• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quarta-feira, 30 de Novembro de 2011

2021 - Tons de Duorum 2010 (Branco)


2021 - Tons de Duorum 2010 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Arinto, Verdelho, Rabigato e Viosinho
Produtor: Duorum Vinhos, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: José Maria Soares Franco
Notas de Prova: Cor amarelo brilhante e nariz bem preenchido por aromas de fruta tropical, citrinos e um delicado toque floral, formando um conjunto equilibrado e fresco, marcado por uma intensa mineralidade, na boca a fruta aparece mais subtil mas a sua vivacidade e frescura mostram-se cativantes, bem como uma intensa e rica estrutura mineral, o final é mediano de comprimento e persistência mas muito saboroso.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Junho 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.7
• Data da Revista: Julho 2011 / Agosto 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15
• Data da Revista: Junho 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.7
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Maio 2011

Rótulo: O reflexo do sol no Rio Douro, que origina as diferentes tonalidades nas vinhas foi o que nos inspirou na escolha do nome Tons de Duorum. Um vinho que exprime todo o terroir da fantástica Região do Douro, resultante da interacção da natureza e do trabalho do homem. José Maria Soares Franco Winemaker.

Etiquetas: , , , , , , ,

2020 - Roquette & Cazes 2007 (Tinto)


2020 - Roquette & Cazes 2007 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto / Jean Michel Cazes
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Daniel Llose e Manuel Lobo
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira





Classificação Pessoal: ......................................-


Rótulo: O Projecto: Família Roquette (Crasto - Douro - Portugal) e Família Cazes (Château Lynch-Bages - Bordeaux - França) juntos na produção de vinhos únicos no Vale do Douro. Castas: Touriga Nacional + Touriga Franca + Tinta Roriz. Estágio: 18 meses em barricas de carvalho Francês. Serviço: Decantar previamente. Servir a 16ºC. Acompanha bem pratos de carne no forno e caça. Notas de Prova: Aromas a frutos do bosque e violetas, com notas de madeira bem integradas. Encorpado, proporcionando um final longo e macio. Três castas, duas famílias, um Terroir. Touriga Nacional, Tinta Roriz & Touriga Franca.

Etiquetas: , , , , , ,

terça-feira, 29 de Novembro de 2011

2019 - Quinta dos Aciprestes Reserva 2008 (Tinto)

2019 - Quinta dos Aciprestes Reserva 2008 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Jerry Luper, Gabriela Canossa e Manuel Brites
Notas de Prova: Cor rubi carregada e nariz muito jovem e fresco, onde os aromas florais se misturam com a fruta vermelha, com evidentes nuances de barrica e até um leve toque vegetal e uma ligeira mas fresca sensação de menta, na boca é um vinho cheio de garra, onde a barrica se mostra dominadora mas que aos poucos vai mostrando alguma fruta preta e até um certo toque floral, revela ainda uns taninos firmes e uma estrutura apelativa, apesar de ser notório que ainda está muito jovem e certamente melhorará com o tempo em garrafa, o final é algo seco e conta com um comprimento longo e uma agradável persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2011

Rótulo: A Quinta dos Aciprestes tem uma lozalização ao longo do Rio Douro e uma exposição priveligiada para o amadurecimento das castas nobres, Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz. Após uma extracção máxima no decurso da vinificação, é submetido a um estágio prolongado em barricas de carvalho Francês e Americano. O vinho resultante é intenso no nariz e enorme no paladar. Os aromas maduros da ameixa, floral e baunilha realçam os sabores de frutos vermelhos e pretos que harmoniosamente se integram com os taninos redondos, o que gerará um agradável e longo final de boca.

Etiquetas: , , , , , ,

2018 - Cem Reis Reserva Syrah 2009 (Tinto)


2018 - Cem Reis Reserva Syrah 2009 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Herdade da Maroteira - Michael Brian Mollet
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: António Maçanita
Notas de Prova: Cor rubi intensa com uma evidente tonalidade violeta, o nariz revela exuberantes notas de fruta negra misturada com delicadas sugestões balsâmicas e mentoladas, num fundo mais especiado e tostado, na boca é um vinho equilibrado, estruturado e relativamente encorpado, conta com uns taninos redondos e um paladar rico em fruta e diversas especiarias, com suaves nuances achocolatadas e de barrica, a conferirem uma agradável complexidade ao conjunto, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência média/alta.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2012

Rótulo: Reserva de 15.000 garrafas produzidas na região alentejana, e vinificado a partir das melhores uvas da casta Syrah, este vinho estagiou 11 meses em barricas de carvalho francês (40%) e em carvalho americano (60%). De cor violeta concentrada, notas quentes e intensas a frutos pretos maduros e especiarias. Encorpado, acidez equilibrada e com taninos bem presentes e redondos no final da prova. Excelente acompanhamento de pratos de caça, borrego e carnes vermelhas, entre outras. Deverá ser servido a uma temperatura entre os 17/18ºC.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

2017 - Anthilia 2007 (Branco)

2017 - Anthilia 2007 (Branco)
Região: Itália
Castas: Cataratto e Ansonica
Produtor: Donna Fugata
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Antonio Rallo, Stefano Valla e Carlo Ferrini
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela de delicada tonalidade dourada e esverdeada, o nariz revela alguma maçã verde acompanhada de fruta bem madura e alguns citrinos, na boca é um vinho fácil, mais vegetal e citrino que frutado e onde se nota uma ligeira falta de acidez, termina de forma mediana, em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Abril 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

I Evento Wine Bloggers na José Maria da Fonseca - Parte I (Out/2011)


No passado dia 22/10/2011 teve um lugar o 1º Evento que reuniu alguns Wine Bloggers nas instalações da José Maria da Fonseca em Azeitão. Este Evento, organizado pela José Maria da Fonseca, teve como objectivo apresentar alguns vinhos do seu numeroso portfólio.

Marcaram presença os seguinte Bloguistas :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- André Peres (Blog Wine & Lifestyle Report)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Elias Macovela (Blog E Tudo o Vinho Levou)
- Francisco Barão da Cunha (Blog Enófilo Militante)
- João Pedro Carvalho (Blog Copo de 3)
- Mário Silva (Blog Prazeres Requintados)
- Miguel Pereira (Blog Pingamor)
- Nuno Oliveira Garcia (Blog Saca a Rolha)
- Pedro Solano (Blog E Tudo o Vinho Levou)
- Ricardo Oliveira (Blog Magna Casta)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Rui Miguel (Blog Pingas no Copo)
e ainda Abílio Neto e Nuno Gonçalves que escrevem sobre vinhos.


Na 1ª parte deste Evento foram apresentados alguns vinhos, de marcas já clássicas da José Maria da Fonseca, esta prova foi efectuada com a degustação de 2 vinhos brancos e 2 vinhos tintos.


Prova comentada pelo responsável pelo marketing da José Maria da Fonseca, Miguel Remédio.

Quinta de Camarate Seco 2010 (Branco)Quinta de Camarate Seco 2010 (Branco)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Alvarinho e Verdelho
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor pálida e nariz muito citrino e fresco, apoiado em delicadas notas de fruta tropical, na boca revela uma agradável acidez, uma boa dose de fruta e citrinos, terminando seco e de forma mediana.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta de Camarate Doce 2010 (Branco)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Alvarinho e Loureiro
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 11%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor citrina e nariz perfumado pela fruta tropical e por uma ligeira sugestão floral, na boca é um vinho suave que revela uma doçura bem presente e uma agradável acidez, continua frutado e termina mediano.
Classificação Pessoal: 15
Quinta de Camarate Doce 2010 (Branco)
Quinta de Camarate 2008 (Tinto)Quinta de Camarate 2008 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Touriga Nacional, Aragonez, Cabernet Sauvignon e Castelão
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor rubi de mediana concentração e nariz rico em notas de fruta vermelha madura e um delicado toque floral e especiado, na boca apresenta uma interessante estrutura, uns taninos polidos e uma agradável componente de fruta, o final de boca tem um comprimento e uma persistência médios.
Classificação Pessoal: 15.5
Pasmados 2008 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Touriga Nacional, Syrah e Castelão
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi brilhante e um nariz rico em notas florais, frutos silvestres, especiarias e ainda um ligeiro toque abaunilhado, na boca é um vinho com estrutura, um volume agradável e um paladar fresco, onde reinam a fruta e algumas especiarias, termina com relativa persistência e um comprimento ligeiramente acima da média.
Classificação Pessoal: 16
Pasmados 2008 (Tinto)

Etiquetas:

domingo, 27 de Novembro de 2011

2016 - Vila Santa Aragonez 2009 (Tinto)


2016 - Vila Santa Aragonez 2009 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade e uma auréola de tonalidade violeta, o nariz revela aromas de fruta madura acompanhados por um ligeiro toque floral e algumas especiarias, na boca é um vinho de volume e estrutura médias, taninos redondos e fruta madura bem presente, termina com um comprimento curto/médio e uma persistência agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2011

Classificação Revista Escanção: ........................90*
• Data da Prova: Maio 2011 / Junho 2011
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

2015 - Altas Quintas Reserva-do 2005 (Tinto)

2015 - Altas Quintas Reserva-do 2005 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Altas Quintas, Lda
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Apresenta uma cor de agradável concentração e um nariz complexo e elegante, onde as notas de fruta preta se misturam com diversas especiarias, com um ligeiro toque floral e ainda uma delicada sensação fumada, que no decorrer da prova, alia-se a nuances minerais e ainda a um subtil toque de tosta, na boca é um vinho com bom volume, uma acidez e frescura muito atractivas e uns taninos redondos e ao mesmo tempo elegantes, o paladar revela imensa fruta bem como evidentes notas especiadas conjugadas com um leve toque de cacau e algum vegetal seco, de estrutura intensa, conta um final prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Janeiro 2012

Classificação Revista Escanção: ........................88*
• Data da Prova: Setembro 2011 / Outubro 2011
* Classificação de 0-100


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Julho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Junho 2011

Rótulo: Este é um lote que reservámos para ser o Altas Quintas Obsessão de 2005. Reserva-do, será sempre o nome dos vinhos que atingindo um perfil distinto de um obsessão, sejam vinhos que nos orgulhamos e temos a certeza, irão dar muito prazer aos enófilos mais exigentes. Construído a partir de uma selecção das melhores uvas das castas Alicante Bouschet e Trincadeira, após uma maceração a frio, as uvas fermentaram em balseiros de carvalho francês com temperatura controlada, a que se seguiu uma maceração prolongada de 3 meses. Todo o vinho estagiou depois em barricas novas de carvalho francês durante 24 meses. O resultado é único, num vinho que desvenda um aroma de enorme complexidade com percepções de frutas negras em compota, notas de especiaria, chocolate e tabaco. Equilíbrio, profundidade e uma enorme elegância mostram um vinho de excelência. Enólogo: Paulo Laureano.

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 26 de Novembro de 2011

2014 - Monte Mayor 2009 (Branco)

2014 - Monte Mayor 2009 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Roupeiro
Produtor: Adega Mayor
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor amarelo de leve intensidade e nariz bem preenchido por notas florais, fruta madura e ligeiros citrinos, na boca continua muito frutado, revela uma agradável acidez e uma frescura de boa intensidade, termina com um comprimento médio e uma persistência agradável.


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2011

Classificação Revista Escanção: ........................87*
• Data da Prova: Março 2011 / Abril 2011
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Outubro 2010

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14.5
• Data da Revista: Setembro 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

2013 - Sirga 2006 (Tinto)

2013 - Sirga 2006 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Quinta do Requeijo - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Jorge Moreira
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada rubi de média intensidade e auréola de tonalidade granada, o nariz revela aromas florais misturados com alguma fruta madura e notas vegetais bem evidentes, num fundo especiado e rico em notas de madeira usada, na boca conta com um paladar e uma estrutura medianos, uma acidez viva e uma frescura contagiante, a fruta apenas dá um ar da sua graça num conjunto dominando pela sua componente especiada, o final é relativamente prolongado e de persistência marcante.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2011

Rótulo: "Sirga - corda que reboca uma embarcação ao longo da margem de um rio". O Sirga é um vinho forte, encorpado, enérgico e muito exuberante, elaborado com uvas da nossa propriedade, situada no concelho de Carrazeda de Ansiães junto ao rio Douro. Nesta propriedade existiu, na zona do Cachão de Arnozelo, um caminho de Sirga udado antigamente na navegação contra a corrente dos barcos rabelos.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

2012 - Quinta do Vallado Touriga Nacional 2007 (Tinto)


2012 - Quinta do Vallado Touriga Nacional 2007 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta do Vallado - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Francisco Olazabal
Notas de Prova: Cor cheia no centro e uma viva auréola de cor violácea, o nariz mostra uma exuberância incrível, onde a riqueza das notas florais se mistura com a complexidade da tosta, do caramelo e de um elegante toque fumado, o paladar é fino e muito elegante, cheio de frutos silvestres bem maduros e uma baunilha evidente, conta com uns taninos bem polidos e uma estrutura e complexidade acima da média, apesar de ainda estar muito jovem é um vinho cheio de raça e bem atractivo, tendo um final longo e fresco.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Junho 2009

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Abril 2010 / Maio 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2009

Rótulo: A Quinta do Vallado situa-se no vale do rio Douro, e mantém-se na família Ferreira, descendente de Dona Antónia Adelaide Ferreira, há seis gerações. Casta: 100% Touriga Nacional. Foi engarrafado após um estágio de 16 meses em meias pipas de carvalho francês. Enólogo: Francisco Olazabal.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

2011 - Marachas Tália 2007 (Branco)

2011 - Marachas Tália 2007 (Branco)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Tália
Produtor: Adega Cooperativa de Almeirim, C.R.L.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: António Ventura
Notas de Prova: Cor dourada intensa e nariz algo evoluído e que faz lembrar notas de fruta demasiado madura e alguns frutos secos, na boca a fruta revela uma ligeira frescura apesar de já se apresentar algo cansado, termina curto e de mediana persistência.

Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Abril 2011

Rótulo: Produzido com as melhores uvas da casta Tália, vindimadas manualmente em 3 de Setembro de 2007 em vinhas implantadas em solos arenosos de charneca, este vinho monovarietal, foi fermentado a temperatura controlada em barricas de carvalho francês e sofreu um processo de batonage em borras finas durante 60 dias. Deverá ser servido à temperatura de 8ºC.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho Fiúza Premium Chardonnay & Fernão Pires 2010 (Nov/2011)


No passado dia 22/11/2011, realizei uma Prova do vinho Fiúza Premium Chardonnay & Fernão Pires 2010 do produtor Fiúza & Bright da região do Tejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2290 - Fiúza Premium Chardonnay & Fernão Pires 2010 (Branco)Fiúza Premium Chardonnay & Fernão Pires 2010 (Branco)

Região: Regional Tejo
Castas:
Chardonnay e Fernão Pires
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela e um nariz perfumado por notas de fruta tropical madura, ligeiras sugestões cítricas e minerais mas também florais, num fundo mais tostado e especiado, na boca é um vinho equilibrado, com relativa estrutura e onde o paladar está dominado pelas notas tostadas e pela fruta madura, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma interessante persistência.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

terça-feira, 22 de Novembro de 2011

2010 - Calços do Tanha Reserva 2005 (Tinto)

2010 - Calços do Tanha Reserva 2005 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca e Tinta Amarela
Produtor: Manuel Pinto Hespanhol - Quinta do Zimbro Vinhos, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Cunha
Notas de Prova: Cor vermelha intensa e nariz muito atractivo e rico em notas de fruta vermelha e preta combinadas com ligeiras sensações de couro e chocolate, num fundo levemente fumado e torrado, na boca é um vinho muito equilibrado, redondo e de volume mediano, a fruta continua agradavelmente presente, bem como diversas especiarias e algumas sugestões de barrica muito bem integradas no conjunto, o final é prolongado e com boa persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Agosto 2007

Rótulo: Este vinho provém de vinhas velhas. Caracteriza-se pelas notas de frutos maduros e pela complexidade conferida pelo estágio em cascos de carvalho francês e americano durante 9 meses. D.O.C. Douro. Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Amarela. Consumo imediato/2 anos. Servir a 16 a 18º. O produtor engarrafou 13.867. Nº 08133.

Etiquetas: , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

2009 - Quinta dos Murças Reserva 2008 (Tinto)

2009 - Quinta dos Murças Reserva 2008 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Barroca, Tinta Miúda, Touriga Nacional, Touriga Franca e Sousão
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa e um nariz complexo e ainda algo fechado mas que, aos poucos, vai abrindo para um leque alargado de aromas de inegável qualidade, composto por notas de fruta preta, nuances de barrica, um leve toque floral e ainda ligeiras sugestões fumadas e algo balsâmicas, na boca é um vinho cheio de garra, agradavelmente harmonioso e onde se destacam as notas tostadas bem combinadas com a fruta e diversas especiarias, os taninos mostram-se finos e o corpo estruturado, tem um final longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Março 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Novembro 2011

Classificação Revista Escanção: ........................91*
• Data da Prova: Março 2011 / Abril 2011
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Março 2011

Rótulo: A Quinta dos Murças é conhecida desde 1714 e está situada no coração da mais antiga região demarcada de vinhos do mundo (est. 1756), na margem direita do rio Douro, junto à aldeia de Covelinhas. Aqui surgiram, em 1955, as primeiras vinhas ao alto da região. Este vinho nasceu nas nossas vinhas velhas, a 100m e 380m de altitude, viradas a sul e sudoeste, em solos xistosos, respeitando a natureza e seguindo uma agricultura sustentável. Na nossa adega, as uvas foram escolhidas manualmente, pisadas a pé em lagares de granito e prensadas numa antiga prensa vertical. Depois do estágio em barricas de carvalho o vinho foi engarrafado em Fevereiro de 2010. Foram feitos 22.500 litros deste vinho, tendo sido engarrafadas 27.545 garrafas de 750ml e 800 magnuns. Esta colheita de 2008 assinala a chegada do Esporão à região do Douro. Garrafa 08207/27545.

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

2008 - Assobio 2009 (Tinto)


2008 - Assobio 2009 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Cor rubi no centro e auréola delicadamente violeta, o nariz revela imensas notas florais e frutos silvestres combinados com algumas especiarias e uma delicada sugestão vegetal, na boca é um vinho equilibrado e muito frutado, onde o paladar demonstra macieza e uma agradável envolvência de sabores, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16
• Data da Revista: Maio 2012 / Junho 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16.5
• Data da Revista: Setembro 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.5
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Março 2011

Rótulo: Assobio é o nome de uma encosta da propriedade dos Murças, onde se encontram as vinhas de maior altitude. Todos os anos convidamos um fotógrafo para retratar a região e as suas pessoas. Para a primeira colheita do Assobio, convidámos o Duarte Belo. A fotografia foi tirada no Outono de 2008.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 20 de Novembro de 2011

2007 - Ribeiro Santo 2006 (Tinto)


2007 - Ribeiro Santo 2006 (Tinto)
Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: Magnum - Carlos Lucas, Vinhos Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Carlos Lucas
Notas de Prova: Cor intensa de média concentração e nariz preenchido por notas florais, alguma fruta madura e uma ligeira sugestão especiada, na boca é um vinho correcto, muito equilibrado e com taninos bem polidos, as notas de especiarias dominam agora o conjunto, deixando para segundo plano a fruta, o final de boca tem um comprimento e uma persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2011

Rótulo: Este vinho excepcional foi elaborado a partir das castas Touriga-Nacional, Tinta-Roriz e Alfrocheiro usando a mais cuidada tecnologia, de forma a preservar a sua exuberância aromática. Deve ser bebido a uma temperatura de 16ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

2006 - Ribeiro Santo 2007 (Branco)


2006 - Ribeiro Santo 2007 (Branco)
Região: DOC Dão
Castas: Encruzado e Malvasia Fina
Produtor: Magnum - Carlos Lucas, Vinhos Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Lucas
Notas de Prova: Cor amarela de leve tonalidade dourada, o nariz revela evidentes notas de citrinos acompanhados por uma tosta delicada mas bem presente, na boca é notória alguma evolulção, a fruta madura e a tosta estão dominantes e o corpo revela um volume médio, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Abril 2012

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2010

Rótulo: Este vinho excepcional foi elaborado a partir das castas Encruzado e Malvasia-Fina usando a mais cuidada tecnologia, de forma a preservar a sua exuberância aromática. Deve ser bebido a uma temperatura de entre 8 a 10ºC.

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 19 de Novembro de 2011

2005 - Voga Quattro 2005 (Tinto)

2005 - Voga Quattro 2005 (Tinto)
Região: Itália
Castas: Cabernet Sauvignon, Merlot, Shiraz e Pinot Noir
Produtor: Voga Italia
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz pouco expressivo aromáticamente, apenas preenchido por ligeiras notas de fruta vermelha e especiarias, na boca revela uma estrutura mediana, taninos polidos e fruta discreta, termina com um comprimento curto e persistência pouco notória.

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Maio 2011

Rótulo: Voga Quattro is a selected blend of four stylish varietals meticulously grown in Italy. This intriguing fusion of fruit has a full, persistent flavour which captivates everyone. For more information visit our website www.vogaitalia.com.

Etiquetas: , , , , , , ,

2004 - Domäne Gobelsburg Riesling 2009 (Branco)

2004 - Domäne Gobelsburg Riesling 2009 (Branco)
Região: Áustria
Castas: Riesling
Produtor: Schloss Gobelsburg GmbH
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Michael Moosbrugger
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela brilhante e um nariz inicialmente marcado por notas de flor de laranjeira, algo doces e fruta madura, no decorrer da prova os aromas evoluem para notas de citrinos e uma expressiva mineralidade, na boca é um vinho seco, com boa estrutura e paladar muito mineral e ligeiramente gasoso, onde as notas citrinas se revelam dominantes, termina muito seco, com um comprimento mediano e uma persistêcia agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

2003 - Cono Sur Reserve Chardonnay 2005 (Branco)

2003 - Cono Sur Reserve Chardonnay 2005 (Branco)
Região: Chile
Castas: Chardonnay
Produtor: Viña Cono Sur
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Adolfo Hurtado Cerda
Notas de Prova: Cor amarela intensa e leve tonalidade esverdeada, o nariz revela-se mais vegetal e citrino, embora apoiado em alguma fruta madura, denotando já alguma evolução, na boca melhora consideravelmente, contando com uma boa dose de fruta madura, delicadas notas de lima/limão e uma agradável estrutura, o final, algo seco, tem um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2011

Rótulo: Cono Sur (Southern Cone) Colloquial denomination for the region where South America turns into the cone-shaped last corner of the world. Chile and its premium valleys lie to the west of the Cone, yielding uniquely rooted and elegant wines. In this Reserve Chardonnay, citrus notes of lemon and lime combine with pineapple, honey and mango hints. A refined, round and long wine, vinified to accomplish a delicate balance between fruit intensity and Oak ageing. Serve with hors d'oeuvres as an aperitif or pair it with shellfish, white meats, salads and mild cheeses.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

2002 - Yes We Can Reserve 2007 (Tinto)

2002 - Yes We Can Reserve 2007 (Tinto)
Região: Regional Tejo
Castas: Touriga Nacional e Syrah
Produtor: Herdade de Cadouços
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock
Notas de Prova: Apresenta uma cor muito carregada e um nariz dominado pelos frutos negros aliados a notas fumadas, algum cacau e uma fina sensação abaunilhada, na boca é um vinho estruturado, muito encorpado e com taninos sólidos, a fruta continua bem presente, agora apoiada em notas de especiarias, chocolate e uma subtil madeira, o final é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16
• Data da Revista: Novembro 2011 / Dezembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Maio 2009

Rótulo: Das melhores zonas da vinha da Herdade de Cadouços, procedeu-se a uma escolha manual dos melhores cachos de uvas em produção biológica das castas Touriga Nacional e Syrah. Vinificação com desengace total, em pequenos lagares de inox com "pisa a pé" - processo robótico - sem desfazer graínha e películas. Maceração longa e controlada a frio. Estagiou 12 meses em barricas novas de Carvalho Francês e 6 meses em garrafa em ambiente controlado. Cor púrpura intensa, seus aromas recordam frutos vermelhos e negros, como framboesas e groselhas silvestres com notas de cacau. Na boca tem boa estrutura, concentração e um final elegante. Deve ser servido a uma temperatura entre 16º e 18º.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

2001 - Memorium Natur Reserva 2007 (Tinto)


2001 - Memorium Natur Reserva 2007 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Touriga Nacional e Syrah
Produtor: Herdade de Cadouços
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock
Notas de Prova: Cor intensa e nariz bem preenchido por aromas de fruta madura misturadas com delicadas sugestões tostadas, fumadas e ligeiramente balsâmicas, na boca é um vinho estruturado, capaz de revelar um corpo volumoso e uns taninos firmes mas bem integrados no conjunto, a fruta madura continua bem presente, agora acompanhada por notas de diversas especiarias, café e alguma tosta, o final tem um comprimento relativamente prolongado e uma persistência agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.7
• Data da Revista: Julho 2012 / Agosto 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.7
• Data da Revista: Setembro 2011 / Outubro 2011

Classificação Revista Néctar: ............................89*
• Data da Prova: Junho 2009 / Julho 2009
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Maio 2009

Rótulo: Das melhores zonas da vinha da Herdade de Cadouços, procedeu-se a uma escolha manual dos melhores cachos de uvas em produção biológica das castas Touriga Nacional e Syrah. Vinificação com desengace total, em pequenos lagares de inox com "pisa a pé" - processo robótico - sem desfazer graínha e películas. Maceração longa e controlada a frio. Estagiou 12 meses em barricas novas de Carvalho Francês e 6 meses em garrafa em ambiente controlado. Cor púrpura intensa, seus aromas recordam frutos vermelhos e negros, como framboesas e groselhas silvestres com notas de cacau. Na boca tem boa estrutura, concentração e um final elegante. Deve ser servido a uma temperatura entre 16º e 18º.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 15 de Novembro de 2011

2000 - Olho de Mocho Reserva 2009 (Branco)


2000 - Olho de Mocho Reserva 2009 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Cor amarelo citrino de leve tonalidade dourada, o nariz revela inicialmente uma componente tostada e abaunilhada muito evidente mas que aos poucos vai dando primazia à fruta madura, a leves sugestões citrinas e vegetais, num fundo cheio de mineralidade e muito fresco, na boca é um vinho que apresenta uma bela estrutura e uma acidez expressiva, a fruta madura e os citrinos estão dominantes embora bem integrados com nuances de barrica e envolvidos numa forte mineralidade, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistência muito agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Revista Escanção: ........................88*
• Data da Prova: Julho 2011 / Agosto 2011
* Classificação de 0-100


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Fevereiro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Setembro 2010

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, fica a Herdade do Rocim. Nesta propriedade com 60 hectares de vinha e adega própria, foi pensado e concebido este vinho ao qual quisemos dar um sabor genuíno e um aroma perfumado por mil cuidados, saberes e carinhos. O vinho Olho de Mocho Reserva 2009 foi produzido com as melhores uvas da vindima de 2009, a partir da casta Antão Vaz.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

1999 - Olho de Mocho Reserva 2008 (Tinto)


1999 - Olho de Mocho Reserva 2008 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Touriga Nacional e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Ventura
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa e muito concentrada, um nariz fino, cheio de notas de fruta preta misturadas com delicadas sensações de tosta e baunilha e ainda um delicado toque de violetas, num fundo onde é notório algum mentolado, na boca é um vinho encorpado, complexo e bem estruturado, revela um volume bem interessante e um paladar muito frutado aliado a notas de barrica muito expressivas, os taninos revelam solidez e o final de boca tem um comprimento médio/alto e uma persistência prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Março 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Agosto 2010

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, fica a Herdade do Rocim. Nesta propriedade com 60 hectares de vinha e adega própria, foi pensado e concebido este vinho ao qual quisemos dar um sabor genuíno e um aroma perfumado por mil cuidados, saberes e carinhos. O vinho Olho de Mocho Reserva 2008 foi produzido com as melhores uvas da vindima de 2008, a partir das castas Syrah, Touriga Nacional e Alicante Bouschet.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova dos Vintages 2009 da Symington na Wine O'Clock (Nov/2011)


No passado dia 04/11/2011 na Garrafeira Wine O'Clock em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos Vinhos do Porto Vintage da colheita de 2009 das prestigiadas marcas Dow's, Warre's e Quinta do Vesúvio pertencentes ao Grupo Symington.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 3 vinhos do portos.


Dow's Quinta Senhora da Ribeira Vintage 2009 (Porto)Dow's Quinta Senhora da Ribeira Vintage 2009 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Vinhas Velhas
Produtor: Symington Family Estates
Álcool: 20%
Enólogo: Peter Symington, Charles Symington e Ricardo Carvalho
Nota de Prova: Cor opaca no centro e auréola de tonalidade violácea, o nariz revela-se muito bem preenchido por notas de frutos vermelhos, delicadas sugestões florais e um elegante toque de menta, na boca é um vinho volumoso e estruturado, rico em complexidade pois ainda é muito jovem e os taninos revelam solidez, o paladar é dominado pela fruta preta e por um ligeiro toque a alcaçuz, num segundo plano temos delicados frutos secos e subtis notas de barrica, o final de boca é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Vesúvio Vintage 2009 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Sousão
Produtor: Symington Family Estates
Álcool: 20%
Enólogo: Charles Symington e Mário Natário
Nota de Prova: Cor muito carregada no centro, nariz elegante, poderoso e sedutor, onde as notas de frutos silvestres maduros aliadas a frescas sugestões florais e vegetais combinam na perfeição, na boca é um vinho encorpado, volumoso e harmonioso, apesar da sua complexidade e vivacidade, a fruta preta misturada com notas de chocolate e um certo toque vegetal, formam um conjunto sedutor, atractivo e muito envolvente, o final é longo e de grande persistência.
Classificação Pessoal: 18.5
Quinta do Vesúvio Vintage 2009 (Porto)
Warre's Liberation of Oporto Vintage 2009 (Porto)Warre's Liberation of Oporto Vintage 2009 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Franca, Vinhas Velhas e Touriga Nacional
Produtor: Symington Family Estates
Álcool: 20%
Enólogo: Peter Symington, Charles Symington e Miles Edlmann
Nota de Prova: Cor opaca, cheia de intensidade e concentração, o nariz revela um perfume floral quase irresistível, bem como notas de menta, um ligeiro caramelizado e ainda fruta do bosque, na boca é um vinho denso, profundo, encorpado e complexo, onde as elegantes notas achocolatadas juntamente com diversas sugestões florais constituem um conjunto jovem, harmonioso e envolvente, termina com um comprimento muito prolongado e uma persistência que perdura....
Classificação Pessoal: 18

Etiquetas:

domingo, 13 de Novembro de 2011

1998 - Olho de Mocho 2008 (Rosé)


1998 - Olho de Mocho 2008 (Rosé)
Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Syrah e Aragonez
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Cor avermelhada de leve tonalidade rosa, o nariz revela leves notas florais e alguma fruta vermelha muito madura, num fundo ligeiramente especiado, na boca é notória uma ligeira evolução pois a fruta está algo discreta, a acidez é mediana e os taninos revelam-se algo vinosos, conta com uma certa secura e termina com um comprimento curto e persistência média.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Maio 2011

Classificação Revista Escanção: ........................85*
• Data da Prova: Julho 2010 / Agosto 2010
* Classificação de 0-100


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14
• Data da Revista: Setembro 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Agosto 2009

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, fica a Herdade do Rocim. Nesta propriedade com 60 hectares de vinha e adega própria, foi pensado e concebido este vinho ao qual quisemos dar um sabor genuíno e um aroma perfumado por mil cuidados, saberes e carinhos. O vinho Olho de Mocho Rosé 2008 foi produzido com as melhores uvas da vindima de 2008, a partir das castas Touriga Nacional, Syrah e Aragonez.

Etiquetas: , , , , , ,

1997 - Rocim 2010 (Branco)


1997 - Rocim 2010 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Roupeiro
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Cor pálida de leve tonalidade esverdeada, o nariz revela notas de fruta tropical misturadas com delicadas suge