• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quinta-feira, 31 de maio de 2012

2227 - Ázeo Rabigato 2009 (Branco)


Ázeo Rabigato 2009 (Branco)
Região: DOC Douro
Castas: Rabigato
Produtor: João Brito e Cunha, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: João Brito e Cunha
Notas de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz complexo, onde as notas florais, citrinas e também de maçã, misturam-se agradavelmente com um certo toque mineral, na boca o vinho ganha e muito, revela uma bela acidez e uma estrutura vibrante, no paladar os citrinos continuam bem evidentes e complementam o conjunto com notas de fruta madura e uma mineralidade atractiva, termina seco e relativamente prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2011

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2010

Rótulo: Ázeo significa bago de uva em latim. Origem: zonas mais altas do Douro, solos graniticos. Casta: Rabigato de vinhas velhas. Vinificação: feita em cubas, ficando em contacto com as borras. Ázeo Rabigato 2009: complexo, fresco, bastante mineral. Elegante, equilibrado e com final fino e muito longo.

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos Vinhos Domingos Damasceno de Carvalho (Abr/2012)


No passado dia 30/04/2012, realizei uma Prova dos Vinhos Domingos Damasceno de Carvalho do produtor SOTA da região da Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor SOTA - Sociedade de Operação Técnica e Agrícola, Unipessoal, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Damasceno de Carvalho 2010 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Syrah e Cabernet Sauvignon
Produtor: SOTA - Sociedade de Operação Técnica e Agrícola, Unipessoal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade e um nariz agradavelmente preenchido por notas de fruta preta, um certo toque vegetal e também um subtil apimentado, bem misturados com delicadas especiarias e ainda um subtil toque de menta, na boca é um vinho interessante e suave, além de equilibrado e com um volume ligeiramente acima da média, o paladar continua frutado e apimentado, bem como ligeiramente achocolatado, já o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência mediana mas saborosa.
Classificação Pessoal: 15.5
Domingos Damasceno de Carvalho Kol de Carvalho Reserva 2008 (Tinto)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Merlot e Syrah
Produtor: SOTA - Sociedade de Operação Técnica e Agrícola, Unipessoal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu
Nota de Prova: Cor rubi de forte intensidade e nariz rico em notas abaunilhadas, frutos silvestres e um certo achocolatado, num fundo mais fumado e apimentado, na boca é um vinho encorpado e estruturado mas onde se destaca a macieza dos taninos, o paladar continua muito frutado, fruta essa que revela uma agradável integração com as notas de barrica e ainda com um leve toque especiado, o final de boca é relativamente prolongado e conta com uma persistência média/longa.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

quarta-feira, 30 de maio de 2012

2226 - Anselmo Mendes Contacto Alvarinho 2010 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Anselmo Mendes
Notas de Prova: Cor citrina e nariz agradavelmente preenchido por aromas cítricos acompanhados por um leve toque floral e uma componente mineral bem evidente, na boca é um vinho com estrutura, elegância e boa acidez, o paladar revela citrinos, fruta, alguma tosta e uma mineralidade convincente, termina prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Novembro 2011

Rótulo: A casta Alvarinho faz parte das mais distintas e originais castas em todo o Mundo. Contacto da película da uva com o mosto, e segundo processos antigos produziu-se este vinho, adaptando conhecimentos ancestrais às novas tecnologias de produção de vinho.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 29 de maio de 2012

2225 - Vinho dos Mortos 2010 (Tinto)


2225 - Vinho dos Mortos 2010 (Tinto)
Região: Regional Trás-os-Montes
Castas: Tinta Coimbra, Tinta Carvalha, Malvasia Fina, Bastardo e Alvarelho
Produtor: Armindo de Sousa Pereira
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12%
Enólogo: Armindo de Sousa Pereira
Notas de Prova: Apresenta uma cor avermelhada de concentração pouco expressiva, o nariz revela delicadas sensações de fruta vermelha, aliadas a suaves aromas terrosos e um certo cheiro a "adega", na boca é um vinho mais especiado e algo gaseificado, no paladar a fruta perde a sua influência face às sugestões mais terrosas e a um ligeiro vegetal seco, é perceptível uma certa adstringência e o final é curto de comprimento e muito mediano de persistência.

Classificação Pessoal: ......................................13.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: "Vinho dos Mortos". Uma história que nos leva até ao ano de 1808, quando os franceses invadiram a região, o povo, com medo que lhes pilhassem os bens, escondeu o que conseguiu, o vinho foi enterrado no chão das adegas, debaixo das pipas e dos lagares. Mais tarde, quando recuperaram os bens que restaram e ao desenterrarem o vinho, julgaram-no estragado. Porém, descobriram que estava muito mais saboroso, pois tinha adquirido propriedades novas. Era um vinho com graduação de 10º/11º, palhete, apaladado, e com algum gás natural, que lhe adveio de se ter produzido uma fermentação no escuro e a temperatura constante. Por ter sido "enterrado" ficou a designar-se por "Vinho dos Mortos" e passou a utilizar-se esta técnica, descoberta ocasionalmente, para melhor o conservar e optimizar a sua qualidade. Assim, nasceu a tradição de "enterrar" o vinho. Hoje são já poucos os agricultores que mantêm viva esta tradição, nas vinhas sobranceiras à Vila de Boticas e da Granja, nas encostas aí existentes, que possuem as condições de clima e solo adequadas à produção deste precioso vinho, que, não sendo abundante, tem sabor agradável e merece ser apreciado. Servir à temperatura de 16º 18ºC.

Etiquetas: , , , , , , , ,

2224 - Robustus 2007 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Touriga Nacional, Tinto Cão e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 50€ e 75€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor opaca e de delicado rebordo violeta/avermelhado, o nariz revela uma enorme panóplia de aromas, desde as elegantes notas de especiarias, alguns toques resinosos e terrosos, passando pela fruta preta madura, pelos frutos silvestres, as flores secas e até algum cacau e delicado fumado, tudo muito bem equilibrado e harmonioso, na boca é um vinho poderoso, cheio de garra e carácter, onde a fruta revela grandiosidade mas não se sobrepõe às evidentes notas de pimenta preta, café e uma componente mineral contagiante, o paladar revela uma frescura enorme e os taninos firmes mas ao mesmo tempo polidos sinalizam uma enorme capacidade de envelhecimento, revela ainda um corpo volumoso e elegante, terminando de uma forma memorável, com grande expressão no final de boca e uma persistência sensacional.

Classificação Pessoal: ......................................19
• Data da Prova: Abril 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Janeiro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Outubro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de maio de 2012

2223 - Conde d'Ervideira Reserva 2010 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Ribeira da Ervideira, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Nuno Rolo
Notas de Prova: Cor amarela pálida com ligeiro recorte esverdeado, o nariz mostra-se bem vivo e elegante, revelando-se bem preenchido por aromas de fruta madura, tosta fina e um leve toque mineral, na boca é volumoso, estruturado e com boa dose de fruta tropical, sugestões minerais e um leve toque fumado e tostado, que confere complexidade ao conjunto, tem um final prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 27 de maio de 2012

2222 - Fita Preta 2010 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz e Roupeiro
Produtor: Fita Preta Vinhos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Maçanita
Notas de Prova: Cor citrina de média intensidade e nariz fresco, agradavelmente preenchido por aromas de fruta madura, um leve toque citrino e nuances minerais, na boca é um vinho muito equilibrado, onde o paladar se revela frutado, ligeiramente vegetal e mineral, o final tem um comprimento médio e uma persistência agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 26 de maio de 2012

2221 - Quinta da Mata Fidalga Prestige 2008 (Branco)



Região: DOC Bairrada
Castas: Arinto, Bical, Chardonnay e Maria Gomes
Produtor: Quinta da Mata Fidalga Agricultura e Turismo, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: José Carvalheira
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina com brilhantes reflexos esverdeados, o nariz, além de finas nuances tostadas revela ainda notas florais misturadas com alguns citrinos e fruta tropical, bem como um ligeiro toque de melão, na boca é um vinho mais mineral, onde evidencia uma interessante estrutura e uma textura bem agradável, o paladar revela ainda fruta madura e um fresco toque cítrico, termina mediano em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

Prova de Vinhos brancos Terra d'Alter (Abr/2012)


No passado dia 30/04/2012, realizei uma Prova das novas colheitas de alguns dos vinhos brancos do produtor Terras de Alter da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Terra d'Alter 2011 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto, Roupeiro, Verdelho e Viognier
Produtor: Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Peter Bright
Nota de Prova: Cor amarela citrina com delicados reflexos esverdeados, o nariz revela evidentes e frescas notas cítricas acompanhadas por um leve perfume tropical, na boca é um vinho correcto mas equilibrado e de agradável acidez, o paladar continua a destacar as notas limonadas e alguma fruta, terminando com um comprimento e persistência de expressão curta/média.
Classificação Pessoal: 14.5
Terra d'Alter Verdelho 2011 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Verdelho
Pr