• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

2123 - Casa Amarela 2008 (Tinto)


2123 - Casa Amarela 2008 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Barroca, Tinta Amarela
Produtor: Quinta da Casa Amarela
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Jean-Hugues Gros
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por notas vegetais, frutos pretos e um ligeiro toque apimentado, num fundo especiado, na boca é um vinho redondo, com boa acidez e taninos macios, a fruta continua bem presente e em harmonia com um ligeiro toque de barrica, o final tem um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2011

Rótulo: Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Barroca, Tinta Amarela. Temperatura de Serviço 16º - 18º. Enólogo Jean-Hugues Gros.

Etiquetas: , , , , , , ,

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

2122 - Quinta da Alorna Reserva Arinto & Chardonnay 2008 (Branco)


2122 - Quinta da Alorna Reserva Arinto & Chardonnay 2008 (Branco)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Arinto e Chardonnay
Produtor: Quinta da Alorna Vinhos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu e Martta Simões
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela de reflexos dourados e um nariz que é capaz de aliar as notas de fruta madura, melão e pêra principalmente, a delicadas nuances de baunilha e frutos secos, num fundo algo amanteigado, na boca ganham protagonismo as notas torradas e amanteigadas, apesar de a fruta continuar bem presente, revela ainda algumas especiarias e até citrinos, termina com um comprimento médio/longo e uma agradável persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2009

Classificação Revista Néctar: ............................90*
• Data da Prova: Junho 2009 / Julho 2009
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Abril 2009

Rótulo: Este Reserva, na boca apresenta uma estrutura suave, bem equilibrada com a acidez e as notas de baunilha dadas pela madeira. Ideal para acompanhar pratos de peixe assado, carnes brancas e grelhados. Consumir a 10-12ºC. Enólogo: Nuno Cancela de Abreu.

Etiquetas: , , , , ,

Prova de Vinhos do Porto Taylor's - Descoberta dos Grandes Vinhos - Heritage Wines (Out/2011)

No passado dia 24/10/2011 no Centro Cultural de Belém em Lisboa, teve lugar a Apresentação de alguns Vinhos do Porto do produtor Taylor's que faz parte do portfolio da Heritage Wines.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 4 vinhos do porto.


Taylor's Quinta de Vargellas Vintage 1998 (Porto)Taylor's Quinta de Vargellas Vintage 1998 (Porto)

Região: Porto
Castas: Várias
Produtor: Taylor's
Álcool: 20.5%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor rubi no centro e uma auréola de tonalidade granada, o nariz revela aromas de frutos secos misturados com alguma fruta madura e um leve toque floral e algo especiado, combinados com delicadas nuances de barrica, na boca é um vinho harmonioso, onde a fruta preta aparece dominadora e bem acompanhada por leves sugestões fumadas e até achocolatadas, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência bem interessante.
Classificação Pessoal: 17
Taylor's Quinta de Terra Feita Vintage 1996 (Porto)

Região: Porto
Castas: Várias
Produtor: Taylor's
Álcool: 20.5%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Cor granada de tonalidade avermelhada, o nariz revela um conjunto fino e elegante de aromas, onde se destacam a fruta preta e delicadas sugestões de madeira e também uma subtil sensação apimentada, na boca é um vinho envolvente, com boa textura e estrutura, o paladar revela uma agradável combinação entre a fruta e as notas de chocolate e o final de boca tem um comprimento e persistência relativamente prolongados.
Classificação Pessoal: 17
Taylor's Quinta de Terra Feita Vintage 1996 (Porto)
Taylor's Vintage 2009 (Porto)Taylor's Vintage 2009 (Porto)

Região: Porto
Castas: Várias
Produtor: Taylor's
Álcool: 20.5%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Cor muito carregada, praticamente opaca no centro e laivos de tonalidade vermelha, o nariz revela um riqueza e elegância de aromas simplesmente contagiante, onde as notas de frutos do bosque se misturam com envolventes sugestões florais e minerais, num fundo mais especiado e algo balsâmico, na boca é um vinho cheio, volumoso, encorpado e muito complexo, onde os taninos se revelam sólidos e o paladar demonstra uma fruta madura harmoniosamente integrada com a madeira, é de facto um grande vinho que certamente beneficiará com os anos em garrafa, o final de boca tem um prolongamento e persistência notáveis.
Classificação Pessoal: 18.5
Taylor's Tawny 10 Anos (Porto)

Região: Porto
Castas: Várias
Produtor: Taylor's
Álcool: 20%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Cor topázio de bela intensidade e nariz vivo, onde as notas de frutos secos se misturam com um ligeiro toque de frutos silvestres e até algum chocolate, na boca é um vinho de volume médio, onde os frutos secos e ligeiras notas de madeira formam um conjunto interessante e saboroso, o final de boca tem um comprimento médio e uma persistência agradável.
Classificação Pessoal: 16
Taylor's Tawny 10 Anos (Porto)

Etiquetas:

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

2121 - Vertente 2006 (Tinto)


2121 - Vertente 2006 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Amarela, Touriga Nacional e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Dirk Niepoort
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz bem preenchido por notas de frutos vermelhos maduros, um ligeiro floral e mineral e ainda suaves sugestões de especiarias, na boca revela já uns taninos bem redondos, uma aliança fruta/especiarias muito agradável e uma estrutura atractiva, conta com um volume assinalável e termina de forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Outubro 2008

Classificação Blue Wine: ...................................17
• Data da Revista: Outubro 2008

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , ,

domingo, 26 de fevereiro de 2012

2120 - Altas Quintas 2007 (Tinto)

2120 - Altas Quintas 2007 (Tinto)
Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: Altas Quintas, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa de tonalidade granada e ligeiramente rubi, o nariz revela fineza e complexidade, onde os aromas de frutos silvestres bem maduros e amexias se misturam com evidentes notas tostadas e delicadas sugestões florais e levemente achocolatadas, na boca é um vinho ainda muito jovem, com taninos firmes e com um paladar onde as notas de barrica estão bem evidentes, bem como alguma fruta e um leve toque especiado, o final é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Novembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Julho 2011

Rótulo: Prepare-se para abrir um precedente na sua experiência enófila. Altas Quintas é um alentejano sui generis, fruto do ajuste entre a personalidade de quem produz e a ampleografia onde é produzido. Sorvendo tanto de sol quanto de paciência, Altas Quintas é ditado por um perfeccionismo obsessivo, flagrante desde a selecção do terroir, das castas (aragonês, trincadeira e alicante bouschet), à transfega pós-fermentação para barricas novas de carvalho francês e americano. A somar, e decisivo para qualificar o Altas Quintas, é a altitude: em plena Serra de S. Mamede, 600m marcam a diferença. Comprove-a e confronte-nos.

Etiquetas: , , , , , ,

sábado, 25 de fevereiro de 2012

2119 - Altas Quintas 2010 (Branco)

2119 - Altas Quintas 2010 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Verdelho e Arinto
Produtor: Altas Quintas, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor pálida e nariz fresco e jovem, onde dominam as notas de fruta tropical, as notas minerais e florais e ainda uma leve sensação especiada e abaunilhada, na boca o destaque vai a atractiva acidez apresentada, bem como para a harmonia entre a fruta madura e um subtil toque tostado, citrino e até mineral, revela ainda uma agradável estrutura e um final de comprimento médio/longo e uma persistência interessante.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Julho 2011

Rótulo: Altas Quintas Colheita Branco é um vinho fiel à nossa obsessão por fazer nada menos do que grandes vinhos a 600m de altitude em plena Serra de S. Mamede. Desenhado com as melhores uvas das castas Verdelho e Arinto, fermentou em barricas novas de carvalho francês a uma temperatura de 14º, aonde depois maturou durante mais 4 meses. Na prova, além das notas de fruta tropical intensa, une a sua frescura a uma estrutura marcante, complexa e de elevada persistência. Confronte-nos.

Etiquetas: , , , , ,

Grande Prova de Vinhos de António Saramago (Out/2011)


No passado dia 22/10/2011, António Saramago recebeu um pequeno grupo de Bloggers para apresentar alguns dos seus vinhos, desde as colheitas mais recentes até aos vinhos mais emblemáticos que, segundo o próprio, já teve a oportunidade de produzir, revelando assim a sua grandiosa história e vida enquanto Enólogo de referência em Portugal.

Marcaram presença os seguinte Bloggers:
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- João Pedro Carvalho (Blog Copo de 3)
- Miguel Pereira (Blog Pingamor)
e Abílio Pinho que escreve sobre vinhos.

Esta prova foi efectuada com a degustação de 15 vinhos, 12 vinhos tintos, 2 moscatéis e 1 espumante.

Prova comentada pelo Enólogo António Saramago.


António Saramago Reserva 2009 (Tinto)António Saramago Reserva 2009 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Castelão, Touriga Nacional e Alicante Bouschet
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Cor carregada no centro e auréola violácea, o nariz revela imensas notas de fruta preta, aliadas a leves sugestões de chocolate, especiarias e ainda uma subtil sensação de barrica, na boca é um vinho denso, volumoso e poderoso mas com taninos finos, apesar de ser ainda muito jovem já denota uma agradável estrutura, o paladar, além de frutado, está muito especiado e até tostado, terminando com um comprimento e persistência prolongados.
Classificação Pessoal: 17
António Saramago Reserva 2007 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Castelão e Alicante Bouschet
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa e concentrada no centro, com laivos de tonalidade avermelhada e violeta, o nariz revela notas de fruta preta misturadas com finas especiarias e um ligeiro toque achocolatado, num fundo que faz lembrar notas de barrica e também pimenta, na boca é um vinho estruturado, complexo e com taninos bem presentes, conta com uma acidez elevada e um perfil algo seco, no paladar destaca-se a fruta madura e uma ligeira nuance de barrica, tal como diversas especiarias, o final de boca é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
António Saramago Reserva 2007 (Tinto)
1570 - António Saramago Reserva 2005 (Tinto)António Saramago Reserva 2005 (Tinto)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Castelão
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Cor carregada e concentrada e nariz elegante e rico em notas de fruta, muito frescas, fruta essa que está muito bem apoiada e integrada em notas de barrica e um suave mas atractivo toque de chocolate, na boca é um vinho profundo, volumoso, estruturado e muito complexo, onde alia as notas de fruta e especiarias, a finas e elegantes sugestões de barrica, conta com uns taninos aguerridos e um final de boca longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Escolha António Saramago Palmela 2003 (Tinto)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Castelão
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa no centro e uma auréola de tonalidade granada, que faz pressupor alguma evolução, no nariz ganha protagonismo toda uma elegãncia e vivacide surpreendentes, desde a fruta preta e vermelha madura, passando por finas e sedutoras sugestões de barrica e especiarias, bem como um leve toque de café e cacau, na boca é um vinho volumoso, especiado e algo terroso, embora a fruta também esteja presente, os taninos revelam solidez e o seu perfil algo seco confere uma bela complexidade ao conjunto, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência muito interessante.
Classificação Pessoal: 17
837 - Escolha António Saramago Palmela 2003 (Tinto)
Escolha António Saramago Alentejo 2001 (Tinto)Escolha António Saramago Alentejo 2001 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet e Alfrocheiro
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade no centro, com laivos de tonalidade granada e acastanhada, o nariz revela notas de couro, alguma madeira velha e uma ligeira sensação de fruta em passa, na boca é um vinho com uma agradável acidez, que ainda revela uma estrutura muito interessante, apesar da sua idade, conta com uns taninos polidos e um paladar preenchido por notas de couro e especiarias, o final de boca revela um comprimento curto/médio e uma persistência mediana.
Classificação Pessoal: 16
Dúvida 2008

Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira e Grand Noir
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 15%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Cor praticamente opaca no centro e auréola muito fina de tonalidade violeta brilhante, o nariz revela elegantes e finos aromas de fruta negra, bem como ligeiras sensações balsâmicas e de madeira exótica, num fundo algo mineral e que faz lembrar algum café, na boca é um vinho poderoso, incrivelmente elegante e volumoso, onde revela um corpo cheio e uma estrutura enorme, ao mesmo tempo é um vinho sedutor, fino e muito harmonioso, apesar de ainda ser muito jovem, o paladar apresenta muita fruta, especiarias, algum vegetal e um certo mineral, com as notas de barricas de grande qualidade a completarem o conjunto, o final de boca é longo e perdura no tempo...
Classificação Pessoal: 18
Dúvida 2008
886 - Herdade Porto da Bouga Garrafeira 2004 (Tinto)Herdade Porto da Bouga Garrafeira 2004

Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: António Saramago - Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Cor rubi intensa e muito concentrada no centro, o nariz revela agradáveis notas florais aliadas a evidentes sugestões de fruta preta e um ligeiro achocolatado, na boca revela-se um vinho com uma agradável estrutura e um volume bem presente, bem como uma acidez muito interessante, o paladar revela evidentes notas de fruta preta, suave barrica e ainda um ligeiro toque de especiarias, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência mediana.
Classificação Pessoal: 16
Tapada de Coelheiros 1996 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Periquita, Cabernet Sauvignon, Aragonez e Trincadeira
Produtor: