• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

1ª Prova d'Ouro Ramos Pinto (Set/2009)


No passado dia 24/09/2009 nas instalações do Centro Cultural de Belém em Lisboa, teve lugar uma Apresentação das novas colheitas do produtor Ramos Pinto, bem como a oportunidade de degustação de pequenas provas verticais dos seus vinhos mais emblemáticos.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 16 vinhos, 1 branco e 15 tintos.


Duas Quintas Reserva 2008 (Branco)Duas Quintas Reserva 2008 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Viosinho, Rabigato e Arinto
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 13%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor pálida e aromas cheios de tosta e elegantes notas de fruta madura, alidados a um certo toque vegetal, na boca sobressai toda a sua frescura e equilíbrio, o paladar apresenta uma excelente acidez, boa fruta e uma seriedade bastante interessante, o final é prolongado e bem agradável.
Classificação Pessoal: 16.5
Duas Quintas 1994 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 12.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: De cor rubi e auréola levemente acastanhada, apresenta uns belos aromas de especiarias em conjunto com dominantes notas de couro, formando uma união suave e muito delicada, na boca surpreende pela positiva, pois revela uma prova muito equilibrada, com sugestões de fruta madura e especiarias envolventes, não aparenta ter os 15 anos que já possui, o final é mediano de comprimento e com uma agradável persistência.
Classificação Pessoal: 16
257 - Duas Quintas 2004 (Tinto)Duas Quintas 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi bem viva, com um nariz frutado e de carácter floral, num fundo algo especiado, na boca destacam-se claramente os taninos e a sua firmeza, não prejudicando a fruta e as especiarias que formam um agradável conjunto durante toda a prova, o final tem uma persistência média/longa.
Classificação Pessoal: 16
Duas Quintas 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor rubi/avermelhada e aromas florais exuberantes, nomeadamente violetas, aliados a sugestões de frutos silvestres, já o paladar é leve e com um bom volume, a fruta está mais do que evidente e apresenta uma estrutura bem interessante, mostra claros sinais de juventude e revela um comprimento final médio e algo seco.
Classificação Pessoal: 15.5
Duas Quintas 2007 (Tinto)
Quinta dos Bons Ares 1995 (Tinto)

Região: Regional Trás-os-Montes
Castas: Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 13%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: De cor rubi com média concentração, mostra um nariz dominado pelas especiarias e notas de couro, em conjunto com um leve toque fumado, na boca revela uma delicadeza e suavidade notáveis, combinando estrutura e complexidade, está bem frutado e apresenta uns taninos quase que aveludados, o final tem um médio porte.
Classificação Pessoal: 16.5
Bons Ares 2004 (Tinto)

Região: Regional Douro
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Touriga Franca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa e um nariz a mostrar notas florais, fruta madura e um leve apimentado vindo do Cabernet, na boca mostra uma estrutura interessante, aliando as notas florais a sugestões vegetais e a uma componente especiada que acaba por ser dominante, o final revela persistência.
Classificação Pessoal: 16
Bons Ares 2004 (Tinto)
Bons Ares 2007 (Tinto)Bons Ares 2007 (Tinto)

Região: Regional Douro
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Touriga Franca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: É um vinho cheio de juventude, com uma cor rubi brilhante e aromas florais bem expressivos, muito bem equilibrados com a fruta madura e um leve pimento, na boca mostra elegância e taninos suaves, é encorpado e complexo, sendo que a fruta aparece conjugada com alguma madeira, o final tem um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 17
Ramos Pinto Collection 2005 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor granada de laivos rubi bem vivos, mostra um nariz onde os frutos vermelhos são preponderantes e uma delicada mas agradável sensação floral, no paladar mmostra um volume médio e uma estrutura interessante, de taninos redondos e fruta sempre presente, apresenta um final especiado, algo rústico e de persistência mediana.
Classificação Pessoal: 16
848 - Ramos Pinto Collection 2005 (Tinto)
1134 - Ramos Pinto Collection 2006 (Tinto)Ramos Pinto Collection 2006 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada e um nariz que impressiona pela sua exuberância, onde os frutos silvestres, as notas de violeta, um ligeiro cacau e um leve abaunilhado, formam um conjunto muito equilibrado de aromas, na boca a suavidade e delicadeza imperam durante toda a prova, é um vinho quente e profundo que conta com uns taninos redondos e uma fruta evidente, o final é prolongado e levemente fumado.
Classificação Pessoal: 16.5
Ramos Pinto Collection 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Vinhas Velhas
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 15%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor rubi com uma leve tonalidade violácea, mostra um nariz muito frutado, destacando-se os frutos negros e do bosque acompanhados por um carácter floral e algo mineral, em conjunto com sugestões de tabaco e alguma pimenta preta, na boca revela estrutura e ao mesmo tempo uma macieza muito agradável, a sua juventude reflecte-se numa prova gulosa, onde a fruta está claramente em vantagem, promete evoluir bem em garrafa e conta com um final elegante, sedoso e bem persistente.
Classificação Pessoal: 17
Ramos Pinto Collection 2007 (Tinto)
Duas Quintas Reserva 1994 (Tinto)Duas Quintas Reserva 1994 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 13%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor granada no centro e de auréola levemente acastanhada, mostra um nariz elegante, fino mas cheio de complexidade, onde as suaves notas de fruta bem madura harmonizam com aveludadas sugestões de couro e algumas especiarias, na boca é um vinho harmonioso, que rapidamente faz lembrar um belo Porto, quer pela sua estrutura, quer pela sua macieza, denota uns taninos bem polidos e uma fruta muito agradável, o final de boca é longo e de grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Duas Quintas Reserva 2000 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 13%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: De cor carregada e nariz a mostrar vários aromas a frutas e uma leve sensação floral, acompanhados por alguma pimenta, na boca é um vinho envolvente, muito equilibrado e de complexidade mediana, a fruta está sempre presente e bem acompanhada por uma madeira discreta mas elegante, é encorpado e conta com um final prolongado e de relativa persistência.
Classificação Pessoal: 16.5
Duas Quintas Reserva 2000 (Tinto)
Duas Quintas Reserva 2007 (Douro)Duas Quintas Reserva 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 15%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi/violeta bem viva, onde os aromas de frutos do bosque e as sensações florais estão exuberantes e cheias de juventude, é de facto um nariz bem atractivo e muito harmonioso, na boca realce para o seu imenso volume e para a sua garra, onde os taninos apesar de vigorosos estão muito bem integrados no conjunto, é um vinho encorpado e cheio, com uma estrutura que promete dar que falar nos próximos anos, mostra uma elegância e envolvência durante toda a prova que é capaz de conquistar qualquer um, com muita fruta e elegantes sugestões especiadas, termina com uma enorme persistência final.
Classificação Pessoal: 17.5
Duas Quintas Reserva Especial 1995 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor intensa no centro e auréola ligeiramente acastanhada, o nariz mostra um equilíbrio e uma harmonia quase perfeitos, conjugando a elegância das notas de couro à suavidade do seu carácter fumado e especiado, na boca faz-nos lembrar um belo Porto Colheita, onde a estrutura e complexidade são reis durante toda a prova, é um vinho encorpado e ligeiramente alicorado, mostrando algumas especiarias e uma fruta bastante madura, é grande no volume e na persistência final.
Classificação Pessoal: 17.5
Duas Quintas Reserva Especial 1995 (Tinto)
Duas Quintas Reserva Especial 2004 (Tinto)Duas Quintas Reserva Especial 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor densa, em que no centro é bem carregada e na auréola mostra uma tonalidade algo arroxeada, o nariz revela uma elegância impressionante, aliando as notas de especiarias, algum vegetal e um ligeiro tabaco, a sugestões de frutos pretos, na boca mostra corpulência, uma enorme estrutura e uns taninos cheios de vivacidade, ao mesmo tempo demonstra uma deliciosa fineza e delicadeza durante toda a prova, revela ainda uma enorme capacidade de evolução e um belo equilíbrio entre a fruta e as especiarias/madeira, tem um final intenso, longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Duas Quintas Reserva Especial 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor bem concentrada no centro e laivos ligeiramente violáceos, tem um nariz muito frutado, destacando-se os frutos do bosque e um certo vegetal, que evoluem para algum mineral aliado a subtis notas florais, na boca é evidente a sua tenra idade, pois os taninos ainda precisam de tempo em garrafa para amaciar mas pouco a pouco vai dando sinais de um agradável equilíbrio, algo que nos remete para os grandes vinhos, é complexo e revela uma agradável combinação entre a fruta madura e as notas tostadas, o final de boca é prolongado e com boa persistência.
Classificação Pessoal: 17
Duas Quintas Reserva Especial 2007 (Tinto)

Etiquetas:

Prova de Vinhos Vale D'Algares (Set/2009)

No passado dia 09/09/2009, realizei uma Prova de Vinhos do produtor Vale D'Algares da região do Tejo (ex-Ribatejo), com a apresentação das novas colheitas dos seus vinhos brancos.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 2 vinhos brancos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Vale D'Algares pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.

1441 - Guarda Rios 2008 (Branco)Guarda Rios 2008 (Branco)

Região: Regional Tejo
Castas:
Chardonnay, Sauvignon Blanc, Alvarinho e Arinto
Produtor: Vale D'Algares
Álcool: 13%
Enólogo: Pedro Pereira
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor amarela, onde os aromas mostram uma agradável intensidade, marcados pela fruta tropical, notas de maçã e um certo amanteigado, na boca a fruta madura marca uma boa presença, acompanhada por um leve toque floral e um certo tostado, tem boa acidez e uma frescura contagiante, o final é frutado e com boa persistência.
Classificação Pessoal: 16
Vale D'Algares Selection 2008 (Branco)

Região: Regional Tejo
Castas:
Viognier e Alvarinho
Produtor: Vale D'Algares
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Pereira
Nota de Prova: Cor citrina e nariz cheio de complexidade e juventude, sugere alguma fruta tropical aliada a frescas notas florais e leves notas limonadas, na boca destaque para uma agradável acidez e para uma prova bem envolvente, de estrutura mediana, ligeiro toque subtil da madeira, conjugado com fruta madura e um certo floral, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistêcia interessante.
Classificação Pessoal: 16.5
1442 - Vale D'Algares Selection 2008 (Branco)

Etiquetas:

Prova de Vinhos Tapada dos Monges (Set/2009)

No passado dia 07/09/2009, realizei uma Prova dos Vinhos Tapada dos Monges da região dos Vinhos Verdes.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos, 2 brancos e 1 rosé.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Manuel da Costa Carvalho Lima & Filhos, Lda pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.

1399 - Tapada dos Monges 2008 (Branco)Tapada dos Monges 2008 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Loureiro, Trajadura e Pedernã
Produtor: Manuel da Costa Carvalho Lima & Filhos, Lda
Álcool: 11%
Enólogo: Guilherme Pereira
Nota de Prova: Apresenta uma cor pálida e um ligeiro gaseificado, no nariz destaque para as notas florais muito frescas que combinam muito bem com um leve toque citrino, o paladar é delicado e mostra uma agradável fruta madura, revela alguma estrutura e termina muito suavemente e algo seco.
Classificação Pessoal: 15.5
Tapada dos Monges Loureiro 2008 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Loureiro
Produtor: Manuel da Costa Carvalho Lima & Filhos, Lda
Álcool: 11.5%
Enólogo: Guilherme Pereira
Nota de Prova: De cor citrina e nariz dominado por frescos e envolventes aromas florais, acompanhados por alguma fruta madura, na boca revela frescura, fruta e algum mineral, o final é suave e de comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15
1401 - Tapada dos Monges Loureiro 2008 (Branco)
1400 - Tapada dos Monges Espadeiro 2008 (Rosé)Tapada dos Monges Espadeiro 2008 (Rosé)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Espadeiro
Produtor: Manuel da Costa Carvalho Lima & Filhos, Lda
Álcool: 10.5%
Enólogo: Guilherme Pereira
Nota de Prova: De cor vermelha intensa, apresenta um nariz cheio de frutos vermelhos aliados a um ligeiro floral, na boca mostra vivacidade e frescura, tem uma prova delicada e equilibrada, mostrando uma bela acidez e um final agradável.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

Prova de Vinhos Malhadinha na Delidelux (Set/2009)

No passado dia 03/09/2009 nas instalações da Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos vinhos do produtor Herdade da Malhadinha Nova do Alentejo.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 6 vinhos, 3 brancos e 3 tintos.


1290 - Monte da Peceguina 2008 (Branco)Monte da Peceguina 2008 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Verdelho e Roupeiro
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Nota de Prova: Cor citrina e intensos aromas de fruta tropical, notas florais e frescas sugestões citrinas, na boa apresenta uma acidez agradável, um suave e delicado frutado e um equilíbrio dominante, tem claros sinais de juventude mas já revela um bela prova, o final tem um comprimento médio e uma persistência mediana.
Classificação Pessoal: 16
Antão Vaz da Peceguina 2008 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Nota de Prova: De cor pálida e nariz marcado pelas notas florais em conjunto com um certo vegetal e ligeiro toque fumado, o paladar é delicado mas ao mesmo tempo estruturado, algo cremoso e tostado, sobressaiem leves notas de citrinos num conjunto que apresenta uma acidez algo discreta, termina ligeiramente seco e com uma persistência média.
Classificação Pessoal: 15.5
Antão Vaz da Peceguina 2008 (Branco)
Malhadinha 2008 (Branco)Malhadinha 2008 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto e Chardonnay
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Nota de Prova: Cor dourada e nariz cheio de elegantes aromas tostados, frutos secos e uma leve sensação abaunilhada, na boca apresenta estrutura, frescura e boa fruta, tudo com um fundo dominado pela madeira de elevada qualidade, é um vinho sedutor e que tem um longo final persistente.
Classificação Pessoal: 17
Monte da Peceguina 2008 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz perfumado e frutado, apesar de ainda estar muito jovem já mostra uns aromas bem atraentes, na boca destaque para a suavidade dos taninos, para a sua frescura e fruta sempre presentes, o final é prolongado e de persistência média.
Classificação Pessoal: 16
Monte da Peceguina 2008 (Tinto)
Malhadinha 2007 (Tinto)Malhadinha 2007 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon, Syrah e Touriga Nacional
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Nota de Prova: Cor escura no centro e brilhantes laivos violetas, o nariz transborda elegância, resultado da harmonia e envolvência dos frutos silvestres bem maduros, com a frescura das notas florais e leves toques fumados e balsâmicos, na boca apresenta uns taninos bem redondos, uma fruta distinta e sedutora acompanhada por atractivas sensações abaunilhadas e alicoradas, revela capacidade de envelhecimento e um final bem persistente e prolongado.
Classificação Pessoal: 17.5
Pequeno João 2007 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Cabernet Sauvignon e Syrah
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Nota de Prova: De cor rubi carregada e nariz complexo, dominado por uma componente especiada em conjunto com delicadas notas florais e vegetais, bem como alguma fruta madura, o paladar mostra uma enorme estrutura e conta com uns taninos bem firmes, destaque para as notas de café, pimenta e alguma fruta, é encorpado e conta com um final cheio de elegância, bem prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Pequeno João 2007 (Tinto)

Etiquetas:

1126 - Herdade da Comporta Antão Vaz 2007 (Branco)

1126 - Herdade da Comporta Antão Vaz 2007 (Branco)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Antão Vaz
Produtor: Herdade da Comporta, S.A.
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Francisco Pimenta
Notas de Prova: Tem uma cor muito suave e um nariz floral, mineral e ligeiramente tostado, na boca tem um belo corpo e conta com elevada acidez, tem uma estrutura que impressiona e notas tostadas e abaunilhadas bem vivas e elegantes, o final é prolongado e persistente.


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2008

Classificação Revista Néctar: ............................87*
• Data da Prova: Setembro 2009 / Outubro 2009
* Classificação de 0-100


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Abril 2009

Classificação Revista Néctar: ............................89*
• Data da Prova: Novembro 2008 / Dezembro 2008
* Classificação de 0-100


Classificação Wine Passion: ..............................15.5
• Data da Revista: Novembro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Agosto 2008

Classificação Revista Escanção: ........................85*
• Data da Prova: Julho 2008 / Agosto 2008
* Classificação de 0-100


Rótulo: Castas: Antão Vaz

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

1125 - Herdade da Comporta Aragonês & Alicante Bouschet 2005 (Tinto)

1125 - Herdade da Comporta Aragonês & Alicante Bouschet 2005 (Tinto)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade da Comporta, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Francisco Colaço do Rosário e Francisco Pimenta
Notas de Prova: Cor muito fechada no centro e auréola violeta, o nariz é complexo, conta com um ligeiro químico que combina bem com os frutos pretos e uma ligeira sensação de tabaco, na boca mostra macieza e ao mesmo tempo uma profundidade marcante, fruta sempre presente e com uma acidez interessante, ligeiro fumado e final médio/longo de comprimento mas com uma persistência notável.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Dezembro 2008

Classificação Revista Escanção: ........................89*
• Data da Prova: Janeiro 2010 / Fevereiro 2010
* Classificação de 0-100


Classificação Revista Néctar: ............................89*
• Data da Prova: Setembro 2009 / Outubro 2009
* Classificação de 0-100


Classificação Revista Néctar: ............................88*
• Data da Prova: Novembro 2008 / Dezembro 2008
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Maio 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Agosto 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Outubro 2007

Rótulo: A vinha situa-se num vale de solos arenosos, perto do mar em plena reserva ecológica, onde se verifica a influência de um microclima particular. Destacam-se as castas Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet e Touriga Franca. A vinificação foi efectuada exclusivamente em lagares de pequena capacidade, apresentando-se um vinho de cor granada viva, com um aroma cheio em que se misturam as notas de fruta muito madura com características das madeiras de estágio. Para manter todas as suas características, este vinho não foi estabilizado pelo que com o tempo pode vir a apresentar algum depósito.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

1124 - Herdade da Comporta 2007 (Branco)

1124 - Herdade da Comporta 2007 (Branco)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Arinto e Antão Vaz
Produtor: Herdade da Comporta, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Francisco Colaço do Rosário e Francisco Pimenta
Notas de Prova: Cor amarelo suave e aromas iniciais muito citrinos, que vão evoluíndo aos poucos para alguma fruta tropical e um floral bem agradavel, na boca apresenta um corpo interessante e uma boa acidez, revela uma estrutura média e um final saboroso marcado pelos citrinos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Dezembro 2008

Classificação Revista Néctar: ............................87*
• Data da Prova: Setembro 2009 / Outubro 2009
* Classificação de 0-100


Classificação Revista Néctar: ............................87*
• Data da Prova: Novembro 2008 / Dezembro 2008
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Agosto 2008

Rótulo: Este vinho foi produzido com as castas nacionais Arinto e Antão Vaz, cultivadas nas areias da Herdade da Comporta, benefeciando das noites temperadas pela proximidade do mar, o que lhe confere uma frescura e intensidade de aroma que o tornam particularmente agradável.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 22 de Setembro de 2009

1123 - Herdade da Comporta 2005 (Tinto)

1123 - Herdade da Comporta 2005 (Tinto)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet e Touriga Franca
Produtor: Herdade da Comporta, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Francisco Colaço do Rosário e Francisco Pimenta
Notas de Prova: Cor intensa no centro e de laivos rubi, boa concentração, o nariz é frutado e ligeiramente compotado, na boca é volumoso e corpulento, mais especiarias que fruta mas é visível um notável equílíbrio, taninos macios e final ligeiramente fumado mas persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2008

Classificação Revista Escanção: ........................89*
• Data da Prova: Maio 2010 / Junho 2010
* Classificação de 0-100


Classificação Revista Escanção: ........................86*
• Data da Prova: Março 2008 / Abril 2008
* Classificação de 0-100


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Novembro 2007

Classificação Wine Passion: ..............................16.5
• Data da Revista: Agosto 2008 / Setembro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Outubro 2007

Rótulo: A vinha situa-se num vale de solos arenosos, perto do mar em plena reserva ecológica, onde se verifica a influência de um microclima particular. Destacam-se as castas Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet e Touriga Franca. A vinificação foi efectuada exclusivamente em lagares de pequena capacidade, apresentando-se um vinho de cor granada viva, com um aroma cheio em que se misturam as notas de fruta muito madura com características das madeiras de estágio. Para manter todas as suas características, este vinho não foi estabilizado pelo que com o tempo pode vir a apresentar algum depósito.

Etiquetas: , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

1122 - Quinta da Espiga 2007 (Branco)


1122 - Quinta da Espiga 2007 (Branco)
Região: Regional Estremadura
Castas: Arinto, Fernão Pires, Moscatel e Vital
Produtor: Casa Santos Lima - Companhia das Vinhas S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: José Neiva
Notas de Prova: Cor amarela muito delicada, aromas citrinos e frescos inicialmente acompanhados por uma leve banana, o paladar é equilibrado, acidez mediana e muitas notas de limão, o final é curto mas correcto.


Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Setembro 2008

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

1121 - Quinta da Espiga 2006 (Tinto)


1121 - Quinta da Espiga 2006 (Tinto)
Região: Regional Estremadura
Castas: Tinta Roriz, Castelão, Syrah e Touriga Nacional
Produtor: Casa Santos Lima - Companhia das Vinhas S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: José Neiva
Notas de Prova: Cor rubi e aromas intensos de frutos silvestres, compota e notas florais, na boca tem um corpo médio com a fruta a marcar uma boa presença durante a prova, estrutura simples e de fácil degustação, sem grande complexidade mas honesto, o final é mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2008

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

domingo, 20 de Setembro de 2009

1120 - Quinta da Alorna Reserva Touriga Nacional & Cabernet Sauvignon 2006 (Tinto)

1120 - Quinta da Alorna Reserva Touriga Nacional & Cabernet Sauvignon 2006 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon
Produtor: Quinta da Alorna Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu e Martta Simões
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz envolvente de fruta preta, leves notas florais e complexas notas de especiarias, na boca é um vinho com estrutura, complexidade e envolvência, continua frutado e especiado e revela um corpo bem preenchido, o final é prolongado e agradavelmente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Novembro 2008

Rótulo: Para este Reserva escolhemos as duas melhores castas plantadas na Quinta da Alorna, cujas produções foram concentradas através de monda de cachos. As uvas bem maduras fermentaram a 26ºC e maceraram prolongadamente. Seguiu-se um estágio de 12 meses em carvalho francês. O lote final foi colado em claras de ovo para amaciar os taninos. Este vinho de cor púrpura tem aromas intensos a violetas e groselha típicos da Touriga Nacional e especiarias típicos do Cabernet Sauvignon. Tem um corpo equilibrado, redondo, bem casado com a madeira e um final de boca complexo e persistente. Ideal para acompanhar caça, borrego ou outras carnes condimentadas. Consumir a 18ºC.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

1119 - Guarda Rios 2006 (Tinto)

1119 - Guarda Rios 2006 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Touriga Nacional, Syrah, Aragonês e Merlot
Produtor: Vale D'Algares
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Pereira
Notas de Prova: Cor intensa e nariz rico em frutos pretos e especiarias, surgindo ainda alguma compota e tosta durante a prova, na boca é um vinho com agradável volume, estruturado e encorpado, revela uma boa dose de fruta, taninos redondos e um certo toque apimentado, o final é suave e de comprimento e persistênica bem interessantes.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Novembro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Junho 2008

Classificação Revista Escanção: ........................89*
• Data da Prova: Maio 2008 / Junho 2008
* Classificação de 0-100


Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

1118 - Valpolicella Castel San Pietro 2007 (Tinto)

1118 - Valpolicella Castel San Pietro 2007 (Tinto)
Região: Itália
Castas: Corvina Veronese, Rondinella e Molinara
Produtor: Giacomo Montresor
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Elizabetta Fagioli
Notas de Prova: Cor rubi de média concentração e laivos avermelhados, o nariz é marcado por um vegetal e floral que se conjugam bem com leves notas apimentadas, na boca nota-se a força dos taninos, pois está pleno de juventude, leve pimento e madeira que marca o seu cariz vegetal, final mediano mas persistente.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Setembro 2008

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

terça-feira, 15 de Setembro de 2009

1117 - Post Scriptum 2006 (Tinto)

1117 - Post Scriptum 2006 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Symington Family Estates, Vinhos, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Bruno Prats, Charles Symington, Stéphane Point e Pedro Correia
Notas de Prova: Cor intensa de laivos rubi, o nariz é dominado por uma fina compota e fruta bem madura, na boca é marcado pela sua tenra idade, mas o frutado é bem acompanhado por notas florais e tostado de qualidade, corpo bem preenchido e muito harmonioso, o final é médio de comprimento mas longo de persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Setembro 2008

Rótulo: O Post Scriptum é um vinho parceiro do Chryseia, um aclamado tinto do Douro que funde a perícia bordalesa de Bruno Prats com a riqueza das castas do Douro. Como o Chryseia, o Post Scriptum provem das melhores quintas durienses da família Symington, embora seja produzido num estilo mais amadurecido, pronto para beber mais cedo. O vinho foi estagiado em barricas de carvalho novo francês de 400 litros durante nove meses para amaciar os taninos.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 13 de Setembro de 2009

1116 - Dona Berta Reserva Rabigato Vinhas Velhas 2007 (Branco)

1116 - Dona Berta Reserva Rabigato Vinhas Velhas 2007 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Rabigato
Produtor: Hernâni Verdelho
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Virgílio Loureiro
Notas de Prova: Cor citrina de tonalidade sem grande exuberância ao contrário dos aromas, onde a forte componente floral e mineral dão ao conjunto um forte aromático, na boca revela uma óptima acidez e uma estrutura intensa, bela frescura e de volume imponente, frutado e levemente vegetal, termina de uma forma muito persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Setembro 2008

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2008

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

1115 - Cabriz Colheita Seleccionada 2006 (Tinto)


1115 - Cabriz Colheita Seleccionada 2006 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Alfrocheiro, Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: Carlos Lucas e Carlos Moura
Notas de Prova: Aromas de fruta vermelha e leves notas florais, na boca tem um volume mediano mas agradável, é um vinho correcto, ideal para o dia-a-dia mas sem grande complexidade, final médio.




Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Setembro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Agosto 2008

Rótulo: Este vinho foi obtido a partir das castas Alfrocheiro, Tinta-Roriz e Touriga Nacional. Para preservar todo o seu potencial, vinificaram-se em separado e em tempos diferentes com todos os cuidados. O estágio decorreu em meias barricas de carvalho Francês durante 6 meses, após o qual foi engarrafado permanecendo em cave até sair para o mercado.

Etiquetas: , , , , , ,

terça-feira, 8 de Setembro de 2009

1114 - Forestière Réserve Pinot Noir 2006 (Tinto)

1114 - Forestière Réserve Pinot Noir 2006 (Tinto)
Região: França
Castas: Pinot Noir
Produtor: Expert Club
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Apresenta uma cor delicada, com pouca concentração e leve tonalidade acastanhada, no nariz destaque para os aromas a especiarias e um leve herbáceo, em conjunto com uma pálida fruta madura, já no paladar mostra-se suave e ais especiado, revela uma agradável frescura e conta com um final médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2009

Rótulo: Les vignerons et les oenologues Expert Club ont elaboré pour vous ce Bourgogne Pinot Noir à la robe de velours. Le cépage Pinot Noir a fait la renomée des vins rouges de Bourgogne. Il offre des vins complexes et expressifs, aux tannins soyeux, aux notes de sous-bois et de baies.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

1113 - Quinta de Cabriz Escolha 2003 (Tinto)

1113 - Quinta de Cabriz Escolha 2003 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Alfrocheiro, Tinto Cão, Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Lucas e Carlos Moura
Notas de Prova: Cor bem escura no centro e auréola ligeiramente atijolada, nariz cheio de especiarias, cedro, fruta em passa e um balsâmico que confere frescura durante a prova, na boca sente-se alguma rusticidade, ou seja, um vinho à moda antiga do Dão, mais fruta madura, embora a complexidade da madeira esteja sempre presente, taninos já perfeitamente domados e uma estrutura invejável, notas de chocolate bem evidentes, corpo volumoso que termina cheio de garra e com um longo e persistente final.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Fevereiro 2012

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Outubro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2004

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

1112 - Lagar de Darei Grande Escolha 2004 (Tinto)


1112 - Lagar de Darei Grande Escolha 2004 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Alfrocheiro, Jaen e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agro Pecuária da Quinta de Darei, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Pedro Pereira
Notas de Prova: Cor intensa e aromas florais, principalmente avioletados, em conjunto com sensações frutadas, fum e tostadas, na boca tem um ataque inicial cheio de força e vivacidade, taninos musculados e estrutura que impressiona, a madeira forma uma belo conjunto com a fruta e conta com uma elegante e boa persistência final.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Novembro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Junho 2008

Rótulo: Este vinho do Dão foi produzido a partir de uma rigorosa selecção de uvas das castas portuguesas, Touriga-Nacional, Alfrocheiro, Jaen, Tinta-Roriz. Estagiou nove meses em barricas de carvalho francês e foi engarrafado sem qualquer filtragem, em Junho de 2006, podendo vir a criar de depósito durante o seu estágio em garrafa.

Etiquetas: , , , , , , ,