• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

domingo, 31 de agosto de 2008

Prova de Vinhos Casa de Santar na Tasca do Joel (Ago/2008)

No passado dia 31/08/2008 no Gourmet do Restaurante Tasca do Joel em Peniche, teve lugar uma Prova de Vinhos do Produtor Casa de Santar (Dão Sul) do Dão.

Foram provados um total de 4 vinhos, 2 brancos e 2 tintos.


Prova acompanhada pelo Enólogo Pedro de Vasconcellos e Souza.

Casa de Santar 2007 (Branco)Casa de Santar 2007 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas:
Encruzado e Cerceal
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Nota de Prova: Cor citrina, muito pálida e com tons esverdeados, o nariz é exuberante, dominado por um expressivo floral e muita fruta branca, no paladar denota uma acidez correcta e uma frescura agradável, é equilibrado e tem um final mediano.
Classificação Pessoal: 15
Casa de Santar Reserva 2007 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas:
Encruzado, Cerceal e Bical
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Nota de Prova: Aromas intensos de frutos tropicais, com algumas notas florais e uma baunilha bem presente, é saboroso no paladar, muito fresco e mineral, cremoso e com uma fina tosta a dotar o conjunto de uma agradável elegância, embora a fruta não saia beliscada pela sua presença, o final é de grande persistência e vivacidade.
Classificação Pessoal: 16.5
Casa de Santar Reserva 2007 (Branco)
Casa de Santar 2005 (Tinto)Casa de Santar 2005 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Nota de Prova: Aromas profundos, ricos em fruta e especiarias, bem como um leve tostado, na boca tem uma boa estrutura, é elegante e equilibrado, corpo bem preenchido e taninos bem polidos, o final é longo e com boa persistência.
Classificação Pessoal: 16
Casa de Santar Reserva 2004 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Nota de Prova: Cor intensa e aromas elegantes de frutos maduros e um floral acompanhado por uma baunilha muito envolvente, na boca tem um bom volume, corpo cheio e rico em especiarias, fruta sempre presente e uma complexidade muito interessante, taninos vivos mas que são equilibrados no conjunto, o final é prolongado.
Classificação Pessoal: 17
870 - Casa de Santar Reserva 2004 (Tinto)

Etiquetas:

Prova de vinhos do Dão na ViniPortugal (Ago/2008)


No passado dia 23/08/2008 na Sala Ogival da ViniPortugal, em Lisboa, realizei uma Prova de Vinhos do Dão (uma das 3 regiões em Prova até meados de Setembro, as outras são Trás-os-Montes e Douro).
Esta prova foi efectuada com a degustação de 5 vinhos tintos.


Only 2004 (Tinto)Only 2004 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Anselmo Mendes
Álcool: 14%
Enólogo: Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor intensa, de laivos bem violetas, nariz cheio de fruta vermelha, muito bem acompanhada por bagas silvestres, formando um conjunto harmonioso que evolui para algumas especiarias a lembrar notas de café, na boca destaca-se a frescura e um vegetal muito directo, tem um volume agradável, é encorpado e os taninos estão bem polidos, o final é apelativo e muito fresco.
Classificação Pessoal: 16.5
Azul Portugal Dão 2006 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Anselmo Mendes
Álcool: 12.5%
Enólogo: Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor rubi e aromas florais que são secundados por notas discretas de frutos silvestres que evoluiem para um ligeiro vegetal e balsâmico, o paladar apresenta uma bela textura, onde a fruta aparece bem combinada com leves notas das barricas, apresenta uma frescura muito interessante apesar da sua juventude ainda ser muito significativa, o final tem um comprimento médio mas com uma persistência bem razoável.
Classificação Pessoal: 15.5
Azul Portugal Dão 2006 (Tinto)
Casa de Santar 2005 (Tinto)Casa de Santar 2005 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Nota de Prova: Cor granada e aromas quentes e complexos, onde se destacam os frutos vermelhos e as notas florais, na boca revela elegância, a fruta é volumosa e aparece uma fina especiaria que confere equilíbrio ao conjunto, através das notas de baunilha e algum cacau, apresenta ainda uma boa estrutura e um final persistente.
Classificação Pessoal: 16
Lagar de Darei Reserva 2004 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Alfrocheiro, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen e Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agro Pecuária da Quinta de Darei, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Pereira
Nota de Prova: Cor que dá sinais de boa concentração, aromas que inicialmente lembram alguma fruta em passa e notas terrosas, sendo que na boca está equilibrado, a predominância das especiarias é acompanhada por leves notas florais e onde a fruta também marca presença fazendo com que o vinho apresente uma interessante estrutura, de taninos subtis e com um final médio/longo.
Classificação Pessoal: 16
Lagar de Darei Reserva 2004 (Tinto)
Azul Portugal Reserva Dão 2005 (Tinto)Azul Portugal Reserva Dão 2005 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Anselmo Mendes
Álcool: 13%
Enólogo: Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor intensamente violeta e de excelente concentração, tem um nariz muito floral, secundado por uma delicada fruta bem madura, o paladar é refinado e aveludado, muito fresco, notas profundas de especiarias e um tostado elegante, é um conjunto harmonioso, encorpado, elegante e complexo, sendo que a fruta está sempre presente, o final é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

Prova de Vinhos Quinta do Crasto (Ago/2008)

No passado dia 20/08/2008, realizei uma Prova de Vinhos do produtor Quinta do Crasto do Douro.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos, 1 branco e 2 tintos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.

Crasto 2007 (Branco)Crasto 2007 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Gouveio, Roupeiro, Cercial e Rabigato
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor muito esbatida e aromas muito citrinos com leves sensações florais, no paladar destaque para a sua acidez fruto da sua grande juventude, continua muito citrino durante a prova e termina de uma forma agradável e de comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15
Crasto 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 13.5%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor intensa e nariz de grande exuberância aromática, frutos silvestres e um rebuçado muito presente, na boca tem um perfil agradável, com uma frescura interessante e leves notas florais que se misturam muito bem com a fruta madura, o final é médio de comprimento e relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 15.5
Crasto 2007 (Tinto)
Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2006 (Tinto)Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2006 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14.5%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor rubi intensa e aromas pujantes de frutos silvestres muito bem apoiados por elegantes notas abaunilhadas vindas das barricas de grande qualidade, na boca mostra toda a sua complexidade e elegância, é um conjunto frutado e muito harmonioso, é bem visível a sua juventude e capacidade de envelhecimento mas que não retira mérito algum no prazer que provoca a sua degustação para já, ligeiras sugestões de café e cacau que conferem ao vinho uma estrutura assinalável, o final é de grande persistência.
Classificação Pessoal: 18

Etiquetas:

Prova de vinhos do Douro na ViniPortugal (Ago/2008)

No passado dia 19/08/2008 na Sala Ogival da ViniPortugal, em Lisboa, realizei uma Prova de Vinhos do Douro (uma das 3 regiões em Prova até meados de Setembro, as outras são Trás-os-Montes e Dão).
Esta prova foi efectuada com a degustação de 4 vinhos tintos.


Azul Portugal Douro 2005 (Tinto)Azul Portugal Douro 2005 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: João Silva e Sousa & Anselmo Mendes
Álcool: 13%
Enólogo: João Silva e Sousa e Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor granada, tem um nariz correcto, com frutos pretos e agradáveis notas florais que acompanham bem um leve balsâmico, na boca não é muito volumoso mas é intenso, está mais virada para o vegetal que associado à fruta dá um certo equilíbrio durante a prova, o final é de médio porte e saboroso.
Classificação Pessoal: 15.5
Lello 2006 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Sociedade dos Vinhos Borges, SA
Álcool: 13%
Enólogo: José Maria Machado
Nota de Prova: Cor rubi com uma suave violeta à volta, aromas iniciais muito frutados, acompanhados por um ligeiro fumado e algum rebuçado, evoluíndo depois para uma especiaria mais profunda, na boca tem uma prova fácil, equilibrada e denota uma estrutura simples e mediana, taninos polidos e algum vegetal que acompanha a fruta durante a prova, final médio e ligeiramente amargo.
Classificação Pessoal: 15
Lello 2006 (Tinto)
Azul Portugal Reserva Douro 2004 (Tinto)Azul Portugal Reserva Douro 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: João Silva e Sousa & Anselmo Mendes
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Silva e Sousa e Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor intensa e com boa concentração, o nariz está elegante, muito aromático e de finas especiarias, que dão origem a um belo conjunto, sendo notória a sua frescura, tem um paladar complexo e estruturado, taninos redondos, delicadas notas de especiarias, baunilha e fruta muito delicada, final comprido e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Curva Reserva 2005 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: A. A. Cálem & Filhos, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Francisco Gonçalves
Nota de Prova: Cor muito carregada no centro e auréola de brilhante violeta, tem uns aromas muito elegantes, dominados por finas e suaves especiarias, sugestões de baunilha e fruta de qualidade, leves notas florais e um fumado muito delicado, na boca mostra garra e vivacidade, conta com um corpo cheio, volumoso e de taninos robustos, não esquecendo a sua grande estrutura, tem uma prova aveludada sempre dominada pelas sugestões de especiarias que impressionam pela sua elegância, evolui para um ligeiro alicorado e conta com um final intenso e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Curva Reserva 2005 (Tinto)

Etiquetas:

Grande Prova Riedel (Ago/2008)


No passado dia 13/08/2007 no Hotel Ritz em Lisboa, teve lugar a Grande Prova Riedel, organizada pela Vinho e Coisas.

Esta prova foi efectuada com o objectivo de dar a conhecer as diferenças nas provas de vinhos usando vários copos, bem como a apresentação da gama de copos Riedel Grape @ Riedel.



As degustações vinho/copo foram as seguintes:

Soalheiro Alvarinho 2007 (Branco)/Copo Riedel Grape Riesling/Sauvignon Blanc
Trivento Reserve Chardonnay 2005 (Branco)/Copo Riedel Grape Chardonnay
Clous Bay Pinot Noir 2006 (Tinto)/Copo Riedel Grape Pinot/Nebbiolo
Redoma 2005 (Tinto)/Copo Riedel Grape Cabernet/Merlot



Prova comentada por Georg Riedel.


Soalheiro Alvarinho 2007 (Branco)Soalheiro Alvarinho 2007 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Álcool: 13%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Nota de Prova: Cor citrina, de nariz intenso, cheio de fruta e algumas notas minerais, revelando sempre grande frescura, o paladar é muito equilibrado e de uma fineza subtil, sempre com uma fruta bem presente e com uma complexidade assinalável, termina de uma forma persistente e vigorosa.
Classificação Pessoal: 16
Trivento Reserve Chardonnay 2005 (Branco)

Região: Argentina
Castas:
Chardonnay
Produtor: Trivento Bodegas y Viñedos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Federico Galdeano
Nota de Prova: A cor apresenta uma tonalidade muito citrina e os aromas, sendo na sua maioria frutados, lembram algumas especiarias e um floral e vegetal muito ligeiros, na boca é bastante fresco, tem um corpo gordo e untuoso, sendo a sua textura ivejável, as notas de tosta estão bem integradas no conjunto dotando-o de uma boa complexidade, o final é de grande persistência.
Classificação Pessoal: 17
Trivento Reserve Chardonnay 2005 (Branco)
Cloudy Bay Pinot Noir 2006 (Tinto)Cloudy Bay Pinot Noir 2006 (Tinto)

Região: Nova Zelândia
Castas:
Pinot Noir
Produtor: Cloudy Bay Vineyards
Álcool: 14%
Enólogo: Kevin Judd e Eveline Fraser
Nota de Prova: Cor rubi de grande intensidade, aromas marcados pelos frutos pretos, por leves especiarias e um primoroso apimentado, o paladar tem um corpo médio mas é de uma elegância que impressiona, taninos elegantes e um volume de boca acima da média, tem um paladar algo picante, onde sobressaiem imensas especiarias e um fumado que realça a sua grande complexidade, o final é longo e ligeiramente seco.
Classificação Pessoal: 17
Redoma 2005 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinto Cão, Touriga Franca, Tinta Amarela e Tinta Roriz
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Nota de Prova: Cor intensa e de grande concentração, nariz cheio de frutos vermelhos e de uma especiaria muito apurada, destacando-se um abaunilhado e fumado vindos das barricas que marca agradavelmente o conjunto, na boca é encorpado, frutado, aveludado e muito equilibrado, de taninos amaciados e de um frutado constante, bem secundado por notas achocolatadas, revela ainda uma boa capacidade de envelhecimento e tem um final persistente e envolvente.
Classificação Pessoal: 17
884 - Redoma 2005 (Tinto)

Etiquetas:

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

905 - Encostas do Enxoé Reserva 2005 (Tinto)

905 - Encostas do Enxoé Reserva 2005 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês e outras