• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (5143)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (4050)

segunda-feira, 5 de junho de 2006

161 - Quinta do Crasto 2004 (Tinto)


161 - Quinta do Crasto 2004 (Tinto)
Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Dominic Morris e Susana Esteban
Notas de Prova: Cor intensa e aromas bem definidos de frutos maduros e leves especiarias, na boca revela um volume bem agradável, acidez equilibrada a provar que o tempo em garrafa só lhe fez bem, está no ponto, com um final médio/longo e de uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2008

Classificação Wine Passion: ..............................14.7
• Data da Revista: Fevereiro 2007

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Março 2006

Rótulo: Localizada na margem direita do rio Douro, a meia distância entre a Régua e o Pinhão, a Quinta do Crasto já figurava no mapa do Barão de Forrester. Produzido a partir das castas Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional, este vinho revela um aroma muito vigoroso de frutos vermelhos com boas notas de especiarias. Na boca mostra uma boa estrutura, com taninos firmes e uma acidez equilibrada. Quinta do Crasto Douro 2004 foi ligeiramente filtrado antes de ser engarrafado em Agosto de 2005.

Etiquetas: , , , , , , ,

Nº de Comentários: 1

  • Anonymous Anónimo comentou na data de terça-feira, 13 março, 2007:

    Um vinho com um excelente preço/qualidade. Vinho encorpado, com frutos vermelhos equilibrados, apresentando um bom final de boca.

    RM

Inserir Novo Comentário