• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

domingo, 31 de dezembro de 2006

Prova de Vinhos Campolargo na LaCasta (Dez/2006)


No passado dia 23/12/2006 nas instalações da Garrafeira LaCasta, em Lisboa, teve lugar a apresentação de alguns dos vinhos do Produtor Campolargo da Bairrada, nomeadamente 3 tintos.


Contra a Corrente 2004 (Tinto)Contra a Corrente 2004 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas: Cabernet Sauvignon e Castelão
Produtor: Carlos Campolargo Vinhos
Álcool: 15%
Enólogo: Carlos Campolargo e Raquel Carvalho
Nota de Prova: Cor rubi e aromas a frutos maduros, leves notas a especiarias, o paladar é fino e a fruta mantém-se em boa forma, volume de boca mediano e estrutura fácil, o final é médio.
Classificação Pessoal: 14.5
Rol de Coisas Antigas 2005 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro, Sousão, Tinta Pinheira, Bastardo, Alicante, Baga e Tinta Pinheira
Produtor: Carlos Campolargo Vinhos
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Campolargo e Raquel Carvalho
Nota de Prova: Aromas intensos baslsâmicos e a especiarias, na boca revela-se a fruta e a madeira, compexidade bem interessante e elegancia na prova, o final é persistente.
Classificação Pessoal: 15.5
Rol de Coisas Antigas 2005 (Tinto)
Vinha da Costa 2004 (Tinto)Vinha da Costa 2004 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas: Merlot, Tinta Roriz e Syrah
Produtor: Carlos Campolargo Vinhos
Álcool: 14.5%
Enólogo: Carlos Campolargo e Raquel Carvalho
Nota de Prova: Cor escura e aromas bem frutados, baunilha e ameixa preta principalmente, o paladar é suave e muito delicado, é encorpado e tem uma estrutura com forte presença, termina longo e cheio de força.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

segunda-feira, 11 de dezembro de 2006

360 - Quinta de Cabriz 2005 (Rosé)

360 - Quinta de Cabriz 2005 (Rosé)
Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional e Alfrocheiro
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12%
Enólogo: Carlos Lucas e Carlos Moura
Notas de Prova: Cor rosada algo esbatida e frutos com alguma presença, final de boca é curto e aromas muito ligeiros.





Classificação Pessoal: ......................................13
• Data da Prova: Setembro 2006

Rótulo: Na colheita de 2005 seleccionamos uvas das castas Touriga-Nacional e Alfrocheiro para fazer este vinho Rosé. Em proporções iguais as uvas tiveram uma maceração ligeira, seguindo-se a prensagem para obter o mosto rosado. Fermentou a temperatura baixa para manter todos os aromas. Morangos, framboesas e ginjas são as notas predominantes que se combinam com o seu paladar leve e fresco. Aconselha-se servir a 8 - 10ºC para acompanhar entradas, peixes e mariscos, ou pratos de carnes brancas.

Etiquetas: , , , , ,

359 - Mondou 2003 (Tinto)

359 - Mondou 2003 (Tinto)
Região: França (Saint-Emilion)
Castas: Cabernet Sauvignon
Produtor: EARL Vignobles Naulet
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Aromas interessantes e notas de madeira bem presentes na boca onde o seu final é médio, casta Cabernet Sauvignon com presença notória.




Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Agosto 2006

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

358 - Artigues Arnaud 2001 (Tinto)

358 - Artigues Arnaud 2001 (Tinto)
Região: França (Pauillac)
Castas: Cabernet Sauvignon e Merlot
Produtor: SC Château Grand Puy Ducasse
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Aromas intensos a fruta madura, acompanhados de algum pimento, mais evidente no paladar, taninos suaves e final de boca médio mas de agradável prova.




Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Novembro 2006

Rótulo: Entouré de pretigieux châteaux, le vignoble est planté à 62% de Cabernet Sauvignon et 38% de Merlot. Elaboré par l'équipe du Château GRAND PUY DUCASSE, cru classé, ses parcelles sont cultivées avec autant de rigueur et de minutie. Distingué avec une belle couleur, le vin a des arômes assez puissants et une bonne structure tannique.

Etiquetas: , , , , ,

357 - Conde de Vimioso 2004 (Tinto)

357 - Conde de Vimioso 2004 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Trincadeira, Touriga Nacional, Aragonez e Cabernet Sauvignon
Produtor: Falua - Sociedade de Vinhos S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Notas de Prova: Aroma agradável continuando na boca toda a fruta madura, taninos suaves e equilibrados, o final de boca é mediano mas muito saboroso.



Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Agosto 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2005

Rótulo: O titulo Conde Vimioso está profundamente ligado à região ribatejana e às suas tradições. Noutros tempos, o 1º Conde de Vimioso, D. Francisco de Portugal, foi cognominado o Catão Português, pelos seus ditos conceituosos e dotes de espírito. Um nome à altura deste vinho intenso, que marca o renascimento desta região vitícola.

Etiquetas: , , , , , , ,

terça-feira, 5 de dezembro de 2006

356 - Monsaraz Museu Aberto Reserva 2001 (Tinto)


356 - Monsaraz Museu Aberto Reserva 2001 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira, Castelão e Moreto
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Valadas
Notas de Prova: Nariz muito aromático, é dominado pelos frutos vermelhos bem maduros, boca algo ligeira mas correcta, no entanto não impressiona, os taninos estão macios e o final é mediano mas muito frutado.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Janeiro 2007

Rótulo: A partir das castas tradicionais Aragonês, Trincadeira, Castelão e Moreto que constituem a base ancestral dos vinhos que se produzem no "termo de Monsaraz" e aliando o sabor da tradição vinícola regional com as modernas técnicas de vinificação, obtivémos este vinho de superior qualidade que quisemos associar à excelência das artes através do festival Monsaraz Museu Aberto. Monsaraz Museu Aberto tinto reserva de 2001 tem produção limitada de 19.978 garrafas das quais esta tem o número: 12.644.

Etiquetas: , , , , , , ,

355 - Reguengos Garrafeira dos Sócios 2000 (Tinto)


355 - Reguengos Garrafeira de Sócios 2000 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonez, Castelão e Trincadeira
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Valadas
Notas de Prova: Aromas bem frutados e acompanhados de algum balsâmico, na boca é bem estruturado e complexo, notas de especiaria num conjunto equilibrado e algo rústico, mas que evoluiu muito bem na garrafa ao longo dos anos, o final é intenso.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Abril 2008

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2005

Rótulo: Este vinho é cuidadosamente vinificado e permanentemente acompanhado na sua evolução em meias pipas de carvalho português. Ao atingir o estado ideal é engarrafado. Após um ano de estágio em garrafa, é posto à disposição dos sócios para constituição das suas garrafeiras; o excedente é então colocado no mercado. Assim desta colheita de 2000 foram engarrafadas 108.804 garrafas de 0,75 L e 1.916 garrafas de 1.5 L, cabendo a esta o nº 71.606.

Etiquetas: , , , , , ,

354 - CARMIM Vinho Novo 2005 (Tinto)


354 - Vinho Novo 2005 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Castelão
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Valadas
Notas de Prova: Cor rubi pouco carregada e com nuances violetas, aromas a frutos silvestres, principalmente amoras, mas menos visíveis no paladar, é curto mas agradável de boca.



Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Agosto 2006

Rótulo: Este vinho foi elaborado com a casta Castelão em extreme. Deverá ser consumido jovem, à temperatura de 14ºC.

Etiquetas: , , , , ,

353 - Terras d'el Rei 2005 (Rosé)


353 - Terras d'el Rei 2005 (Rosé)
Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Castelão e Moreto
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: < 2€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Rui Valadas
Notas de Prova: Aromas a frutos vermelhos pouco consistentes e com acidez elevada, final de boca é curto e com pouca complexidade e frescura.



Classificação Pessoal: ......................................12
• Data da Prova: Agosto 2006

Rótulo: Vinho proveniente de algumas das nossas melhores uvas tintas (Trincadeira, Castelão e Moreto) vinificadas pelo processo de bica aberta do que resultou um vinho fresco frutado. Acompanha bem com peixe e marisco ou pode ser servido como aperitivo à temperatura de 7-8ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 4 de dezembro de 2006

352 - CARMIM Aragonês 2004 (Tinto)


352 - CARMIM Aragonês 2004 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Valadas
Notas de Prova: Os frutos estão lá mas o seu final de boca curto e os taninos algo ácidos não deixam deslumbrar, apesar disso é aromático principalmente no início da degustação.



Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Agosto 2006

Rótulo: Desde sempre os vinhos alentejanos foram fruto do clima da terra e das suas castas. O clima seco aliado às altas amplitudes térmicas e um elevado número de horas de sol. A planície de rochas eruptivas e manchas de derivados de xisto e as castas que neles crescem, são os verdadeiros artífices destes vinhos. É importante conhecer estas castas em extreme, para melhor apreciar e compreender a riqueza e diversidade dos vinhos alentejanos, para melhor preservar as suas qualidades, este vinho não foi estabilizado ou filtrado, podendo criar depósito. Por este motivo aconselhamos a decantar a garrafa, temos o prazer de pôr à disposição dos enófilos. 17.400 garrafas de vinho extreme da casta Aragonês, da vindima de 2004. Cabendo a esta o nº 01701.

Etiquetas: , , , , ,