• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

domingo, 30 de setembro de 2012

2364 - Quinta do Gradil Touriga & Tannat 2009 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional e Tannat
Produtor: Quinta do Gradil - Sociedade Vitivinícola, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Ventura
Notas de Prova: Apresenta uma cor carregada no centro, com laivos de tonalidade violácea, o nariz revela notas de fruta vermelha madura misturadas com leves apontamentos de especiarias, algum chocolate e também uma leve sensação de barrica, na boca é um vinho equilibrado, agradável e de estrutura média, o paladar confirma o nariz, com a fruta e as especiarias, nomeadamente pimentas, em evidência, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Maio 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2013 / Fevereiro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Novembro 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Julho 2011 / Agosto 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Rótulo: Produzido a partir das castas Touriga Nacional e Tannat de vinhas instaladas em solos de encosta bem drenados, de origem argilosa, este vinho foi vinificado em lagares de pisa mecanizada à temperatura de 26ºC. Terminada a fermentação maloláctica, estagiou durante 12 meses em barricas de carvalho Francês das melhores tanoarias. Na prova revela a grande qualidade das uvas que lhe deram origem, numa combinação rara e surpreendente de duas das melhores castas existentes. Aconselha-se o consumo à temperatura de 16ºC em copo de pé alto.

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos Vinhos Thyro na Living Wine (Set/2012)


No passado dia 06/09/2012 na Garrafeira Living Wine em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos vinhos Thyro do produtor João Cardoso Lopes, do Douro.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 4 vinhos, 3 brancos e 1 rosé.


Thyro 2010 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Semillon, Malvasia Fina e Cerceal
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Cor citrina brilhante e nariz agradavelmente preenchido por aromas citrinos, florais e ainda uma ligeira e fresca sensação mineral, na boca é um vinho equilibrado, de volume mediano e frescura agradável, conta com um paladar frutado e um final de boca de comprimento médio e persistência relativamente curta.
Classificação Pessoal: 15
Thyro 2011 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Semillon, Malvasia Fina e Cerceal
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina pálida e um nariz dominado por uma evidente e atractiva mineralidade, apoiada em aromas citrinos e alguma fruta madura, na boca é um vinho fresco, de perfil seco e onde a mineralidade evidenciada aparece bem integrada com um evidente toque limonado e até vegetal, termina com um comprimento e persistência médios, além de um leve amargo no final.
Classificação Pessoal: 15.5
Thyro Colheita Tardia 2009 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Semillon
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Cor dourada e nariz rico em notas meladas e frutos secos, misturadas com delicadas sugestões de fruta, na boca revela-se um vinho fresco, estruturado e onde o paladar continua marcado pelo mel, pela fruta madura e ainda por um subtil tostado, o final de boca é médio/longo, em termos de comprimento e persistência.
Classificação Pessoal: 16
Thyro 2011 (Rosé)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Cor vermelha de tonalidade rosada, o nariz está marcado pelos frutos vermelhos, nomeadamente morangos, bem com por um delicado toque floral, na boca é um vinho fresco, equilibrado e mais uma vez muito frutado, além de denotar suaves notas vegetais, conta com uma acidez bem presente e um final de boca mediano.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sábado, 29 de setembro de 2012

2363 - FP Bical & Arinto 2010 (Branco)



Região: Regional Beiras
Castas: Arinto e Bical
Produtor: F. Pato Vinhos Unipessoal, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Filipa Pato
Notas de Prova: Cor citrina pálida e nariz agradavelmente mineral, floral e ligeiramente cítrico, com breves apontamentos vegetais, na boca é um vinho de perfil seco, que revela uma boa frescura e uma agradável acidez, o paladar faz lembrar citrinos, notas minerais e ainda um suave amargo vegetal, termina com um comprimento médio e uma persistência curta/mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2012

Rótulo: O FP branco com uvas de Bical & Arinto. Uma expressão do sol, sorriso e do entusiasmo de um Branco Autêntico que conta a História de uma região virada para a bravura do Atlântico.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

2362 - Vinha Paz Reserva 2008 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: António Canto Moniz, Unipessoal, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: João Paulo Gouveia, Carlos Silva e Miguel Oliveira
Notas de Prova: Cor rubi concentrada e nariz rico em aromas florais e de fruta preta, misturados com delicados apontamentos fumados, algo químicos e ainda uma leve sensação vegetal, além de imensas notas de especiarias, na boca é um vinho com estrutura e corpo, taninos redondos e um paladar amplamente dominado pela fruta madura, notas de baunilha e madeira, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Dezembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Dezembro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Setembro 2011

Rótulo: A casta predominante é Touriga Nacional (80%) e estagiou 19 meses em meias pipas de carvalho novo francês e americano.

Etiquetas: , , , , , ,

2361 - Esporão Private Selection 2008 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Alicante Bouschet e Syrah
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e muito concentrada, o nariz revela elegantes aromas de frutos pretos envolvidos em delicadas notas apimentadas e especiadas, num fundo mais achocolatado, fumado e mineral, que ganha complexidade e elegância com a qualiadade das notas de barrica, na boca é um vinho volumoso, encorpado e com taninos firmes mas ao mesmo tempo sedosos, é notória a sua juventude e a sua garra, revela um paladar frutado, com a madeira bem presente, bem como delicadas sugestões de especiarias e uma mineralidade atractiva, o final de boca é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Janeiro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .18.5
• Data da Revista: Julho 2012 / Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Maio 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Dezembro 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .18.5
• Data da Revista: Novembro 2011 / Dezembro 2011

Rótulo: Com limites fixados em 1267, a Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, é caracterizada pela diversidade dos seus solos vulcânicos e xistosos e pelo calor do sol alentejano, temperado pela brisa atlântica. Seleccionadas a partir dos melhores talhões da herdade, as uvas foram colhidas manualmente e vinificadas em pequenos lagares com uma maceração intensa através da tradicional pisa-a-pé. Após 12 meses de estágio em barricas de Carvalho Francês e 18 meses em garrafa, seguiu-se o loteamento e engarrafamento em Julho de 2010. Acreditamos que este vinho irá evoluir favoravelmente em garrafa durante os próximos 10 a 20 anos. Experimente-o com pratos de caça ou carne assada. Para mais recomendações, visite www.esporao.com/receitasesporao. Desde 1985, convidamos um artista para ilustrar os nossos rótulos. É nosso privilégio contar este ano com o talento e a generosidade do artista português Rui Sanches. O Enólogo David Baverstock.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

2360 - Esporão Reserva 2009 (Tinto)


2360 - Esporão Reserva 2009 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em aromas frutados, especiarias e evidentes notas tostadas e também algum cacau, na boca é um vinho estruturado, com bom volume e taninos firmes, onde o paladar revela imensa fruta madura, diversas especiarias e ainda um delicado toque apimentado e abaunilhado, o final de boca tem um comprimento prolongado e uma interessante persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16.5
• Data da Revista: Setembro 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Julho 2012 / Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Maio 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Março 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Janeiro 2012 / Fevereiro 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Janeiro 2012

Rótulo: Com limites fixados em 1267, a Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, é caracterizada pela diversidade dos seus solos vulcânicos e xistosos e pelo calor do sol alentejano, temperado pela brisa atlântica. As uvas foram colhidas manualmente e vinificadas em depósitos de pequena capacidade, com controlo de temperatura. Após prensagem, os vinhos estagiaram em barricas de Carvalho Americano e Francês, ao longo de 12 meses. Seguiu-se o loteamento e engarrafamento em Abril de 2010. Acreditamos que este vinho irá evoluir favoravelmente em garrafa durante os próximos 10 anos. Experimente-o com borrego assado. Para mais recomendações, visite www.esporao.com/receitasesporao. Desde 1985, convidamos um artista para ilustrar os nossos rótulos. É nosso privilégio contar este ano com o talento e a generosidade do artista português Rui Sanches. O Enólogo David Baverstock.

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

2359 - Vega Sicilia Valbuena 5º 1996 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Tinto Fino, Merlot e Cabernet Sauvignon
Produtor: Bodegas Vega Sicilia, S.A.
Preço: Entre 75€ e 100€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Xavier Ausas
Notas de Prova: Cor granada de intensidade média/alta, o nariz revela alguma evolução mas ao mesmo tempo uma elegância ímpar, onde reinam os aromas de cerejas, couro e um ligeiro toque floral e de pimenta, envolvidos com diversas especiarias e madeira velha, na boca é um vinho sedutor e harmonioso, com um paladar rico, além de terroso e seco, a madeira e a fruta combinam perfeitamente e formam um conjunto muito equilibrado, apesar de já denotar alguma evolução, termina longo e com grande persistência.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2013

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

Apresentação do Projecto Idealdrinks na GN Cellar (Nov/2011)


No passado dia 07/11/2011 na Garrafeira GN Cellar em Lisboa, teve lugar a Apresentação "en-primeur" do Projecto Idealdrinks, responsável pela recente aquisição das propriedades de Colinas de São Lourenço, Quinta Dão Bella Encosta, Quinta da Pedra, Milagres e Quinta Paço de Palmeira, encontrando-se as mesmas respectivamente nas regiões da Bairrada, Dão e Minho/Vinhos Verdes.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 8 vinhos, 4 brancos, 1 rosé, 1 tinto e 2 espumantes.


Prova comentada por João Paulo Victorino, Director Comercial da Idealdrinks.

Senhoria Alvarinho 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor citrina pálida e nariz rico em notas cítricas, acompanhadas por um leve toque floral e subtis sugestões de fruta tropical, na boca é um vinho fresco, equilibrado e relativamente seco, o paladar apresenta notas minerais, limonadas e ainda alguma fruta madura, terminando com um comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Pedra Alvarinho 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 13%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Apresenta uma cor pálida com delicados reflexos esverdeados, o nariz revela um elegante aroma mineral aliado a delicadas sugestões herbáceas, vegetais e num fundo dominado pelas notas citrinas, na boca é um vinho volumoso, cremoso, com boa estrutura e um paladar rico em notas citrinas, com uma agradável acidez e um final de boca com um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 16
Royal Palmeira Sur Lies Fines Loureiro 2009 (Branco)

Região: Mesa Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor amarela pálida e nariz marcado pelas notas limonadas, fruta madura e um leve toque mineral e floral, na boca revela uma acidez e uma estrutura muito interessantes, um paladar frutado, cítrico e vegetal e um final de boca com um comprimento e persistência médios/longos.
Classificação Pessoal: 16
Eminência Sur Lies Fines Loureiro 2010 (Branco)

Região: Mesa Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Apresenta uma cor delicada de tonalidade amarela relativamente pálida, o nariz revela finos e elegantes aromas florais, acompanhados por uma mineralidade muito atractiva e delicadas nuances de fruta tropical madura, na boca é um vinho muito fresco, com bom volume e uma acidez excelente, conta ainda com uma secura bem presente, o paladar sugere uma imensa dose de fruta fruta tropical aliada a sugestivas notas minerais, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Principal Rosé T