• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quarta-feira, 31 de Agosto de 2011

1902 - Monsaraz Museu Aberto Reserva 2003 (Tinto)


1902 - Monsaraz Museu Aberto Reserva 2003 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira e Castelão
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Valadas
Notas de Prova: Apresenta uma cor avermelhada de média concentração e um nariz onde a fruta vermelha e as especiarias mostram a sua influência, na boca revela uma agradável estrutura, taninos redondos, um corpo bem preenchido e um paladar onde a fruta e a madeira aparecem bem casados, o final é médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

1901 - Bosquet des Papes 1998 (Tinto)


1901 - Bosquet des Papes 1998 (Tinto)
Região: França
Castas: Cinsault, Counoise, Grenache Noir, Mourvèdre, Syrah, e Vaccarèse
Produtor: Domaine Bosquet des Papes
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13%
Enólogo: Nicolas Boiron
Notas de Prova: Cor acastanhada e nariz já evoluído, onde as notas de couro e algum vegetal seco se confundem com delicadas sugestões balsâmicas, na boca é um vinho correcto, já com pouca vida e um paladar terroso e especiado, o final de boca é curto e pouco persistente.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Dezembro 2012

Rótulo: Depuis plusieurs générations de Pêre et fils la famille Boiron contribue à la renommée du cru Châteauneuf-du-Pape, avec ses vins. Fidèle à ses traditions, les vins sont vieillis en foudre de chêne et mis en bouteilles à la propriété. Elaboré avec le plus grand soin, ce Châteauneuf-du-Pape vous comblera par sa qualité et son aunthenticité. Sous le n º 68564.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

terça-feira, 30 de Agosto de 2011

1900 - Ervideira Antão Vaz 2009 (Branco)


1900 - Ervideira Antão Vaz 2009 (Branco)
Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Ribeira da Ervideira, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor amarela de reflexos dourados, o nariz revela evidentes notas de frutos tropicais maduros e uma leve sensação floral, na boca é um vinho com estrutura, muita fruta e alguma mineralidade, bem como um toque evidente de notas limonadas, o final tem um comprimento mediano e uma persistência agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Junho 2010

Rótulo: As castas d'Ervideira são o reflexo do potencial enológico que todos os anos utilizamos na construção dos nossos vinhos. Antão Vaz é sem dúvida o "ex-líbris" das castas brancas do sul do país. Este vinho mostra toda a sua exuberância aromática de fruta tropical com algumas notas cítricas, num conjunto de estrutura marcante, envolvente e de longa persistência.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Prova do Vinho Altas Quintas 2007 (Ago/2011)

No passado dia 27/08/2011, realizei uma Prova do vinho tinto Altas Quintas 2007 do produtor Altas Quintas do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Altas Quintas, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2120 - Altas Quintas 2007 (Tinto)Altas Quintas 2007 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: Altas Quintas, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Laureano
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa de tonalidade granada e ligeiramente rubi, o nariz revela fineza e complexidade, onde os aromas de frutos silvestres bem maduros e amexias se misturam com evidentes notas tostadas e delicadas sugestões florais e levemente achocolatadas, na boca é um vinho ainda muito jovem, com taninos firmes e com um paladar onde as notas de barrica estão bem evidentes, bem como alguma fruta e um leve toque especiado, o final é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

1899 - Adega de Pegões Colheita Seleccionada 2005 (Tinto)


1899 - Adega de Pegões Colheita Seleccionada 2005 (Tinto)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Touriga Nacional, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Syrah
Produtor: Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, CRL
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jaime Quendera
Notas de Prova: Cor intensamente avermelhada e nariz bem preenchido por aromas de frutos vermelhos, misturados com notas florais, ligeiro toque de café e até uma leve nuance balsâmica, na boca confirma os aromas, revelando estrutura e evidentes especiarias, conta com uns taninos firmes e uma agradável acidez, o final tem um comprimento e persistência médio/longos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

domingo, 28 de Agosto de 2011

1898 - Vinha Grande 2002 (Tinto)

1898 - Vinha Grande 2002 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Barroca
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Maria Soares Franco
Notas de Prova: Cor avermelhada de tonalidade ligeiramente acastanhada, fruto de alguma evolução, tem um nariz que revela aromas de couro, flores secas, alguma fruta em passa e um toque de madeira e pimenta preta muito subtil, na boca impressiona pela sua juventude e estrutura, conta com uma bela acidez, finas e elegantes especiarias e taninos bem redondos e aveludados, o final é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

sábado, 27 de Agosto de 2011

1897 - Catarina 2009 (Branco)


1897 - Catarina 2009 (Branco)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Chardonnay, Fernão Pires e Arinto
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Filipa Tomaz da Costa e Vasco Penha Garcia
Notas de Prova: Cor amarelo suave e nariz bem preenchido por aromas de fruta tropical combinadas com uma componente floral muito fresca e uma boa dose de fruta madura, na boca aparece uma subtil tosta misturada com delicadas sugestões minerais e um certo toque vegetal, termina algo seco e com um comprimento e persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

1896 - Aragonês de São Miguel dos Descobridores 2006 (Tinto)

1896 - Aragonês de São Miguel dos Descobridores 2006 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês
Produtor: Casa Agrícola Alexandre Relvas, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Nuno Franco
Notas de Prova: Apresenta uma cor avermelhada e um nariz relativamente expressivo aromaticamente, onde os frutos vermelhos e uma ligeira sensação de especiarias dominam o conjunto, na boca é um vinho equilibrado, redondo e fresco, a fruta continua bem presente aliada a uma subtil madeira, o final tem um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 26 de Agosto de 2011

1895 - Soalheiro Alvarinho 2010 (Branco)


1895 - Soalheiro Alvarinho 2010 (Branco)
Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Notas de Prova: Cor citrina e nariz muito fresco e bem preenchido por aromas cítricos, alguma fruta madura e ligeiro toque vegetal, num fundo mineral muito elegante, na boca é um vinho sedutor, fresco e muito equilibrado, onde a fruta domina um conjunto também mineral e algo especiado, o final é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Janeiro 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.5
• Data da Revista: Julho 2011 / Agosto 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Julho 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.5
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Rótulo: Alvarinho produzido em vinhas de encosta suave com excelente exposição solar, o contacto com a casta e a realização de minivinificações foram fundamentais na aquisição da experiência necessária para surgir, em 1982 o Soalheiro, a primeira marca de vinho verde Alvarinho de Melgaço.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

1894 - Saurus Chardonnay 2009 (Branco)

1894 - Saurus Chardonnay 2009 (Branco)
Região: Argentina
Castas: Chardonnay
Produtor: Bodega Saurus - Familia Schroeder
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Leonardo Puppato
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina ligeiramente esverdeada e um nariz fresco e perfumado por um conjunto de aromas ricos em notas florais, fruta tropical e citrinos, num fundo abaunilhado e onde a madeira revela subtileza, na boca é um vinho frutado, equilibrado e até guloso, conta com uma acidez agradável e um final médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: The Saurus wines take their name from the discovery of the fossilized bones of one the biggest dinosaurs that roamed the earth, uncovered during the construction of the Familia Schroeder winery in the wild plains of Patagonia Argentina. Saurus Chardonnay has a distinct greenish yellow color. In the nose, citric and tropical fruit aromas combine with delicate touches of vanilla brought by the oak. In the mouth it is fruity and balanced, with a pleasant acidity.

Etiquetas: , , , , ,

1893 - Olivier Leflaive Montagny 1er Cru 2008 (Branco)


1893 - Olivier Leflaive Montagny 1er Cru 2008 (Branco)
Região: França
Castas: Chardonnay
Produtor: Olivier Leflaive Frères
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13%
Enólogo: Jean-Marc Boillot
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela pálida de reflexos esverdeados, o nariz inicialmente mostra-se complexo e algo fechado mas aos poucos vai dando a conhecer alguma fruta madura, elegantes notas de especiarias e uma leve sugestão de frutos secos, na boca é um vinho intenso e estruturado, com boa dose de fruta e uma ligeira sensação tostada, não esquecendo a sua imensa mineralidade, conta ainda com uma boa acidez e uma juventude imensa, o final é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Fondée en 1984, notre maison contrôle sa production depuis la sélection des raisins jusqu'à la mise en bouteille, n'employant que des méthodes traditionnelles: vendage manuelle, élevage en fûts, à la recherche de l'élégance et de l'authenticité de chaque terroir.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

1892 - Crozes-Hermitage La Matinière 2008 (Branco)

1892 - Crozes-Hermitage La Matinière 2008 (Branco)
Região: França
Castas: Marsanne
Produtor: Ferraton Père & Fils
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Samuel Ferraton
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela pálida com delicados reflexos esverdeados, o nariz revela um floral fresco e elegante, num fundo mineral e algo frutado, na boca é um vinho macio, mais frutado e mineral, revela uma agradável acidez e um final persistente.


Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2011

Rótulo: La terre et les hommes ont une histoire commune. Une histoire qui s'étoffe de génération en génération. Une histoire qui pourrait être celle du vignoble de la Maison Ferraton Père et Fils. A l'origine, un homme, Jean Ferraton. Vigneron et fils de vigneron. Une région ensoleillée, la Vallée du Rhône. C'était en 1946. L'histoire de la Maison Ferraton était née.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Almoço de velhos amigos Bloggers... (Jul/2011)

No passado dia 30/07/2011, teve lugar mais um Almoço onde se juntaram alguns velhos amigos Bloggers de Vinho.

Durante o almoço e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os seguintes Bloggers:
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Miguel Pereira (Blog Pingamor).
O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Almoço:

Giroflé Loureiro 2010 (Branco)Giroflé Loureiro 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: VDS - Vinhos do Douro Superior, Lda
Álcool: 11.5%
Enólogo: Rui Roboredo Madeira
Nota de Prova: Cor citrina muito pálida e nariz inicialmente marcado por aromas florais que vão evoluíndo para sugestões minerais e alguma fruta, na boca revela uma acidez agradável, mostrando-se um vinho equilibrado e fresco, no paladar o destaque vai para o seu lado mais limonado e levemente vegetal, o final, além de seco, demonstra um comprimento e persistência medianos.
Classificação Pessoal: 14.5
Bajancas 2009 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Rabigato, Gouveio e Malvasia Fina
Produtor: António Alfredo Lamas
Álcool: 13.5%
Enólogo: 2PR
Nota de Prova: Cor amarela de reflexos esverdeados, o nariz revela imensas notas minerais, agradavelmente combinadas com um leve toque floral, citrinos e também uma subtil sensação especiada, na boca é um vinho com alguma estrutura e onde a fruta madura se mostra dominante, acompanhada por uma sugestão limonada que lhe confere alguma frescura, o final, além de muito seco, revela uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 15.5
Joaquim Madeira 2007 (Branco)Joaquim Madeira 2007 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Chardonnay
Produtor: Casa Agrícola Santana Ramalho, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Joaquim Madeira
Nota de Prova: Cor dourada brilhante e nariz algo especiado e frutado, que apesar da idade ainda se mostra em boa forma, evidenciando ainda alguma madeira no aroma, na boca é um vinho estruturado, onde a madeira ainda está bem presente mas não sufoca a fruta madura e as delicadas sugestões de frutos secos, revela ainda uma acidez interessante e um final fumado, de comprimento prolongado e agradável persistência.
Classificação Pessoal: 16
Frasqueira Clarete Lello Reserva 1975 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
-
Produtor: Sociedade Vinhos Borges & Irmão, S.A.R.L.
Álcool: 11.5%
Enólogo: -
Nota de Prova: Apresenta uma cor acastanhada algo carregada e um nariz dominado pelos aromas de madeira velha, notas de couro e um ligeiro toque de fruta em passa, na boca denota ainda alguma acidez e uma estrutura simples, a madeira velha preenche medianamente o paladar, bem como algum vegetal seco, o final é curto de comprimento e persistência média.
Classificação Pessoal: 15.5
Frasqueira Clarete Lello Reserva 1975 (Tinto)
Quinta do Canto Garrafeira 1994 (Tinto)Quinta do Canto Garrafeira 1994 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas: Baga e outras
Produtor: Dores Simões
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dores Simões
Nota de Prova: Cor granada intensa no centro e auréola de tonalidade castanha, o nariz, além de evidenciar evidentes notas de madeira velha, conta ainda com uma certa mineralidade, um couro bem presente e até uma delicada sensação apimentada, na boca é um vinho agradável, onde os taninos ainda revelam alguma força e estão bem apoiados por alguma fruta em passa e evidentes notas de couro, bem como subtis sensações de especiarias, termina de forma mediana, quer em termos de comprimento, quer em termos de persistência.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Levandeira do Roncão Reserva 2003 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Agri-Roncão Vinícola, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Luís Rodrigues
Nota de Prova: Cor vermelha intensa e delicada tonalidade castanha no rebordo, o nariz revela-se muito especiado no início mas aos poucos vai abrindo para notas de fruta vermelha madura e uma leve sensação de couro e especiarias, na boca é um vinho de volume e estrutura medianos, onde os taninos já se revelam muito macios e a fruta marca uma presença muito ligeira, no final de boca não é mais do que mediano mas agradável, no comprimento e na persistência.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Levandeira do Roncão Reserva 2003 (Tinto)
Bafarela 17 Grande Reserva 2009 (Tinto)Bafarela 17 Grande Reserva 2009 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Brites Aguiar
Álcool: 17%
Enólogo: Pedro Sequeira e António Rosas
Nota de Prova: Cor praticamente opaca no centro e com laivos violáceos, o nariz revela imensas notas de fruta vermelha, alguma groselha e um delicado toque floral, num fundo capaz de revelar notas de chocolate e até cacau, na boca revela complexidade e estrutura, o álcool além de expressivo marca um pouco o conjunto, a fruta continua a reinar, agora acompanhada pela tosta e por uns taninos firmes, o final é relativamente prolongado e agradavelmente persistente.
Classificação Pessoal: 16
Casa Ermelinda Freitas Syrah 2005 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas:
Syrah
Produtor: Casa Ermelinda Freitas
Álcool: 14.5%
Enólogo: Jaime Quendera
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e agradavelmente concentrada, o nariz revela imensas notas de fruta, bem como delicados aromas de finas especiarias, um leve toque fumado e ainda uma forte sensação de ameixas pretas, na boca é um vinho equilibrado, cheio de fruta preta e uma ligeira nuance vegetal, os taninos já estão bem polidos e as especiarias adornam o conjunto, tem um final de comprimento mediano e uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 16
Casa Ermelinda Freitas Syrah 2005 (Tinto)
2052 - Quinta do Convento 2007 (Tinto)Quinta do Convento 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Q.S.P.A. Sociedade Vitícola Unipessoal, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Patrick Landanger
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tonalidade violeta, no nariz destacam-se os aromas de fruta preta muito bem combinados com um atractivo perfume floral e suavemente vegetal, capazes de formar um conjunto atractivo e ligeiramente especiado, na boca revela-se um vinho cheio de garra, ainda muito jovem e onde as notas florais, acompanhadas por sugestões de fruta vermelha e preta se revelam dominadoras, conta com uns taninos firmes e uma estrutura muito interessante, onde a madeira está subtilmente integrada, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência bem interessante.
Classificação Pessoal: 16.5
Vila Santa 2006 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Aragonês, Touriga Nacional, Trincadeira, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade e nariz inicialmente muito especiado, que até faz lembrar algum couro, durante a prova aparecem as notas de fruta preta, um ligeiro toque vegetal seco e ainda um fugaz fumado, na boca apresenta-se delicadamente estruturado, frutado e especiado e até apimentado, o final é mediano de comprimento e persistência média/longa.
Classificação Pessoal: 15.5
Vila Santa 2006 (Tinto)
Martinez Vintage 2000 (Porto)Martinez Vintage 2000 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Martinez Gassiet & Co, Ltd
Álcool: 20%
Enólogo: Miguel Corte Real
Nota de Prova: Cor opaca no centro e auréola de tonalidade granada, o nariz revela-se bem preenchido por aromas florais, fruta vermelha intensa e um ligeiro toque fumado e especiado, na boca é um vinho poderoso mas ao mesmo tempo fino e elegante, onde o paladar demonstra um conjunto rico em notas de fruta preta e um leve toque achocolatado e algo vegetal, termina fresco e de comprimento e persistência prolongados.
Classificação Pessoal: 17.5
Churchill's Vintage Character (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Churchill Graham, Lda
Álcool: 20%
Enólogo: John Graham
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz dominado por sugestões fumadas e madeira velha que também fazem lembrar caixa de charutos e algumas especiarias, na boca revela-se volumoso, muito fumado e concentrado, onde a fruta em passa denota alguma subtileza, o final é longo e agradavelmente persistente.
Classificação Pessoal: 17
Churchill's Vintage Character (Porto)
Osborne Pedro Ximenez Sweet Sherry (Jerez)Osborne Pedro Ximenez Sweet Sherry (Jerez)

Região: Espanha
Castas: Pedro Ximenez
Produtor: Bodegas Osborne, SA
Álcool: 17%
Enólogo: Francisco Perdigones Fernández
Nota de Prova: Cor acastanhada no centro e auréola de tonalidade amarela torrada, o nariz apresenta-se melado, cheio de notas de caramelo e um leve toque de especiarias, bem como sugestões de café, na boca é um vinho volumoso, untuoso e onde a sua doçura está por demais evidente, bem como as notas de caramelo e mel, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistência mediana.
Classificação Pessoal: 16
Pajarete 1908 (Jerez)

Região: Espanha
Castas: Pedro Ximenez
Produtor: Bodega Antigua Casa de Guardia, S.L.
Álcool: 16%
Enólogo: Ignacio Garijo Avilés
Nota de Prova: Cor amarelo torrado de tonalidade acastanhada, o nariz, além das notas de caramelo, revela ainda um ligeiro toque resinoso e algumas especiarias, na boca é um vinho gordo, muito doce e com uma estrutura mediana, as notas de caramelo são dominadoras e o final revela um comprimento e persistência relativamente prolongados.
Classificação Pessoal: 16
Pajarete 1908 (Jerez)

Etiquetas:

1891 - Saurus Patagonia Select Malbec 2006 (Tinto)


1891 - Saurus Patagonia Select Malbec 2006 (Tinto)
Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Bodega Saurus - Familia Schroeder
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Leonardo Puppato
Notas de Prova: Cor vermelha muito intensa e concentrada, o nariz revela elegantes aromas de fruta vermelha, frescas notas florais e ainda alguns frutos do bosque, são ainda notórias diversas especiarias, delicadas nuances de café e um ligeiro toque de baunilha, na boca é um vinho volumoso, guloso e cheio de fruta, é capaz de revelar uns taninos macios e aveludados, e onde a madeira além de subtil evidencia uma óptima integração com a fruta, o paladar apresenta uma bela acidez e tem um final longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Junho 2011

Rótulo: In the San Patrício del Chañar Valley, at 39º latitude south, the Familia Schroeder winery emerges from the wild plains of Patagonia, an exceptional landscape with prehistoric treasures. During construction of the winery, fossilized bones were discovered belonging to one of the largest dinosaurs to roam the earth 75 million years ago. This discovery inspired us to name our wines Saurus. The personality, style and elegance of our wines are the expressions of a terroir that is unique in the whole world. This Malbec has a very intense purplish red colour. In the nose predominates a combination of aromas of ripe red fruits and spices. In the mouth it has a particularly pleasing initial flavour, sweet tannins and moderate acidity. It is a pesistent wine with defined characterístics.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 22 de Agosto de 2011

Prova dos Vinhos da Quinta da Lixa (Ago/2011)

No passado dia 20/08/2011, realizei uma Prova de alguns vinhos do produtor Quinta da Lixa da região dos Vinhos Verdes.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos brancos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Quinta da Lixa - Sociedade Agrícola, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2143 - O Tal Vinho da Lixa 2010 (Branco)O Tal Vinho da Lixa 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Loureiro, Trajadura, Arinto e Azal
Produtor: Quinta da Lixa - Sociedade Agrícola, Lda
Álcool: 10%
Enólogo: Carlos Teixeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela pálida, de reflexos delicadamente esverdeados, no nariz destacam-se os aromas florais, acompanhados por alguma fruta e uma delicada sensação mineral, na boca revela-se equilibrado, fresco e com uma acidez agradável, o paladar está ligeiramente menos frutado que o nariz, contando com a presença de algum gás, o final é curto de comprimento e a persistência denota pouca exuberância.
Classificação Pessoal: 14.5
Quinta da Lixa 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Trajadura, Loureiro e Alvarinho
Produtor: Quinta da Lixa - Sociedade Agrícola, Lda
Álcool: 11.5%
Enólogo: Carlos Teixeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela de tonalidade citrina e um nariz agradavelmente aromático, onde se destacam as notas de maçã verde, um fresco toque floral e ainda uma delicada sensação cítrica e alguma fruta tropical, na boca a frescura continua bem presente, tal como as notas de diversas frutas e uns vibrantes citrinos, apesar da ligeira sensação de gás, o final de boca tem um comprimento e persistência médios mas bem agradáveis e frutados.
Classificação Pessoal: 15.5
2142 - Quinta da Lixa 2010 (Branco)
2064 - Pouco Comum Alvarinho 2010 (Branco)Pouco Comum Alvarinho 2010 (Branco)

Região: Regional Vinhos Verdes
Castas:
Alvarinho
Produtor: Quinta da Lixa - Sociedade Agrícola, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Carlos Teixeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina algo pálida e um nariz fresco, onde as notas florais aliadas aos citrinos e à fruta, especialmente maçã verde, formam um conjunto fresco e atractivo, na boca é um vinho saboroso e harmonioso, onde a fruta tropical madura e os citrinos se revelam dominadores, conta com uma agradável estrutura e uma acidez bem viva, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistência muito positiva.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

1890 - Valle Pradinhos 2009 (Branco)


1890 - Valle Pradinhos 2009 (Branco)
Região: Regional Trás-os-Montes
Castas: Gewurrztraminer, Riesling e Malvasia Fina
Produtor: Casal de Valle Pradinhos
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Cunha
Notas de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz rico em notas de lichias, evidentes sugestões florais bem misturadas com a fruta tropical e ainda uma ligeira sensação mineral, na boca destaca-se a fruta, nomeadamente maçã verde, acompanhada por um ligeiro toque limonado e ainda uma certa mineralidade, revela uma acidez agradável, uma boa estrutura e secura e termina com um comprimento e uma persistência ligeiramente acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Setembro 2011

Classificação Revista Escanção: ........................87*
• Data da Prova: Novembro 2010 / Dezembro 2010
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Setembro 2010

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Setembro 2010

Rótulo: Com este vinho feito ao gosto clássico, estou a dar continuidade a uma tradição familiar que vem sendo acarinhada desde 1913, quando meu bisavô, Manoel Pinto de Azevedo comprou esta propriedade. Aqui plantou as castas Gewurrztraminer, Riesling e Malvasia Fina, a partir das quais se faz agora este vinho elegante e único. Creio que ele traduz o espírito romântico e aventureiro de meu bisavô e seu gosto pelas reuniões de família, ocasiões ideais para bem o apreciar. Espero que, tal como nós, também encontrem esses momentos de prazer. Winemaker: Rui Cunha.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 21 de Agosto de 2011

1889 - Labrador Syrah 2008 (Tinto)


1889 - Labrador Syrah 2008 (Tinto)
Região: Regional Douro
Castas: Syrah
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Agrellos
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e reflexos violáceos, o nariz apresenta notas florais agradavelmente casadas com a fruta preta e com delicadas nuances de especiarias e até uma certa mineralidade, na boca é um vinho equilibrado, atractivo e relativamente encorpado, onde o paladar revela fruta, especiarias e um ligeiro toque químico, o final de boca é prolongado e agradavelmente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2012

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2011

Rótulo: Lote nº: L0183

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 20 de Agosto de 2011

1888 - Saurus Patagonia Select Chardonnay 2008 (Branco)


1888 - Saurus Patagonia Select Chardonnay 2008 (Branco)
Região: Argentina
Castas: Chardonnay
Produtor: Bodega Saurus - Familia Schroeder
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Leonardo Puppato
Notas de Prova: Cor ligeiramente citrina e delicada tonalidade esverdeada, o nariz revela aromas cítricos misturados por uma subtil tosta e uma suave nuance de fruta, na boca é um vinho equilibrado e com estrutura, conta com uma agradável frescura e um paladar rico em fruta e tosta, o final tem um comprimento e persistência médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2013

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2011

Rótulo: In the San Patrício del Chañar Valley, at 39º latitude south, the Familia Schroeder winery emerges from the wild plains of Patagonia, an exceptional landscape with prehistoric treasures. During construction of the winery, fossilized bones were discovered belonging to one of the largest dinosaurs to roam the earth 75 million years ago. This discovery inspired us to name our wines Saurus. The personality, style and elegance of our wines are the expressions of a terroir that is unique in the whole world. Saurus Patagonia Select Chardonnay was hand harvested and carefully fermented in French and American oak barrels. This Chardonnay has a remarkable greenish yellow colour. In the nose, citric and tropical fruits aromas can be found combined with subtle notes of vanilla and cocoa contributed by the wood. In the mouth it is fruity, balanced and has a pleasant acidity.

Etiquetas: , , , , ,

1887