• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

segunda-feira, 30 de Abril de 2012

2191 - Casa Castillo Monastrell 2006 (Tinto)


Região: Espanha
Castas: Monastrell
Produtor: Propriedad Vitícola Casa Castillo
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: José María Vicente
Notas de Prova: Cor rubi/avermelhada de média intensidade, nariz fresco e equilibrado, bem composto por aromas florais, fruta vermelha madura e um leve toque de baunilha, na boca é um vinho agradável e relativamente estruturado, conta com uns taninos bem redondos, um paladar mais frutado que especiado e um final de comprimento médio e persistência evidente.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: 100% Monastrell, viñedos propios. Este vino ha permanecido 6 meses en barrica de roble.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 29 de Abril de 2012

2190 - Athayde Grande Escolha 2007 (Tinto)


Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Aragonês e Touriga Nacional
Produtor: Monte da Raposinha, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Magalhães
Notas de Prova: Apresenta uma cor carregada e um nariz fino e elegante, dominado por notas de fruta preta, aliadas a delicadas sugestões florais mas também especiadas e fumadas, num fundo que faz lembrar alguma tosta, menta e cacau, formando assim um conjunto muito atractivo, na boca é um vinho estruturado, encorpado e acima de tudo envolvente, a fruta continua bem presente tal como diversas notas de especiarias, café e ainda um ligeiro toque mineral, conta com uns taninos firmes e elegantes, num final longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Dezembro 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Novembro 2009

Rótulo: Este vinho "Athayde" é a primeira Grande Escolha do "Monte da Raposinha", que foi distinguido com a Talha de Bronze, pela Confraria dos Enófilos do Alentejo, no XVII Concurso "Os Melhores Vinhos do Alentejo". Composto por Alicante Bouschet, Aragonês e Touriga Nacional, estagiou 12 meses em barricas novas de carvalho francês, das melhores tanoarias do Mundo, antes de ser engarrafado em Novembro de 2008. É um vinho de cor intensa, perfume exuberante, volumoso e fresco na boca, com frutos vermelhos compotados bem casados com a madeira que lhe confere o volume, a estrutura, a elegância e a persistência de um Grande Vinho.

Etiquetas: , , , , , ,

sábado, 28 de Abril de 2012

2189 - Quinta do Infantado Reserva 2007 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Infantado, Vinhos do Produtor, Lda
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Fátima Ribas
Notas de Prova: Cor rubi de forte intensidade no centro e delicados laivos violáceos, no nariz destacam-se os aromas de fruta vermelha madura, acompanhados por um delicado toque floral, alguma resina, notas balsâmicas e ainda uma certa mineralidade, tudo muito bem integrado com as elegantes notas de barrica e finas e delicadas especiarias, com a pimenta a sobressair, na boca é um vinho complexo, profundo, muito encorpado e envolvente, revela uns taninos firmes e um paladar cheio de fruta, muito bem integrada com as elegantes notas de barrica, bem como com as sugestivas notas apimentadas e minerais, formando um conjunto muito equilibrado e harmonioso, o final de boca conta com uma enorme persistência e um notável prolongamento.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Dezembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Novembro 2009

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2010

Rótulo: Este Reserva Douro 2007 tinto provem exclusivamente de uvas seleccionadas na quinta, no terroir único de Gontelho. Vinificado em lagar de pisa a pé, tradição na Quinta desde 1816, ano da sua criação. Estágio em cuba e 14 meses em barricas de carvalho. Em 16 de Junho de 2009 foram engarrafadas, sem filtração 6.126 garrafas e 250 magnum, todas numeradas. Apreciar a 17ºC durante os próximos 10 anos. Garrafa: 339.

Etiquetas: , , , ,

Prova do Vinho branco Spiritus Albus 2010 (Fev/2012)


No passado dia 14/02/2012, realizei uma Prova do Vinho Branco Spiritus Albus 2010 do produtor Spiritus & Bagus, Lda da região de Lisboa.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor Spiritus & Bagus, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Spiritus Albus 2010 (Branco)

Região: Regional Lisboa
Castas:
Arinto e Chardonnay
Produtor: Spiritus & Bagus, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Frederico Duarte
Nota de Prova: Cor amarelo pálido com delicados reflexos esverdeados, o nariz revela interessantes aromas citrinos e florais acompanhados por delicadas sugestões minerais, na boca é um vinho correcto e equilibrado, onde a fruta madura se mistura com frescas nuances cítricas e onde se destaca uma ligeira doçura, o final de boca tem um comprimento e uma persistência pouco expressivos.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

sexta-feira, 27 de Abril de 2012

2188 - Monte Cascas Reserva Douro 2009 (Branco)


Região: DOC Douro
Castas: Códega de Larinho e Rabigato
Produtor: Casca Wines
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Helder Cunha
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz agradavelmente preenchido por notas de fruta madura aliadas a evidentes sugestões minerais, na boca revela uma interessante acidez, alguma estrutura e um paladar composto por notas minerais, limonadas, frutadas e ainda levemente tostadas, termina de forma mediana em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 26 de Abril de 2012

2187 - Elias Mora Crianza 2006 (Tinto)


Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro
Produtor: Bodegas y Viñas Dos Victorias, S.L.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Vanessa Pérez Martínez
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de tonalidade avermelhada, o nariz revela frutos negros, especiarias finas e um ligeiro toque mineral e até picante, num fundo marcado pelas notas de barrica, na boca é um vinho com bom volume, agradável acidez e uma estrutura e complexidade interessantes, conta com um paladar frutado e especiado e um final médio/longo em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Este vino elaborado exclusivamente con la variedad Tinta de Toro, ha permanecido 12 meses en barrica. Aconsejamos decantarlo antes de su consumo. La ausencia de tratamientos en la elaboracion puede producir sedimentos.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 25 de Abril de 2012

2186 - Paco & Lola Albariño 2008 (Branco)


Região: Espanha
Castas: Albariño
Produtor: Soc. Coop. Vitivinícola Arousana SCG
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Jose Antonio Porto Rivera
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela brilhante, com delicados reflexos dourados, o nariz revela imensas notas de fruta madura, apoiadas em delicados toques citrinos que vão dando lugar a uma agradável mineralidade e fina tosta, na boca é um vinho volumoso, muito fresco e com boa estrutura, o paladar revela interessantes notas limonadas e minerais, bem como uma delicada sensação vegetal e de barricas, o final é relativamente prolongado e com boa persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Vino elaborado con uva procedente de parcelas en producción integrada.

Etiquetas: , , , , ,

2185 - Cérvoles 2005 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Garnacha Tinta, Cabernet Sauvignon, Tempranillo e Merlot
Produtor: Cérvoles Celler SL
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Blanca Ozcáriz
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz muito frutado e levemente especiado, num fundo mais abaunilhado, na boca é um vinho equilibrado, de estrutura e volume médios, paladar que faz lembrar fruta preta e ligeiras nuances de barrica, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

terça-feira, 24 de Abril de 2012

2184 - Calcari Xarel-lo 2008 (Branco)


Região: Espanha
Castas: Xarello
Produtor: Parés Baltà. S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Marta Casas e Maria Elena Jimnez
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela de tonalidade dourada, o nariz revela notas de fruta madura, nomeadamente pêras, acompanhadas por ligeiras sensações minerais, na boca é um vinho equilibrado, seco e com boa estrutura, revela um paladar mais mineral que frutado e conta com uma acidez interessante, o final tem um comprimento e uma persistência medianas mas agradáveis.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 23 de Abril de 2012

2183 - Quinta dos Carvalhais Colheita Seleccionada 2007 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado e Verdelho
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Manuel Vieira
Notas de Prova: Cor amarela intensa com evidentes reflexos dourados, o nariz faz lembrar notas de fruta madura misturadas com sugestões fumadas, algo resinosas e ainda tostadas, na boca é um vinho com um agradável volume e estrutura, onde revela um paladar amanteigado, frutado e também especiado, que termina com um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2011

Rótulo: Colheita Seleccionada é mais uma das exclusivas especialidades com que nos brinda Quinta dos Carvalhais. Com uma cor dourada, revela aromas de frutos tropicais frescos, casca de laranja e especiarias (cravinho). Apresenta, também, uma componente amanteigada, fruto do estágio de mais de dois anos em barricas de carvalho, o que lhe confere também grande complexidade e uma capacidade de envelhecimento ímpar. Um vinho que recupera o conceito antigo do Dão de engarrafar brancos tardiamente, o que o torna original e único. Deve ser servido à temperatura de 10-13ºC em copos largos de vinho branco.

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos vinhos tinto Selecção do Enólogo, da Herdade da Farizoa, Quinta de Pancas e Quinta do Cardo (Abr/2012)


No passado dia 05/04/2012, realizei uma Prova dos vinhos tintos Selecção do Enólogo, da Herdade da Farizoa, Quinta de Pancas e Quinta do Cardo, pertencentes ao Grupo Companhia das Quintas.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Companhia das Quintas - Herdade da Farizoa, Quinta de Pancas e Quinta do Cardo pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2388 - Herdade da Farizoa Selecção do Enólogo 2009 (Tinto)Herdade da Farizoa Selecção do Enólogo 2009 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Alfrocheiro, Touriga Nacional, Aragonez e Syrah
Produtor: Herdade da Farizoa - Companhia das Quintas
Álcool: 14%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz muito floral, envolvido em notas de fruta vermelha madura e um leve toque de chocolate, tudo bem apoiado em suaves especiarias, na boca é um vinho equilibrado, de volume e estrutura médios e taninos polidos, o paladar revela-se muito frutado, subtilmente marcado pelas notas de barrica e novamente por um evidente achocolatado, termina de forma mediana, em termos de comprimento e persistência.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2008 (Tinto)

Região: Regional Lisboa
Castas:
Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: Quinta de Pancas - Companhia das Quintas
Álcool: 13%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi e um nariz onde se evidenciam as notas florais, vegetais e também alguma fruta vermelha, bem como uma suave nuance de tosta e pimento, na boca é um vinho delicado, correcto e com uns taninos firmes, o paladar revela fruta madura e notas apimentadas relevantes e o final de boca conta com um comprimento curto e uma persistência muito mediana.
Classificação Pessoal: 15
2387 - Quinta de Pancas Selecção do Enólogo 2008 (Tinto)
2389 - Quinta do Cardo Selecção do Enólogo 2009 (Tinto)Quinta do Cardo Selecção do Enólogo 2009 (Tinto)

Região: DOC Beiras
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Quinta do Cardo - Companhia das Quintas
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Nota de Prova: Cor rubi de tonalidade violácea, nariz perfumado por aromas florais, fruta vermelha madura e uma leve sensação de madeira, bem como algum fumo, na boca é um vinho frutado, especiado e ligeiramente vegetal e abaunilhado, conta com uma estrutura média e uns taninos polidos, o final de boca tem um comprimento médio e uma persistência agradável.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

domingo, 22 de Abril de 2012

2182 - Quinta da Pacheca Reserva Vinhas Velhas 2007 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Tinto Cão, Sousão, Tinta Amarela e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta da Pacheca, Sociedade Agrícola e Turística, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14%
Enólogo: Maria Serpa Pimentel
Notas de Prova: Apresenta uma cor vermelha intensa e um nariz rico em notas florais, frutos negros e delicadas sugestões de especiarias acompanhadas por um leve toque de chcocolate e alguma barrica, na boca é um vinho denso, estruturado e complexo, onde os taninos se revelam polidos e o paladar denota fruta vermelha madura e evidentes nuances especiadas, o final de boca tem um comprimento agradável e uma persistência média/alta.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2012

Rótulo: Produzido em lagares com pisa a pés, estagiado em barricas novas de carvalho francês, e engarrafado na Quinta a partir das castas Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Tinto Cão, Sousão e Tinta Amarela. Quinta da Pacheca Reserva identifica a procura da excelência que eu e os meus irmãos ambicionamos alcançar. É um vinho bem encorpado, de cor ruby profundo, aroma muito intenso lembrando fruta vermelha, e paladar complexo, com taninos firmes, lembrando especiarias. Servir à temperatura ambiente acompanhando pratos fortes de cozinha regional portuguesa ou queijos de pasta dura.

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

sábado, 21 de Abril de 2012

2181 - Pequenos Rebentos Alvarinho 2010 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Márcio Lívio Duarte Lopes
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Márcio Lopes
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarelo pálido e uma delicada tonalidade esverdeada, o nariz está suavemente preenchido por aromas cítricos, acompanhados por leves sugestões de fruta, nomeadamente maçã verde, e uma ligeira componente tropical, na boca o destaque vai para a sua frescura e secura, muito bem apoiadas com uma bela acidez, revela ainda um paladar frutado e mineral, o final tem um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .15
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Rótulo: Este vinho foi obtido através da casta Alvarinho, uma das mais elegantes e singulares do Mundo.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 20 de Abril de 2012

2180 - Quinta da Arrancada 2010 (Branco)


Região: DOC Beiras
Castas: Fernão Pires e Arinto
Produtor: Paulo Lalanda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: -
Notas de Prova: Cor pálida e leve tonalidade esverdeada, o nariz revela alguma complexidado no início, que aos poucos vai dando lugar a delicados aromas citrinos, fruta madura e uma leve sensação especiada, na boca é um vinho suave, fresco e mais frutado e limonado, num fundo vegetal, no final, além de seco, revela um comprimento e uma persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Situada a sul da serra da Gardunha, a Quinta da Arrancada é uma propriedade com 20ha de terrenos franco-arenosos, benefeciando de condições edafo-climáticas óptimas para a produção de uvas de qualidade. Quinta da Arrancada Branco 2010, obtido a partir de uvas das castas Fernão Pires e Arinto, é um vinho que apresenta uma cor citrina, aroma frutado e fresco, com um bom final de boca, adequado para todas as ocasiões.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 19 de Abril de 2012

2179 - Torais 2010 (Branco)


2179 - Torais 2010 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto, Antão Vaz e Verdelho
Produtor: Sociedade Agrícola de Torais, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Diogo Campilho
Notas de Prova: Cor citrina e nariz agradavelmente perfumado por delicados aromas florais misturados com sugestões de fruta tropical e um leve toque citrino, na boca é um vinho equilibrado e muito redondo, onde a fruta está bem presente, tal como delicadas sugestões limonadas, tem um final de comprimento e persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Dezembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Novembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

2178 - Fafide Reserva 2009 (Branco)

2178 - Fafide Reserva 2009 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Códega do Larinho, Fernão Pires e Rabigato
Produtor: VDS - Vinhos do Douro Superior, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.55€
Álcool: 13.5%
Enólogo: VDS - Vinhos e Douro Superior
Notas de Prova: Cor pálida e nariz algo complexo no início mas que aos poucos vai abrindo para notas de fruta madura, ligeiros toques cítricos e uma leve sensação fumada e tostada, na boca é um vinho correcto, de estrutura mediana e onde a fruta aparece bem equilibrada com as notas limonadas e um suave toque de barrica, termina com um comprimento algo curto e uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 18 de Abril de 2012

2177 - Luis Pato Vinhas Velhas 2010 (Branco)


2177 - Luis Pato Vinhas Velhas 2010 (Branco)
Região: Regional Beiras
Castas: Vinhas Velhas, Bical, Cerceal e Sercialinho
Produtor: Adega Luís Pato
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Luís Pato
Notas de Prova: Cor citrina e nariz inicialmente marcado pelos aromas fumados e vegetais que aos poucos vão evoluíndo para um citrino fresco e delicadas sugestões de fruta madura, num fundo mais mineral e tostado, na boca é um vinho equilibrado e com boa estrutura, onde se destaca pela positiva, a sua acidez e frescura, o paladar revela-se frutado e mineral, além de ligeiramente herbáceo e cítrico, conta com um perfil seco e termina de uma forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2012

Rótulo: Vinho produzido a partir das castas Bical em solo argilo-calcário, Cerceal e Sercialinho em solo arenoso. Fermentou e estagiou durante 9 meses em cubas de inox. Pode envelhecer por alguns anos em boas condições de guarda.

Etiquetas: , , , , , , ,

terça-feira, 17 de Abril de 2012

2176 - Quinta de Saes Reserva 2010 (Branco)


2176 - Quinta de Saes Reserva 2010 (Branco)
Região: DOC Dão
Castas: Encruzado, Cercial e Bical
Produtor: Álvaro Castro
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Álvaro Castro
Notas de Prova: Cor pálida quase incolor e nariz rico em notas minerais e leves sugestões cítricas e de fruta tropical, na boca é um vinho equilibrado, com boa acidez e estrutura mediana, o paladar continua a revelar citrinos e uma forte mineralidade, o final de boca tem um comprimento e persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2013

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Julho 2011

Rótulo: O Quinta de Saes Reserva foi conseguido a partir das castas Encruzado, Cercial e Bical. Depois de um longo contacto pelicular no dia da vindima seguiu-se uma fermentação muito lenta. A "Bâtonnage" de 3 meses provocou um bom aumento de volume que combina muitíssimo bem com a sua acidez natural e mineralidade.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 16 de Abril de 2012

2175 - Monte Amarelo 2009 (Branco)

2175 - Monte Amarelo 2009 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz e Arinto
Produtor: Sociedade Mouchão da Póvoa
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Maçanita
Notas de Prova: Cor citrina e nariz marcado pelos aromas de fruta madura, nomeadamente pêras, delicadas nuances florais e um leve apontamento cítrico, na boca é um vinho fresco, equilibrado e com estrutura algo simples, revela um paladar frutado e limonado, que termina seco e de comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Revista Escanção: ........................82*
• Data da Prova: Janeiro 2012 / Fevereiro 2012
* Classificação de 0-100


Classificação Revista Escanção: ........................74*
• Data da Prova: Setembro 2010 / Outubro 2010
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Junho 2010

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

2174 - La Rioja Alta Gran Reserva 904 1997 (Tinto)

2174 - La Rioja Alta Gran Reserva 904 1997 (Tinto)
Região: Espanha
Castas: Tempranillo e Graciano
Produtor: Grupo La Rioja Alta, S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13%
Enólogo: Manuel Ruiz Hernández
Notas de Prova: Apresenta uma cor atijolada com uma auréola de tonalidade bem castanha, o nariz revela fortes aromas terrosos, apoiados em especiarias e um ligeiro apimentado, num fundo dominado pela madeira velha, na boca é um vinho delicado e intenso, já evoluído mas com uma frescura vibrante, um paladar capaz de revelar alguma fruta em passa, bem misturado com elegantes toques especiados e boa madeira, tem um final longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Este Gran Reserva es un vino de penetrante aroma, bellísimo color rubí com reflejos teja y cálido y elegante paladar. Al tratarse de un producto elaborado de forma natural, puede formar sedimento com la edad, porio que há de servirse sin agitaciones y conservarse en un lugar de permanente frescura, lejos de las trepidaciones y de la luz. Su temperatura ideal de servicio es de 18º-19ºC.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 15 de Abril de 2012

2173 - Joaquim Madeira 2008 (Branco)


2173 - Joaquim Madeira 2008 (Branco)
Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto Chardonnay
Produtor: Casa Agrícola Santana Ramalho, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Joaquim Madeira
Notas de Prova: Apresenta uma cor dourada e um nariz perfumado por notas abaunilhadas e tostadas misturadas com delicadas nuances de fruta madura, na boca é um vinho untuoso e gordo, onde o paladar exibe evidentes notas de baunilha, um leve toque citrino e alguma fruta, revela ainda uma agradável estrutura e um final prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2009

Rótulo: Após apurada selecção, em mesa de escolha manual, das castas Antão Vaz, Arinto e com pequena percentagem de Chardonnay, o mostro extraído através de prensagem e leve decantação foi vinificado sob rigoroso controlo de temperatura. A casta Antão Vaz e a Chardonnay fermentaram, juntas, em barricas novas de carvalho francês, permanecendo seis meses com as borras. A Arinto fermentou em depósito inox. Do lote, em percentagens iguais, proveniente destas duas vinificações, resultou um vinho rico de aromas tropicais, harmoniosamente mesclados com baunilha, com corpo, untuosidade, boa acidez e uma longa persistência no final de boca.

Etiquetas: , , , , , ,

sábado, 14 de Abril de 2012

2172 - Casa Cadaval Pinot Noir 2008 (Tinto)

2172 - Casa Cadaval Pinot Noir 2008 (Tinto)
Região: Regional Ribatejo
Castas: Pinot Noir
Produtor: Casa Cadaval Investimentos Agrícolas, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Reguinga e Joana Vida
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e concentrada, o nariz faz lembrar notas de fruta vermelha madura acompanhadas por uma leve sensação de especiarias e até um suave toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado, de estrutura e complexidade médias, com taninos ligeiramente firmes e um paladar dominado pela fruta vermelha e subtis sensações de barrica, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Rótulo: Produzido exclusivamente a partir da casta Pinot Noir, este vinho apresenta cor rubi pálida, aroma a frutos vermelhos maduros com notas de cereja e de especiarias, e sabor equilibrado, macio, com final elegante, persistente. Deve ser servido a 16ºC, acompanhando carnes vermelhas grelhadas, produtos de charcutaria ou queijos curados, e pode ser consumido agora, ou guardado até 6 anos em local escuro e fresco.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto Quinta da Covada Touriga Nacional 2009 (Mar/2012)


No passado dia 27/03/2012, realizei uma Prova do vinho tinto Quinta da Covada Touriga Nacional 2009 do produtor António Santos Pinto do Douro.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor António Santos Pinto pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2435 - Quinta da Covada Touriga Nacional 2009 (Tinto)Quinta da Covada Touriga Nacional 2009 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: António Santos Pinto
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Lopes Pinto
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade no centro e auréola de tonalidade violácea, o nariz revela frescas notas florais acompanhadas pelos frutos silvestres e delicadas notas vegetais, na boca é um vinho suave, fresco e equilibrado, onde a fruta marca agradavelmente o conjunto, apoiada em sugestões florais e subtis especiarias, termina de forma mediana, em termos de comprimento e persistência.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sexta-feira, 13 de Abril de 2012

2171 - Sileni Cellar Selection Sauvignon Blanc 2010 (Branco)


2171 - Sileni Cellar Selection Sauvignon Blanc 2010 (Branco)
Região: Nova Zelândia
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Sileni Estates
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13%
Enólogo: Grant Edmonds e Rachel Garnham
Notas de Prova: Apresenta uma cor pálida de tonalidade levemente esverdeada, o nariz revela evidentes aromas de fruta aliados com notas de espargos muito vivas e uma ligeira sensação citrina, num fundo mais mineral e vegetal, na boca é um vinho rico em termos de fruta e frescura, merecendo todo destaque a sua vibrante acidez, a fruta revela uma maior presença, bem como algumas notas limonadas, termina de forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 12 de Abril de 2012

2170 - Frei João Reserva 2009 (Branco)


2170 - Frei João Reserva 2009 (Branco)
Região: DOC Bairrada
Castas: Bical, Cerceal e Maria Gomes
Produtor: Caves São João - Sociedade dos Vinhos Irmãos Unidos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: José Carvalheira
Notas de Prova: Cor citrina algo pálida e nariz rico em notas de fruta tropical aliadas a evidentes sugestões minerais e ainda uma ligeira sensação tostada, que confere uma bela e atractiva complexidade ao conjunto, na boca é um vinho fresco, volumoso, muito limonado e mineral, mas que ao mesmo tempo é capaz de revelar uma acidez muito atractiva, o final de boca é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16.5
• Data da Revista: Março 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Novembro 2010

Rótulo: Com as nossas melhores uvas das castas Bical (55%), Cerceal (30%) e Maria Gomes (15%), colhidas manualmente em meados de Setembro, criámos este vinho que possui cor amarela esverdeada. um aroma muito rico e complexo, predominando nuances aromáticas de madeira de carvalho, frutos frescos e casca de citrinos. Na boca é muito volumoso, untuoso e evidencia uma excelente acidez, que lhe confere uma bela persistência gustativa e lhe permitirá envelhecer nobremente.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 11 de Abril de 2012

2169 - Avidagos 2010 (Branco)


2169 - Avidagos 2010 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Malvasia Fina, Gouveio e Vital
Produtor: Quinta dos Avidagos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Rui Cunha
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e nariz muito floral, agradavelmente combinado com notas citrinas e uma mineralidade que acrescenta frescura ao conjunto, na boca é um vinho equilibrado, redondo e muito correcto, onde o paladar é revelador de uma interessante acidez e as sugestões de lima e limão são dominadoras, termina algo curto e seco mas com uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14
• Data da Revista: Agosto 2011

Rótulo: Aroma intenso a lembrar frutos maduros. Cremoso, equilibrado e bom aroma de boca. Vinho não filtrado. Sujeito a criar depósito. Deverá ser apreciado entre os 9ºC e os 11ºC. Castas: Malvasia Fina, Gouveio e Vital.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Papa Figos 2010 (Abr/2012)


No passado dia 05/04/2012, realizei uma Prova do vinho tinto Papa Figos 2010 do produtor Sogrape da região do Douro.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor Sogrape Vinhos de Portugal, SA pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2466 - Papa Figos 2010 (Tinto)Papa Figos 2010 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional e Tinta Barroca
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 13%
Enólogo: Luís Sottomayor
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de média concentração no centro e uma auréola de tonalidade violeta, o nariz revela exuberantes notas de frutos vermelhos, acompanhados por suaves toques florais e delicadas sugestões de barrica e também um ligeiro cacau, na boca é um vinho equilibrado, de volume médio e taninos redondos, no paladar destaca-se novamente a fruta, face às delicadas notas de especiarias e o final de boca tem um comprimento e persistência médios e agradáveis.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

terça-feira, 10 de Abril de 2012

2168 - Bouchard Pére & Fils Savigny-Les-Beaune Les Lavières Premier Cru 2007 (Tinto)

2168 - Bouchard Pére & Fils Savigny-Les-Beaune Les Lavières Premier Cru 2007 (Tinto)
Região: França
Castas: Pinot Noir
Produtor: Domaine Bouchard Père & Fils
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13%
Enólogo: Phillippe Prost
Notas de Prova: Cor granada de média concentração, muito típica nos Pinot, revela um nariz fumado e agradavelmente preenchido por aromas de ameixa e delicadas sensações terrosas, bem como notas de flores secas, na boca revela-se um vinho equilibrado e com uma agradável estrutura, mostrando alguma fruta preta e uma leve sensação fumada, revela ainda uns taninos macios e polidos, o final tem um comprimento relativamente longo e uma boa persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2011

Rótulo: Ce vin a été récolté, élevé et mis en bouteille par Bouchard Père & Fils. Depuis 1731, nous travaillons avec passion et ténacité pour exprimer l'authenticité des terroirs de Bourgogne, dans le respect des traditions et de la nature.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 9 de Abril de 2012

2167 - Casa de Mouraz 2010 (Branco)


2167 - Casa de Mouraz 2010 (Branco)
Região: DOC Dão
Castas: Malvasia Fina, Cerceal Branco, Encruzado e Bical
Produtor: António Lopes Ribeiro Wines, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Luís Magalhães
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina levemente esverdeada e um nariz irrequieto, onde as notas minerais se misturam com evidentes sugestões de limão e fruta, alguma tosta e ainda uma leve sensação floral, na boca é um vinho que surpreende pela acidez e frescura que revela durante toda a prova, o paladar continua frutado, cítrico e acima de tudo, mineral, o final de boca, além de seco, tem um comprimento médio/longo e uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2011

Rótulo: A Casa de Mouraz, pioneira na prática de agricultura biológica na região demarcada do Dão, agrega vários vinhas, algumas delas já referenciadas em documentos do séc. XVI. Este vinho foi produzido a partir de uvas das castas Malvasia-Fina, Cerceal-Branco, Encruzado e Bical, cultivadas de forma biológica, num respeito absoluto pelo terroir de origem. Após a fermentação a temperatura controlada estagiou 3 meses sobre a sua borra fina com levantamento da mesma ("battonage sur lies"). Cor amarela palha com reflexos citrinos brilhantes. No nariz tem aromas balsâmicos, casca de citrino, rosas, melão e pêra. A boca é fresca e mineral, com final longo e requintado.

Etiquetas: , , , , , , ,

domingo, 8 de Abril de 2012

2166 - Marqués de Cáceres Vendimia Seleccionada Crianza 2005 (Tinto)

2166 - Marqués de Cáceres Vendimia Seleccionada Crianza 2005 (Tinto)
Região: Espanha
Castas: Tempranillo, Garnacha Tinta e Graciano
Produtor: Unión Viti-Vinícola, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Fernando Gómez Saez e José Maria Cervera
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada e um nariz rico em notas de fruta madura, finas especiarias e delicadas sensações tostadas e abaunilhadas, na boca é um vinho equilibrado, frutado e com agradável estrutura, os taninos estão bem redondos e o final tem um comprimento e uma persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Marqués de Cáceres Crianza es un vino de color rubí vivo, elegante y de gran finura, completo y aterciopelado al paladar. Criado en barricas de roble y posteriormente afinado en botella, tiene la personalidad y perfección de su noble origen.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho branco Fiúza Três Castas 2011 (Abr/2012)


No passado dia 01/04/2012, realizei uma Prova do vinho branco Fiúza Três Castas 2011 do produtor Fiúza & Bright da região do Tejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2397 - Fiúza Três Castas 2011 (Branco)Fiúza Três Castas 2011 (Branco)

Região: Regional Tejo
Castas:
Chardonnay, Arinto e Vital
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Cor amarela citrina e nariz marcado pelas notas de fruta madura, nomeadamente pêra, bem como delicadas sugestões florais e minerais, na boca é um vinho fresco e equilibrado, de prova fácil e paladar bem frutado, termina com um comprimento médio e uma persistência relativamente curta.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

sábado, 7 de Abril de 2012

2165 - Cabeça de Burro 2010 (Branco)

2165 - Cabeça de Burro 2010 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Rabigato, Malvasia Fina e Fernão Pires
Produtor: Caves Vale do Rodo, C.R.L.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Jorge Osório
Notas de Prova: Apresenta uma cor pálida de reflexos delicadamente esverdeados, o nariz revela delicados aromas citrinos e florais, bem como um ligeiro toque vegetal, na boca é um vinho simples e correcto, muito marcado pela lima e onde a fruta madura dá um ar da sua graça, revela um volume e uma estrutura médios, bem como um comprimento e persistência medianos, em termos de final de boca.

Classificação Pessoal: ......................................