• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (5286) A-M / N-Z
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (4117)

segunda-feira, 30 de março de 2020

5454 - The Hess Collection Napa Valley Chardonnay 2016 (Branco)



Região: EUA
Castas: Chardonnay
Produtor: Hess Family Wine Estates
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Dave Guffy
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e nariz muito elegante e complexo, onde as notas tostadas e especiadas combinam na perfeição com a fruta madura e com sugestivas nuances citrinas e minerais, na boca é um vinho muito estruturado, fino e com uma acidez vibrante, no paladar domina a fruta em estreita ligação com a barrica de qualidade, num fundo subtilmente marcado por alguns citrinos e uma breve sugestão vegetal, o final de boca termina de uma forma bem prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: The San Pablo brings morning fog and gentle breezes to our Su'skol Estate Vineyard in the Napa Valley, located in one of the coolest growing regions within Napa. We named our vineyard "Su'skol" after the native people who used the area as a meeting place and valued the nearby sources of fish and game. This vineyard is the site of an ancient sabed, with shallow, sandy oils perfect for nurturing Chardonnay grapes. Aromas of honeysuckle and fig lead to flavors of Gala apple, pear, vanilla and hints of caramel in a pleasant, elegant wine with a rich, supple texture. Certified Sustainable Land and Winery by Napa Green.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 29 de março de 2020

5453 - Dona Maria Viognier 2018 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Viognier
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela com delicados laivos de tonalidade esverdeada e dourada, o nariz sugere aromas florais muito bem envolvidos por evidentes sugestões de fruta, nomeadamente pêra, na boca é um vinho fresco, equilibrado e com uma acidez bem agradável, no paladar dominam as notas frutadas acompanhadas por uma breve sensação vegetal, floral e até citrina, com o final de boca a terminar com um comprimento médio e uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Esta Quinta, criada em 1718, onde se produz vinho há mais de 140 anos aliando os métodos de vinificação tradicionais aos mais modernos, foi oferecida por D. João V, em meados do século XVIII, a uma cortesã por quem estava perdido de amores. É essa senhora que dá o nome a este vinho branco, produzido a partir de uvas seleccionadas da uva Viognier. No aroma apresenta notas florais de jasmim combinadas com frutos de pêra e damasco. O sabor é intenso e volumoso acompanhado de uma acidez equilibrada, vinho longo e persistente.

Etiquetas: , , , , ,

Prova Vertical do Vinho Tinto Numanthia no Restaurante Tendinha (Dez/2019)


No passado dia 27/12/2019, realizei uma Prova Vertical do Vinho Tinto Numanthia, do produtor Bodega Numanthia de Espanha, juntamente com um grupo de amigos no restaurante Tendinha, em Mem Martins.

Esta prova foi efectuada com a degustação de 4 colheitas: 2011, 2012, 2013 e 2014.


Numanthia 2011 (Tinto)

Região: Espanha
Castas:
Tinta de Toro
Produtor: Bodega Numanthia
Álcool: 15%
Enólogo: Manuel Louzada
Nota de Prova: Cor rubi profunda e muito concentrada e densa no centro, com uma auréola de tonalidade violeta, o nariz revela uma elegância e complexidade notáveis, onde a fruta preta e vermelha bem maduras se envolvem com evidentes notas resinosas e de pimenta preta, além breves nuances balsâmicas e mentoladas, num fundo mais especiado e onde a barrica e algum chocolate dão forma a um conjunto brilhante, na boca é um vinho muito encorpado e com um volume imenso, revelando uma complexidade e uma estrutura marcantes, no paladar destacam-se as componentes frutadas e especiadas, amparadas pela barrica de grande qualidade, além de subtis nuances de cacau e também algum couro, o final de boca termina com um comprimento enorme e uma persistência fantástica.
Classificação Pessoal: 18.5
Numanthia 2012 (Tinto)

Região: Espanha
Castas:
Tinta de Toro
Produtor: Bodega Numanthia
Álcool: 15%
Enólogo: Manuel Louzada
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de forte intensidade e profundidade no centro com reflexos de tonalidade violeta e também avermelhados, no nariz sobressai a fruta preta em perfeita harmonia com sugestivas notas de chocolate e de barrica, num fundo dominado pela pimenta preta e por elegantes notas mentoladas, delicadas nuances resinosas e minerais, na boca é um vinho muito elegante, com um corpo cheio, um volume imenso e taninos firmes mas ao mesmo tempo sedosos e complexos, já o paladar revela-se mais especiado e tostado do que frutado, embora sejam notórios os delicados apontamentos minerais, de cacau e também algum balsâmico e couro, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência muito expressivos.
Classificação Pessoal: 18
Numanthia 2013 (Tinto)

Região: Espanha
Castas:
Tinta de Toro
Produtor: Bodega Numanthia
Álcool: 15%
Enólogo: Manuel Louzada
Nota de Prova: Cor rubi de grande intensidade e concentração no centro e uma fina auréola de tonalidade avermelhada e violácea, o nariz revela expressivos aromas de frutos vermelhos pretos misturados com breves notas florais, algum balsâmico e uma delicada sensação de barrica, num fundo marcado pela pimenta preta entre outras especiarias, na boca é um vinho fino e muito elegante, com taninos bem presentes e um volume assinalável, no paladar volta a brilhar a fruta vermelha e negra, além de sugestivas notas especiadas e de barrica, além de uma certa mineralidade, o final de boca termina de uma forma muito prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Numanthia 2014 (Tinto)

Região: Espanha
Castas:
Tinta de Toro
Produtor: Bodega Numanthia
Álcool: 15%
Enólogo: Manuel Louzada
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e profunda no centro, o nariz revela evidentes aromas de frutos negros e pimenta preta envolvidos por delicadas notas especiadas e de barrica, num fundo subtilmente marcado por breves apontamentos de cacau e um ligeiro toque mentolado, na boca é um vinho muito estruturado e volumoso, com um corpo cheio e taninos firmes, já o paladar revela-se mais frutado e tostado do que especiado e achocolatado, denotando uma mineralidade e uma complexidade de grande fineza, o final de boca termina com um comprimento longo e com grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 28 de março de 2020

5452 - Gérard Bertrand Cote des Roses 2018 (Rosé)



Região: França
Castas: Grenache, Syrah e Cinsault
Produtor: Gérard Bertrand
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13%
Enólogo: Gérard Bertrand
Notas de Prova: Cor salmão e nariz amplamente dominado pelos aromas florais, rosas em evidência, além de breves nuances de frutos vermelhos e alguma groselha, na boca é um vinho fresco, equilibrado e muito delicado, no paladar a fruta madura muito fresca aparece muito bem envolvida pelas notas florais, com o final de boca a terminar de uma forma mediana e ligeiramente seca.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Ce vin célèbre l'Air de Vivre du Sud de la France. Frais et fruité, ce Languedoc est idéal à 10ºC en apéritif ou avec des crustacés et mets subtilement epicés.

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 27 de março de 2020

5451 - Barranco Longo Grande Escolha 2018 (Branco)



Região: Regional Algarve
Castas: Arinto e Chardonnay
Produtor: Quinta do Barranco Longo
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Rui Virgínia e Patrícia Piassab
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela brilhante e um nariz muito fresco, onde sobressaem notas citrinas e de fruta tropical, acompanhadas por evidentes nuances minerais e florais, na boca é um vinho fresco, equilibrado e com uma acidez agradável, o paladar revela-se mais frutado e citrino do que mineral e o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Arinto, Chardonnay e Encruzado. Aspecto cristalino, cor amarelo cítrico. Aroma rico e expressivo com notas minerais. Vinho complexo, cheio e cremoso, com bom equilíbrio e persistência na boca. Excelente para acompanhar peixe grelhado e carnes brancas. 10-12ºC.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 26 de março de 2020

5450 - Spee'Wah Crooked Mick Viognier 2016 (Tinto)



Região: Austrália
Castas: Viognier
Produtor: Spee'Wah Estate
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Liz Richardson
Notas de Prova: Cor dourada e nariz rico em aronas de pêssego, entre outras frutas, agradavelmente envolvidas por sugestivas notas florais e minerais, num fundo marcado por aromas fumados e subtilmente citrinos, na boca apresenta-se um vinho com estrutura, cremoso e uma acidez harmoniosa, o paladar volta a evidenciar-se bem frutado e tostado, além de revelar subtis nuances vegetais, o final de boca termina de uma forma prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Crooked Mick is the larger than life character of Australian legend who lived on the plains of the Spee'Wah. Some believe it's found among the vineyards of te Murray Darling Region. Among Australia's oldest Viognier vineyards in the Murray Darling vine growing region. Fresh peachy varietal characteristics, taur fruit on the palate with sweet, ripe lychee flavours and a citrus twist on the finish.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 25 de março de 2020

5449 - Dona Maria 2018 (Rosé)



Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonez e Touriga Nacional
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Notas de Prova: Cor rosa clara e nariz muito frutado, especialmente aromas de morango e framboesas, além de evidentes notas florais, num fundo subtilmente citrino, na boca é um vinho muito fresco e com uma agradável acidez, no paladar volta a sobressair a fruta vermelha, muito bem acompanhada por subtis notas florais, o final de boca termina algo seco mas fresco e com um comprimento agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Outubro 2019

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Esta Quinta, criada em 1718, onde se produz vinho há mais de 150 anos aliando os métodos de vinificação tradicionais aos mais modernos, foi oferecida por D. João V, em meados do século XVIII, a uma cortesã por quem estava perdido de amores. É essa senhora que dá o nome a este vinho rosé, fresco, frutado e ao mesmo tempo guloso, persistente e equilibrado, produzido maioritariamente a partir das variedades Aragonez e Touriga Nacional.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 24 de março de 2020

5448 - Vinha da Valentina Premium 2018 (Branco)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Verdelho, Arinto e Fernão Pires
Produtor: Casa Ermelinda Freitas
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jaime Quendera
Notas de Prova: Cor amarela intensa e nariz dominado pelos aromas de fruta tropical, envolvidos por subits notas florais e tostadas, na boca é um vinho correcto e com uma acidez mediana, no paladar sobressai ligeiramente a fruta, bem como a sua componente mais doce, com o final de boca a terminar com um comprimento pouco expressivo.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2019

Rótulo: Empresa de origem familiar, a Casa Ermelinda Freitas estabeleceu-se em Fernando Pó, sul de Portugal, em 1920 data da sua fundação. A qualidade dos seus vinhos é reconhecida em todo o mundo, sendo a sua prova as centenas de prémios conquistados. Elaborado com base nas castas Verdelho, Arinto e Fernão Pires, com leve estágio em madeira, apresenta-se um vinho intenso, volumoso e refrescante com expressões aromáticas de grande elegância. Ideal para acompanhar pratos de peixe, carnes brancas e algumas pastas. Consumir à temperatura de 12º-14ºC. Guardar por um período máximo aconselhado de 4 anos. Leonor Freitas Proprietária.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 23 de março de 2020

5447 - Dona Maria Amantis Reserva 2014 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Cabernet Sauvignon, Syrah, Petit Verdot e Touriga Nacional
Produtor: Júlio Tassara de Bastos
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Sandra Gonçalves
Notas de Prova: Cor rubi de forte intensidade no centro e um rebordo de tonalidade granada, no nariz dominam os aromas de frutos silvestres envolvidos por sugestivas notas florais e apimentadas, num fundo mais especiado e subtilmente marcado pela barrica, na boca é um vinho elegante, com taninos presentes mas já bem redondos e um volume assinalável, no paladar dominam as especiarias envolvidas pela fruta vermelha e preta maduras, além de uma delicada sensação apimentada, o final de boca termina de uma forma bem prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Amantis, em latim que ama. Em honra do amor de D. João V por Dona Maria, Senhora da corte a quem o Rei ofereceu esta Quinta, onde hoje em dia são vinificados os vinhos que têm o seu nome e acima de tudo, em honra de quem sente a mesma paixão que nós, decidimos elaborar este vinho, de grande elegância, a partir de uvas seleccionadas de Cabernet Sauvignon, Syrah, Petit Verdot e Touriga Nacional. Aos Amantes do Vinho. Abrir uma hora antes de consumir.

Etiquetas: , , , , , , ,

domingo, 22 de março de 2020

5446 - Quinta Várzea da Pedra 2015 (Branco)



Região: DOC Lisboa
Castas: Fernão Pires e Arinto
Produtor: Quinta Várzea da Pedra, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Rodrigo Martins
Notas de Prova: Cor citrina e nariz subtilmente marcado pelos aromas vegetais e florais, envolvidos por delicadas notas citrinas, na boca é um vinho seco, com uma acidez correcta e uma frescura correcta, no paladar merece destaque a fruta madura e as breves notas citrinas, com o final de boca a terminar com um comprimento algo curto.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2019

Rótulo: Elaborado a partir das castas Fernão Pires e Arinto, através do processo de bica aberta e fermentação em cuba de inox, obteve-se um vinho de cor cítrica, com aroma delicado a frutos tropicais frescos e alguma mineralidade. Na boca é fresco, intenso, frutado, com final muito agradável e persistente. Enólogo Rodrigo Martins.

Etiquetas: , , , , ,

Bloggers voltam a juntar-se no Restaurante Tendinha (Jun/2017)


No passado dia 30/06/2017 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar de grandes vinhos, onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos e Vitor Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage)
- João Pedro Carvalho (Blog Copo de 3)
- Miguel Pereira (Blog Pingamor) e Arnaud Stevenot, Pedro Sovela e um curioso Pedro.

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Jantar:

Murganheira Czar Grand Cuvée Rosé 2008 (Espumante)

Região: DOC Távora Varosa
Castas: Pinot Noir
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial do Varosa, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Orlando Lourenço
Nota de Prova: Cor rosada de tonalidade salmão, o nariz sugere frescos e finos aromas de fruta vermelha, nomeadamente framboesas e cerejas, acompanhadas por delicadas notas torradas e de biscoito, que conferem uma agradável complexidade ao conjunto, na boca é um vinho fino, cremoso e harmonioso, com um volume considerável e uma bolha fina, no paladar volta a revelar-se frutado e muito elegante, com o final de boca a terminar com um comprimento médio e uma persistência bem vincada.
Classificação Pessoal: 16.5
Soalheiro Nature Pur Terroir Alvarinho 2016 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela intensa e um nariz amplamente dominado pelos aromas cítricos e minerais, num fundo subtilmente fumado e que faz lembrar delicadas sugestões de frutos secos, na boca é um vinho seco, com uma acidez média e uma textura ligeiramente amarga, no paladar volta a revelar-se citrino, ligeiramente frutado e apoiado por breves notas florais, o final de boca é seco e termina com um comprimento de expressão média.
Classificação Pessoal: 15.5
Redoma Reserva 2005 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Rabigato, Códega do Larinho, Viosinho, Arinto e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Nota de Prova: Cor amarela de tonalidade dourada, o nariz sugere aromas fumados, especiados e de frutos secos, envolvidos por breves nuances de fruta madura e citrinos também muito maduros, na boca revela-se um vinho estruturado e volumoso, com alguma evolução mas com uma acidez muito interessante, no paladar sobressai a barrica e a fruta, acompanhadas por breves nuances minerais, o final de boca termina com um comprimento prolongado.
Classificação Pessoal: 17
Covela Escolha 2005 (Branco)

Região: Regional Vinhos Verdes
Castas: Arinto, Chardonnay e outras
Produtor: Quinta de Covela Sociedade Agrícola S.A.
Álcool: 12%
Enólogo: Rui Cunha
Nota de Prova: Cor dourada e nariz tão complexo quanto evoluído, onde delicadas notas de frutos secos se envolvem com breves nuances de citrinos bem maduros, num fundo delicadamente frutado e mineral, na boca está um vinho interessante, harmonioso e muito redondo, já o paladar volta a evidenciar a sua forte mineralidade em conjunto com breves e evoluídas nuances citrinas e de fruta, o final de boca termina de uma forma bem agradável.
Classificação Pessoal: 16
Quinta do Cardo Vinha Lomedo Síria 2014 (Branco)

Região: DOC Beiras
Castas: Síria
Produtor: Quinta do Cardo - Companhia das Quintas
Álcool: 13%
Enólogo: Frederico Vilar Gomes e Luis Leocádio
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela intensa e um nariz fino, onde se destacam os aromas tostados e florais envolvidos por delicadas notas meladas e de frutos secos, num fundo mais especiado e mineral, na boca é um vinho elegante, com uma textura fina e uma acidez vibrante, no paladar realce para a harmonia existente entre a barrica e a fruta madura, num fundo mais mineral e até breves nuances de citrinos bem maduros, o final de boca termina de uma forma prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Valdoeiro Chardonnay 2016 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas: Chardonnay
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 11.5%
Enólogo: João Soares
Nota de Prova: Cor amarela esverdeada e nariz dominado pela frescura da fruta e da sua componente limonada, num fundo levemente floral e até vegetal, na boca é um vinho equilibrado, ligeiramente seco e com uma acidez média, o paladar revela-se dominando pelas notas cítricas e frutadas, secundadas por delicados apontamentos vegetais, o final de boca termina algo seco e com um comprimento mediano.
Classificação Pessoal: 15
Redoma Reserva 2015 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Rabigato, Códega do Larinho, Viosinho, Arinto e outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dirk Niepoort
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz dominado por aromas cítricos e minerais, acompanhados pela fruta madura e por subtis mas elegantes nuances de barrica, na boca é um vinho fino, muito equilibrado e complexo, destacando-se a fineza da sua acidez e um volume intenso, no paladar é a fruta madura que sobressai, muito bem acompanhada pelas notas tostadas e abaunilhadas, além de breves notas especiadas, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Junta Nacional do Vinho 1973 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas: Várias
Produtor: Junta Nacional do Vinho
Álcool: -%
Enólogo: -
Nota de Prova: De cor dourada bem carregada e nariz verdadeiramente evoluído, não revela já qualquer acidez e estrutura, no paladar está sem brilho e muito evoluído.
Classificação Pessoal: 0
Hugo Mendes Lisboa 2016 (Branco)

Região: DOC Lisboa
Castas: Fernão Pires e Arinto
Produtor: Hugo Mendes
Álcool: 11%
Enólogo: Hugo Mendes
Nota de Prova: Cor amarelo palha com laivos de tonalidade esverdeada, o nariz sugere frescos aromas citrinos e vegetais, apoiados por breves nuances frutadas e florais, na boca é um vinho delicado, fresco e com uma acidez equilibrada, já o paladar revela-se mais vegetal e floral do que frutado, terminando com um final de boca de comprimento curto/médio.
Classificação Pessoal: 15.5
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2011 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas: Encruzado, Malvasia Fina e Cerceal
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 13%
Enólogo: Carlos Lucas
Nota de Prova: Cor amarela citrina brilhante e nariz rico em complexidade e elegância, onde os aromas minerais e citrinos se fundem com a tosta e a barrica, num fundo mais especiado e delicadamente frutado, na boca é um vinho fino, muito fresco e com uma volume e envolvência fantásticos, no paladar revela-se mais frutado e mineral do que citrino, com a tosta a revelar uma enorme subtileza e elegência, o final de boca termina de uma forma muito prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Dom David Reserva Malbec 2015 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Bodega El Esteco
Álcool: 14%
Enólogo: Alejandro Pepa
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz rico em aromas fumados e especiados agradavelmente envolvidos por aromas de fruta preta, além de delicados apontamentos minerais e de caixa de charutos, na boca é um vinho equilibrado, com um volume interessante e uma estrutura bem vincada, no paladar sobressai a fruta preta e as notas tostadas, além de breves nuances apimentadas, o final de boca termina com um comprimento relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16
Cem Reis Reserva Syrah 2015 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Herdade da Maroteira - Michael Brian Mollet
Álcool: 16%
Enólogo: António Maçanita
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi carregada no centro e uma auréola avioletada, o nariz revela aromas de fruta preta e breves nuances balsâmicas, num fundo mais especiado e onde a barrica revela-se dominante, na boca é um vinho com estrutura, taninos firmes e uma juventude bem presente, no paladar voltam a dominar os aromas de frutos pretos e notas especiadas, além de sugestivas nuances achocolatadas, o final de boca termina com um comprimento médio/longo e uma persistência média.
Classificação Pessoal: 16
Pelada 2003 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Vinhas Velhas e Tinta Roriz
Produtor: Álvaro Castro
Álcool: 13%
Enólogo: Álvaro Castro
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz muito fino e harmonioso, onde a sua evolução acrescentou elegância e fineza ao conjunto, os aromas de frutos vermelhos maduros combinam na perfeição com delicadas notas florais, de couro e também de alguma barrica, num fundo mais especiado e subtilmente abaunilhado, na boca é um vinho envolvente, com taninos sedosos, além de muito encorpado e com um volume notável, no paladar é a fruta madura que domina, estando muito bem secundada pela fineza da barrica, com o final de boca a terminar longo e com grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Pacheca Grande Reserva Touriga Nacional 2013 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta da Pacheca, Sociedade Agrícola e Turística, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Maria Serpa Pimentel
Nota de Prova: Cor rubi avermelhada e nariz agradavelmente marcado por aromas florais envolvidos pela fruta vermelha e sugestivas notas da barrica, num fundo mais especiado e subtilmente mineral, na boca é um vinho equilibrado, com bom volume e um corpo cheio, já o paladar apresenta-se mais frutado e especiado do que tostado, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Colomé Lote Especial Tannat 2014 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Tannat
Produtor: Bodegas Colomé
Álcool: 14.5%
Enólogo: Randle Johnson e Thibaut Delmotte
Nota de Prova: Cor rubi de forte intensidade no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta, o nariz sugere aromas de frutos vermelhos e pretos, nomeadamente cerejas, acompanhados por evidentes notas achocolatadas e minerais, num fundo mais especiado e abaunilhado, na boca é um vinho envolvente, com taninos redondos e um volume acima da média, no paladar destaca-se a fruta preta misturada com breves nuances vegetais e minerais, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16
Chiara Special Edition Malbec 2015 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: -
Álcool: 14.5%
Enólogo: -
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta, no nariz destacam-se os aromas florais e de frutos vermelhos e do bosque maduros, agradavelmente integrados com sugestivas notas de barrica e uma ligeira sensação floral, num funfo subtilmente especiado e achocolatado, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e uma estrutura e complexidade bem interessantes, o paladar revela mais frutado e compotado do que tostado, terminando a fazer lembrar algum cacau e com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta da Gaivosa 2003 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Sousão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Domingos Alves de Sousa
Álcool: 14.5%
Enólogo: Anselmo Mendes
Nota de Prova: Cor granada de forte intensidade no centro e uma auréola de tonalidade avermelhada, o nariz revela aromas de fruta vermelha madura envolvida por sugestivas notas minerais e vegetais, num fundo mais fumado, marcado por couro e até alguma resina, na boca é um vinho volumoso e encorpado, com uma elegância ímpar e uma evolução muito delicada, no paladar é um vinho cheio de fruta preta, notas de diversas especiarias e uma leve sensação vegetal, além de evidentes notas terrosas e minerais, o final de boca termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Navarro Correa Reserva Malbec 2014 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Bodega Navarro Correas
Álcool: 14%
Enólogo: Fernando Ravera
Nota de Prova: Cor avermelhada intensa e nariz muito bem preenchido por aromas florais e de frutos do bosque misturados por sugestivas notas minerais e apimentadas, formando um conjunto agradavelmente harmonioso, na boca é um vinho envolvente, muito equilibrado e com um volume acima da média, no paladar é um vinho rico em fruta preta e vermelha maduras, além de breves notas tostadas e de pimenta preta, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta do Valdoeiro 1995 (Tinto)

Região: Regional Beiras
Castas: Castelão
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 12%
Enólogo: João Soares
Nota de Prova: Cor acastanhada devido à sua evidente evolução, revela um nariz já pouco falador, marcado pelo couro e por uma breve sensação de fruta em passa, na boca não melhora e a sua prova é claramente condicionada por isso, o final de boca é curto.
Classificação Pessoal: 8
Quinta do Noval LBV Unfiltered 2011 (Porto)

Região: Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 19.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e de grande concentração, o nariz sugere aromas de fruta preta madura, nomeadamente amoras e cerejas, envolvidas por sugestivas notas especiadas e achocolatadas, formando um conjunto muito elegante e ao mesmo tempo complexo, na boca é um vinho profundo, volumoso e com uma enorme frescura e estrututra, no paladar volta a evidenciar-se a fruta preta envolvida por delicadas notas de cacau e uma fina sensação terrosa e mineral, o final de boca termina de uma forma muito prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Taylors 325th Anniversary Tawny Reserve (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Taylor's
Álcool: 20%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Cor rubi de grande intensidade e nariz fino, onde se destacam os aromas de frutos secos e fruta preta misturados com breves notas de especiarias e uma delicada sensação de café e até caramelo, na boca é um vinho envolvente, ligeiramente seco e com uma textura aveludada, no paladar realce para as notas especiadas e minerais, com a fruta negra bem presente, o final de boca termina de uma forma agradavelmente prolongada.
Classificação Pessoal: 16.5
Messias Velhíssimo Avô (Porto)

Região: Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 20%
Enólogo: -
Nota de Prova: Cor granada de intensidade média no centro e uma auréola de tonalidade acastanhada, no nariz evidenciam-se aromas terrosos e de couro envolvidos por breves notas de fruta em passa e uma delicada sensação mineral, na boca revela uma evolução evidente mas que não prejudica a complexidade e textura de um conjunto marcado pela subtileza, no paladar revela fruta em passa e delicados apontamentos de couro e madeira velha, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

sábado, 21 de março de 2020

5445 - Portal da Calçada 2018 (Rosé)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Vinhão
Produtor: Agrimota, Sociedade Agrícola e Florestal, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: João Cabral Almeida
Notas de Prova: Cor salmão pálida e nariz agradavelmente marcado por aromas florais muito bem misturados com evidentes notas de fruta vermelha, nomeadamente morangos e groselha, num fundo subtilmente marcado por breves nuances citrinas, na boca é um vinho equilibrado, ligeiramente seco e com uma acidez agradável, no paladar volta a dominar a fruta vermelha, muito fresca, bem como delicadas notas florais e vegetais, o final de boca termina de uma forma mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: "Portal da Calçada" marca a entrada do emblemático hotel Casa da Calçada em Amarante. Este vinho foi produzido a partir da casta Vinhão, apresentando um agradável aroma frutado, sabor fresco e persistente, expressando o carácter único da região dos Vinhos Verdes DOC. Deve ser servido, idealmente, à temperatura de 8-10ºC.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 20 de março de 2020

5444 - Reserva do Comendador 2017 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Verdelho e Viognier
Produtor: Adega Mayor
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Rui Reguinga, Carlos Rodrigues e Bruno Pinto da Silva
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e nariz rico em aromas de frutados e tostados, além de evidenciar frescas notas florais e citrinas, num fundo subtilmente vegetal, na boca é um vinho muito equilibrado, com uma elegância e acidez bem presentes, no paladar destaca-se mais uma vez a fruta madura, envolvida por sugestivas notas tostadas e um leve apontamento mineral, o final de boca termina com um comprimento e persistência bem acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Abre os sentidos às palavras. Este é um vinho que se escreve com todas as letras. Em cada garrafa partilham-se histórias vividas com tempo, as que o vinho conta e as que inspira a contar. E assim, em momentos que marcam, constroem-se novas memórias. Deste vinho bebemos passado celebramos o presente e brindamos ao futuro. O de uma plantação de uma família de um homem.. Antão Vaz, Verdelho, Viognier. 10-12º.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 19 de março de 2020

5443 - Vallegre Touriga Nacional & Touriga Franca 2018 (Rosé)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Vallegre, Vinhos do Porto, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Cunha e César Pinacho
Notas de Prova: Cor vermelho pálido e nariz subtilmente marcado pelos frutos vermelhos, nomeadamente morangos, além de breves notas florais e até vegetais, na boca é um vinho correcto, com uma acidez mediana e uma leve secura, no paladar volta a dominar a fruta vermelha e a sua componente mais floral, com o final de boca a terminar com um comprimento curto/médio.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2019

Rótulo: Produzido com as castas Touriga Nacional & Touriga Franca, o Vallegre Rosé é caracterizado pela elegância dos aromas a frutos vermelhos e pela frescura e suavidade do seu paladar. Deverá ser apreciado entre os 8º e os 10ºC.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 18 de março de 2020

5442 - Teixuga 2014 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado
Produtor: Caminhos Cruzados, Lda
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Magalhães e Manuel Vieira
Notas de Prova: Não foi possível a Prova devido ao efeito TCA (cheiro a rolha).






Classificação Pessoal: ......................................0
• Data da Prova: Setembro 2019

Rótulo: Das vinhas da Quinta da Teixuga vieram as uvas da casta Encruzado, de há longos anos consideradas de grande potencial qualitativo por quem teve a felicidade de as vinificar. Nascido de um lote exclusivo, estagiou durante 19 meses em barricas de carvalho francês novas, até se alcançar a total integração do vinho com a barrica, revelando a estrutura e complexidade característica desta casta rainha. Carácter, elegância e ousadia é o que define este Teixuga Branco. Celebremos, assim, a paixão pelo Dão. 10º / 12º. Estabilizado naturalmente, é susceptível de criar algum depósito. Contém sulfitos.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 17 de março de 2020

5441 - Duas Encostas Signature 2018 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado, Bical e Malvasia Fina
Produtor: Global Wines, SA
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Osvaldo Amado
Notas de Prova: Cor amarelo palha e nariz delicadamente marcado pelas notas citrinas e de fruta madura, apoiadas por subtis notas minerais, na boca é um vinho fácil, com uma acidez correcta e um paladar dominado pela fruta madura e breves nuances cítricas e limonadas, o final de boca termina com um comprimento algo curto e uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: Dão, região clássica de Portugal, conhecida pelas suas magníficas Serras (Estrela, Caramulo e Bussaco) e detentora de um microclima único que em simbiose com as suas indígenas castas (Encruzado, Bical e Malvasia-fina) origina vinhos de grande qualidade e com excelentes aptidões gastronómicas. Encruzado, Bical e Malvasia-Fina. 8ºC 46ºF.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 16 de março de 2020

5440 - Julian Reynolds Grande Reserva 2011 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon e Syrah
Produtor: Julián Cuéllar Reynolds, Lda
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Nelson Martins
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada de forte intensidade no centro e um rebordo de tonalidade rubi, o nariz sugere aromas de frutos silvestres e pretos envolvidos por evidentes notas especiadas e minerais, num fundo ligeiramente apimentado, na boca é um vinho complexo, volumoso e agradavelmente harmonioso, no paladar destacam-se as notas frutadas e especiadas, além de evidentes sugestões minerais e de barrica, terminando com um final de boca prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Março 2020

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Agosto 2019

Rótulo: 40% Alicante Bouschet, 40% Cabernet Sauvignon, 20% Syrah. 18 meses. 5 anos. A minha família chegou ao norte de Portugal em 1820 e estabeleceram-se em Estremoz em 1850. Foram pioneiros na industria da cortiça e criaram grandes vinhos nas suas terras. Este vinho tem o meu nome e representa a 6ª geração da família. Julian Reynolds. Com uvas selecionadas desta colheita, vinificámos e engarrafámos na propriedade 13.000 garrafas borgonhesas e 700 magnum. O número desta garrafa é o 04318. E o nº 10670.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 15 de março de 2020

5439 - QM Rosé 2018 (Rosé)



Região: Regional Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho e Sousão
Produtor: Quintas de Melgaço, Agricultura e Turismo, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Élio Barreiros
Notas de Prova: Cor vermelha brilhante com delicados laivos de tonalidade salmonada e rosa, no nariz destacam-se os aromas de fruta vermelha acompanhados por breves notas florais e até vegetais, na boca é um vinho muito fresco, equilibrado e com uma acidez interessante, no paladar destaca-se a fruta vermelha e uma leve sensação floral e citrina, com o final de boca a terminar de uma forma bem agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2019

Rótulo: Elaborado com as castas Alvarinho e Sousão, este rosé cor ligeira tem aromas de frutos vermelhos, infusão de mentas e casca cítrica. Muito fresco e persistente, é amplo na harmonização gastronómica, parceiro ideal de saladas, aperitivos, massas e arrozes de peixes e mariscos ou um queijo amanteigado.9-10ºC.

Etiquetas: , , , , ,

Apresentação dos Vinhos Quinta do Noval e Quinta da Romaneira - Parte IV (Mai/2019)


No passado dia 03/05/2019 a convite da Quinta do Noval, teve lugar a Apresentação das novas colheitas de 2017 dos vinhos de mesa e do porto, das marcas Quinta da Romaneira e Quinta do Noval, ambas da região do Douro.
Na 4ª parte deste Evento, durante o almoço, foram provados vários vinhos das marcas Quinta da Romaneira e Quinta do Noval.



Cedro do Noval 2018 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Viosinho e Gouveio
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor amarelo pálido e nariz rico em aromas de fruta tropical acompanhados por evidentes notas florais e delicadas notas citrinas e vegetais, na boca é um vinho delicado, fresco e ligeiramente seco, revelando uma acidez agradável, no paladar dominam as notas limonadas e vegetais, bem como uma agradável dose de fruta, terminando com o final de boca algo seco e de comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Romaneira Reserva 2018 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Malvasia Fina, Viosinho e Gouveio
Produtor: Sociedade Agrícola da Romaneira, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz marcadamente floral e frutado, revelando uma frescura muito agradável, num fundo dominado pelos aromas limonados, na boca revela alguma secura e uma acidez e frescura muito agradáveis, já o paladar evidencia agradáveis notas frutadas e limonadas, bem como uma sugestiva sensação floral, o final de boca termina algo seco e com uma agradável persistência.
Classificação Pessoal: 16
Quinta da Romaneira Touriga Nacional 2015 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola da Romaneira, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor rubi de intensidade média/alta, o nariz sugere aromas de frutos silvestres, nomeadamente amoras, acompanhados por breves notas florais, num fundo mais especiado e tostado, na boca é um vinho encorpado e com estrutura, taninos polidos e uma complexidade muito agradável, no paladar sobressai a fruta madura em conjunto com breves nuances de barrica, com o final de boca a terminar com um comprimento bem acima da média e uma persistência prolongada.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta do Noval Touriga Nacional 2016 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz agradavelmente marcado pelos frutos vermelhos e do bosque, envolvidos por delicadas notas florais e breves nuances especiadas, na boca é um vinho encorpado, com um bom volume e taninos sedosos, o paladar revela fruta vermelha e preta maduras, bem como delicadas notas tostadas, especiadas e uma breve sensação mineral, o final de boca termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Noval Reserva 2016 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Cão, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de forte intensidade e um nariz rico em aromas florais e de fruta vermelha madura, num fundo subtilmente tostado, especiado e até balsâmico e mineral, não sendo demais de destacar a complexidade e fineza da barrica, na boca é um vinho encorpado e estruturado, com um volume assinalável e taninos muito elegantes, no paladar domina a fruta preta em perfeita harmonia com complexas e elegantes notas de barrica e diversas especiarias, terminando com um final de boca muito prolongado e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta da Romaneira Reserva 2015 (Tinto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Sociedade Agrícola da Romaneira, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz agradavelmente marcado pela fruta vermelha e por frutos do bosque, envolvidos por sugestivas notas especiadas e de barrica, bem como algum couro e uma certa mineralidade, na boca é um vinho envolvente, muito complexo, volumoso e encorpado, com os taninos a evidenciarem fineza, o paladar revela-se muito frutado, muito especiado e também mineral e terroso, com as notas de couro a marcarem positivamente o conjunto, o final de boca termina longo e com grande persistência.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Noval Colheita 2005 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão, Sousão e Tinta Roriz
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor topázio e um nariz rico em complexidade, onde se destacam elegantes notas de frutos secos e breves nuances de caramelo e até fruta cristalizada, formando um conjunto nobre e muito elegante, na boca revela uma textura sedosa e um volume fantástico, destacando-se a sua complexidade e estrutura, já o paladar revela uma excelente harmonia e envolvência entre as notas de madeira e os frutos secos, além de uma subtil sensação caramelizada e melada, terminando com um final de boca muito prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Noval Vintage 2000 (Porto)

Região: Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 20%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi profunda no centro e um rebordo de tonalidade granada e avermelhada, o nariz revela evidentes aromas de fruta preta envolvidos por sugestivas notas achocolatadas e especiadas, num fundo marcado notas fumadas e de madeira velha, na boca é um vinho muito elegante, estruturado e volumoso, onde se destaca a sua harmonia e complexidade, no paladar sobressai a fruta negra em perfeita harmonia com a madeira, formando um conjunto nobre e de grande fineza, o final de boca termina com um comprimento longo e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Noval Nacional Vintage 1994 (Porto)

Região: Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 20.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade no centro e uma auréola de tonalidade granada, o nariz revela uma fantástica frescura e vivacidade, onde se destacam as notas de fruta vermelha madura, bem como delicadas sugestões alicoradas e florais, num fundo marcado por notas balsâmicas, de frutos secos e de madeira, dando origem a um conjunto de enorme nobreza e complexidade, na boca é um vinho profundo, muito encorpado, estruturado e volumoso, com uma imensa concentração e um perfil distinto, no paladar sobressai a fruta preta em perfeita harmonia com a madeira e diversas notas especiadas e balsâmicas, terminando com um final de boca muito prolongado e com uma persistência incrível.
Classificação Pessoal: 19

Etiquetas: