• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

segunda-feira, 31 de Março de 2008

Prova de Vinhos Dona Maria na Delidelux (Mar/2008)

No passado dia 27/03/2008 nas instalações da Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos vinhos do produtor alentejano Júlio Tassara de Bastos
Esta prova foi efectuada com a degustação de 5 vinhos, 1 branco e 4 tintos.


Prova comentada por Júlio Tassara Bastos e Sandra Gonçalves, respectivamente Proprietário e Enóloga residente da casa.

Amantis 2006 (Branco)Amantis 2006 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Viognier e Semellion
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Nota de Prova: Aromas exuberantes de fruta tropical e notas tostadas, na boca é vivo, equilibrado e com uma bela complexidade e acidez, madeira de qualidade a conjugar muito bem com a fruta, amanteigado e gordo, tem um final persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Dona Maria 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet e Syrah
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Nota de Prova: Nariz marcado pela fruta e alguma especiaria, na boca tem uma acidez equilibrada, taninos redondos e estrutura interessante, ligeiras notas de pimenta e frutos pretos, sendo que termina de uma forma mediana mas bem agradável.
Classificação Pessoal: 15.5
Dona Maria 2005 (Tinto)
Amantis 2005 (Tinto)Amantis 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Cabernet Sauvignon, Petit Verdot e Touriga Nacional
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Nota de Prova: Cor intensa e aromas bem complexos, marcados pelos frutos bem maduros, na boca dominam as especiarias e ligeiras notas de menta, boa acidez, taninos elegantes e finos, revela uma grande frescura e tem um final persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Dona Maria Reserva 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Nota de Prova: Carregado na cor, fruto preto e silvestre no aroma, num estilo moderno e intenso, notas de barrica de grande qualidade fruto da sua juventude, boca com um perfil elegante, aveludado e bem volumosa, excelente acidez e complexidade, revela uma enorme capacidade de envelhecimento e tem um final espectacular!
Classificação Pessoal: 17.5
Dona Maria Reserva 2005 (Tinto)
Júlio Tassara Bastos Alicante Bouschet 2004 (Tinto)Júlio B. Bastos Alicante Bouschet 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Nota de Prova: Aromas elegantes e muito finos, de fruta madura, especiarias e baunilha, boca redonda, densa e complexa, muito elegante, excelente finura de taninos e com um final longuíssimo e muito fresco.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

Prova de vinhos do Douro (Mar/2008)


No passado dia 22/03/2008, realizei uma Prova de Vinhos do Douro.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos tintos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento aos Produtores José Mesquita Guimarães (vinhos Quinta dos Poços) e José Pinheiro (vinhos Estopa) pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.

902 - Quinta dos Poços Reserva 2004 (Tinto)Quinta dos Poços Reserva 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola José Mesquita Guimarães, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Pedro Sequeira e António Rosa
Nota de Prova: Cor delicada, nariz marcado pelos frutos vermelhos e leves especiarias, tem um paladar fino, equilibrado, boa acidez e madeira bem integrada num conjunto de taninos polidos, o final é médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Estopa Vinhas Velhas 2003 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: José Pinheiro
Álcool: 14%
Enólogo: José Pinheiro
Nota de Prova: Aromas bem vivos e delicados, muita especiaria e baunilha, alguma fruta madura, tudo em equilíbrio, na boca a elegância da madeira dá vida a um vinho poderoso, frutos muito maduros acompanhados de leves notas minerais, volumoso, encorpado e com um grande final.
Classificação Pessoal: 17
947 - Estopa Vinhas Velhas 2003 (Tinto)
903 - Quinta dos Poços Grande Reserva 2005 (Tinto)Quinta dos Poços Grande Reserva 2005 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Nacional e Outras
Produtor: Sociedade Agrícola José Mesquita Guimarães, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Pedro Sequeira e António Rosa
Nota de Prova: Cor muito escura e nariz cheio de frutos pretos, compotas e madeira de qualidade, na boca é encorpado, profundo e rico em fruta e especiarias, esta muito elegante, taninos redondos e com uma bela estrutura, o final é comprido e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

Prova de Vinhos da África do Sul e Grécia na Wine O'Clock (Mar/2008)

No passado dia 22/03/2008 nas instalações da Garrafeira Wine O'Clock em Lisboa, teve lugar a Degustação de vários vinhos da África do Sul e da Grécia.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 4 vinhos, 2 brancos e 2 tintos.


Prova comentada pelo Enólogo Mário Louro.

Glen Carlou Chardonnay 2006 (Branco)Glen Carlou Chardonnay 2006 (Branco)

Região: África do Sul
Castas: Chardonnay
Produtor: Glen Carlou
Álcool: 14%
Enólogo: David Finlayson
Nota de Prova: Cor amarela muito delicada, aromas com algum citrino e fruto tripical, na boca é fresco e mediano de intensidade, termina de uma forma agradável.
Classificação Pessoal: 14.5
Tall Horse Shiraz 2004 (Tinto)

Região: África do Sul
Castas: Shiraz
Produtor: Tall Horse Wines
Álcool: 14%
Enólogo: Jaco Potgieter
Nota de Prova: Cor profunda e nariz dominado pelas especiarias, tostas e algum fruto maduro, na boca denota um corpo bem preenchido, muito frutado e vivo, madeira com boa presença e alguma pimenta, taninos polidos e com um final equilibrado.
Classificação Pessoal: 15.5
Tall Horse Shiraz 2004 (Tinto)
Kumala Pinotage & Cinsualt 2006 (Tinto)Kumala Pinotage & Cinsualt 2006 (Tinto)

Região: África do Sul
Castas: Pinotage e Cinsualt
Produtor: Kumala Wines
Álcool: 13%
Enólogo: Ben Jordaan
Nota de Prova: Aromas complexos com ligeiras notas de frutos vermelhos, na boca é fresco e equilibrado, algum pimento e vegetal que combinam bem com a madeira, o final é mediano e ligeiramente seco.
Classificação Pessoal: 14.5
Samos Muscat 2006 (Branco)

Região: Grécia
Castas: Muscat
Produtor: Samos Wine
Álcool: 15%
Enólogo: Manolis Tsakalidis
Nota de Prova: Aromas exuberantes e deliciosos, muito frutados, de grande complexidade, na boca é gordo, muito complexo e encorpado, cheio de notas de mel, untuoso e com um final fantástico.
Classificação Pessoal: 16.5
1085 - Samos Muscat 2006 (Branco)

Etiquetas:

Prova de Vinhos Quinta Vale de Fornos (Mar/2008)

No passado dia 14/03/2008 realizei uma Prova de Vinhos do produtor Sociedade Agrícola de Vale de Fornos.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 5 vinhos tintos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Sociedade Agrícola de Vale de Fornos pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.


738 - Quinta Vale de Fornos Castelão 2003 (Tinto)Quinta Vale de Fornos Castelão 2003 (Tinto)

Região: DOC Ribatejo
Castas:
Castelão
Produtor: Sociedade Agrícola de Vale de Fornos, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Bento de Carvalho
Nota de Prova: Cor rubi sem grande concentração, nariz rico em especiarias e leves notas vegetais, o paladar é macio, taninos maduros e final médio, termina com uma ligeira secura.
Classificação Pessoal: 14.5
Quinta Vale de Fornos Syrah 2005 (Tinto)

Região: DOC Ribatejo
Castas:
Syrah
Produtor: Sociedade Agrícola de Vale de Fornos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Bento de Carvalho
Nota de Prova: Cor intensa, concentrada e auréola violeta, no nariz os frutos silvestres são dominadores, sendo bem acompanhados por um mineral e um muito ligeiro tostado, na boca dá mostras da sua juventude, tem uma finura e macieza bem conseguida e evolui agradavelmente durante a prova, o final é persistente e ligeiramente guloso.
Classificação Pessoal: 15.5
737 - Quinta Vale de Fornos Syrah 2005 (Tinto)
740 - Quinta Vale de Fornos Cabernet Sauvginon & Castelão 2005 (Tinto)Quinta Vale de Fornos Cabernet Sauvginon & Castelão 2005 (Tinto)

Região: DOC Ribatejo
Castas:
Cabernet Sauvginon e Castelão
Produtor: Sociedade Agrícola de Vale de Fornos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Bento de Carvalho
Nota de Prova: Aromas frutados, com um apimentado e vegetal muito ligeiro, na boca ainda é muito jovem, denota alguma complexidade e um corpo rico em especiarias, harmonioso e com um final médio.
Classificação Pessoal: 15
IM 2003 (Tinto)

Região: DOC Ribatejo
Castas:
Castelão
Produtor: Sociedade Agrícola de Vale de Fornos, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Bento de Carvalho
Nota de Prova: Aromas macios de frutos vermelhos e alguma especiaria, na boca revela uma complexidade mediana e uma boa acidez, final médio e algo persistente.
Classificação Pessoal: 15
739 - IM 2003 (Tinto)
741 - Quinta Vale de Fornos Grande Escolha Cabernet Sauvignon 2005 (Tinto)Quinta Vale de Fornos Grande Escolha Cabernet Sauvignon 2005 (Tinto)

Região: DOC Ribatejo
Castas:
Cabernet Sauvginon
Produtor: Sociedade Agrícola de Vale de Fornos, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Bento de Carvalho
Nota de Prova: Aromas complexos, mais virados para a fruta que para o pimento do Cabernet, paladar forte, muito marcado pelos taninos, onde aparece muito ao de leve um apimentado e as especiarias, termina de uma forma persistente.
Classificação Pessoal: 14.5

Etiquetas:

Prova de Vinhos Zambujeiro na Delidelux (Mar/2008)

No passado dia 13/03/2008 nas instalações da Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação de alguns dos vinhos do produtor alentejano Quinta do Zambujeiro.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 3 vinhos tintos.


Monte do Castanheiro 2005 (Tinto)Monte do Castanheiro 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez e Castelão
Produtor: Adega Quinta do Zambujeiro
Álcool: 14.5%
Enólogo: Alain Bramaz, Nuno Malta e Luis Lourinho
Nota de Prova: Aromas marcados pela fruta madura e um leve rebuçado, paladar refinado e agradável, notas de especiarias bem presentes, taninos polidos e algo guloso, com boa acidez e um final médio/longo.
Classificação Pessoal: 16
Terra do Zambujeiro 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Castelão, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: Adega Quinta do Zambujeiro
Álcool: 15%
Enólogo: Alain Bramaz, Nuno Malta e Luis Lourinho
Nota de Prova: Aromas de fruta madura, leve floral e vegetal, bem casados com a baunilha proveniente da madeira, na boca revela frescura e uma excelente acidez, é encorpado e estruturado, o final é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Terra do Zambujeiro 2004 (Tinto)
Zambujeiro 2004 (Tinto)Zambujeiro 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Aragonez, Alicante Bouschet e Castelão
Produtor: Adega Quinta do Zambujeiro
Álcool: 15%
Enólogo: Alain Bramaz, Nuno Malta e Luis Lourinho
Nota de Prova: Aromas complexos, notas tostadas elegantes a acompanhar um fruto maduro e um ligeiro vegetal, na boca aparecem as especiarias num conjunto muito equilibrado e harmonioso, volumoso e encorpado, revela uma textura aveludada e um fruto muito cuidado, tem um final muito comprido e cheio de persistência.
Classificação Pessoal: 18

Etiquetas:

Prova de vinhos Caves Vale do Rodo (Mar/2008)

No passado dia 07/03/2008 realizei uma Prova de Vinhos do produtor Caves Vale do Rodo.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos, 1 branco e 2 tintos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Caves Vale do Rodo pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.


716 - Don Tedon 2006 (Branco)Don Tedon 2006 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Viosinho, Rabigato, Malvasia Fina e Fernão Pires
Produtor: Caves Vale do Rodo, C.R.L.
Álcool: 12%
Enólogo: Jorge Osório
Nota de Prova: Cor mais branca que amarela, aromas fortemente marcados pelos citrinos, muito limão, na boca é simples e fresco, acidez equilibrada e final mediano.
Classificação Pessoal: 14
Don Tedon Reserva 2003 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Caves Vale do Rodo, C.R.L.
Álcool: 13%
Enólogo: Jorge Osório
Nota de Prova: Aromas de frutos pretos maduros e algumas especiarias, na boca tem uma boa acidez e um corpo mediano, taninos bem polidos e complexidade interessante, o final é médio/longo.
Classificação Pessoal: 15
715 - Don Tedon Reserva 2003 (Tinto)
714 - Jóia de Família Grande Escolha 2004 (Tinto)Jóia de Família Grande Escolha 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Barroca, Tinta Carvalha e Vinhas Velhas
Produtor: Caves Vale do Rodo, C.R.L.
Álcool: 13%
Enólogo: Jorge Osório
Nota de Prova: Cor carregada e aromas fortemente marcados pelos frutos pretos bem maduros e muita especiaria, na boca é volumoso, cheio mas ao mesmo tempo equilibrado, boa acidez, taninos redondos e boa complexidade, o final é frutado e persistente.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

Prova de Vinhos Cortes de Cima na Delidelux (Mar/2008)

No passado dia 06/03/2008 nas instalações da Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação de alguns dos vinhos do produtor alentejano Cortes de Cima.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 7 vinhos, 1 branco e 6 tintos.


Chaminé 2006 (Branco)Chaminé 2006 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Moscatel e Arinto
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Cor delicada e aromas finos de citrinos e leves notas tropicais, paladar equilibrado e acidez média, revela frescura e um final curto mas agradável.
Classificação Pessoal: 14.5
Cortes de Cima 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Aragonez, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Aromas de fruta bem madura, acompanhados por um leve tostado muito elegante, na boca é guloso, cheio e complexo, ainda muito jovem mas já com um casamento bem interessante entre a fruta e a madeira, bem como leves notas florais, o final é guloso, persistente e intenso.
Classificação Pessoal: 17
Cortes de Cima 2005 (Tinto)
Cortes de Cima Syrah 2004 (Tinto)Cortes de Cima Syrah 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Aromas que combinam o vegetal com o frutado de média concentração, na boca melhora, mais aveludado e equilibrado, é um conjunto harmonioso e cheio de juventude, boa acidez e final mediano e agradável.
Classificação Pessoal: 15.5
Cortes de Cima Trincadeira 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Cor muito concentrada, de aromas aromas frutados, acompanhados pela baunilha proveniente das barricas, tem um paladar redondo e denso, taninos macios, boca onde aparecem as especiarias e algum vegetal, tem um final médio/longo.
Classificação Pessoal: 16
581 - Cortes de Cima Trincadeira 2004 (Tinto)
Cortes de Cima Aragonez 2004 (Tinto)Cortes de Cima Aragonez 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Aromas intensos de frutos silvestres, muito bem acompanhados pelas especiarias e uma tosta a dar profundidade ao conjunto, a boca é envolvente, volumosa, com uma bela estrutura, muito encorpado e rico em notas frutadas, taninos sólidos mas elegantes e com um final muito persistente.
Classificação Pessoal: 17
Cortes de Cima Incógnito 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Cor fechada com laivos bem violetas, o nariz é dominado por notas vegetais, bem conjugadas pela madeira de qualidade e ainda algum fruto preto maduro, corpo denso e vigoroso, que ao mesmo tempo mostra macieza e elegância, com uma frescura assinalável e uma excelente acidez, termina de uma forma muito persistente embora ainda seja muito jovem e ainda com grande margem de progeessão.
Classificação Pessoal: 17.5
Cortes de Cima Incógnito 2005 (Tinto)
Cortes de Cima Reserva 2003Cortes de Cima Reserva 2003 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Aragonez e Touriga Nacional
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Nariz cheio, elegante, frutos pretos muito maduros que combinam na perfeição com as notas tostadas e abaunilhadas das barricas, na boca é redondo, persistente, com notas de especiarias e chocolate bem presentes, com taninos de grande qualidade e elegância, uma força impressionante e onde mostra que o tempo em garrafa só lhe tem feito bem, com uma textura volumosa e densa e um final, simplesmente, soberbo!
Classificação Pessoal: 18.5

Etiquetas:

Prova de Vinhos Mensal Adivinho (Mar/2008)


No passado dia 06/03/2008 nas instalações da Garrafeira Adivinho, em Lisboa, teve lugar a Prova de Vinhos Mensal Adivinho.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 5 vinhos, 3 tintos e 2 Moscatéis.


Prova comentada pelo Escanção Antonio Giara.

Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo Rosé 2007 (Moscatel)Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo 2007 (Rosé)

Região: Mesa Península de Setúbal
Castas:
Moscatel Roxo
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor salmão e algo rosada, tem um nariz floral com aromas exuberantes de toranja e tangerina, muito vivo e de grande qualidade, na boca é menos expressivo, fresco e equilibrado mas sem grande complexidade, o final é ligeiramente seco e deve-se enquanto jovem.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2004 (Tinto)

Região: Regional Estremadura
Castas:
Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: Quinta de Pancas - Companhia das Quintas
Álcool: 14.5%
Enólogo: Rui Reguinga e Ana Varandas
Nota de Prova: Cor intensa e de aromas complexos, compotas e ligeiramente amentolados, paladar muito jovem, com boa acidez, encorpado, taninos maduros e final mediano.
Classificação Pessoal: 15
Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2004 (Tinto)
Cedro do Noval 2005 (Tinto)Cedro do Noval 2005 (Tinto)

Região: Regional Douro
Castas:
Syrah, Touriga Franca, Tinto Cão e Touriga Nacional
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor escura com leve auréola violeta, o nariz é dominado pelos frutos silvestres bem maduros e ligeiras notas de especiaria, bem combinados com algum floral, na boca mostra a qualidade da madeira, a sua elegância e vivacidade, harmonioso e complexo, o final é mediano de comprimento mas bem persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Contra a Corrente 2005 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas: Cabernet Sauvignon e Tinto Cão
Produtor: Carlos Campolargo Vinhos
Álcool: 15%
Enólogo: Carlos Campolargo e Raquel Carvalho
Nota de Prova: É um vinho diferente, tem um nariz estranho e fechado, muito "animalesco", cheio de couro e algum herbáceo, na boca está muito jovem mas completamente diferente para melhor, encorpado e estruturado, notas de especiarias vivas, alguma elegância e um final rico e persistente.
Classificação Pessoal: 15.5
Contra a Corrente 2005 (Tinto)
Horácio Simões Moscatel Roxo 2003 (Moscatel)Horácio Simões Moscatel Roxo 2003 (Moscatel)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas:
várias
Produtor: Casa Agrícola Horácio Simões
Álcool: 18%
Enólogo: Luís Simões
Nota de Prova: Cor âmbar escura, aromas frutados em conjunto com leves notas florais e de mel, na boca é cheio e volumoso, intenso mas ao mesmo tempo de uma macieza que impressiona, acidez agradável e final muito persistente.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

Prova de Vinhos do Mouchão na Wine O'Clock (Mar/2008)

No passado dia 01/03/2008 nas instalações da Garrafeira Wine O'Clock em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos vinhos do produtor Herdade do Mouchão do Alentejo.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 4 vinhos, 1 branco e 3 tintos.


Prova comentada por John Forfeght, produtor da Herdade do Mouchão.

Dom Rafael 2006 (Branco)Dom Rafael 2006 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz e Arinto
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Nota de Prova: Aromas jovens e frutados, lembrando alguma fruta tropical, na boca está macio, fresco e harmonioso, é fácil de beber e bem agradável.
Classificação Pessoal: 15
Dom Rafael 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira e Alicante Bouschet
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 15%
Enólogo: Paulo Laureano
Nota de Prova: Aromas de fruta bem madura e leves notas de especiarias, tem um paladar estruturado, com taninos sólidos e uma acidez equilibrada, embora ainda muito jovem é um vinho vigoroso, muito encorpado, o final é denso e complexo.
Classificação Pessoal: 16
758 - Dom Rafael 2005 (Tinto)
928 - Mouchão 2002 (Tinto)Mouchão 2002 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Nota de Prova: Aroma austero, com alguma fruta, mais virado para as especiarias e couro, na boca está estruturado e muito vegetal, é claramente um Mouchão, cheio de garra e de força, taninos firmes e bem encorpados, com uma complexidade e capacidade de evolução em garrafa invejável, termina de uma forma persistente e prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Mouchão 2003 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Nota de Prova: Cor carregada e nariz exuberante de frutos silvestres bem maduros, muito elegante e vivo, na boca está aveludado, refinado e muito equilibrado, excelente acidez, leves notas de madeira que combinam muito bem com a fruta preta e leve compota, alguma menta também, o final é longo e muito persistente, um diferente mas excelente Mouchão!
Classificação Pessoal: 18
965 - Mouchão 2003 (Tinto)

Etiquetas:

810 - Crasto 2006 (Tinto)

810 - Crasto 2006 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Notas de Prova: Apresenta um nariz cheio de aromas agradáveis, nomeadamente fruta madura, várias especiarias e um ligeiro floral, na boca revela-se um vinho equilibrado, fresco e de taninos bem polidos, o final é frutado e de estrutura e comprimento médios.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Outubro 2007

Rótulo: Localizada na margem direita do rio Douro, a meia distância entre a Régua e o Pinhão, a Quinta do Crasto já figurava no mapa do Barão de Forrester. Produzido a partir das castas Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional, este vinho revela um aroma muito vigoroso de frutos vermelhos com boas notas de especiarias. Na boca mostra uma boa estrutura, com taninos firmes e uma acidez equilibrada. Crasto Douro 2006 foi ligeiramente filtrado antes de ser engarrafado em Maio de 2007.

Etiquetas: , , , , , , ,

809 - Quinta de Pujares Tinta Roriz & Tinta Barroca 2003 (Tinto)

809 - Quinta de Pujares Tinta Roriz & Tinta Barroca 2003 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: António Emilio Rocha
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: VDS - Vinhos e Douro Superior
Notas de Prova: Cor vermelha profunda e aromas a esteva que evoluem favoravelmente para frutos vermelhos bem maduros, na boca mostra elegância e suavidade, corpo mediano e fruta quanto baste, o final é interessante e complexo.



Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2007

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

808 - Bafarela 2006 (Rosé)

808 - Bafarela 2006 (Rosé)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Brites Aguiar
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro Sequeira e António Rosas
Notas de Prova: Cor vermelha rosada e aromas algo vegetais e frutados, na está bem fresco e equilibrado, fruta vermelha bem presente e ligeira acidez, final médio e agradável.




Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2007

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

807 - Herdade das Servas Touriga Nacional 2004 (Tinto)

807 - Herdade das Servas Touriga Nacional 2004 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: Nariz bem frutado e bem acompanhado com especiarias e baunilha, madeira ainda com presença bem vincada, fruto da sua juventude, corpo cheio e volumoso, tem garra e uma acidez muito interessante, o final da prova é persistente e comprido.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Abril 2009

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Março 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.8
• Data da Revista: Dezembro 2010

Classificação Blue Wine: ...................................15
• Data da Revista: Novembro 2006 / Dezembro 2006

Rótulo: Em Estremoz, a família Serrano Mira produz vinhos desde 1667. Nas vinhas da Herdade das Servas, foram cuidadosamente vindimadas e seleccionadas as melhores uvas da casta Touriga Nacional, fermentadas em lagares com controlo de temperatura e pisa manual. Após um ano de estágio em barricas novas de Carvalho Francês (70%) e Americano (30%) revelou-se um vinho violeta escuro, aromas florais sugerindo violetas integrados com frutos pretos bem maduros, sabor intenso, macio, bastante elegante, com taninos robustos que lhe garante uma boa longevidade. Este vinho não foi estabilizado pelo frio. Poderá vir naturalmente a criar depósito.

Etiquetas: , , , , ,

806 - Monte das Servas Colheita Seleccionada 2005 (Tinto)

806 - Monte das Servas Colheita Seleccionada 2005 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Aragonês, Trincadeira e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: De cor granada intensa, revela aromas de frutos maduros em conjunto com um leve toque vegetal, na boca aparecem as notas de especiaria e alguma tosta, formando um conjunto equilibrado e de volume médio, o final tem uma persistência mediana e frutada.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Outubro 2007

Rótulo: Criado em propriedade familiar, Herdade das Servas, Estremoz, esta colheita seleccionada, é o resultado da criteriosa escolha das castas Touriga Nacional, Aragonês, Trincadeira, Alicante Bouschet. Cor ruby escura, aromas profundos com nuances de frutos muito maduros. Sabor complexo num conjunto bem estruturado, com um final de boca agradável e persistente. Para preservar todas as qualidades, este vinho não foi estabilizado, podendo naturalmente criar depósito.

Etiquetas: , , , , , , ,

805 - Monte das Servas Escolha 2005 (Tinto)

805 - Monte das Servas 2005 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: Cor avermelhada com pouca concentração, os aromas de couro e alguma resina estão dominantes e o paladar revela alguma evolução, fruta e corpo medianos e o final é curto.

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Abril 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Julho 2007

Rótulo: "…e por virtude de uma pequena (porção) de terra santa, que lhe havia dado um amigo, foi a sua herdade, Servas e animais livres dos espíritos malignos…" Pantaleão, Itenerário, cap. 49, pag 293. Criado em propriedade familiar, Herdade das Servas, em Estremoz, com base nas castas: Aragonês, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon. Cor rubi escura, aroma limpo de frutos vermelhos, equilibrado e bem estruturado.

Etiquetas: , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de Março de 2008

804 - Herdade das Servas Aragonês 2004 (Tinto)

804 - Herdade das Servas Aragonês 2004 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: Cor rubi com forte intensidade e concentração, nariz compotado e rico em frutos vermelhos bem maduros e finas especiarias, formando um conjunto com uma bela frescura, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos, onde a madeira está bem casada com a fruta e com leves sensações vegetais, o final é suave, prolongado e com boa persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Abril 2009

Rótulo: Em Estremoz, a família Serrano Mira produz vinhos desde 1667. Nas vinhas da Herdade das Servas, foram cuidadosamente vindimadas e seleccionadas as melhores uvas da casta Aragonês, fermentadas em lagares de inox, com controle de temperatura e pisa mecânica. Após um ano de estágio em barricas novas de Carvalho Francês (70%) e Americano (30%) revelou-se um vinho rubi escuro, aromas a frutos vermelhos maduros, bem integrados com a madeira, na boca é redondo, concentrado, com um final agradável e persistente. Este vinho não foi estabilizado pelo frio, poderá vir naturalmente a criar depósito.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 26 de Março de 2008

803 - Monte das Servas Colheita Seleccionada 2006 (Branco)

803 - Monte das Servas Colheita Seleccionada 2006 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto, Roupeiro, Rabo de Ovelha
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: Aromas bem agradáveis de fruta madura e uma sugestão abaunilhada muito ligeira, na boca é um vinho suave e redondo, apresenta uma interessante frescura e algum tostado, o final é amanteigado e prolongado.


Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Janeiro 2009

Rótulo: Criado em propriedade familiar, Herdade das Servas, Estremoz, esta colheita seleccionada, é o resultado conjunto de uma selecção criteriosa com base nas castas: Arinto, Roupeiro, Rabo de Ovelha e nas melhores técnicas de vinificação. Revelou-se um vinho de cor cítrica aloirada com aromas de frutos tropicais, com uma boa acidez, sabor complexo bem estruturado de final agradável e muito persistente.

Etiquetas: , , , , , ,

terça-feira, 25 de Março de 2008

802 - Herdade das Servas Reserva 2003 (Tinto)

802 - Herdade das Servas Reserva 2003 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Shyraz e Aragonês
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 15%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: Cor escura e aromas que fazem lembrar frutos vermelhos e frutos do bosque, aliados a uma elegante especiaria que confere notas de tabaco, chocolate e algum balsâmico, na boca é um vinho encorpado, redondo e elegante, de estrutura e acidez bem presentes, a fruta é claramente dominante mas aparece bem secundada por uma madeira aveludada, tem um final grandioso e com uma persistência muito elevada.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Abril 2009

Classificação Wine Passion: ..............................16.6
• Data da Revista: Dezembro 2007 / Janeiro 2008

Classificação Blue Wine: ...................................15.5
• Data da Revista: Novembro 2007 / Dezembro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Abril 2006

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Dezembro 2005

Rótulo: Em Estremoz, a família Serrano Mira produz vinhos desde 1667. Nas vinhas da Herdade das Servas, foram cuidadosamente vindimadas e seleccionadas as melhores uvas da casta Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Shyraz e Aragonês. Após a fermentação que decorreu em lagares com controlo de temperatura e pisa manual, estagiou um ano em barricas novas de Carvalho Francês (80%) e Carvalho Americano (20%) revelou-se um vinho de cor rubi escuro, aromas a frutos pretos bem maduros, com notas de especiarias sugerindo cacau, chocolate sabor intenso, complexo e aveludado com taninos robustos que lhe garante uma boa longevidade. Este vinho não foi estabilizado pelo frio. Poderá vir naturalmente a criar depósito.

Etiquetas: , , , , , , ,

801 - Alsace Pinot Noir Fût de Chêne 2003 (Tinto)

801 - Alsace Pinot Noir Fût de Chêne 2003 (Tinto)
Região: França
Castas: Pinot Noir
Produtor: Cave du Roi Dagobert
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Cor rubi de relativa concentração, aromas a especiarias com alguma fruta bem madura, na boca mostra suavidade e elegância, leves notas vegetais e de café, o final é equilibrado e persistente.



Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2007

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

800 - Estremadouro Reserva 2004 (Tinto)

800 - Estremadouro Reserva 2004 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: José Carlos Monteiro Pinto
Notas de Prova: Cor rubi intensa, aromas marcados pelos frutos maduros e ligeiro rebuçado, na boca mostra subtileza e suavidade, taninos polidos e fruta bem presente, ligeiramente seco num final médio mas persistente.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Agosto 2007

Rótulo: Situado no Vale do Douro, reconhecido como o berço dos grandes vinhos, a empresa José Carlos Pinto (projecto Capelamor) tem a tradição na produção de uvas desde 1772, quando as primeiras vinhas foram plantadas na propriedade. A partir de castas seleccionadas, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca, criou-se ESTREMADOURO TINTO, um vinho tinto vinificado em lagares de granito com pisa pé. De cor ruby, encorpado e frutado apresenta um fim de boca longo e persistente. Sendo um produto natural não filtrado, está sujeito a criar depósito com o tempo, recomenda-se que seja servido com cuidado a uma temperatura de 17º/18ºC.

Etiquetas: , , , , , ,