• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quinta-feira, 31 de Maio de 2012

2227 - Ázeo Rabigato 2009 (Branco)


Ázeo Rabigato 2009 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Rabigato
Produtor: João Brito e Cunha, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: João Brito e Cunha
Notas de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz complexo, onde as notas florais, citrinas e também de maçã, misturam-se agradavelmente com um certo toque mineral, na boca o vinho ganha e muito, revela uma bela acidez e uma estrutura vibrante, no paladar os citrinos continuam bem evidentes e complementam o conjunto com notas de fruta madura e uma mineralidade atractiva, termina seco e relativamente prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2011

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2010

Rótulo: Ázeo significa bago de uva em latim. Origem: zonas mais altas do Douro, solos graniticos. Casta: Rabigato de vinhas velhas. Vinificação: feita em cubas, ficando em contacto com as borras. Ázeo Rabigato 2009: complexo, fresco, bastante mineral. Elegante, equilibrado e com final fino e muito longo.

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos Vinhos Domingos Damasceno de Carvalho (Abr/2012)


No passado dia 30/04/2012, realizei uma Prova dos Vinhos Domingos Damasceno de Carvalho do produtor SOTA da região da Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor SOTA - Sociedade de Operação Técnica e Agrícola, Unipessoal, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Damasceno de Carvalho 2010 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Syrah e Cabernet Sauvignon
Produtor: SOTA - Sociedade de Operação Técnica e Agrícola, Unipessoal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade e um nariz agradavelmente preenchido por notas de fruta preta, um certo toque vegetal e também um subtil apimentado, bem misturados com delicadas especiarias e ainda um subtil toque de menta, na boca é um vinho interessante e suave, além de equilibrado e com um volume ligeiramente acima da média, o paladar continua frutado e apimentado, bem como ligeiramente achocolatado, já o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência mediana mas saborosa.
Classificação Pessoal: 15.5
Domingos Damasceno de Carvalho Kol de Carvalho Reserva 2008 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Merlot e Syrah
Produtor: SOTA - Sociedade de Operação Técnica e Agrícola, Unipessoal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu
Nota de Prova: Cor rubi de forte intensidade e nariz rico em notas abaunilhadas, frutos silvestres e um certo achocolatado, num fundo mais fumado e apimentado, na boca é um vinho encorpado e estruturado mas onde se destaca a macieza dos taninos, o paladar continua muito frutado, fruta essa que revela uma agradável integração com as notas de barrica e ainda com um leve toque especiado, o final de boca é relativamente prolongado e conta com uma persistência média/longa.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

quarta-feira, 30 de Maio de 2012

2226 - Anselmo Mendes Contacto Alvarinho 2010 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Anselmo Mendes
Notas de Prova: Cor citrina e nariz agradavelmente preenchido por aromas cítricos acompanhados por um leve toque floral e uma componente mineral bem evidente, na boca é um vinho com estrutura, elegância e boa acidez, o paladar revela citrinos, fruta, alguma tosta e uma mineralidade convincente, termina prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Novembro 2011

Rótulo: A casta Alvarinho faz parte das mais distintas e originais castas em todo o Mundo. Contacto da película da uva com o mosto, e segundo processos antigos produziu-se este vinho, adaptando conhecimentos ancestrais às novas tecnologias de produção de vinho.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 29 de Maio de 2012

2225 - Vinho dos Mortos 2010 (Tinto)


2225 - Vinho dos Mortos 2010 (Tinto)
Região: Regional Trás-os-Montes
Castas: Tinta Coimbra, Tinta Carvalha, Malvasia Fina, Bastardo e Alvarelho
Produtor: Armindo de Sousa Pereira
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12%
Enólogo: Armindo de Sousa Pereira
Notas de Prova: Apresenta uma cor avermelhada de concentração pouco expressiva, o nariz revela delicadas sensações de fruta vermelha, aliadas a suaves aromas terrosos e um certo cheiro a "adega", na boca é um vinho mais especiado e algo gaseificado, no paladar a fruta perde a sua influência face às sugestões mais terrosas e a um ligeiro vegetal seco, é perceptível uma certa adstringência e o final é curto de comprimento e muito mediano de persistência.

Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: "Vinho dos Mortos". Uma história que nos leva até ao ano de 1808, quando os franceses invadiram a região, o povo, com medo que lhes pilhassem os bens, escondeu o que conseguiu, o vinho foi enterrado no chão das adegas, debaixo das pipas e dos lagares. Mais tarde, quando recuperaram os bens que restaram e ao desenterrarem o vinho, julgaram-no estragado. Porém, descobriram que estava muito mais saboroso, pois tinha adquirido propriedades novas. Era um vinho com graduação de 10º/11º, palhete, apaladado, e com algum gás natural, que lhe adveio de se ter produzido uma fermentação no escuro e a temperatura constante. Por ter sido "enterrado" ficou a designar-se por "Vinho dos Mortos" e passou a utilizar-se esta técnica, descoberta ocasionalmente, para melhor o conservar e optimizar a sua qualidade. Assim, nasceu a tradição de "enterrar" o vinho. Hoje são já poucos os agricultores que mantêm viva esta tradição, nas vinhas sobranceiras à Vila de Boticas e da Granja, nas encostas aí existentes, que possuem as condições de clima e solo adequadas à produção deste precioso vinho, que, não sendo abundante, tem sabor agradável e merece ser apreciado. Servir à temperatura de 16º 18ºC.

Etiquetas: , , , , , , , ,

2224 - Robustus 2007 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Touriga Nacional, Tinto Cão e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 50€ e 75€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor opaca e de delicado rebordo violeta/avermelhado, o nariz revela uma enorme panóplia de aromas, desde as elegantes notas de especiarias, alguns toques resinosos e terrosos, passando pela fruta preta madura, pelos frutos silvestres, as flores secas e até algum cacau e delicado fumado, tudo muito bem equilibrado e harmonioso, na boca é um vinho poderoso, cheio de garra e carácter, onde a fruta revela grandiosidade mas não se sobrepõe às evidentes notas de pimenta preta, café e uma componente mineral contagiante, o paladar revela uma frescura enorme e os taninos firmes mas ao mesmo tempo polidos sinalizam uma enorme capacidade de envelhecimento, revela ainda um corpo volumoso e elegante, terminando de uma forma memorável, com grande expressão no final de boca e uma persistência sensacional.

Classificação Pessoal: ......................................19
• Data da Prova: Abril 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Janeiro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Outubro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de Maio de 2012

2223 - Conde d'Ervideira Reserva 2010 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Ribeira da Ervideira, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Rolo
Notas de Prova: Cor amarela pálida com ligeiro recorte esverdeado, o nariz mostra-se bem vivo e elegante, revelando-se bem preenchido por aromas de fruta madura, tosta fina e um leve toque mineral, na boca é volumoso, estruturado e com boa dose de fruta tropical, sugestões minerais e um leve toque fumado e tostado, que confere complexidade ao conjunto, tem um final prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 27 de Maio de 2012

2222 - Fita Preta 2010 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz e Roupeiro
Produtor: Fita Preta Vinhos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Maçanita
Notas de Prova: Cor citrina de média intensidade e nariz fresco, agradavelmente preenchido por aromas de fruta madura, um leve toque citrino e nuances minerais, na boca é um vinho muito equilibrado, onde o paladar se revela frutado, ligeiramente vegetal e mineral, o final tem um comprimento médio e uma persistência agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 26 de Maio de 2012

2221 - Quinta da Mata Fidalga Prestige 2008 (Branco)



Região: DOC Bairrada
Castas: Arinto, Bical, Chardonnay e Maria Gomes
Produtor: Quinta da Mata Fidalga Agricultura e Turismo, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: José Carvalheira
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina com brilhantes reflexos esverdeados, o nariz, além de finas nuances tostadas revela ainda notas florais misturadas com alguns citrinos e fruta tropical, bem como um ligeiro toque de melão, na boca é um vinho mais mineral, onde evidencia uma interessante estrutura e uma textura bem agradável, o paladar revela ainda fruta madura e um fresco toque cítrico, termina mediano em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

Prova de Vinhos brancos Terra d'Alter (Abr/2012)


No passado dia 30/04/2012, realizei uma Prova das novas colheitas de alguns dos vinhos brancos do produtor Terras de Alter da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Terra d'Alter 2011 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto, Roupeiro, Verdelho e Viognier
Produtor: Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Cor amarela citrina com delicados reflexos esverdeados, o nariz revela evidentes e frescas notas cítricas acompanhadas por um leve perfume tropical, na boca é um vinho correcto mas equilibrado e de agradável acidez, o paladar continua a destacar as notas limonadas e alguma fruta, terminando com um comprimento e persistência de expressão curta/média.
Classificação Pessoal: 14.5
Terra d'Alter Verdelho 2011 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Verdelho
Produtor: Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarelo pálido com ligeiros apontamentos esverdeados, o nariz revela frescos e perfumados aromas cítricos, maracujá e um certo toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado, de estrutura mediana e acidez correcta, o paladar revela notas citrinas e alguma fruta tropical, o final de boca tem um comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 15
Terra d'Alter Reserva 2010 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Viognier, Arinto e Verdelho
Produtor: Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Cor amarela com alguma intensidade e nariz dominado pelas notas de fruta tropical aliadas a um leve toque abaunilhado e até especiado, na boca é um vinho agradavelmente estruturado, com uma acidez interessante e um paladar marcado pelas notas de fruta, um certo mineral e ainda um evidente toque de citrinos bem maduros, o final de boca tem um comprimento e uma persistência medianos.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sexta-feira, 25 de Maio de 2012

2220 - Quinta da Falorca Touriga Nacional 2010 (Rosé)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Figueiredo e Vines & Wines
Notas de Prova: Cor vermelha profunda e nariz fresco e equilibrado, onde se destacam os aromas de fruta vermelha aliados a um leve toque floral, na boca é um vinho correcto e agradável, onde o paladar além de frutado mostra-se um pouco vegetal, o final é curto de comprimento e mediano de persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , ,

quinta-feira, 24 de Maio de 2012

2219 - Vale de Rotais 2004 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Setebagos - Vinhos, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade e uma auréola levemente acastanhada, no nariz destacam-se os finos aromas frutados, fumados e especiados, algum balsâmico e ainda uma elegante sensação licorosa que faz lembrar vinho do Porto, na boca revela uns taninos sedosos, uma textura fina e um paladar rico em notas de especiarias, alguma fruta e madeira muito bem integrada, conta com uma evolução positiva e uma estrutura sedutora, o final é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Novembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Agosto 2007

Rótulo: Proveniente de vinhas velhas do Douro Superior. Vinificado em lagar de pedra e pisa a pé segundo a tradição. Vale de Rotais só em vindimas de excepcional qualidade é produzido. Em Agosto de 2006, foram engarrafadas 2.750 garrafas numeradas. Vinho sujeito a criar depósito. Aconselha-se a decantação antes de servir. Temperatura: 16º a 17º. Nº 1701.

Etiquetas: , , , ,

Prova do Vinho tinto Fronteira 2010 (Mai/2012)


No passado dia 01/05/2012, realizei uma Prova do vinho tinto Fronteira 2010 do produtor Quinta da Fronteira da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Quinta da Fronteira - Companhia das Quintas pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Fronteira 2010 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Quinta da Fronteira - Companhia das Quintas
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Corrêa e Jorge Serôdio Borges
Nota de Prova: Cor rubi de tonalidade e laivos avermelhados, o nariz revela agradáveis e frescas notas de frutos vermelhos acompanhados por um ligeiro toque floral, na boca é um vinho equilibrado, de estrutura e volume médios e uma acidez correcta, o paladar continua frutado e o final de boca tem um comprimento e persistência medianos.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

quarta-feira, 23 de Maio de 2012

2218 - Casa Ferreirinha Reseva Especial 1986 (Tinto)


Casa Ferreirinha Reserva Especial 1986 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Várias
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 50€ e 75€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Fernando Nicolau de Almeida
Notas de Prova: Apresenta uma bonita e concentrada cor granada no centro e delicados reflexos acastanhados à volta, o nariz revela-se muito elegante e envolvente, com as notas de diversas especiarias, principalmente pimenta, a aparecerem bem misturadas com delicadas sugestões florais e também alguma fruta madura, aliadas a subtis mas complexas notas fumadas, formando assim um conjunto muito sedutor, que tem por base um fundo mais balsâmico e algo mineral, na boca é um vinho harmonioso, volumoso e estruturado, onde a acidez e a frescura apresentadas surpreendem, devido aos seus honrosos 25 anos, o paladar revela-se muito especiado e bem preenchido por elegantes notas de madeira, que também fazem lembrar caixa de charutos e ainda um ligeiro toque vegetal seco e resinoso, o final de boca é muito prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................18.5
• Data da Prova: Dezembro 2011

Classificação Pessoal: ......................................18.5
• Data da Prova: Novembro 2009

Rótulo: Cuidadosamente vinificado na Adega da Quinta do Vale Meão, a partir de uma rigorosa selecção de uvas da Quinta e das zonas altas da Região do Douro, este vinho é envelhecido em meias pipas de carvalho de 270 litros, por um período que varia entre 12 e 18 meses. No sentido de preservar a mais alta qualidade, é engarrafado sem tratamento pelo frio, o que pode provocar a formação de depósito durante o seu envelhecimento em garrafa. A opção pela sua comercialização com o nome Reserva Especial é feita quando a longevidade do vinho se revela inferior à do Barca Velha, podendo, por isso, ser consumido mais cedo. De cor viva e muito intensa e aromas de fruta muito madura, flores tipo violeta e especiarias, é um vinho muito encorpado, equilibrado, com um final persistente, fino e muito delicado.

Etiquetas: , , , ,

terça-feira, 22 de Maio de 2012

2217 - Casa de Santar Touriga Nacional 2000 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro de Vasconcellos e Souza
Notas de Prova: Cor granada de muito boa intensidade, o nariz revela finas notas de couro aliadas à fruta bem madura, bem como a um ligeiro toque de especiarias e ainda alguma madeira velha, num fundo ligeiramente balsâmico, na boca é um vinho envolvente, de volume médio/alto e estrutura e acidez que impressionam face aos seus 11 anos, o paladar revela fruta preta, ligeiro couro e diversas notas de especiarias e vegetal seco, terminando de forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Setembro 2012

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Dezembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Maio 2005

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2004

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2003

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Janeiro 2003

Rótulo: A Casa de Santar, fundada em 1790, orgulha-se de proporcionar aos seus apreciadores a descoberta da Touriga-Nacional, o qual é descrito na enciclopédia de vinhos de Portugal como o "ex-libris" da viticultura portuguesa. Assim, após uma vindima no seu amadurecimento correcto, encontramos um vinho de cor retinta, no aroma muito concentrado em frutos vermelhos e violetas, na boca prima pelo seu porte, o equilíbrio é aqui a nota dominante, apresentando-se envolvente na boca, taninos muito finos e um final aveludado.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 21 de Maio de 2012

2216 - Quinta de Pancas Reserva 2008 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Merlot, Touriga Nacional, Petit Verdot, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon
Produtor: Quinta de Pancas - Companhia das Quintas
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade no centro e uma auréola de tonalidade ligeiramente violácea, o nariz revela aromas de fruta vermelha madura e um ligeiro toque floral, ambos integrados em evidentes sugetões de pimento e diversas especiarias, na boca é um vinho agradável, menos apimentado que no nariz e com uma estrutura agradável, a fruta madura aparece bem misturada com delicadas sugestões de barrica e o final de boca tem um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Fevereiro 2012

Classificação Revista Escanção: ........................90*
• Data da Prova: Maio 2012 / Junho 2012
* Classificação de 0-100


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16.5
• Data da Revista: Abril 2011

Rótulo: Este vinho resulta das melhores uvas de Merlot, Touriga Nacional, Petit Verdot, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon. A selecção rigorosa das uvas, a vinificação cuidada e um estágio de 20 meses em carvalho francês, oferecem-nos este vinho de perfil complexo e profundo com ampla estrutura e concentração. A beber nos anos vindouros a acompanhar pratos de caça e carnes de sabores fortes. Guardar algumas garrafas na cave. Servir a 14ºC.

Etiquetas: , , , , , , , ,

domingo, 20 de Maio de 2012

2215 - Altano Quinta do Ataíde Reserva 2008 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Symington Family Estates, Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Charles Symington e Pedro Correia
Notas de Prova: Cor carregada no centro e auréola violeta, o nariz revela-se exuberante e perfumado, rico em aromas frescos de notas florais, frutos pretos e silvestres, uma delicada sugestão de menta e ainda suaves sugestões de especiarias e barrica, na boca é um vinho estruturado, com bom volume e um paladar cheio de fruta e especiarias mas também algum chocolate e ainda uma certa mineralidade, conta com uns taninos redondos e termina bem prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2013

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Novembro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Setembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Abril 2011

Rótulo: O Altano Reserva é elaborado exclusivamente a partir de uvas da casta Touriga Nacional, vindimadas na Quinta do Ataíde, pertencente à família Symington e localizada no belíssimo e isolado vale da Vilariça (Douro Superior). A Touriga Nacional é a principal casta plantada na Quinta do Ataíde, perfazendo 24% dos 82 hectares de vinha da propriedade, fazendo desta uma das maiores plantações no Douro - daquela que é reconhecida como a mais emblemática casta portuguesa. A vinha foi plantada em finais dos anos 70 - princípios de 80 do século passado e encontra-se agora no ponto ideal de maturidade, permitindo a produção de vinhos de grande qualidade, que expressam o carácter distinto da Touriga Nacional (aromas florais e sabores ricos de frutos pretos) assim como o do terroir da Vilariça.

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 19 de Maio de 2012

2214 - Vallegre Reserva Especial Vinhas Velhas 2007 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Vallegre, Vinhos do Porto, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Cunha
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tonalidade avermelhada, o nariz revela elegantes e frescas notas florais, acompanhadas por sugestões de fruta vermelha e preta, delicadas sensações de caramelo e chocolate e ainda um subtil toque de tosta e especiarias, na boca é um vinho denso, profundo e muito equilibrado, revela uma bela acidez e os taninos apresentam-se firmes mas ao mesmo tempo muito equilibrados, o paladar continua a denotar fruta preta, notas de especiarias e um ligeiro toque de café, num conjunto envolvente e estruturado, o final de boca é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Dezembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Novembro 2011

Rótulo: Este vinho tem a sua origem na invulgar combinação de castas tradicionais do Douro existentes nas vinhas velhas da Quinta da Vista Alegre. Após uma vinificação clássica e cuidada, seguiu-se um estágio de 20 meses em barricas novas de carvalho. Vinho não filtrado nem estabilizado pelo frio de modo a serem respeitados todos os seus elementos. Pode criar depósito. Aconselhamos a sua decantação. Deverá ser apreciado a uma temperatura entre os 15º e os 17ºC. Potencial de envelhecimento até 2019. Enólogo: Rui Cunha.

Etiquetas: , , , ,

Prova do Vinho branco Esporão Verdelho 2011 (Mar/2012)


No passado dia 25/04/2012, realizei uma Prova do vinho branco Esporão Verdelho 2011 do produtor Esporão da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Esporão S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2437 - Esporão Verdelho 2011 (Branco)Esporão Verdelho 2011 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Verdelho
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: David Baverstock e Sandra Alves
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina com delicados apontamentos esverdeados, no nariz o destaque vai para as notas de lima e limão combinadas com alguma fruta tropical e uma certa mineralidade, na boca é um vinho fresco, com boa acidez e volume médio, no paladar abundam os citrinos, equilibrados pela fruta tropical e por uma leve sensação vegetal, o final de boca tem um comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sexta-feira, 18 de Maio de 2012

2213 - Meandro do Vale Meão 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Sousão
Produtor: Francisco Olazabal & Filhos, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Francisco Olazabal
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira






Classificação Pessoal: ......................................-


Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Outubro 2011

Rótulo: O vinho Meandro 2009. Composto de 35% de Touriga Nacional, 30% de Touriga Franca, 25% de Tinta Roriz, 5% de Tinta Barroca e 5% de Sousão, foi engarrafado em Junho de 2011. Não tendo sido submetido a qualquer tratamento de estabilização. Poderá apresentar algum depósito.

Etiquetas: , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de Maio de 2012

2212 - BD 2010 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Semillon e Sauvignon Blanc
Produtor: Tiago Mateus Cabaço e Cabaço
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Susana Estéban
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz fresco, capaz de fazer lembrar notas florais e uma agradável dose de fruta, na boca o destaque vai de imediato para a sua acidez, bem como para a fruta que o paladar revela, termina de forma mediana, em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2012

Rótulo: Não, apesar de ser um branco doce este BD não é uma colheita tardia. Decidimos antes fazer um colheita antecipada, com uvas vindimadas mais cedo e fermentação interrompida, de modo a preservar ao máximo a frescura que o alegra e espevita, tornando-o leve e fresco, apetecível tanto nos dias mais quentes de Verão como nos momentos passados junto à Lareira durante o Inverno.

Etiquetas: , , , , ,

2211 - Cartuxa Colheita 2008 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Baptista
Notas de Prova: Cor granada de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por delicadas notas florais e vegetais, algum fruto maduro e um leve toque especiado e tostado, na boca é um vinho com estrutura, de taninos redodos e uma interessante acidez, revela-se um conjunto tipicamente clássico alentejano, com um paladar frutado e especiado, bem apoiado por delicadas notas de barrica e por um ligeiro toque terroso e de diversas especiarias, o final de boca tem um comprimento médio/alto e uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Março 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16.5
• Data da Revista: Março 2011

Rótulo: Estes vinhos associam a sua qualidade ao nome dos monges Cartuxos que desde 1598 levam uma vida solitária em oração no Convento de Santa Maria Scala Coeli, em Évora. Este Cartuxa DOC Alentejo - Évora, tinto de 2008 tem por base as castas alentejanas Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira. Fermentadas separadamente à temperatura de 27ºC, a que se seguiu maceração de 20 dias. Estagiou durante 12 meses em tonéis e barricas de carvalho francês, a que se seguiu estágio em garrafa.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 16 de Maio de 2012

2210 - Quinta de Pancas Reserva Touriga Nacional 2008 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta de Pancas - Companhia das Quintas
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e violácea no rebordo, o nariz revela imensas notas florais acompanhadas pelos frutos vermelhos maduros e algumas notas de barrica e algo especiadas, na boca é um vinho equilibrado, com agradável volume e estrutura, boa acidez e paladar cheio de fruta e notas de especiarias, conta com uns taninos redondos e um final de boca de comprimento e persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Novembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Janeiro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............13.5
• Data da Revista: Dezembro 2010



Rótulo: Este vinho resulta de uma selecção das melhores uvas da casta Touriga Nacional que encontramos nas vinhas de encosta. A vinificação cuidada e um estágio de 20 meses em carvalho francês, oferecem-nos este vinho de perfil complexo e exuberante. Para se beber durante os anos seguintes a acompanhar bons pratos. Servir a 18ºC.

Etiquetas: , , , , ,

2209 - Tapada da Torre Reserva 2009 (Branco)



Região: Regional Algarve
Castas: Arinto e Síria
Produtor: Quinta do Morgado da Torre, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: João O' Neill Mendes
Notas de Prova: Cor amarela de reflexos esverdeados, o nariz além de notas tostadas, revela ainda alguns citrinos maduros e um ligeiro toque vegetal, na boca a tosta evidencia-se, acompanhada por alguma fruta madura e ligeiras nuances de baunilha, o final de boca tem um comprimento e uma persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2011

Rótulo: Tapada da Torre Branco 2009 é fruto das castas Arinto e Síria. Pequena produção, adubação orgânica e vinificação cuidada fazem deste vinho de quinta um produto único na região. Aroma exuberante, cor citrina e algum acídulo, características óptimas no acompanhamento de frutos do mar. Deve ser consumido a 7-9ºC.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto Portas da Herdade Reserva 2010 (Mai/2012)


No passado dia 01/05/2012, realizei uma Prova do vinho tinto Portas da Herdade Reserva 2010 do produtor Herdade da Farizoa da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Herdade da Farizoa - Companhia das Quintas pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Portas da Herdade Reserva 2010 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Aragonez, Alfrocheiro, Touriga Nacional e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade da Farizoa - Companhia das Quintas
Álcool: 14%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade e um nariz agradavelmente preenchido por notas florais, fruta vermelha madura e ainda leves sensações de chocolate e algumas especiarias, na boca é um vinho correcto e equilibrado, de estrutura mediana e paladar mais frutado que especiado, o final de boca tem um comprimento curto/médio, uma relativa secura e uma persistência mediana.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

terça-feira, 15 de Maio de 2012

2208 - Ogier Gigondas Duc de Mayreuil 2009 (Tinto)



Região: França
Castas: Grenache, Syrah e Mourvèdre
Produtor: Antoine Ogier
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Leonce Amouroux
Notas de Prova: Cor rubi de delicados reflexos granada, o nariz revela fruta madura misturada com delicadas sugestões florais, vegetais e também diversas especiarias, na boca é um vinho equilibrado e suave, onde apresenta uma frescura e uma acidez atractivas e uma estrutura e volume medianos, o paladar revela fruta madura e um leve toque de barrica aliado a ligeiras nuances minerais, termina de forma mediana, em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2012

Rótulo: Issu du célèbre vignoble de Gigondas, situé au pied des Dentelles de Montmirail, en vallée du Rhône méridionale, ce vin est élevé en foudres de chêne dans nos chais centenaires. L'harmonieux assemblage des cépages Grenache, Syrah et Mourvèdre donne un vin puissant et généreux aux arômes de fruits mûrs et de kirsch sur un fond épicé. A apprécier sur des vintages rouges, des plats en sauce du gibier.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 14 de Maio de 2012

2207 - Dona Ermelinda 2010 (Branco)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Chardonnay, Arinto, Antão Vaz e Fernão Pires
Produtor: Casa Ermelinda Freitas
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jaime Quendera
Notas de Prova: Cor amarela pálida e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta madura, apoiados em delicadas notas tostadas e também um ligeiro floral, na boca é um vinho com alguma estrutura, onde o paladar revela uma boa dose de fruta e as notas de barrica estão bem evidentes, conta ainda com uma acidez interessante e um final de boca de comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14.5
• Data da Revista: Maio 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 13 de Maio de 2012

2206 - Graham Beck Sauvignon Blanc 2009 (Branco)



Região: Nova Zelândia
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Graham Beck Wines
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Pieter Ferreira, Irene Waller e Erika Obermeyer
Notas de Prova: Cor amarelo pálida com delicada tonalidade esverdeada, o nariz faz lembrar figos verdes, espargos e um leve toque herbáceo, num fundo com delicadas sugestões de pimento verde, na boca destaca-se a sua acidez e frescura, com o paladar a evidenciar várias notas limonadas e delicadas nuances vegetais, o final além de revelar alguma secura, tem um comprimento médio e uma persistência interessante.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: Graham Beck Wines is a family business with two wineries, one in Robertson and one in Franschhoek, where we crafrt fine wines for your pleasure. The Sauvignon Blanc grapes are hand-picked, crashed, destemmed and cool fermented at our Franschhoek Cellar. The typically grassy, green fig and gooseberry notes on the nose are followed by tangy and juicy tropical fruit on the palate. Enjoy chilled as an aperitif or sundowner, or at lunch with fresh figs, parma ham and calamari salad.

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 12 de Maio de 2012

2205 - Moscato d'Asti 2008 (Branco)



Região: Itália
Castas: Muscat
Produtor: Tenimenti Ca'Bianca
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 5%
Enólogo: Marco Galeazzo
Notas de Prova: Cor amarelo palha e nariz ligeiramente afectado com cheiro a rolha que aos poucos vão desaparecendo para aromas citrinos e um leve toque floral, na boca revela uma frescura simpática e um paladar correcto e fácil, onde se evidenciam as notas limonadas e algum mel, tem um final curto e pouco persistente.

Classificação Pessoal: ......................................12.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto Periquita Reserva 2009 (Abr/2012)


No passado dia 05/04/2012, realizei uma Prova do vinho tinto Periquita Reserva 2009 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

2506 - Periquita Reserva 2009 (Tinto)Periquita Reserva 2009 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas:
Castelão, Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor rubi brilhante e nariz agradavelmente rico em notas florais misturadas com a fruta vermelha, num fundo mais especiado e subtilmente marcado por um leve toque de barrica, na boca é um vinho fresco, equilibrado e estruturado quanto baste, conta com uns taninos redondos uma acidez interessante, o paladar revela notas de fruta vermelha madura casadas com diversas especiarias e breves apontamentos vegetais, termina com um comprimento e persistência medianos e agradáveis.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sexta-feira, 11 de Maio de 2012

2204 - Barranco Longo Viognier 2010 (Branco)



Região: Regional Algarve
Castas: Viognier
Produtor: Quinta do Barranco Longo
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luís Euclides
Notas de Prova: Cor amarela de reflexos dourados, o nariz revela dominantes notas florais e de fruta madura aliadas a subtis sugestões minerais e ainda a um certo tostado, na boca é um vinho agradável, equilibrado e com boa acidez e estrutura, o paladar conta com ricas notas de fruta madura acompanhadas por alguma baunilha, o final tem um comprimento médio e uma persistência bem interessante.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Outubro 2011

Classificação Revista Escanção: ........................85*
• Data da Prova: Setembro 2011 / Outubro 2011
* Classificação de 0-100


Rótulo: Viognier. Solo argilo-calcário. Clima mediterrânico com mais de 3000 horas de sol por ano. Fermentação em cubas de inox e em cascos novos de carvalho americano e francês. Tonalidade citrina suave. Aroma com notas florais e frutadas, num estilo fresco, fino e delicado. Bom volume, perfeito de acidez e com um final muito prolongado. Excelente para acompanhar cataplana à algarvia, sushi e sashimi. 10-12ºC.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 10 de Maio de 2012

2203 - Quinta de Baixo Garrafeira 2000 (Tinto)



Região: DOC Bairrada