• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

terça-feira, 31 de maio de 2011

1776 - Etc Colheita Seleccionada 2007 (Tinto)

1776 - Etc Colheita Seleccionada 2007 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: Maria da Graça de Noronha Mendes de Almeida
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor rubi de mediana concentração e nariz perfumado por frescas notas de fruta madura, acompanhada por uma ligeira sensação vegetal e delicadas sugestões a madeira, na boca é um vinho equilibrado, conta com uns taninos firmes e uma fruta bem casada com as especiarias, o final é mediando, em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Abril 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Novembro 2009

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

1775 - Vila Santa Reserva 2008 (Tinto)


1775 - Vila Santa Reserva 2008 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Touriga Nacional e Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa e um nariz complexo e rico em notas de frutos silvestres, ligeiro vegetal e uma delicada sensação apimentada, num fundo mais especiado, na boca é um vinho estruturado, encorpado, com taninos firmes e um paladar equilibrado e bem preenchido pelo conjunto fruta e notas de barrica, termina mais especiado e com um comprimento e persistência médios/longos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2014

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2011

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2012

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Julho 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16
• Data da Revista: Janeiro 2011 / Fevereiro 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.7
• Data da Revista: Dezembro 2010

Classificação Blue Wine: ...................................16
• Data da Revista: Novembro 2010

Classificação Revista Escanção: ........................90*
• Data da Prova: Setembro 2010 / Outubro 2010
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Julho 2010

Rótulo: As excelentes características das castas Aragonês, Touriga Nacional e Trincadeira, aliadas à elegância do Cabernet Sauvignon, à rusticidade do Alicante Bouschet e ao estágio em meias pipas novas, resultam num vinho invulgar de excelente complexidade.

Etiquetas: , , , , , , , ,

segunda-feira, 30 de maio de 2011

1774 - Vidigueira Cinquentenário 2009 (Branco)

1774 - Vidigueira Cinquentenário 2009 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz e Perrum
Produtor: Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, C.R.L.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Melícias e José Martins da Fonseca
Notas de Prova: Cor citrina de tonalidade levemente amarelo torrado, o nariz revela aromas frescos de lima/limão acompanhados por uma ligeira sensação vegetal e alguma fruta, na boca é um vinho muito agradável que conta com uma interessante estrutura e uma acidez bem presente, a fruta está agora dominante, secundada por uma forte componente citrina, terminando com um final de boca médio/longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2010

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Janeiro 2011

Rótulo: Para comemorar o cinquentenário da nossa Adega escolhemos um vinho branco de 2009 que, em termos de fruta e complexidade, representasse aquilo que são actualmente os excelentes brancos da Vidigueira. Tendo por base as castas Antão Vaz e Perrum, resultou citrino, aromático (notas de frutos tropicais e alperce), estrutrurado, fresco, elegante e de final longo e suave. Deve ser consumido à temperatura de 10/12ºC.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 29 de maio de 2011

Almoço (mais um...) de velhos amigos Bloggers... (Abr/2011)


No passado dia 16/04/2011, teve lugar mais um Almoço onde se juntaram alguns velhos amigos Bloggers de Vinho.

Durante o almoço e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os seguintes Bloggers:
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- João Pedro Carvalho (Blog Copo de 3)
- Miguel Pereira (Blog Pingamor)
- Nuno Oliveira Garcia (Blog Saca a Rolha)
e ainda o convidado José Carlos.
O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos (alguns em Prova Cega) que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Almoço:

Quinta da Ponte Pedrinha 2009 (Branco)Quinta da Ponte Pedrinha 2009 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas: Encruzado e Malvasia
Produtor: Maria de Lourdes Mendes Oliva Nunes Osório
Álcool: 13%
Enólogo: Catarina Simões e Lafaette Agra
Nota de Prova: Cor citrina delicada e nariz repleto de aromas frescos citrinos misturados com delicadas nuances florais e alguma mineralidade, na boca é um vinho equilibrado que conta com uma agradável acidez e uma estrutura mediana, os citrinos continuam dominantes, agora acompanhados por um ligeiro toque herbáceo, final seco, de comprimento médio/longo e persistência correcta.
Classificação Pessoal: 15.5
Chablis Les Deux Rives 2008 (Branco)

Região: França
Castas: Chardonnay
Produtor: Olivier Leflaive
Álcool: 12.5%
Enólogo: Olivier Leflaive
Nota de Prova: Cor citrina levemente esverdeada, o nariz revela elegância e vivacidade, beneficiando do equilíbrio entre as notas minerais, vegetais e florais, na boca é revelada uma agradável acidez e um vibrante paladar, onde a fruta madura aparece acompanhada por sugestões vegetais, lima e um leve toque herbáceo, o final é muito seco, estruturado e medianamente prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16
1992 - Chablis Les Deux Rives 2008 (Branco)
Quinta dos Carvalhais Colheita Seleccionada 2004 (Branco)Quinta dos Carvalhais Colheita Seleccionada 2004 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas: Encruzado e Verdelho
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Manuel Vieira
Nota de Prova: Cor dourada bem bonita e nariz marcado por aromas amanteigados, ligeiramente fumados e especiados, num estilo agradável e algo evoluído, na boca revela uma interessante acidez, um paladar tostado e amanteigado, fazendo lembrar alguma madeira usada, conta ainda com uma interessante estrutura e um final de comprimento médio/longo e persistência agradável.
Classificação Pessoal: 16.5
Georg Breuer Terra Montosa Riesling 2002 (Branco)

Região: Alemanha
Castas:
Riesling
Produtor: Weingut Georg Breuer
Álcool: 12%
Enólogo: Bernhard Breuer
Nota de Prova: Apresenta uma cor palha de reflexos dourados, o nariz revela aromas apetrolados e melados, que no decorrer da prova evoluem para sugestões de frutos secos e flores secas, na boca revela um volume agradável, uma notória evolução e uma estrutura equilibrada, as notas de mel continuam em evidência, terminando com um final de boca relativamente persistente e de comprimento curto/médio.
Classificação Pessoal: 15.5
Georg Breuer Terra Montosa Riesling 2002 (Branco)
Valdehermoso Roble 2008 (Tinto)Valdehermoso Roble 2008 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tempranillo
Produtor: Bodegas y Viñedos Valderiz, S.L.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Isaac Fernandez Montaña
Nota de Prova: Cor rubi intensa e concentrada no centro e auréola de tonalidade violeta, o nariz revela-se muito floral aliado a evidentes notas de frutos silvestres e tosta muito subtil, num fundo especiado e amentolado, na boca é um vinho encorpado, com boa estrutura e fruta vermelha madura em destaque, acompanhada por ligeiras sugestões florais e vegetais, conta com uns taninos firmes e um final de comprimento médio/longo e persistência agradável.
Classificação Pessoal: 15.5
Chablis Joseph Drouhin 2008 (Branco)

Região: França
Castas: Chardonnay
Produtor: Maison Joseph Drouhin
Álcool: 12.5%
Enólogo: Laurence Jobard
Nota de Prova: Cor amarelo límpido e nariz muito citrino e floral que beneficia de sugestões limonadas e muito minerais, na boca é um vinho super equilibrado, com excelente acidez e uma elegância vibrante, continua bastante citrino e vegetal e termina muito seco, prolongado e com uma persistência acima da média.
Classificação Pessoal: 16.5
Chablis Joseph Drouhin 2008 (Branco)
Bajancas Private Selection 2008 (Branco)Bajancas Private Selection 2008 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Rabigato, Gouveio e Códega do Larinho
Produtor: António Alfredo Lamas
Álcool: 13%
Enólogo: 2PR
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina levemente esverdeada e um nariz onde é evidenciada uma fina tosta agradavelmente combinada com aromas de fruta madura, elegantes especiarias e uma componente vegetal bem notória, na boca é um vinho estruturado que conta com uma acidez brutal e um paladar unutoso e equilibrado pela dupla fruta/tosta, o final, além de muito seco, é prolongado e relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Pétalos 2005 (Tinto)

Região: Espanha
Castas:
Mencía
Produtor: Desciendentes de J. Palacios
Álcool: 14%
Enólogo: Ricardo Pérez e Álvaro Palacios
Nota de Prova: Cor granada de média concentração e ligeira evolução, o nariz revela imensas notas de especiarias combinadas com madeira e alguma fruta vermelha, na boca é um vinho com bom volume que alia a sua delicada acidez com a fruta madura, especialmente cerejas, conta ainda com taninos firmes e um final de comprimento médio/longo e de persistência relativa.
Classificação Pessoal: 16.5
Pétalos 2005 (Tinto)
1919 - Rutini Cabernet Sauvignon & Malbec 2008 (Tinto)Rutini Cabernet Sauvignon & Malbec 2008 (Tinto)

Região: Argentina
Castas:
Cabernet Sauvignon e Malbec
Produtor: Bodega La Rural Familia Rutini Wines
Álcool: 13.5%
Enólogo: Mariano Di Paola
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada e de tonalidade violeta, o nariz revela imensas notas de frutos silvestres bem maduros combinados com sensações vegetais, apimentadas e até fumadas, num fundo marcado por subtis aromas tostados, na boca apresenta um volume bem agradável, com boa estrutura e taninos firmes, a fruta preta está bem presente e misturada com ligeiras notas de café e baunilha, o final é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Arrayán Merlot 2004 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Merlot
Produtor: Bodegas Arrayán
Álcool: 14%
Enólogo: Maite Sánchez Márquez
Nota de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em fruta madura e especiarias, como pimentas, bem como delicados aromas terrosos, menta e até algum café, na boca é um vinho de agradável volume e intensidade, com boa estrutura e taninos firmes mas que não pesam o conjunto, apesar da idade revela uma boa dose de fruta e uma acidez interessante, o final tem um comprimento médio/longo e uma interessante persistência.
Classificação Pessoal: 16.5
Arrayán Merlot 2004 (Tinto)
Arrayán Cabernet Sauvignon 2005 (Tinto)Arrayán Cabernet Sauvignon 2005 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Cabernet Sauvignon
Produtor: Bodegas Arrayán
Álcool: 14%
Enólogo: Maite Sánchez Márquez
Nota de Prova: Cor granada intensa e nariz bem composto por notas de fruta vermelha madura, madeira bem integrada e uma ligeira sensação tostada e apimentada, na boca destaca-se a fruta negra, muito envolvente, apoiada em notas de especiarias e um ligeiro toque de pimento, o paladar apresenta uma agradável estrutura e os taninos revelam solidez, o final é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16
Paisajes VII 2006 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Garnacha
Produtor: Paisajes y Viñedos
Álcool: 13%
Enólogo: Miguel Ángel de Gregorio
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz elegante e rico em notas de fruta vermelha madura, ligeiras sensações florais e um suave toque apimentado e mineral, na boca é um vinho impetuoso, fresco, cheio de fruta e onde o estágio em barricas e posteriormente em garrafa, conferem ao conjunto uma enorme complexidade e amplitude, tornando-o elegante, bem encorpado e com taninos delicados mas ao mesmo tempo cheios de garra, o final é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Paisajes VII 2006 (Tinto)
Arrayán Syrah 2005 (Tinto)Arrayán Syrah 2005 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Syrah
Produtor: Bodegas Arrayán
Álcool: 14%
Enólogo: Maite Sánchez Márquez
Nota de Prova: Apresenta uma brilhante cor rubi, algo carregada e muito concentrada, o nariz revela uma atractiva fineza de aromas, destacando-se a fruta vermelha, um ligeiro toque vegetal e especiado e ainda uma agradável sensação torrada e mineral, na boca é um vinho elegante mas ao mesmo tempo poderoso e cheio de raça, onde a fruta aparece bem casada com a madeira e sente-se um ligeiro licoroso muito fresco, o final é longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17
Aneto Grande Reserva 2008 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Sobredos - Produção e Comércio de Vinhos, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Francisco Montenegro
Nota de Prova: Apresenta uma cor muito carregada, quase opaca no centro e auréola de tonalidade violeta, o nariz revela elegantes aromas florais bem misturados com a fruta madura, tosta muito fina e um sensação balsâmica e mineral que abrilhanta o conjunto, na boca é um vinho poderoso mas elegante, complexo e muito encorpado, onde a fruta e as finas notas tostadas e abaunilhadas casam na perfeição, conta ainda com uma belíssima acidez e uma imensa frescura, o final é longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Aneto Grande Reserva 2008 (Tinto)
Messias Colheita 1977 (Porto)Messias Colheita 1977 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão, Tinta Barroca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, SA
Álcool: 20%
Enólogo: Elisete Beirão
Nota de Prova: Foram só "algumas gotas" mas o suficiente para se sentir a envolvência de aromas, entre os frutos secos, avelãs e amêndoas, algum fumado e uma leve sensação terrosa, na boca revela complexidade, fineza e um paladar aveludado, cheio e com boa acidez, termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Vale Meão Vintage 2008 (Porto)

Região: Douro
Castas: Tinta Barroca, Tinta Amarela, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional, Sousão e Tinto Cão
Produtor: Francisco Olazabal & Filhos, Lda
Álcool: 19.5%
Enólogo: Francisco de Olazabal
Nota de Prova: Cor retinta e nariz poderoso, cheio de fruta preta, cereja e amoras, frutos silvestres e um leve toque de caramelo, bem como um evidente mineral, na boca alia a sua elegância ao poderio e imensa juventude que demonstra, conta com um paladar volumoso, envolvente e cheio de fruta, o final é longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Vale Meão Vintage 2008 (Porto)
Warre's Quinta da Cavadinha 1989 (Porto)Warre's Quinta da Cavadinha 1989 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Symington Family Estates
Álcool: 20%
Enólogo: Peter Symington e Charles Symington
Nota de Prova: Apresenta uma cor avermelhada de grande intensidade e concentração, o nariz revela-se elegante, envolvente e fino, onde as notas de fruta vermelha bem madura misturam-se agradavelmente com ligeiras sensações especiadas e um delicado toque mineral, na boca é um vinho volumoso, de paladar aveludado e ligeiramente licoroso, continua muito frutado e conta com uma estrutura bem interessante, o final tem um comprimento médio/longo e uma boa persistência.
Classificação Pessoal: 17
Contraste 2009 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Códega de Larinho e Rabigato
Produtor: Conceito - Sociedade de Vinhos, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Rita Marques
Nota de Prova: Cor pálida e nariz dominado por aromas florais, minerais e uma delicada nuance limonada e vegetal, na boca é um vinho que apresenta uma bela acidez, um paladar vivo, onde as notas citrinas e minerais estão muito bem combinadas e equilibradas, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistência agradável.
Cl