beychevelle 2001 (Tinto)

156 - Amiral de Beychevelle 2001 (Tinto)
Região: França (DOC Saint-Julien)
Castas: Cabernet Sauvignon, Merlot Noir, Cabernet Franc, Petit Verdot
Produtor: S. C. Château Beychevelle
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Philippe Blanc e Olivier Richaud
Notas de Prova: Aromas a frutos maduros bem presentes e acompanhados com leves notas de baunilha, trata-se de um vinho complexo e de final de boca bem preenchido embora com menos fruta.



Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Novembro 2005

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

155 - Château Lalande-Borie 2001 (Tinto)

155 - Château Lalande-Borie 2001 (Tinto)
Região: França (DOC Saint-Julien)
Castas: Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc
Produtor: Jean-Eugène Borie
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13%
Enólogo: Bruno Borie
Notas de Prova: Fruta concentrada e taninos redondos, revelam amplitude de envelhecimento, o seufinal de voca é persistente e saboroso.




Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Janeiro 2006

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

154 - Château Marjosse 2002 (Tinto)


154 - Château Marjosse 2002 (Tinto)
Região: França (DOC Bordeaux)
Castas: Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Malbec
Produtor: Pierre et Carole Lurton - Tizac de Curton
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pierre Lurton
Notas de Prova: Cor rubi escura com leves notas de violeta, aromas a frutos vermelhos e baunilha, na boca tem um final agradável embora os taninos precisem de mais algum tempo.


Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Novembro 2005

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

153 - Pétalos del Bierzo 2004 (Tinto)

153 - Pétalos del Bierzo 2004 (Tinto)
Região: DOC Bierzo (Espanha)
Castas: Mencía
Produtor: Desciendentes de J. Palacios
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Álvaro Palacios e Ricardo P. Palacios
Notas de Prova: Aromas iniciais difíceis, depois de algum tempo a respirar fica mais interessante e os frutos evidenciam-se, final de boca médio mas tranquilo.




Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Janeiro 2006

Rótulo: -

Etiquetas: , , , ,

152 - Marquês de Borba 2001 (Tinto)

152 - Marquês de Borba 2001 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira e outras
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Notas de Prova: Frutos bem presentes, melhorados na boca com o respirar do vinho no copo, os taninos são suaves e correctamente integrados com a madeira, final de boca bem simpático e convicente.



Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Fevereiro 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Agosto 2002

Rótulo: Notas de prova: Boa concentração aromática. Intenso de fruta, aromas de amoras, cassis e compotas. Taninos suaves. Bom equilíbrio entre fruta, acidez e taninos. Estágio: Estágio em meias pipas de carvalho de segundo ano. Vinificação: Fermentação a temperatura controlada com curtimenta completa. Castas: Aragonês, Trincadeira e outras.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 4 de Junho de 2006

151 - Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2003 (Tinto)

151 - Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2003 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Dominic Morris e Susana Esteban
Notas de Prova: Apresenta uma cor de média concentração e um nariz complexo mas atraente, a fruta madura associa-se a notas de especiarias vindas das barricas e a elegantes sugestões florais, na boca revela uns taninos finos e redondos, uma boa estrutura e uma elegância que sobressai, está um conjunto equilibrado, vivo e bem encorpado, o final é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Janeiro 2009

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Novembro 2007

Classificação Wine Passion: ..............................16
• Data da Revista: Dezembro 2006/Janeiro 2007

Classificação Blue Wine: ...................................17.5
• Data da Revista: Maio 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Outubro 2005

Rótulo: Quinta do Crasto Douro Reserva 2003 foi vinificado a partir de uma rigorosa selecção de uvas, com idade média de cerca de 70 anos. A sua grande complexidade e concentração resultam das baixas produções das vinhas velhas e do envelhecimento durante 20 meses em barricas de carvalho Francês e Americano. É um vinho cheio, rico e muito encorpado, com fruta intensa, bem equilibrado pela firme estrutura de taninos e um longo e persistente final. Quinta do Crasto Reserva 2003 foi engarrafado sem qualquer colagem ou filtração em Abril de 2005 podendo vir a criar depósito durante o seu envelhecimento em garrafa.
Na Caixa: No Douro, a mais antiga Região Demarcada do Mundo, o clima, o solo e o relevo, originam alguns dos mais afamados vinhos Portugueses. É aqui, no "Alto Douro", entre a Régua e o Pinhão, numa das mais belas paisagens vitícolas, que se situa a Quinta do Crasto, já assinalada no famoso mapa do Barão de Forrester. Quinta do Crasto detaca-se, há mais de um século, como propriedade produtora de vinhos de alta qualidade, uma tradição que a Família Roquette vem mantendo, e que se confirma pelo inúmeros galardões internacionais obtidos. O vinho Quinta do Crasto Reserva é elaborado a partir de uvas de vinhas velhas, com mais de 80 anos. Devido às produções muito baixas, obtém-se elevados níveis de concentração. As uvas são sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega. Após um ligeiro esmagamento, as massas são transferidas para um lagar tradicional de granito, onde são pisadas por homens. O vinho estagiou em barricas de carvalho francês e americano durante 16 meses. A cor é concentrada, o aroma rico, a fruta madura, com notas de especiarias provenientes da madeira, que se mostra muito bem integrada. Uma boca redonda, com boa estrutura, taninos firmes e um final longo e persistente, fazem de deste vinho uma excepcional referência no Douro, classificado com 92 pontos pela Wine Spectator.

Etiquetas: , , , ,