• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quinta-feira, 31 de Março de 2011

1700 - Terrazas Reserva Malbec 2007 (Tinto)


1700 - Terrazas Reserva Malbec 2007 (Tinto)
Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Bodega Terrazas de Los Andes
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Roberto de la Mota
Notas de Prova: Apresenta-se com uma cor violeta intensa e um nariz muito expressivo, composto por ameixas e amoras maduras, alguma groselha e um leve mas agradável toque fumado, na boca é um vinho complexo, com taninos bem presentes e ao mesmo tempo, bem integrados, num conjunto complexo e volumoso, muito frutado e especiado e com um final prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Junho 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

1699 - Di Majo Norante Sangiovese 2008 (Tinto)

1699 - Di Majo Norante Sangiovese 2008 (Tinto)
Região: Itália
Castas: Sangiovese
Produtor: Di Majo Norante
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Riccardo Cotarella
Notas de Prova: Cor granada de relativa intensidade e aromas iniciais florais que dão lugar a um forte componente especiada e algo fumada durante a prova, na boca é um vinho suave, correcto e de taninos sólidos, conta com uma equilibrada mistura entre fruta bem madura e algumas especiarias, o final é mediano.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Junho 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 30 de Março de 2011

1698 - João Clara 2009 (Branco)

1698 - João Clara 2009 (Branco)
Região: Regional Algarve
Castas: Crato Branco e Negra Mole
Produtor: Edite Maria R. Coelho Alves
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: WineID, Cláudia Favinha e António Maçanita
Notas de Prova: Cor muito delicada e pálida, quase água, o nariz apresenta-se muito complexo no início mas aos poucos vai revelando leves notas florais, na boca é um vinho equilibrado, não muito frutado e mais floral e mineral, conta com uma estrutura simples e um final curto/médio de comprimento.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Julho 2010

Rótulo: Após 1º ano, João Clara continua a preservar as características das uvas do "seu jardim". De cor amarelo, rico em aromas frescos, flores e toranja. Encorpado, com boa frescura no final de prova. Acompanhe com saladas, peixe, marisco e carnes brancas. Aconselha-se o serviço deste vinho a 8-10ºC. Enologia: WineID, Cláudia Favinha e António Maçanita. Produção: 9.460 garrafas.

Etiquetas: , , , , ,

1697 - Famiglia Bianchi Malbec 2006 (Tinto)


1697 - Famiglia Bianchi Malbec 2006 (Tinto)
Região: Argentina
Castas: Malbec, Merlot e Petit Verdot
Produtor: Bodegas Bianchi
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Roberto Leleu e Rodrigo Valdés
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tons violeta, revela um nariz onde predominam os frutos silvestres acompanhados por notas florais e um delicado e subtil toque de barrica, muito bem integrado no conjunto, na boca é um vinho saboroso, muito frutado e com um volume acima da média, conta ainda com uma bela combinação entre a fruta e as especiarias, terminando de forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2010

Rótulo: Some people feel this may be finest variety grown in Argentina. The luscious, intense fruit aromas that hint of ripe plums, cherries and berries give an initial indication of why this variety is so highly through of. The flavours are similar to the aromas with a mouth feel of a massive presence but at the same time soft and silky. Oak aged: 10 months.

Etiquetas: , , , , , , ,

terça-feira, 29 de Março de 2011

Prova de Vinhos CARM na Delidelux (Mar/2011)

No passado dia 17/03/2011 na Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação de alguns vinhos do produtor CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda do Douro.
Esta prova foi efectuada apenas com a degustação de alguns vinhos, mais concretamente 4, 1 branco e 3 tintos.


1907 - CARM Reserva 2009 (Branco)CARM Reserva 2009 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Malvasia Fina, Códega de Larinho, Gouveio, Rabigato e Vinhas Velhas
Produtor: CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Madeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz fino e rico em notas tostadas, fruta madura e uma leve sensação abaunilhada, na boca é um vinho untuoso, volumoso e muito harmonioso, é cativante a integração da madeira com a fruta e com os citrinos, revelando ainda uma boa acidez e um final de comprimento médio/longo e boa persistência.
Classificação Pessoal: 16.5
CARM Reserva 2008 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Madeira
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz exuberante de notas florais acompanhadas por frutos silvestres maduros e um certo toque vegetal, num fundo tostado e levemente fumado, na boca é um vinho elegante, vivo e muito redondo, a fruta marca bem o conjunto, tal como leves sensações de especiarias e alguma tosta, os taninos estão robustos e o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
1917 - CARM Reserva 2008 (Tinto)
CARM Grande Reserva 2007 (Tinto)CARM Grande Reserva 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Madeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor carregada no centro e um rebordo violáceo, o nariz revela uma enorme complexidade aliada a subtis notas de fruta madura, como amoras e cerejas pretas, madeira nova e um leve toque floral, na boca revela uma profundidade e estrutura impressionantes, sendo que a firmeza dos taninos é plenamente equilibrada com uma textura sedosa e aveludada, a fruta continua bem presente, tal como as notas de barrica, termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
CARM Touriga Nacional SO2 Free 2009 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Madeira
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz bem preenchido por notas florais, fruta preta e um imenso toque de chocolate, na boca revela-se um vinho fresco e muito guloso, onde a fruta e o chocolate continuam dominantes, revela uma acidez equilibrada e uma estrutura mediana, o final de boca tem um comprimeno mediano e uma persistência agradável.
Classificação Pessoal: 16
CARM Touriga Nacional SO2 Free 2009 (Tinto)

Etiquetas:

1696 - Quinta do Valdoeiro Chardonnay 2008 (Branco)

1696 - Quinta do Valdoeiro Chardonnay 2008 (Branco)
Região: DOC Bairrada
Castas: Chardonnay
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Soares
Notas de Prova: Cor citrina e nariz muito expressivo, onde os aromas de fruta tropical e madura combinam agradavelmente com sugestões de banana e notas limonadas, na boca é um vinho fresco, muito delicado e com uma agradável acidez, continua citrino, embora mais vegetal, a madeira aparece algo discreta e o final tem um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2010

Rótulo: Cor citrina, aroma a banana com notas limonadas. Na boca a primeira impressão é adocicada evoluindo para uma sensação de firmeza e frescura, com viscosidade.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 28 de Março de 2011

1695 - Quinta da Sequeira Reserva 2008 (Branco)

1695 - Quinta da Sequeira Reserva 2008 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Malvasia Fina, Rabigato, Gouveio e Códega de Larinho
Produtor: Mário Jorge Eugénio Monteiro Cardoso - Quinta da Sequeira
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto e Rui Cunha
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela de média intensidade e tonalidade dourada, o nariz revela finura e elegância, onde as notas tostadas e fumadas combinam muito bem com nuances de citrinos, leve floral, alguma fruta e um belo toque mineral, na boca é um vinho volumoso e estruturado, onde as notas minerais e a tosta dominam o paladar, logo secundadas pela fruta, formando um conjunto fresco e muito guloso, saboroso e equilibrado, o final de boca é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2011

Rótulo: Localizada no Douro Superior, a Quinta da Sequeira produz vinhos desde 1899. Produzido a partir das castas Malvasia Fina, Rabigato, Gouveio e Códega de Larinho, provenientes de vinhas com mais de cem anos, foi vinificado em pequenos depósitos de inox, com controlo de temperatura de forma a manter todas as características das castas utilizadas. Estagiou durante seis meses em barricas de carvalho francês. Apresenta-se límpido, citrino, nariz frutado, notas de madeira e tosta complexantes, gordo, com acidez equilibrada, e um final de boca muito longo e persistente. Deverá ser servido a cerca de 9º.

Etiquetas: , , , , , , ,

Prova do Vinho branco Altas Quintas 600 2010 (Mar/2011)

No passado dia 24/03/2011, realizei uma Prova do vinho branco Altas Quintas 600, uma novidade na colheita de 2010 do produtor Altas Quintas do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Altas Quintas, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

1965 - Altas Quintas 600 2010 (Branco)Altas Quintas 600 2010 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Verdelho, Arinto e Fernão Pires
Produtor: Altas Quintas, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Nota de Prova: Cor pálida com delicada tonalidade esverdeada, o nariz revela frescas e agradáveis notas de fruta tropical, acompanhadas por um delicado floral e ainda algumas notas de citrinos, na boca é um vinho equilibrado e muito fresco, destacando-se o carácter dominador dos citrinos e algum vegetal, o final tem um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

domingo, 27 de Março de 2011

1694 - Herdade do Esporão AB Alicante Bouschet 2007 (Tinto)


1694 - Herdade do Esporão AB Alicante Bouschet 2007 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Cor intensa e nariz complexo e elegante, onde as notas florais e a fruta madura, estão bem equilibradas com delicadas e finas sugestões balsâmicas e minerais, num fundo marcado pelas sugestões tostadas do estágio em barricas, na boca mostra-se um vinho muito redondo e envolvente, onde a fruta e as notas notas tostadas casam muito bem, o final é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Março 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Janeiro 2010

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Dezembro 2009

Rótulo: Vinificação e Prova: Fermentação em cubas roto-fermentativas à temperatura de 22º, seguida de estágio de 12 meses em barricas novas de carvalho francês. Vinho de cor violeta concentrada. Aroma a mirtilos e cassis, com toques florais de lavanda enleados em tostado. Palato elegante com fruta delicada, textura cremosa e boa integração de madeira. Vindima: Chuvas fora de época e meses de colheita mais frescos do que o habitual retardaram a maturação das uvas, permitindo um melhor desenvolvimento da cor e dos taninos. Foram feitas 6.700 garrafas deste vinho que só é produzido em anos excepcionais, como foi o 2007. Terroir: as nossas vinhas beneficiam de condições climáticas e geológicas de excepção. A exposição solar é intensa, mas temperada pela brisa húmida do Atlântico. Os solos da "Vinha do Badeco", na Herdade do Esporão, são delgados e pedregosos, com origem xistosa e textura franca. Casta: Vinho nascido na "Vinha do Badeco", onde a Touriga Nacional foi plantada em 1988. É provavelmente a mais antiga vinha desta casta no Alentejo. Com maturação média e baixo rendimento, a Touriga Nacional dá origem a vinhos muito equilibrados, alcoólicos e indicados para envelhecer. 38º 22' 47'' N, 7º 33' 37'' W. Estas são as coordenadas geográficas da Herdade do Esporão, situada em Reguengos de Monsaraz, a 175km de Lisboa. Aceda a www.esporao.com/monocastas para ver o nosso enólogo, David Baverstock falar sobre o vinho. Garrafa nº 1628.

Etiquetas: , , , , ,

1693 - Rosé da Peceguina 2009 (Rosé)


1693 - Rosé da Peceguina 2009 (Rosé)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês e Touriga Nacional
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Notas de Prova: Cor de tonalidade vermelha bem viva e aromas frescos que fazem lembrar notas florais, vegetais e alguma fruta vermelha madura, na boca é um vinho equilibrado, muito frutado e harmonioso, o final tem um comprimento médio.



Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2010

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Novembro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Outubro 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 26 de Março de 2011

Prova do Vinho Tapada dos Monges Alvarinho 2009 (Mar/2011)

No passado dia 24/03/2011, realizei uma Prova do Vinho Tapada dos Monges Alvarinho 2009, do produtor Tapada dos Monges da região dos Vinhos Verdes.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Manuel da Costa Carvalho Lima & Filhos, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

1953 - Tapada dos Monges Alvarinho 2009 (Branco)Tapada dos Monges Alvarinho 2009 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Alvarinho
Produtor: Manuel da Costa Carvalho Lima & Filhos, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Guilherme Pereira
Nota de Prova: Cor amarela e nariz agradavelmente constituído por notas de fruta madura, alguma pêra, um leve toque vegetal e uma marcante componente mineral, na boca é um vinho com bom volume, fruta bem presente, acompanhada por algumas notas de lima/limão, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistência bem positiva.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

1692 - Vale das Areias Syrah 2005 (Tinto)

1692 - Vale das Areias Syrah 2005 (Tinto)
Região: Regional Estremadura
Castas: Syrah
Produtor: Sociedade Agrícola da Labrugeira, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Rafael Neuparth
Notas de Prova: Cor rubi com relativa intensidade no centro e uma delicada auréola violácea, no nariz a fruta merece todo o destque, acompanhada por leves notas de baunilha e algum vegetal, já no paladar é um vinho redondo, muito equilibrado e frutado, o final de boca tem um comprimento curto/médio e uma persistência diminuta.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Abril 2009

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 25 de Março de 2011

1691 - Quinta da Sequeira 2009 (Branco)


1691 - Quinta da Sequeira 2009 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Gouveio, Malvasia Fina, Rabigato e Códega
Produtor: Mário Jorge Eugénio Monteiro Cardoso - Quinta da Sequeira
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Cunha
Notas de Prova: Cor citrina com leves laivos esverdeados, revela uma nariz com boa dose de fruta madura e tropical em conjunto com evidentes sugestões citrinas e talvez florais, na boca é um vinho muito fresco, que conta com uma bela acidez e um paladar muito equilibrado e vivo, a fruta tropical e as notas de lima/limão estão bem expressivas e o final tem um comprimento médio/longo e uma agradável persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2013

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2010

Rótulo: Produzido a partir das castas Malvasia Fina, Rabigato, Gouveio e Códega do Larinho, foi vinificado em pequenos depósitos de inox, com controlo de temperatura, de forma manter todas as características das castas utilizadas. Apresenta-se límpido, citrino, nariz frutado e ligeiramente floral, com uma acidez equilibrada, conferindo-lhe um final de boca longo e agradável. Deverá ser servido a cerca de 8ºC.

Etiquetas: , , , , , , ,

quinta-feira, 24 de Março de 2011

Prova de Vinhos Esporão na Delidelux (Mar/2011)

No passado dia 10/03/2011 na Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação do novo Projecto do Esporão no Douro, os vinhos da Quinta dos Murças, bem como a apresentação das novas colheitas de alguns vinhos alentejanos da Herdade do Esporão.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 8 vinhos, 1 branco e 7 tintos.


Prova comentada por Luís Patrão, enólogo residente da Herdade do Esporão.

Esporão Private Selection 2009 (Branco)Esporão Private Selection 2009 (Branco)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Semillon, Marsanne e Roussanne
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Sandra Alves
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor citrina e um nariz fresco e muito elegante, onde a fruta madura casa muito bem com as notas de barrica, com leves sensações fumadas e delicadas especiarias, na boca é um vinho volumoso, fino e harmonioso, capaz de revelar uma excelente acidez e uma bela estrutura, a fruta continua bem presente, tal como as notas tostadas e abaunilhadas, tudo muito equilibrado e denotando grande qualidade, o final é prolongado e bem persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Assobio 2009 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Cor rubi de média concentração e rebordo violáceo brilhante, o nariz revela imensas notas florais misturadas com frutos vermelhos e do bosque, na boca é um vinho redondo, muito equilibrado e perfeitamente dominado pela fruta, apoiada em notas balsâmicas e algumas especiarias, o final tem uma persistência mediana.
Classificação Pessoal: 15.5
2008 - Assobio 2009 (Tinto)
2009 - Quinta dos Murças Reserva 2008 (Tinto)Quinta dos Murças Reserva 2008 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Barroca, Tinta Miúda, Touriga Nacional, Touriga Franca e Sousão
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Cor rubi de grande intensidade e nariz bem preenchido por notas florais, evidentes notas de frutos negros e sugestões de barrica e toques fumados, capazes de fazer lembrar até algum chocolate, na boca é um vinho poderoso mas ao mesmo tempo aveludado, onde a tosta aparece bem casada com a fruta e delicadas sugestões apimentadas, o final revela estrutura e persistência elevada.
Classificação Pessoal: 17
Herdade do Esporão S Syrah 2008 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Syrah
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa e um nariz exuberante, onde as notas de frutos pretos, um ligeiro fumado e frescas sensações florais, formam um conjunto atractivo e perfumado, na boca mostra-se elegante e harmonioso, onde a fruta preta aliada a notas de chocolate e a uma ligeira tosta, dão origem a um vinho redondo e encorpado, o final é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
2026 - Herdade do Esporão S Syrah 2008 (Tinto)
2028 - Herdade do Esporão PV Petit Verdot 2008 (Tinto)Herdade do Esporão PV Petit Verdot 2008 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Petit Verdot
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Cor granada carregada e nariz muito complexo e ainda algo fechado, apesar de no decorrer da prova, as notas de especiarias e alguma fruta aparecerem misturadas com um leve toque amentolado e de couro, na boca é um vinho intenso, com taninos firmes e estrutura bem evidente, a fruta, a pimenta, as notas vegetais e um leve toque de café, aliados a uma delicada sensação de barrica compõem um paladar complexo e acima de tudo muito jovem, termina prolongado e agradavelmente persistente.
Classificação Pessoal: 16
Herdade do Esporão TN Touriga Nacional 2008 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Cor rubi de forte intensidade e nariz rico em sugestões de fruta madura e delicadas notas florais, num fundo tostado e muito equilibrado, na boca é um vinho cheio, volumoso e encorpado, conta com um paladar frutado, onde as notas de barrica mostram uma bela integração e um ligeiro toque vegetal confere vivacidade ao conjunto, o final é prolongado e muito agradável.
Classificação Pessoal: 16.5
2025 - Herdade do Esporão TN Touriga Nacional 2008 (Tinto)
2027 - Herdade do Esporão AB Alicante Bouschet 2008 (Tinto)Herdade do Esporão AB Alicante Bouschet 2008 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Apresenta uma profunda cor de tonalidade vermelho forte, o nariz revela aromas de frutos silvestres, suaves violetas, alguma groselha e delicadas notas de café, num fundo marcado pelas diversas especiarias e pela elegância do estágio prolongado em madeira, na boca é um vinho cheio e estruturado, revelando bom volume e uma acidez elevada, a madeira está bem casada com a fruta e o final é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Esporão Private Selection 2007 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet e Aragonês
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Nota de Prova: Apresenta uma cor fechada, praticamente opaca, no nariz sobressai um conjunto vivo e diversificado de aromas, que vão desde os frutos pretos e amoras, a delicadas nuances balsâmicas, perfumadas notas florais, alguma resina e ainda envolventes notas de tabaco e barrica de elevada qualidade, na boca é um vinho poderoso, harmonioso e quente, capaz de aliar uma imensa frescura a uma textura sedutora, os taninos estão robustos e a fruta e barrica casadas na perfeição, actualmente dá imenso prazer ao ser bebido mas revela uma enorme capacidade de guarda, o final é longo e muito, muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Esporão Private Selection 2007 (Tinto)

Etiquetas:

1690 - Monte da Peceguina 2009 (Branco)

1690 - Monte da Peceguina 2009 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Verdelho e Roupeiro
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz perfumado com notas de fruta fresca, algum citrino e uma componente mineral bem evidente, na boca está um vinho bem agradável, revelando uma boa acidez, boa dose de fruta e citrinos e um final algo vegetal e com bom comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Junho 2010

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Novembro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Outubro 2010

Rótulo: A colheita manual e os extremos cuidados na vinificação puseram em evidência todo o potencial desta casta típicamente alentejana. Para que possa também apreciar decidimos engarrafar este pequeno lote de 6.980 litros. Colheita Manual, Antão Vaz, Fermentação Inox 22 dias, 9.305 garrafas 0,75L.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 23 de Março de 2011

1689 - Viña Ardanza Reserva 2000 (Tinto)

1689 - Viña Ardanza Reserva 2000 (Tinto)
Região: Espanha
Castas: Tempranillo e Garnacha Tinta
Produtor: La Rioja Alta, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13%
Enólogo: Julio Sáenz
Notas de Prova: Cor granada no centro e leve auréola acastanhada, o nariz mostra-se envolventes aromas de couro, fruta em passa e uma leve sensação de côco, já no paladar é um vinho encorpado, com taninos evidentes mas bem integrados no conjunto, a madeira está subtil e a fruta preta e um certo toque de chocolate dão ao vinho um carácter sedutor, o final é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 22 de Março de 2011

1688 - Bernon Albariño 2007 (Branco)

1688 - Bernon Albariño 2007 (Branco)
Região: Espanha
Castas: Alvarinho
Produtor: Bodegas Aquitania
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: José Manuel Amigo Santos
Notas de Prova: Cor amarelo torrado com laivos esverdeados e nariz muito marcado pela fruta madura e alguns citrinos, na boca é um vinho fresco, muito delicado e com uma acidez agradável, os citrinos apresentam-se bem envolventes e o final é mediano.


Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos Vinhos Fiúza Três Castas 2010 (Mar/2011)

No passado dia 20/03/2011, realizei uma Prova dos vinhos Fiúza Três Castas, da colheita de 2010 e nas versões branco e tinto, do produtor ribatejano Fiúza & Bright.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

1929 - Fiúza Três Castas 2010 (Branco)Fiúza Três Castas 2010 (Branco)

Região: Regional Tejo
Castas: Chardonnay, Arinto e Vital

Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Cor pálida e nariz medianamente preenchido por notas de citrinos, algumas flores e um leve toque de fruta, na boca apresenta-se equilibrado e fresco, onde a fruta marca um agradável e suave presença, termina com um final de boca curto.
Classificação Pessoal: 14
Fiúza Três Castas 2010 (Tinto)

Região: Regional Tejo
Castas:
Syrah, Cabernet Sauvignon e Touriga Nacional
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi brilhante de média concentração, o nariz revela aromas de fruta madura, aliados a delicados toques vegetais, florais e ainda uma leve sensação de pimento, na boca é um vinho fresco, de fácil prova e estrutura muito mediana e directa, tem um final curto e relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 14.5
1930 - Fiúza Três Castas 2010 (Tinto)

Etiquetas:

segunda-feira, 21 de Março de 2011

1687 - Baron de Ley Reserva 2003 (Tinto)

1687 - Baron de Ley Reserva 2003 (Tinto)
Região: Espanha
Castas: Tempranillo
Produtor: Bodegas Barón de Ley, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Gonzalo Rodríguez, Jose María del Río e Luis Chueca
Notas de Prova: Cor granada e nariz delicado de notas de couro e alguma fruta preta, fazedo até lembrar madeira velha, o que revela alguma evolução, na boca é um vinho suave, com taninos bem redondos e um corpo de médio porte, as notas especiadas estão dominadoras, face à fruta e a um leve toque vegetal, o final tem um comprimento médio/longo e uma relativa persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 20 de Março de 2011

1686 - Cillar de Silos Tempranillo 2007 (Tinto)

1686 - Cillar de Silos Tempranillo 2007 (Tinto)
Região: Espanha
Castas: Tempranillo
Produtor: Cillar de Silos
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Oscar Aragón
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro com forte laivos violetas à volta, o nariz apresenta-se muito floral e rico em frutos do bosque, num fundo abaunilhado, na boca é um vinho com estrutura, encorpado e taninos redondos, a fruta, as especiarias e a madeira foram um conjunto harmonioso, que conta com um final persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 19 de Março de 2011

1685 - Ermita d'Espiells 2008 (Branco)

1685 - Ermita d'Espiells 2008 (Branco)
Região: Espanha
Castas: Macabeo, Xarello e Parellada
Produtor: Bodega Juvé y Campos
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 11.5%
Enólogo: Familia Juvé Camps
Notas de Prova: Aromas minerais bem evidentes, aliados a delicadas sensações florais e alguma fruta madura, na boca mostra-se um vinho equilibrado e fresco, mais citrino mas sem perder a elegância mineral do nariz, o final tem um comprimento e persistência médio/longos.


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

1684 - Quinta da Lagoalva Sauvignon 2009 (Branco)

1684 - Quinta da Lagoalva Sauvignon 2009 (Branco)
Região: Regional Tejo
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta da Lagoalva de Cima, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Reguinga e Diogo Campilho
Notas de Prova: Apresenta um nariz muito marcado por notas vegetais que se enviam para segundo plano alguma fruta tropical, na boca confirmam-se os aromas vegetais, conta com uma acidez vibrante e um corpo com alguma estrutura, o final é mediano de comprimento mas conta com uma agradável persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2010

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .14.5
• Data da Revista: Março 2011 / Abril 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14.5
• Data da Revista: Outubro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Setembro 2010

Rótulo: Feito a partir da casta Sauvignon, cultivada nos solos da Quinta Lagoalva de Cima, a 100km NE de Lisboa. A Quinta da Lagoalva de Cima ganhou notoriedade no século XIX com a produção de vinho, azeite, cortiça e a criação de cavalos lusitanos. Com cor amarelo citrino, este vinho tem no aroma notas vegetais intensas, na boca é fresco, delicado e persistente. Sugerimos o consumo a 12ºC, como aperitivo ou acompanhando pratos leves.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 18 de Março de 2011

1683 - Casa de Santar 2007 (Tinto)

1683 - Casa de Santar 2007 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de média concentração e um nariz complexo e especiado, deixando a fruta para segundo plano, na boca revela-se mais ambicioso, mais frutado, mineral e estruturado, revela um corpo agradavelmente preenchido e um final mediano de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Abril 2010

Rótulo: A Casa de Santar, fundada em 1970, orgulha-se de proporcionar aos seus apreciadores a descoberta do casamento das Três Castas Tintas Ex-Líbris do Dão (Touriga-Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz). Vinho não filtrado sujeito a depósito.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 17 de Março de 2011

1682 - Paulo Laureano Premium 2008 (Tinto)


1682 - Paulo Laureano Premium 2008 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira e Alicante Bouschet
Produtor: Paulo Laureano Vinus, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz complexo, onde as notas de compota e fruta madura misturam-se com evidentes sugestões de especiarias, tosta e algum cacau, na boca é um vinho equilibrado, com taninos finos e redondos, conta com um paladar frutado e especiado e uma estrutura ligeiramente acima da média, o final tem um comprimento mediano e uma persistência relativamente prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

1681 - Rosália de Castro Albariño 2008 (Branco)

1681 - Rosália de Castro Albariño 2008 (Branco)
Região: Espanha
Castas: Alvarinho
Produtor: Rosália de Castro
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: José Antonio Porto
Notas de Prova: Cor amarelo vivo e nariz muito citrino e mineral, acompanhados por leves sensações vegetais, na boca é um vinho fresco, de fácil prova e acidez agradável, os citrinos estão dominadores, num final relativamente persistente.



Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 16 de Março de 2011

1680 - Monte Clavijo Viura 2008 (Branco)

1680 - Monte Clavijo Viura 2008 (Branco)
Região: Espanha
Castas: Viura
Produtor: Bodegas Criadores de Rioja
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12%
Enólogo: Rafael Vivanco
Notas de Prova: Cor pálida levemente esverdeada e nariz muito floral e vegetal, com leves notas de frutas tropicais a acompanhar, na boca é notória uma ligeira sensação fumada que se mistura com a fruta e leves citrinos, é um vinho fresco, que conta com uma boa acidez e revela um final persistente.


Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 15 de Março de 2011

1679 - Sanz Clásico Verdejo 2009 (Branco)

1679 - Sanz Clásico Verdejo 2009 (Branco)
Região: Espanha
Castas: Verdelho
Produtor: Bodegas Sanz
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Juan Carlos Ayala Sanz
Notas de Prova: Cor límpida de leve tonalidade esverdeada, apresenta um nariz aromático e muito fresco, os citrinos envolvem-se com as frutas tropicais e uma leve sensação herbácea , já na boca é um vinho redondo, muito equilibrado e delicado, conta com uma boa acidez e um final médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

Prova de Vinhos da Quinta da Touriga-Chã na Delidelux (Fev/2011)


No passado dia 24/02/2011 na Garrafeira Delidelux em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos vinhos Quinta da Touriga-Chã do produtor José Rosas, da região do Douro.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 5 vinhos tintos, 2 deles não foram comercializados, são apenas ensaios.


Puro 2005 [Ensaio] (Tinto)Puro 2005 [Ensaio] (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: José Rosa - Vinhos Unipessoal, Lda
Álcool: -%
Enólogo: João Brito e Cunha e Fernando Lázaro
Nota de Prova: Cor intensa no centro e auréola violácea, o nariz revela evidentes sugestões de especiarias acompanhadas por notas florais e uma delicada sensação de fruta preta, na boca é um vinho complexo, redondo e encorpado, os taninos mostram-se aguerridos, o paladar frutado e especiado, sendo que ambos formam um conjunto estruturado que termina persistente.
Classificação Pessoal: 16
Puro 2006 [Ensaio] (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: José Rosa - Vinhos Unipessoal, Lda
Álcool: -%
Enólogo: João Brito e Cunha e Fernando Lázaro
Nota de Prova: Cor rubi de agradável concentração e nariz rico em notas florais, acompanhadas por alguma fruta preta e uma leve sensação de pimenta, na boca revela uma grande suavidade e equilíbrio, revelando uma boa dose de fruta e uns taninos bem redondos, o final tem um comprimento médio/longo e uma interessante persistência.
Classificação Pessoal: 15.5
Puro 2006 [Ensaio] (Tinto)
Quinta da Touriga-Chã 2004 (Tinto)Quinta da Touriga-Chã 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: José Rosa - Vinhos Unipessoal, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Brito e Cunha e Fernando Lázaro
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e uma auréola de tons granada, o nariz revela elegância, onde a tosta denota fineza e casa muito bem coma fruta preta e delicadas nuances fumadas, na boca é um vinho suave mas ao mesmo tempo estruturado e muito agradável, com taninos redondos e um paladar volumoso, no paladar a fruta continua bem presente a par de um certo toque chocolate, especiarias e notas de barrica de qualidade, o final é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta da Touriga-Chã 2006 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: José Rosa - Vinhos Unipessoal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: João Brito e Cunha e Fernando Lázaro
Nota de Prova: Cor carregada no centro e rebordo de tonalidade rubi/avioletada, o nariz revela aromas de fruta preta, amoras, e uma perfumada dose de notas florais bem casadas com a tosta, na boca mostra-se um vinho muito redondo, com bom volume e estrutura, a fruta está bem integrada com as notas tostadas e especiadas, formando um conjunto muito equilibrad e agradável, o final tem um comprimento médio/longo e uma bela persistência.
Classificação Pessoal: 16.5
2430 - Quinta da Touriga-Chã 2006 (Tinto)
1952 - Quinta da Touriga-Chã 2007 (Tinto)Quinta da Touriga-Chã 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: José Rosa - Vinhos Unipessoal, Lda
Álcool: 15.5%
Enólogo: João Brito e Cunha e Fernando Lázaro
Nota de Prova: Apresenta uma cor opaca no centro e laivos de cor violeta brilhante, o nariz revela-se elegante, fino e complexo, onde os aromas de frutos pretos, as notas florais, uma leve sensação de cacau e ainda um suave toque fumado, formam um conjunto muito atractivo, na boca é um vinho poderoso e volumoso, além de bem estruturado e encorpado, o paladar conta com a frescura das notas florais, a elegância e vivacidade da fruta e ainda algumas notas de chocolate, fumo e especiarias, terminando com um comprimento longo e uma enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

segunda-feira, 14 de Março de 2011

1678 - Diga? 2008 (Branco)


1678 - Diga? 2008 (Branco)
Região: DOC Bairrada
Castas: