• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4220)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3483)

terça-feira, 30 de abril de 2013

2640 - Paulo Laureano Premium 2009 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Fernão Pires
Produtor: Paulo Laureano Vinus, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor amarela intensa e nariz marcado pelos aromas de fruta madura e uma leve sensação de frutos secos, na boca é um vinho que denota uma ligeira evolução, conta com uma estrutura e acidez medianas, um paladar delicadamente frutado e um final de boca de comprimento e persistência curto/médios.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2012

Rótulo: Acredito nas nossas castas, nas suas cores, nos seus aromas e sabores, por isso elegi-as como suporte dos meus vinhos. A minha aposta é desenhar vinhos exclusivamente com castas portuguesas, vinhos feitos com o que é nosso, aquilo que todos nos orgulhamos. Paulo Laureano. Selecção das melhores Uvas das Castas Antão Vaz, Arinto e Fernão Pires da Vinha Julieta na Vidigueira. Este vinho é o resultado de uma selecção, expressão de excelência do nosso terroir.

Etiquetas: , , , , , ,

2639 - Dócil Loureiro 2011 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 11%
Enólogo: Luis Cerdeira e Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor citrina e nariz bem preenchido por notas de tangerina, delicadas notas cítricas e um certo floral, tudo muito equilibrado e fresco, num fundo mais mineral, na boca revela uma acidez interessante, uma agradável dose de fruta madura e ainda um leve toque limonado, o final de boca é ligeiramente seco e deoce, contando com um final de boca de comprimento e persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Setembro 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 29 de abril de 2013

2638 - Diálogo Guimarães 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Amarela e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Luis Seabra e Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor rubi abertae nariz marcado pela fruta vermelha, acompanhada por delicadas sugestões de especiarias, na boca é um vinho equilibrado, de volume médio e estrutura correcta, conta com uns taninos polidos e um paladar frutado e ligeiramente especiado, o final de boca tem um comprimento curto/médio e uma persistência relativamente expressiva.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , ,

2637 - Niepoort Projectos Moscatel Dócil 2010 (Branco)



Região: Mesa Douro
Castas: Moscatel
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 11%
Enólogo: Luis Seabra e Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor pálida e nariz muito floral misturado com evidentes notas de fruta tropical, na boca é um vinho fresco, elegante e com um volume médio, conta com um paladar muito frutado, onde a doçura apresentada não pesa no conjunto, o final de boca é mediano, quer em termos de comprimento, que na persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: Uma das grandes castas do mundo. Numa das grandes regiões do mundo. Tradicionalmente o moscatel do Douro é fortificado e mostra um enorme potencial de envelhecimento. Com este Moscatel Dócil procuramos um vinho leve, fresco e jovial, baseado na acidez e expressão aromática da casta, mantendo a grandeza dos vinhos desta casta. Nr. 0243 de 2156.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 28 de abril de 2013

2636 - Diálogo 2011 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Rabigato, Códega do Larinho, Gouveio, Dona Branca, Viosinho, Bical e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor citrina e leves apontamentos esverdeados, o nariz revela imensas notas vegetais e minerais, num fundo mais citrino, relativamente ao paladar é um vinho equilibrado, onde a fruta madura apoiada em delicadas nuances minerais, dominam o conjunto, o final de boca tem um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Prova de Vinhos Quinta da Falorca na The Wine Company (Mar/2013)


No passado dia 19/03/2013 na Garrafeira The Wine Company em Lisboa, teve lugar a Apresentação de alguns vinhos do produtor Quinta da Falorca, do Dão.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 6 vinhos, 1 rosé e 5 tintos.


Quinta da Falorca Touriga Nacional 2011 (Rosé)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Figueiredo e Vines & Wines
Nota de Prova: Cor vermelha intensa e brilhante e nariz rico em notas de frutos vermelhos, nomeadamente morangos e framboesas, bem como um perfumado toque floral, na boca é um vinho muito fresco, algo seco e de fácil prova, revela um paladar frutado e ligeiramente vegetal, o final de boca é delicado mas agradável.
Classificação Pessoal: 15.5
T-Nac 2008 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Figueiredo e Vines & Wines
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade no centro e laivos de leve tonalidade violácea, o nariz revela evidentes notas florais aliadas a subtis apontamentos de fruta vermelha, na boca sobressai toda a sua frescura, bem como uns taninos redondos e um volume e estrutura médios, no paladar o destaque é claramente para a agradável dose de fruta vermelha e o final de boca tem um comprimento e uma persistência medianos.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Falorca Touriga Nacional 2005 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Figueiredo e Vines & Wines
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz elegante e cheio de perfumados aromas florais e de fruta vermelha madura, combinados com finas notas de barrica e um leve toque mineral, na boca é um vinho encorpado, volumoso e com uma estrutura assinalável, revela já uns taninos mais domados embora ainda denotem alguma firmeza, o paladar conta com uma forte presença de fruta vermelha e diversas especiarias, num fundo ligeiramente tostado, o final de boca é prolongado.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta da Falorca Garrafeira 2003 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Figueiredo e Vines & Wines
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz rico em notas de fruta vermelha e atractivos aromas florais, muito bem apoiados em delicadas sugestões minerais, de barrica e também algum couro, na boca é um vinho encorpado, volumoso e elegante, conta com uma estrutura interessante e um paladar fino e cheio de fruta madura, delicadas nuances minerais e ainda alguma tosta, o final de boca é longo.
Classificação Pessoal: 17
Quinta da Falorca Garrafeira 2003 (Tinto)
Quinta da Falorca Garrafeira Old Vines 2004 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Rufete
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Vines & Wines
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e uma tonalidade granada à volta, no nariz merecem destaque os aromas de fruta vermelha madura envolvidas por uma forte componente mineral e até vegetal, bem como delicadas notas de barrica, um ligeiro toque fumado e ainda breves notas florais, na boca é um vinho jovem, muito estruturado e encorpado, revela um paladar intenso, cheio de fruta negra, especiarias e ainda um leve toque vegetal seco e mineral, conta com uns taninos firmes e um final de boca longo e persistente.
Classificação Pessoal: 18
Quinta da Falorca Garrafeira 2007 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Rufete
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Figueiredo e Vines & Wines
Nota de Prova: Cor rubi carregada no centro e auréola de tonalidade violeta, o nariz revela uma imensa juventude e frescura, com as notas florais e algum vegetal a conferirem ao conjunto uma vivacidade ímpar, formando um conjunto atractivo, muito bem apoiado por um delicado toque químico e mineral, na boca é um vinho elegante, complexo e cheio de garra, conta com um paladar cheio de fruta preta madura, diversas notas especiadas e ainda uma subtil sensação de barrica de grande qualidade, os taninos revelam firmeza e o final de boca é prolongado e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 27 de abril de 2013

2635 - Diálogo 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Amarela e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Dirk Niepoort
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e concentração, o nariz está marcado pelas notas florais, fruta vermelha madura e ainda por breves apontamentos vegetais, na boca é um vinho de corpo médio e acidez equilibrada, conta com uns taninos redondos e um paladar frutado, o final de boca tem um comprimento e persistência curto/médios.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , ,

2634 - Redoma 2011 (Rosé)



Região: DOC Douro
Castas: Tinta Amarela, Touriga Franca e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Dirk Niepoort e Luís Seabra
Notas de Prova: Cor rosa intensa com apontamentos avermelhados, o nariz revela frescura, uma agradável dose de fruta vermelha e ainda um delicado toque floral e até fumado, na boca é um vinho de volume agradável, com alguma estrutura e um paladar preenchido por notas de fruta vermelha madura e ainda um leve toque vegetal, termina com um comprimento curto/médio e uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 26 de abril de 2013

2633 - Marquês de Borba 2011 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Aragonez, Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi/avioletada e um nariz rico em notas de fruta vermelha misturadas com delicadas sugestões florais, especiarias e ainda um ligeiro toque apimentado, na boca é um vinho redondo, muito equilibrado e com uma acidez e um volume bem interessantes, no paladar destaca-se a fruta, em conjunto com delicadas notas especiadas e um leve toque vegetal, terminando de forma mediana e saborosa.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Setembro 2012

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Outubro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2012

Rótulo: Este vinho é proveniente das castas Alicante Bouschet, Aragonez, Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon, vindimadas no seu ponto óptimo de maturação, e estagiado em meias pipas de carvalho.

Etiquetas: , , , , , , , ,

2632 - Angelica 2010 (Branco)



Região: Itália
Castas: Insolia
Produtor: Judeka Azienda VitiVinicola
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Vincenzo Bambina e B&C Enologi
Notas de Prova: Cor amarela com delicados reflexos dourados e nariz marcado pelas notas de fruta madura e um certo toque mineral, na boca é um vinho equilibrado, de estrutura e acidez correctas, revela um paladar suave e relativamente frutado, termina muito mediano em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 25 de abril de 2013

2631 - Herdade Porto da Bouga Reserva 2010 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Syrah
Produtor: Porto da Bouga Vinhos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Saramago
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta vermelhos maduros e um ligeiro floral, na boca é um vinho equilibrado, frutado e com um paladar saboroso, termina mediano, no comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2012

Rótulo: "Foi e 1920 que o meu avô, Joaquim José de Abreu, plantou a primeira vinha na Herdade do Porto da Bouga, em Portalegre. Daí nasceu este vinho, herdeiro de um saber fazer, leal e constante, e das características únicas desta região. " (Joaquim José de Abreu Teixeira da Costa). Este vinho foi vinificado em lagares com engaço total e curtimenta completa, a partir das castas Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Syrah. Foi estagiado durante oito meses em barricas de carvalho Francês e Americano. Apresenta cor retinto, aroma a frutos vermelhos maduros, taninos suaves e boa acidez, que lhe conferem grande estrutura e longevidade. É um vinho não filtrado, sujeito a criar depósito, pelo que deve ser decantado ao servir. O enólogo responsável (António Saramago).

Etiquetas: , , , , , , , ,

quarta-feira, 24 de abril de 2013

2630 - Alfaraz Reserva 2009 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Henrique Uva - Herdade da Mingorra
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Pedro Hipólito
Notas de Prova: Cor amarela com delicados reflexos dourados, o nariz revela uma agradável combinação entre o tostado e a fruta tropical madura, enquanto que na boca é um vinho relativamente estruturado e com uma acidez muito interessante, no paladar destaca-se a fruta e delicadas sugestões abaunilhadas, o final de boca tem um comprimento e persistência médios/longos.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Julho 2011 / Agosto 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Abril 2011

Rótulo: Vindo das Arábias para combater os bárbaros e proteger a Monarquia Portuguesa, o Alfaraz é um cavalo de batalha por excelência. Expressivo na sua cor, imponente e concentrado, é elegante e rico em substância. Em batalha, demonstra enorme coragem e obediência ao seu cavaleiro, sendo ímpar na sua função. Este vinho foi produzido a partir da casta Antão Vaz.

Etiquetas: , , , , ,

2629 - Monte da Peceguina 2011 (Rosé)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Touriga Nacional e Tinta Miúda
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Notas de Prova: Apresenta uma bonita cor vermelha carregada e um nariz muito fresco e agradavelmente preenchido por notas florias e frutos vermelhos, morangos e framboesas, na boca é um vinho equilibrado, com boa acidez e um paladar muito frutado, termina de forma saborosa e com um comprimento e persistência médios.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14
• Data da Revista: Novembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Novembro 2012

Rótulo: Nas vinhas da Herdade da Malhadinha Nova, propriedade familiar situada em Albernôa no sul da planície Alentejana, foram colhidas à mão as uvas das castas Touriga Nacional, Aragonez e Tinta Miúda, que após vinificação deram vida a este vinho. Em 1998, ano de início desde projecto, nasceu a Francisca, primeiro elemento da nova geração da família. Foi ela quem plantou a primeira cepa dos 27 hectares de vinha da propriedade, o seu desenho no rótulo deste vinho simboliza uma paixão que queremos partilhar com todos os apreciadores do bom vinho alentejano.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova de vários Vinhos do Porto no Restaurante Prova dos 9 (Nov/2012)


No passado dia 29/11/2012, realizei uma Prova de 5 Vinhos do Porto, juntamente com um grupo de amigos no restaurante Prova dos 9, em Lisboa.

Burmester 10 Anos (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: J. W. Burmester & Cª, S.A.
Álcool: 20%
Enólogo: Pedro Sá
Nota de Prova: Cor âmbar no centro e auréola de tonalidade aloirada, no nariz destacam-se as notas de frutos secos, algum caramelo e ainda delicadas sugestões de baunilha e frutos secos, na boca é um vinho envolvente e com um agradável equilíbrio entre a doçura e uma interessante acidez, na boca destacam-se as notas meladas e novamente os frutos secos, terminando com um comprimento médio e saboroso.
Classificação Pessoal: 16
Dalva Colheita 1997 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão e Tinta Barroca
Produtor: C. da Silva (Vinhos) SA
Álcool: 20%
Enólogo: José Manuel Soares
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e laivos de tonalidade avermelhada, apresenta um nariz rico em notas de fruta madura e também alguns frutos secos, agradavelmente combinados com diversas especiarias e um delicado mas ao mesmo tempo complexo toque de couro, na boca é um vinho profundo, jovem e muito fresco, que é capaz de revelar uma estrutura bem presente e um corpo volumoso, no paladar destacam-se as notas tostadas, a fruta e até um breve apontamento de café, o final de boca é persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Warre's LBV 2001 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Symington Family Estates
Álcool: 20%
Enólogo: Peter Symington, Charles Symington e Miles Edlmann
Nota de Prova: Apresenta uma cor opaca e retinta no centro, o nariz revela elegantes e finos aromas de fruta vermelha madura e alguma compota, tudo muito bem envolvido em delicadas notas achocolatadas e resinosas, bem como um leve toque vegetal seco, na boca é um vinho volumoso, encorpado, profundo e acima de tudo muito jovem, os taninos denotam uma enorme solidez e a boca um especiado e tostado bem integrado com a fruta preta, é um vinho harmonioso e envolvente que termina longo e com uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 17
Churchill's 20 Anos (Porto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinto Cão, Tinta Barroca, Touriga Franca e Tinta Francisca
Produtor: Churchill Graham, Lda
Álcool: 19.5%
Enólogo: John Graham
Nota de Prova: Cor âmbar delicada de tonalidade dourada, o nariz é sugestivo, cheio de finos aromas de frutos secos envolvidos em atractivas notas meladas e de caramelo, num fundo dominado pelo cacau e por notas de tabaco, na boca é um vinho amplo, muito fresco e harmonioso, além de volumoso e unutoso, conta com um paladar rico, muito frutado e especiado, apoiado em suaves nuances de barrica e um toque de frutos secos bem presente, o final de boca é longo.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Crasto Vintage 2000 (Porto)

Região: Porto
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 20%
Enólogo: Manuel Lobo e Tomás Roquette
Nota de Prova: Cor rubi concentrada e nariz agradavelmente bem preenchido por notas de fruta vermelha, apoiadas em delicadas sugestões florais e vegetais, num fundo mais especiado, é um conjunto que já revela uma subtil evolução, na boca é um vinho fresco, franco e com uma estrutura média, revela um paladar frutado, com a barrica a conferir alguma complexidade, o final de boca tem um comprimento médio e uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

terça-feira, 23 de abril de 2013

2628 - Amantis 2007 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Viognier, Arinto e Semillon
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Notas de Prova: Cor dourada e nariz agradavelmente preenchido por notas de fruta madura, acompanhadas por um ligeiro apetrolado e também um certo fumado, num fundo mais tostado, na boca é um vinho ligeiramente evoluído mas que apresenta uma boca densa, volumosa e um certo amanteigado que conjuga agradavelmente com a fruta madura e as notas de barrica e tosta, termina com um comprimento médio/longo e uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Março 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2008

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 22 de abril de 2013

2627 - Convento da Serra 2010 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Castelão e Trincadeira
Produtor: Roquevale, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: Joana Roque do Vale
Notas de Prova: Cor de tonalidade avermelhada e nariz franco e simples, onde as delicadas notas de fruta vermelha ganham algum destaque, na boca é um vinho correcto, fácil e redondo, revela um paladar frutado e um final de boca curto.



Classificação Pessoal: ......................................13
• Data da Prova: Junho 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

2626 - Dona Maria Touriga Nacional 2009 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de média concentração e um nariz muito perfumado pelas notas florais, aliadas a evidentes sugestões de fruta vermelha, algumas especiarias e ainda um subtil toque de barrica, na boca é um vinho com bom volume e uma acidez bem presente, revela-se estruturado e relativamente encorpado, o paladar destaca-se pela boa dose de fruta apresentada, aliada a delicadas notas de barrica, termina médio/longo e bem persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Abril 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Janeiro 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 21 de abril de 2013

2625 - Artefacto Colheita Seleccionada Syrah 2010 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Luís Duarte Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e uma auréola de tonalidade violácea, o nariz revela evidentes notas de frutos pretos misturados com delicadas especiarias e um certo mentolado, num fundo mais achocolatado e compotado, na boca é um vinho equilibrado, com um volume médio e uma estrutura agradável, conta com uns taninos redondos e um paladar frutado e especiado, com as notas de barrica a conferirem alguma complexidade ao conjunto, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2012

Rótulo: Castas: Syrah. Estágio: 9 meses em barricas de carvalho americano.

Etiquetas: , , , , ,

Grande Prova de Vinhos brancos na Wine O'Clock (Fev/2013)


No passado dia 20/02/2013 na Garrafeira Wine O'Clock em Lisboa, teve lugar uma Prova de vários de vinhos brancos de diversos países, sendo que todos eles fazem parte do portfolio desta Garrafeira.
Esta prova foi efectuada com a apresentação de 11 vinhos brancos.


Prova comentada por Carlos Jorge, Gerente de Loja da Wine O'Clock Lisboa.

Esk Valley Sauvignon Blanc 2011 (Branco)

Região: Nova Zelândia
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Esk Valley Estate Limited
Álcool: 13%
Enólogo: Gordon Russell
Nota de Prova: Cor citrina brilhante com laivos esverdeados, o nariz revela uma forte componente vegetal, além de diversas notas cítricas e de espargos, na boca revela uma agradável frescura, bem como um paladar mais frutado e vegetal, conta com uma ligeira secura e um final de comprimento e persistência medianos.
Classificação Pessoal: 15.5
Casa Silva Reserva Sauvignon Blanc 2011 (Branco)

Região: Chile
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Viña Casa Silva
Álcool: 13.5%
Enólogo: Mario Geisse
Nota de Prova: Cor amarelo citrino e nariz inicialmente marcado pela tosta e pela baunilha mas com o tempo aparecem os citrinos e as delicadas notas vegetais, na boca é um vinho mais aberto, com alguma estrutura e uma acidez mediana, conta com um paladar rico, frutado e com uma agradável predominância de notas cítricas, o final de boca tem um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 15.5
Villa Maria Single Vineyard Taylors Pass Vineyard Chardonnay 2007 (Branco)

Região: Nova Zelândia
Castas: Chardonnay
Produtor: Villa Maria Estates
Álcool: 13.5%
Enólogo: Alastair Maling e Corey Ryan
Nota de Prova: Cor amarela bem viva e nariz agradavelmente preenchido por uma bela dose de fruta madura e um ligeiro toque especiado, muito bem amparado por sugestivas notas fumadas e de barrica, na boca é um vinho gordo, untuoso, com uma acidez bem interessante, o paladar revela uma envolvência entre a fruta madura e a barrica muito convincente, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Villa Maria Reserve Chardonnay 2004 (Branco)

Região: Nova Zelândia
Castas: Chardonnay
Produtor: Villa Maria Estates
Álcool: 14.5%
Enólogo: Alastair Maling e Corey Ryan
Nota de Prova: Cor amarelo dourado e nariz fino e elegante, com as notas de barrica a misturarem-se com alguns frutos secos e uma boa dose de fruta madura, num fundo mais tostado e especiado, bem como ligeiramente vegetal, na boca é um vinho muito untuoso, estruturado e com uma ligeira evolução mas uma enorme cremosidade, no paladar destaca-se, mais uma vez, a fruta e agradáveis notas de barrica, formando um conjunto harmonioso e muito elegante, termina longo e com uma enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Louis Latour Chablis La Chanfleure 2011 (Branco)

Região: França
Castas: Chardonnay
Produtor: Maison Louis Latour
Álcool: 13%
Enólogo: Jean Charles Thomas
Nota de Prova: Apresenta uma brilhante cor amarela, no nariz sobressaem os aromas minerais acompanhados pela fruta madura e por um leve toque floral, na boca é um vinho muito fresco e equilibrado, com uma interessante estrutura e uma acidez cativante, o paladar revela imensas notas de fruta madura, bem como um agradável toque amanteigado e ainda uma subtil nuance especiada e mineral, o final de boca é prolongado e muito fresco.
Classificação Pessoal: 17
Borges Dão Reserva 2007 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas: Encruzado
Produtor: Sociedade dos Vinhos Borges, SA
Álcool: 13%
Enólogo: Hélder Cunha
Nota de Prova: Cor amarela intensa e nariz inicialmente apetrolado, com um delicado toque de borracha e alguma fruta muito madura e também frutos secos, na boca é um vinho delicado, já evoluído e com a barrica ainda bem presente, bem como alguns citrinos e um delicado toque de fruta madura, o final de boca tem um comprimento médio e uma persistência relativamente curta.
Classificação Pessoal: 15.5
Gnarly Head Chardonnay 2009 (Branco)

Região: EUA
Castas: Chardonnay
Produtor: Gnarly Head Cellars
Álcool: 14%
Enólogo: Sue Hoffman
Nota de Prova: Cor amarela intensa e nariz agradavelmente preenchido por notas tropicais, um ligeiro toque floral e ainda subtis nuances vegetais e de tosta, na boca é um vinho guloso, com alguma untuosidade e com um paladar dominado pela fruta madura e por sugestivas sugestões abaunilhadas, o final de boca é relativamente prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16
Cape Mentelle Chardonnay 2004 (Branco)

Região: Austrália
Castas: Chardonnay
Produtor: Cape Mentelle Vineyards
Álcool: 14%
Enólogo: Robert Mann, Steve Meckiff e Simon Burnell
Nota de Prova: Cor amarelo torrado com uma leve tonalidade alaranjada, no nariz destaca-se de imediato a sua complexidade e elegância, com os frutos secos e a fruta madura a envolverem-se em finas notas de barrica, um delicado toque fumado e algum fumo, na boca apresenta-se um vinho gordo, amanteigado e muito cremoso, com a fruta bem madura e a madeira a aparecerem muito bem casadas, apesar de revelar uma certa evolução, trata-se de um vinho estruturado, com grande elegância e um final longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Sottano Chardonnay & Torrontés 2011 (Branco)

Região: Argentina
Castas: Chardonnay e Torrontés
Produtor: Bodegas Sottano
Álcool: 13%
Enólogo: Luis Barraud e André Marchiori
Nota de Prova: Cor pálida e nariz muito floral e tropical, com delicadas notas de maracujá e ananás a destacarem-se, num estilo fresco e leve, na boca é um vinho delicado, equilibrado e com um paladar mais vegetal e fresco, terminando com um final de boca correcto e de expressão média.
Classificação Pessoal: 15
Casa Silva Quinta Generación 2005 (Branco)

Região: Chile
Castas: Viognier, Sauvignon Gris e Chardonnay
Produtor: Viña Casa Silva
Álcool: 14%
Enólogo: Mario Geisse
Nota de Prova: Cor amarela intensa com uma delicada tonalidade dourada, o nariz revela agradáveis notas de fruta madura aliadas a um leve toque vegetal e também especiado, na boca é um vinho gordo, ligeiramente evoluído e com alguma estrutura e fineza, no paladar ainda beneficia da presença da fruta tropical madura e de delicadas notas especiadas e tostadas, o final de boca é mediano, quer em termos de comprimento, quer na persistência.
Classificação Pessoal: 15.5
Casa Silva Quinta Generación 2004 (Branco)

Região: Chile
Castas: Viognier, Sauvignon Gris e Chardonnay
Produtor: Viña Casa Silva
Álcool: 13.5%
Enólogo: Mario Geisse
Nota de Prova: Cor amarela de forte tonalidade dourada, o nariz revela uma forte componente especiada, secundada por delicadas notas de fruta madura, um ligeiro fumado e ainda alguma barrica, na boca é um vinho delicado, com uma estrutura mediana e uma evolução bem presente, revela um paladar frutado e tostado e o final de boca é suave e delicado.
Classificação Pessoal: 15.5
Cape Mentelle Semillon & Sauvignon Blanc 2002 (Branco)

Região: Austrália
Castas: Chardonnay
Produtor: Cape Mentelle Vineyards
Álcool: 14%
Enólogo: Robert Mann, Steve Meckiff e Simon Burnell
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela com uma forte tonalidade dourada, o nariz revela-se muito vegetal no início, pois de imediato faz lembrar notas de espargos e até pimentos, com o tempo aparecem algumas sugestões cítricas e um delicado toque floral, num fundo mais tostado e fumado, na boca é um vinho delicado mas muito elegante e estruturado, conta com um volume imenso e um corpo cremoso, no paladar destaca-se as notas vegetais e de fruta madura, bem como sugestivas nuances tostadas e de barrica, o final de boca é longo.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 20 de abril de 2013

2624 - Quinta do Cardo Síria 2011 (Branco)



Região: DOC Beiras
Castas: Síria
Produtor: Quinta do Cardo - Companhia das Quintas
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Corrêa
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela não muito expressiva e um nariz dominado pelas notas florais, acompanhadas por um leve citrino e algum vegetal, na boca é um vinho relativamente complexo e estruturado, onde a sua acidez e frescura se combinam agradavelmente, o paladar revela delicadas notas de fruta tropical madura e o final de boca tem um comprimento e persistência muito medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2012

Rótulo: De uma das vinhas mais altas de Portugal, plantada a 700 m de altitude, nascem vinhos com características únicas. As uvas da casta Síria, produzidas em regime ecológico, foram cuidadosamente seleccionadas, dando origem a este vinho de aroma complexo e mineral com notas de toranja, lima e especiarias. Na boca entra volumoso e com uma acidez muito fresca, tem notas de fruta intensas e um longo final. É recomendado para acompanhar sushi, peixes assados, mariscos e vegetais. Deve servir-se à temperatura de 9ºC.

Etiquetas: , , , , ,

2623 - Pancas 2011 (Branco)



Região: Regional Lisboa
Castas: Arinto, Vital e Chardonnay
Produtor: Quinta de Pancas - Companhia das Quintas
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12.5%
Enólogo: João Corrêa e Nuno do Ó
Notas de Prova: Cor citrina e nariz mais herbáceo e vegetal que frutado, misturado com delicadas sugestões de limão, na boca é um vinho fresco, leve e de fácil prova, o paladar revela delicadas notas de fruta apoiadas num toque ligeiramente adoçicado, tem um final de boca curto, quer em termos de comprimento, quer na persistência.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............13
• Data da Revista: Agosto 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14
• Data da Revista: Abril 2012

Rótulo: Desde 1498 que o majestoso Solar de Pancas e um "terroir" de excepção, conferem a esta emblemática propriedade características únicas. As castas Arinto, Vital e Chardonnay originaram este vinho de aroma rico em notas de fruta tropical e citrinos. Na boca é fresco, cremoso e rico em notas aromáticas. Recomendado para acompanhar peixes, mariscos e vegetais. Deve servir-se à temperatura de 9ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 19 de abril de 2013

2622 - Quinta das Hidrângeas 2009 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Gouveio, Códega do Larinho e Rabigato
Produtor: Henrique Tiago Pinto & Filhas, Lda - Quinta das Hidrângeas
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Duplo PR
Notas de Prova: Cor amarelo pálido e nariz preenchido por notas minerais, alguma fruta e ainda um delicado perfume citrino, na boca é um vinho delicado, fresco e com uma acidez correcta, o paladar revela evidentes notas de lima/limão e ainda um leve sensação de fruta tropical, termina de forma mediana, quer em termos de comprimento, quer na persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Maio 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

2621 - Aveleda Follies Alvarinho 2010 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial da Quinta da Aveleda, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Manuel Soares
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz fresco e onde predominam os aromas cítricos, acompanhados por delicadas sugestões vegetais e ainda uma leve sensação de fruta, na boca é um vinho agradável, equilibrado e com um volume médio, conta com um paladar marcado pelas notas limonadas e também uma certa mineralidade, termina com um comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Revista Escanção: ........................82*
• Data da Prova: Julho 2011 / Agosto 2011
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2011

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.3
• Data da Revista: Maio 2011 / Junho 2011

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 18 de abril de 2013

2620 - Solar dos Lobos Colheita Seleccionada 2010 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon, Syrah e Aragonez
Produtor: Solar dos Lobos
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Silveira e Susana Esteban
Notas de Prova: Apresenta uma cor de tonalidade rubi e um nariz perfumado por notas de frutos vermelhos, um certo floral e ainda delicadas sugestões de barrica, na boca é um vinho interessante, equilibrado, com boa acidez e uma frescura atractiva, o paladar confirma a fruta vermelha e breves apontamentos especiados aliados a um leve toque apimentado, o final de boca tem um comprimento médio/alto e uma persistência saborosa.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14
• Data da Revista: Outubro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: Resulta da união de algumas castas: Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon, Syrah e Aragonez. Uvas provenientes das regiões de Arraiolos e Redondo. Temperatura de serviço sugerida: entre 16 e 18º. No nariz floral com um leve toque especiado. Na boca elegante, taninos suaves, bom equlíbrio de acidez, final aveludado.

Etiquetas: , , , , , , , ,

2619 - Solar dos Lobos 2011 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Touriga Nacional, Castelão e Trincadeira
Produtor: Solar dos Lobos
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 14%
Enólogo: António Silveira e Susana Esteban
Notas de Prova: Cor rubi aberta de tonalidade avermelhada, o nariz revela agradáveis notas de fruta vermelha madura casada com delicadas nuances especiadas e um ligeiro floral, na boca é um vinho equilibrado, correcto e com uma estrutura mediana, conta com um paladar muito frutado e delicadamente floral, o final de boca tem um comprimento e persistência curtos/médios.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14
• Data da Revista: Abril 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14.5
• Data da Revista: Julho 2012

Rótulo: Resulta da união das castas: Aragonez, Touriga Nacional, Castelão e Trincadeira. Uvas provenientes das regiões de Arraiolos e Redondo. Temperatura de serviço sugerida: entre 16 e 18º. No nariz frutos vermelhos. Na boca fresco e harmonioso, taninos muito polidos, final aveludado.

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 17 de abril de 2013

2618 - Quinta do Côtto 1998 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Montez Champalimaud, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12%
Enólogo: Miguel Champalimaud
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e auréola delicadamente acastanhada, o nariz revela subtis notas de fruta madura misturadas com evidentes sugestões de couro e alguma madeira velha, na boca é um vinho já evoluído, com uma acidez mediana e um paladar mais especiado e terroso, o final de boca tem um comprimento e persistência relativamente curtos.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Novembro 2012

Rótulo: "Vinho de Quinta" elaborado com uvas seleccionadas de vinhas sitas no Vale do Douro, nele predominando as variedades tradicionais, Tnta Roriz e Touriga Francesa. Desde a selecção das uvas à vinificação e engarrafamento, todo o processo é directamente controlado e supervisionado pelos proprietários.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho branco BSE 2012 (Mar/2013)


No passado dia 02/03/2013, realizei uma Prova do Vinho branco BSE 2012 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

BSE 2012 (Branco)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas:
Antão Vaz, Arinto e Fernão Pires
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 12%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor amarelo citrino e nariz mais limonado e mineral que floral, na boca é um vinho correcto, suave e de prova fácil, revelando uma ligeira secura, conta com um paladar cítrico e onde a frescura da fruta surge em segundo plano, o final de boca tem um comprimento curto mas fresco.
Classificação Pessoal: 14.5

Etiquetas: