• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

domingo, 30 de Setembro de 2012

2364 - Quinta do Gradil Touriga & Tannat 2009 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional e Tannat
Produtor: Quinta do Gradil - Sociedade Vitivinícola, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Ventura
Notas de Prova: Apresenta uma cor carregada no centro, com laivos de tonalidade violácea, o nariz revela notas de fruta vermelha madura misturadas com leves apontamentos de especiarias, algum chocolate e também uma leve sensação de barrica, na boca é um vinho equilibrado, agradável e de estrutura média, o paladar confirma o nariz, com a fruta e as especiarias, nomeadamente pimentas, em evidência, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Maio 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2013 / Fevereiro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Novembro 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Julho 2011 / Agosto 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Rótulo: Produzido a partir das castas Touriga Nacional e Tannat de vinhas instaladas em solos de encosta bem drenados, de origem argilosa, este vinho foi vinificado em lagares de pisa mecanizada à temperatura de 26ºC. Terminada a fermentação maloláctica, estagiou durante 12 meses em barricas de carvalho Francês das melhores tanoarias. Na prova revela a grande qualidade das uvas que lhe deram origem, numa combinação rara e surpreendente de duas das melhores castas existentes. Aconselha-se o consumo à temperatura de 16ºC em copo de pé alto.

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos Vinhos Thyro na Living Wine (Set/2012)


No passado dia 06/09/2012 na Garrafeira Living Wine em Lisboa, teve lugar a Apresentação dos vinhos Thyro do produtor João Cardoso Lopes, do Douro.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 4 vinhos, 3 brancos e 1 rosé.


Thyro 2010 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Semillon, Malvasia Fina e Cerceal
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Cor citrina brilhante e nariz agradavelmente preenchido por aromas citrinos, florais e ainda uma ligeira e fresca sensação mineral, na boca é um vinho equilibrado, de volume mediano e frescura agradável, conta com um paladar frutado e um final de boca de comprimento médio e persistência relativamente curta.
Classificação Pessoal: 15
Thyro 2011 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Semillon, Malvasia Fina e Cerceal
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina pálida e um nariz dominado por uma evidente e atractiva mineralidade, apoiada em aromas citrinos e alguma fruta madura, na boca é um vinho fresco, de perfil seco e onde a mineralidade evidenciada aparece bem integrada com um evidente toque limonado e até vegetal, termina com um comprimento e persistência médios, além de um leve amargo no final.
Classificação Pessoal: 15.5
Thyro Colheita Tardia 2009 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Semillon
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Cor dourada e nariz rico em notas meladas e frutos secos, misturadas com delicadas sugestões de fruta, na boca revela-se um vinho fresco, estruturado e onde o paladar continua marcado pelo mel, pela fruta madura e ainda por um subtil tostado, o final de boca é médio/longo, em termos de comprimento e persistência.
Classificação Pessoal: 16
Thyro 2011 (Rosé)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: João Cardoso Lopes
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Sousa Pinto
Nota de Prova: Cor vermelha de tonalidade rosada, o nariz está marcado pelos frutos vermelhos, nomeadamente morangos, bem com por um delicado toque floral, na boca é um vinho fresco, equilibrado e mais uma vez muito frutado, além de denotar suaves notas vegetais, conta com uma acidez bem presente e um final de boca mediano.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sábado, 29 de Setembro de 2012

2363 - FP Bical & Arinto 2010 (Branco)



Região: Regional Beiras
Castas: Arinto e Bical
Produtor: F. Pato Vinhos Unipessoal, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Filipa Pato
Notas de Prova: Cor citrina pálida e nariz agradavelmente mineral, floral e ligeiramente cítrico, com breves apontamentos vegetais, na boca é um vinho de perfil seco, que revela uma boa frescura e uma agradável acidez, o paladar faz lembrar citrinos, notas minerais e ainda um suave amargo vegetal, termina com um comprimento médio e uma persistência curta/mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2012

Rótulo: O FP branco com uvas de Bical & Arinto. Uma expressão do sol, sorriso e do entusiasmo de um Branco Autêntico que conta a História de uma região virada para a bravura do Atlântico.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 28 de Setembro de 2012

2362 - Vinha Paz Reserva 2008 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: António Canto Moniz, Unipessoal, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: João Paulo Gouveia, Carlos Silva e Miguel Oliveira
Notas de Prova: Cor rubi concentrada e nariz rico em aromas florais e de fruta preta, misturados com delicados apontamentos fumados, algo químicos e ainda uma leve sensação vegetal, além de imensas notas de especiarias, na boca é um vinho com estrutura e corpo, taninos redondos e um paladar amplamente dominado pela fruta madura, notas de baunilha e madeira, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Dezembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Dezembro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Setembro 2011

Rótulo: A casta predominante é Touriga Nacional (80%) e estagiou 19 meses em meias pipas de carvalho novo francês e americano.

Etiquetas: , , , , , ,

2361 - Esporão Private Selection 2008 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Alicante Bouschet e Syrah
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e muito concentrada, o nariz revela elegantes aromas de frutos pretos envolvidos em delicadas notas apimentadas e especiadas, num fundo mais achocolatado, fumado e mineral, que ganha complexidade e elegância com a qualiadade das notas de barrica, na boca é um vinho volumoso, encorpado e com taninos firmes mas ao mesmo tempo sedosos, é notória a sua juventude e a sua garra, revela um paladar frutado, com a madeira bem presente, bem como delicadas sugestões de especiarias e uma mineralidade atractiva, o final de boca é longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Janeiro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .18.5
• Data da Revista: Julho 2012 / Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Maio 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Dezembro 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .18.5
• Data da Revista: Novembro 2011 / Dezembro 2011

Rótulo: Com limites fixados em 1267, a Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, é caracterizada pela diversidade dos seus solos vulcânicos e xistosos e pelo calor do sol alentejano, temperado pela brisa atlântica. Seleccionadas a partir dos melhores talhões da herdade, as uvas foram colhidas manualmente e vinificadas em pequenos lagares com uma maceração intensa através da tradicional pisa-a-pé. Após 12 meses de estágio em barricas de Carvalho Francês e 18 meses em garrafa, seguiu-se o loteamento e engarrafamento em Julho de 2010. Acreditamos que este vinho irá evoluir favoravelmente em garrafa durante os próximos 10 a 20 anos. Experimente-o com pratos de caça ou carne assada. Para mais recomendações, visite www.esporao.com/receitasesporao. Desde 1985, convidamos um artista para ilustrar os nossos rótulos. É nosso privilégio contar este ano com o talento e a generosidade do artista português Rui Sanches. O Enólogo David Baverstock.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

2360 - Esporão Reserva 2009 (Tinto)


2360 - Esporão Reserva 2009 (Tinto)
Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em aromas frutados, especiarias e evidentes notas tostadas e também algum cacau, na boca é um vinho estruturado, com bom volume e taninos firmes, onde o paladar revela imensa fruta madura, diversas especiarias e ainda um delicado toque apimentado e abaunilhado, o final de boca tem um comprimento prolongado e uma interessante persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16.5
• Data da Revista: Setembro 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Julho 2012 / Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Maio 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Março 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Janeiro 2012 / Fevereiro 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Janeiro 2012

Rótulo: Com limites fixados em 1267, a Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, é caracterizada pela diversidade dos seus solos vulcânicos e xistosos e pelo calor do sol alentejano, temperado pela brisa atlântica. As uvas foram colhidas manualmente e vinificadas em depósitos de pequena capacidade, com controlo de temperatura. Após prensagem, os vinhos estagiaram em barricas de Carvalho Americano e Francês, ao longo de 12 meses. Seguiu-se o loteamento e engarrafamento em Abril de 2010. Acreditamos que este vinho irá evoluir favoravelmente em garrafa durante os próximos 10 anos. Experimente-o com borrego assado. Para mais recomendações, visite www.esporao.com/receitasesporao. Desde 1985, convidamos um artista para ilustrar os nossos rótulos. É nosso privilégio contar este ano com o talento e a generosidade do artista português Rui Sanches. O Enólogo David Baverstock.

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de Setembro de 2012

2359 - Vega Sicilia Valbuena 5º 1996 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Tinto Fino, Merlot e Cabernet Sauvignon
Produtor: Bodegas Vega Sicilia, S.A.
Preço: Entre 75€ e 100€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Xavier Ausas
Notas de Prova: Cor granada de intensidade média/alta, o nariz revela alguma evolução mas ao mesmo tempo uma elegância ímpar, onde reinam os aromas de cerejas, couro e um ligeiro toque floral e de pimenta, envolvidos com diversas especiarias e madeira velha, na boca é um vinho sedutor e harmonioso, com um paladar rico, além de terroso e seco, a madeira e a fruta combinam perfeitamente e formam um conjunto muito equilibrado, apesar de já denotar alguma evolução, termina longo e com grande persistência.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2013

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

Apresentação do Projecto Idealdrinks na GN Cellar (Nov/2011)


No passado dia 07/11/2011 na Garrafeira GN Cellar em Lisboa, teve lugar a Apresentação "en-primeur" do Projecto Idealdrinks, responsável pela recente aquisição das propriedades de Colinas de São Lourenço, Quinta Dão Bella Encosta, Quinta da Pedra, Milagres e Quinta Paço de Palmeira, encontrando-se as mesmas respectivamente nas regiões da Bairrada, Dão e Minho/Vinhos Verdes.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 8 vinhos, 4 brancos, 1 rosé, 1 tinto e 2 espumantes.


Prova comentada por João Paulo Victorino, Director Comercial da Idealdrinks.

Senhoria Alvarinho 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor citrina pálida e nariz rico em notas cítricas, acompanhadas por um leve toque floral e subtis sugestões de fruta tropical, na boca é um vinho fresco, equilibrado e relativamente seco, o paladar apresenta notas minerais, limonadas e ainda alguma fruta madura, terminando com um comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Pedra Alvarinho 2010 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 13%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Apresenta uma cor pálida com delicados reflexos esverdeados, o nariz revela um elegante aroma mineral aliado a delicadas sugestões herbáceas, vegetais e num fundo dominado pelas notas citrinas, na boca é um vinho volumoso, cremoso, com boa estrutura e um paladar rico em notas citrinas, com uma agradável acidez e um final de boca com um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 16
Royal Palmeira Sur Lies Fines Loureiro 2009 (Branco)

Região: Mesa Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor amarela pálida e nariz marcado pelas notas limonadas, fruta madura e um leve toque mineral e floral, na boca revela uma acidez e uma estrutura muito interessantes, um paladar frutado, cítrico e vegetal e um final de boca com um comprimento e persistência médios/longos.
Classificação Pessoal: 16
Eminência Sur Lies Fines Loureiro 2010 (Branco)

Região: Mesa Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Apresenta uma cor delicada de tonalidade amarela relativamente pálida, o nariz revela finos e elegantes aromas florais, acompanhados por uma mineralidade muito atractiva e delicadas nuances de fruta tropical madura, na boca é um vinho muito fresco, com bom volume e uma acidez excelente, conta ainda com uma secura bem presente, o paladar sugere uma imensa dose de fruta fruta tropical aliada a sugestivas notas minerais, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Principal Rosé Tête Cuvvée Pinot Noir 2009 (Rosé)

Região: DOC Bairrada
Castas: Pinot Noir
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor salmão brilhante com delicados reflexos avermelhados, o nariz revela notas elegantes e frescas de fruta vermelha, especialmente morangos e framboesas, aliados a um leve toque floral, na boca é um vinho que surpreende pela estrutura apresentada, conta com uma ligeira secura e uma acidez muito interessante, o paladar está mais floral e frutado e o final de boca é relativamente prolongado e de persistência média/alta.
Classificação Pessoal: 16
Colinas Brut Nature 2007 (Espumante)

Região: DOC Bairrada
Castas: Pinot Noir, Chardonnay e Arinto
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor delicada e nariz agradavelmente frutado, onde se destacam as notas de toranja e uma certa tosta e biscoito, na boca conta com uma agradável complexidade, bolha fina e textura delicada, o final de boca é mediano mas saboroso.
Classificação Pessoal: 15.5
Colinas Brut Rosé 2007 (Espumante)

Região: DOC Bairrada
Castas: Pinot Noir
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Apresenta uma cor salmonada intensa e um nariz frutado e floral, aliado a delicadas notas fumadas e especiadas, na boca está muito fresco, elegante e cheio, conta com um paladar frutado, uma bolha fina e uma acidez bem interessante, o final de boca tem um comprimento e persistência médios/longos.
Classificação Pessoal: 16
Principal Reserva 2009 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Merlot
Produtor: Idealdrinks
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Nota de Prova: Cor carregada no centro e auréola de brilhante tonalidade rubi, no nariz destacam-se os aromas finos e elegantes de fruta vermelha madura, combinada com um ligeiro floral e delicadas notas especiadas e apimentadas, num fundo subtilmente marcado pela barrica, na boca é um vinho volumoso, estruturado e encorpado, o paladar revela uma agradável dose de fruta combinada com evidentes especiarias e sugestivas sugestões de barrica, de grande qualidade, o final de boca é profundo, prolongado e muito persistente e apimentado.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

terça-feira, 25 de Setembro de 2012

2358 - Ossian 2008 (Branco)



Região: Espanha
Castas: Verdelho
Produtor: Ossian Vides y Vinos S.L.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Ismael Gozalo
Notas de Prova: Cor amarelo brilhante e nariz que impressiona pela sua elegância e envolvência, onde as notas de fruta madura, bem como alguns frutos secos apoiados em complexas notas de tosta vindas das barrica e um certo fumado, formam um conjunto vibrante e sedutor, na boca é um vinho untuoso e volumoso, onde a sua estrutura e complexidade dão lugar a um harmonioso conjunto, o paladar revela fruta madura, tosta fina e um certo vegetal seco, o final de boca tem um comprimento longo e uma persistência enorme.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Janeiro 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Julho 2010

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Agosto 2010

Rótulo: Vino de la Terra de Castilla y León. Vino de uva de Agricultura Ecológica. Permanencia en barrica, 9 meses. Viñas viejas Verdejo 100% fermentado y criado en barricas francesas en el antiguo Monasterio del Parral.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 24 de Setembro de 2012

2357 - Gaivosa Primeiros Anos 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Tinta Amarela, Sousão e Touriga Nacional
Produtor: Domingos Alves de Sousa
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Tiago Alves de Sousa
Notas de Prova: Cor rubi e nariz agradavelmente preenchido por frescas notas florais e fruta vermelha, aliadas a delicadas notas vegetais e especiadas, num fundo mais tostado e também mineral, na boca é um vinho delicado, com estrutura e taninos bem integrados num conjunto com um volume bem interessante, o paladar revela fruta madura e delicadas notas de barrica, termina relativamente prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Janeiro 2012

Rótulo: O futuro dos vinhos da Gaivosa continua a desenhar-se nas suas vinhas. O Primeiros Anos representa um desses passos. De vinhas recentemente reestruturadas, recorrendo-se a todo um conjunto de criteriosos e inovadores técnicos, mas com um respeito profundo pelos ensinamentos das vinhas velhas e uma vontade de aprofundar cada vez mais o seu "terroir". Estes são os seus primeiros frutos. As primeiras promessas do que as vinhas novas do Alto para o futuro nos reservam. Castas: Tinta Amarela, Sousão e Touriga Nacional.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 23 de Setembro de 2012

2356 - Quinta da Bica Reserva 2004 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Alfrocheiro, Tinta Roriz e Jaen
Produtor: Quinta da Bica Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Vines & Wines
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa no centro com uma brilhante tonalidade ruby à volta, no nariz destacam-se de imediato as notas de fruta madura, compota, um certo floral e ainda uma leve mineralidade, num fundo mais especiado e onde a madeira revela subtileza, na boca é um vinho vivo, elegante, encorpado e ao mesmo tempo complexo, os taninos denotam alguma firmeza e o paladar além da fruta preta e das notas de diversas especiarias, conta ainda com delicados apontamentos achocolatados e ainda um certo vegetal, o final de boca é prolongado e agradavelmente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Julho 2012

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Blue Wine: ...................................15.5
• Data da Revista: Outubro 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2008

Classificação Wine Passion: ..............................14.5
• Data da Revista: Abril 2008

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2008

Rótulo: A Quinta da Bica situa-se na Região do Dão em Santa Comba de Seia, Vila Nova de Tazem e permanece há sete gerações à família Sacadura Botte. A casa com o mesmo nome, é um importante solar seiscentista cuja traça remonta ao princípio do séc. XVII e que foi um convento entre 1550 e 1650. Este vinho foi criteriosamente vinificado a partir das castas Touriga-Nacional, Alfrocheiro, Tinta-Roriz e Jaen, através de uma fermentação controlada e maceração prolongada. Estagiou 50% em meias barricas de carvalho francês durante 9 meses e após o qual se procedeu ao engarrafamento depois de uma suave filtração.

Etiquetas: , , , , , , ,

Fonte do Gonçalvinho - Grande Prova de Vinhos do Dão com o Enólogo António Narciso (Mai/2012)


No passado dia 12/05/2012, foi organizada uma Grande Prova de Vinhos do Dão pelo Rui Lourenço Pereira, através da Quinta Wine Guide, em conjunto com o Enólogo António Narciso, no restaurante O Solar dos Pintor, em Loures.

Esta Prova apresentou diversos vinhos de 6 produtores do Dão, em que António Narciso é o responsável da Enologia, são eles:
- Barão de Nelas
- Casa Aranda
- Fonte do Gonçalvinho
- Quinta da Fata
- Quinta das Marias
- Quinta Mendes Pereira


De seguida apresento os vinhos e respectivas notas de prova, do Produtor Fonte do Gonçalvinho.

Fonte do Gonçalvinho 2010 (Rosé)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Agriema, Lda - Christelle e Casimir Da Silva
Álcool: 12%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Cor vermelha intensa e nariz bem preenchido por notas de fruta vermelha acompanhadas por um ligeiro toque floral, na boca é um vinho equilibrado, muito vinoso e com uma acidez agradável, o paladar, além de fresco e seco, revela-se frutado, o final de boca tem um comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 14.5
Fonte do Gonçalvinho 2009 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alfrocheiro e Jaen
Produtor: Agriema, Lda - Christelle e Casimir Da Silva
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em notas de fruta madura e um leve toque floral, na boca é um vinho com alguma estrutura, taninos firmes e acidez correcta, o paladar revela notas de fruta vermelha aliadas a um ligeiro torrado e achocolatado, o final de boca conta com um comprimento médio e uma persistência agradável.
Classificação Pessoal: 15.5
Fonte do Gonçalvinho Tinta Roriz 2010 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Tinta Roriz
Produtor: Agriema, Lda - Christelle e Casimir Da Silva
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de média concentração e um nariz rico em notas florais, nomeadamente violetas, além de fruta vermelha e uma delicada sensação vegetal, num fundo mais especiado e ligeiramente terroso, na boca é um vinho com estrutura e bom volume, que apesar de evidenciar muita juventude, já revela um paladar floral e acima de tudo frutado, com uma frescura muito atractiva e uma interessante secura, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Fonte do Gonçalvinho Reserva Inconnu 2010 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Agriema, Lda - Christelle e Casimir Da Silva
Álcool: 14%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi carregada no centro e uma auréola de tonalidade violácea muito brilhante, o nariz revela uma elegância e perfume apaixonantes, onde a fruta vermelha em conjunto com as notas abaunilhadas e tostadas, formam um conjunto fino e ao mesmo tempo complexo, na boca é um vinho muito fresco, volumoso e encorpado, com os taninos firmes mas ao mesmo tempo polidos a conferirem uma estrutura invejável ao conjunto, no paladar destacam-se as notas de fruta vermelha e um ligeiro floral e vegetal, tudo agradavelmente integrado e acima de tudo ainda muito jovem, o final de boca é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 22 de Setembro de 2012

2355 - Dona Berta Reserva Vinhas Velhas Rabigato 2010 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Rabigato
Produtor: Hernâni Verdelho
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Virgílio Loureiro
Notas de Prova: Cor pálida com reflexos ligeiramente esverdeados, o nariz revela notas florais aliadas a sugestões minerais bem evidentes e alguma fruta, na boca é um vinho sedutor e atractivo, onde se destaca a bela acidez apresentada, bem como a sua frescura, o paladar revela-se frutado, ligeiramente tostado e acima de tudo mineral, o final de boca é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Dezembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 21 de Setembro de 2012

2354 - Lua Cheia em Vinhas Velhas 2010 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: João Silva e Sousa e Anselmo Mendes
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Silva e Sousa e Francisco Batista
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela citrina e um nariz agradavelmente aromático, onde as notas florais e minerais se misturam e na companhia de laguma fruta tropical e uma subtil tosta, formam um conjunto fresco e atractivo, na boca é um vinho redondo e equilibrado, onde se destaca a sua acidez, o palada revela notas citrinas e minerais, terminando com um comprimento médio/longo e uma interessante persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Fevereiro 2013

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2011

Rótulo: Porque produzem muito pouco e são de mecanização difícil, as vinhas velhas estão a tornar-se uma raridade no mundo. Ao fazer um vinho exclusivamente de vinhas velhas, os enólogos João Silva e Sousa e Francisco Batista quiseram mostrar o que admiram nestas vinhas: a autenticidade, a resistência, a diversidade, bem como a concentração, elegância e equilíbrio que são capazes de produzir.

Etiquetas: , , , ,

2353 - Quinta dos Picões 2010 (Branco)



Região: Regional Dão
Castas: Encruzado, Bical, Malvasia Fina e Outras
Produtor: Sociedade Agrícola Casa Aranda, Lda
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Narciso
Notas de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz perfumado por notas citrinas, florais e delicadas e frescas sugestões de fruta tropical, na boca é um vinho fácil, redondo e muito equilibrado, revela notas cítricas e termina com um comprimento curto/médio e uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Dezembro 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , ,

quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

2352 - Olho de Mocho Reserva 2009 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Touriga Nacional e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Ventura
Notas de Prova: Cor muito carregada no centro, quase opaca e delicado rebordo violáceo, o nariz revela evidentes notas de baunilha e tosta, combinadas com alguma fruta preta madura compotada e uma breve sensação especiada, na boca é um vinho estruturado e encorpado, com um volume bem interessante e uma agradável frescura, o paladar revela notas de barrica e fruta, num fundo mais especiado e que faz lembrar algum cacau, termina com um comprimento médio/alto e uma persistência relativamente prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.3
• Data da Revista: Janeiro 2013 / Fevereiro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Março 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Fevereiro 2011

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, fica a Herdade do Rocim. Nesta propriedade com 60 hectares de vinha e adega própria, foi pensado e concebido este vinho ao qual quisemos dar um sabor genuíno e um aroma perfumado por mil cuidados, saberes e carinhos. O vinho Olho de Mocho Reserva 2008 foi produzido com as melhores uvas da vindima de 2008, a partir das castas Syrah, Touriga Nacional e Alicante Bouschet.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 19 de Setembro de 2012

2351 - Pôpa TN Touriga Nacional 2008 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta do Pôpa, Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Pato
Notas de Prova: Cor rubi de média concentração e laivos de tonalidade avermelhada, no nariz destacam-se os aromas de frutos e flores silvestres misturados com delicadas notas especiadas e alguma tosta, na boca é um vinho equilibrado, macio e relativamente encorpado, conta com um paladar frutado e especiado e um final de boca de comprimento médio/longo e persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Dezembro 2011

Rótulo: Pôpa era o filho não reconhecido pelo seu afortunado pai. Vaidoso, ritmava o seu passo para que as meninas se assomassem à janela enquanto passava. Apaixonou-se, encontrou o amor e viveu o romance da sua vida. Um dos seus filhos carregou consigo o sonho do pai, fazendo questão de que a expressão de luta, do harmonioso casamento entre a terra, o amor, a arte e a vaidade vivida pelos seus antepassados, vos oferecesses Quinta da Pôpa, uma quinta que presta homenagem ao seu reconhecidíssimo pai. Touriga Nacional. 6 meses em cascos de Carvalho Francês. 16 - 18ºC. Enólogo: Luís Pato.

Etiquetas: , , , , ,

Quinta Mendes Pereira - Grande Prova de Vinhos do Dão com o Enólogo António Narciso (Mai/2012)


No passado dia 12/05/2012, foi organizada uma Grande Prova de Vinhos do Dão pelo Rui Lourenço Pereira, através da Quinta Wine Guide, em conjunto com o Enólogo António Narciso, no restaurante O Solar dos Pintor, em Loures.

Esta Prova apresentou diversos vinhos de 6 produtores do Dão, em que António Narciso é o responsável da Enologia, são eles:
- Barão de Nelas
- Casa Aranda
- Fonte do Gonçalvinho
- Quinta da Fata
- Quinta das Marias
- Raquel Camargo Mendes Pereira - Quinta Mendes Pereira


De seguida apresento os vinhos e respectivas notas de prova, do Produtor Raquel Camargo Mendes Pereira - Quinta Mendes Pereira.

2140 - Quinta Mendes Pereira Encruzado 2009 (Branco)Quinta Mendes Pereira Encruzado 2009 (Branco)