• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4440)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3604)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

4325 - Sossego 2015 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto, Roupeiro e Antão Vaz
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Luis Cabral de Almeida
Notas de Prova: Cor amarela com delicados reflexos esverdeados, o nariz evidencia uma forte componente citrina e floral acompanhada por breves notas de fruta, na boca é um vinho agradável e fresco, com um volume médio e um paladar rico em fruta e nuances limonadas, o final de boca termina de uma forma mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Setembro 2016

Rótulo: Haja sossego, que se vai abrir um segredo alentejano. Haja calma, tempo e quietude para apreciar à mesa o corpo e a alma da Vidigueira. Haja Sossego Alentejano para criar espaço na agitação do dia-a-dia e sentir a singularidade das planícies onduladas da Herdade do Peso, esse lugar único onde nasce este vinho. Oiça-o, respire-o, saboreie-o sem pressas. O nome diz tudo. Peixe, carnes brancas, saladas. Arinto, Roupeiro, Antão Vaz. Beber a 8º - 10ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

4324 - Sossego 2014 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Aragonez e Syrah
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luis Cabral de Almeida
Notas de Prova: Apresenta uma cor avermelhada e um nariz interessante, onde os aromas florais e de fruta vermelha madura combinam de um forma bem agradável com sugestivas nuances florais e de tosta, na boca é um vinho agradável, delicado e com um volume mediano, revela um paladar frutado e ligeiramente especiado e termina de uma forma saborosa.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Setembro 2016

Rótulo: Haja sossego, que se vai abrir um segredo alentejano. Haja calma, tempo e quietude para apreciar à mesa o corpo e a alma da Vidigueira. Haja Sossego Alentejano para criar espaço na agitação do dia-a-dia e sentir a singularidade das planícies onduladas da Herdade do Peso, esse lugar único onde nasce este vinho. Oiça-o, respire-o, saboreie-o sem pressas. O nome diz tudo. Carnes e queijos. Touriga Nacional, Aragonez, Syrah. Beber a 15º - 17ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

4323 - Sossego 2015 (Rosé)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Luis Cabral de Almeida
Notas de Prova: Cor rosada de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas florais e de frutos vermelhos, na boca é um vinho fresco e equilibrado, com uma acidez correcta e um paladar frutado, além de evidenciar subtis nuances vegetais, o final de boca termina algo curto mas bem saboroso.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................14
• Data da Revista: Setembro 2016

Rótulo: Haja sossego, que se vai abrir um segredo alentejano. Haja calma, tempo e quietude para apreciar à mesa o corpo e a alma da Vidigueira. Haja Sossego Alentejano para criar espaço na agitação do dia-a-dia e sentir a singularidade das planícies onduladas da Herdade do Peso, esse lugar único onde nasce este vinho. Oiça-o, respire-o, saboreie-o sem pressas. O nome diz tudo. Saladas e massas. Touriga Nacional. Beber a 8º - 10ºC.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 26 de fevereiro de 2017

4322 - Versátil 2015 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira, Touriga Nacional e Tinta Caiada
Produtor: Casa de Santa Vitória - Sociedade Agro-Industrial, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 14%
Enólogo: Bernardo Cabral
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de tonalidade avermelhada e um nariz marcado pela fruta madura e por delicadas notas vegetais e balsâmicas, num conjunto franco e directo, na boca é um vinho correcto, com taninos presentes e um paladar frutado e ligeiramente vegetal que termina com um final de boca algo curto, em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Setembro 2016

Rótulo: Versátil com personalidade, sempre original, surpreendente e romântico… "Depende do momento em que o escolher". Vinificação: Produzido a partir das castas Touriga Nacional, Tinta Caiada, Aragonez e Trincadeira. Notas de Prova: De aroma intenso a frutos vermelhos (morangos e framboesas), elegante, muito suave na boca e com boa persistência. Consumo: Entre 16º e 18ºC como aperitivo ou com pratos de carne, peixe gordo, massas, queijos ou vegetais assados.

Etiquetas: , , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Grandes Quintas Colheita 2014 (Ago/2016)


No passado dia 19/08/2016, realizei uma Prova do Vinho tinto Grandes Quintas Colheita 2014 do produtor Casa d'Arrochella do Douro.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Sociedade Agrícola da Casa d'Arrochella, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Grandes Quintas Colheita 2014 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinto Cão, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola da Casa d'Arrochella, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Soares Duarte
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas florais e de fruta vermelha madura, além de subtis sugestões especiadas e até vegetais, na boca é um vinho jovem e equilibrado, com taninos presentes e uma estrutura mediana, revela um paladar muito frutado e delicadamente envolvido por alguma tosta, o final de boca termina com um comprimento mediano.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sábado, 25 de fevereiro de 2017

4321 - Muros Antigos Alvarinho 2014 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Anselmo Mendes
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela citrina e um nariz agradavelmente floral, acompanhado por breves notas de fruta tropical e uma certa mineralidade, na boca é um vinho fresco e equilibrado, com uma bela acidez e um paladar cheio de fruta e breves notas cítricas e minerais, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2017

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Junho 2015

Rótulo: A casta Alvarinho faz parte das mais distintas castas em todo o Mundo. Este vinho é criado em adega tradicional, fermenta e estagio em pequenos depósitos de inox. Enólogo: Anselmo Mendes.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

4320 - Solar das Bouças Loureiro 2013 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Solar das Bouças - Sociedade Vitivinícola, S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 11%
Enólogo: Álvaro Van Zeller
Notas de Prova: Cor amarela de média intensidade e um nariz vegetal amparado pela fruta madura e por breves notas cítricas, na boca é um vinho franco, com uma correcta acidez e um paladar frutado e delicadamente mineral, o final de boca termina com um comprimento curto.


Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Junho 2016

Rótulo: Enquadrada numa paisagem magnífica, esta quinta da família van Zeller está situada na margem direita do rio Cávado. A exposição a sul proporciona maturações ideiais à casta Loureiro, permitindo-lhe a expressão máxima de toda a sua qualidade. Excelente para aperitivo, acompanha na perfeição marisco, peixe, carnes brancas e comida vegetariana. Servir entre 8º e 12ºC. Enólogo: Álvaro van Zeller.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

4319 - Cova da Ursa Chardonnay 2015 (Branco)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Chardonnay
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Filipa Tomaz da Costa e Vasco Penha Garcia
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela com laivos esverdeados, o nariz sugere aromas de pêssego e fruta tropical aliada a breves notas tostadas e até vegetais, na boca é um vinho com estrutura e um volume agradável, revela um paladar muito frutadom, com a madeira bem presente e agradavelmente envolvida por notas de citrinos maduros, o final de boca termina relativamente longo.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Novembro 2017

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2017

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2016

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16
• Data da Revista: Agosto 2016 / Setembro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Julho 2016

Rótulo: Produzido com uvas da casta Chardonnay da nossa vinha "Cova da Ursa", situada nas encostas da Serra da Arrábida. O seu solo pedregoso argilo-calcário e o meso-clima da zona da Arrábida, permitem que as uvas desta casta amadureçam lentamente atingindo uma elevada qualidade. Da cuidadosa tecnologia de vinificação realçamos a fermentação e maturação integral em barricas novas de carvalho francês. O vinho apresenta uma cor dourada com reflexos esverdeados, um sabor rico em notas aromáticas e gustativas da casta Chardonnay, combinadas com nuances tostadas e abaunilhadas, provenientes do estágio em madeira.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

4318 - Vale da Mata 2012 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Syrah
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta vermelha misturados com breves notas florais e de especiarias, além de um subtil toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado e com alguma elegância, denota um paladar rico em fruta preta envolvida por breves sugestões de cacau e algum vegetal, o final de boca termina algo seco e de comprimento e persistência bem interessantes.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Outubro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Setembro 2016 / Outubro 2016

Rótulo: Vale da Mata era o nome de uma pequena vinha do avô paterno da Catarina Vieira, situada na encosta da Serra de Aire, nas Cortes. Foi ele que escolheu o nome para designar este vinho que assinala o "regresso" dos premiados vinhos desta terra peculiar, agora concebidos pela mão generosa, dedicada e já sabedora da neta, sob o olhar afectuoso, ainda que mais distante e vago, do avô Manuel. Este projecto é uma benção. Quase um sonho. Queremos que o vinho o seja também. Produzido a partir das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz e Syrah.

Etiquetas: , , , , , ,

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

4317 - Fiúza Chardonnay 2014 (Branco)



Região: Regional Tejo
Castas: Chardonnay e Arinto
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Peter Bright
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina levemente esverdeada, o nariz evidencia aromas florais e de fruta tropical madura misturados com delicadas notas vegetais, na boca é um vinho fresco e de fácil prova, com uma acidez mediana e um paladar mais limonado e do que frutado, o final de boca termina com um comprimento curto/médio.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2016

Rótulo: Composição: Chardonnay e Arinto. Estágio: Fermentação parcial em barricas de carvalho. Características: Cor amarela-esverdeada. Aroma de ameixas verdes maduras, limas e flores de pessegueiro. Paladar fresco e mineral com final longo. Temperatura ideal para consumo: 11ºC-13ºC. Gastronomia: Topo o tipo de peixes, mariscos e carnes brancas. Os enólogos da Fiuza seleccionaram as melhores uvas desta casta para criar um vinho estruturado, intenso e persistente.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

4316 - Herdade dos Veros Selection 2012 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz e Verdelho
Produtor: JJMR Sociedade Agrícola Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor amarela intensa de tonalidade dourada, no nariz destaca-se a sua componente mineral acompanhada por breves notas de fruta tropical madura e um ligeiro toque citrino, na boca é um vinho com alguma estrutura e uma acidez bem interessante, no paladar sobressai a fruta e expressivas nuances limonadas, terminando com um final de boca de comprimento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2016

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2013

Rótulo: Região: Micro clima situado na Vidigueira - Beja. Solos: Argilo-calcários. Castas: Antão Vaz e Verdelho. Servir a 10º, consumir entre 11º e 15º. Veros from latin word meaning truly, really, in truth.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 19 de fevereiro de 2017

4315 - Talentus Grande Escolha 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola Quinta Seara d'Ordens, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luís Soares Duarte
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz rico em aromas florais e de fruta vermelha madura acompanhados por delicadas notas especiadas, num fundo onde a barrica está bem vincada, na boca é um vinho equilibrado, com um volume médio e taninos firmes, no paladar destaca-se a madeira face à fruta e à sua componente floral, terminando com um final de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2017

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Junho 2017

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Fevereiro 2017

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: "Talento é algo que se recebe para expandir". Com este vinho queremos homenagear João Leite Moreira que teve o talento e mestria para manter e desenvolver com grande capacidade inovadora a Quinta Seara d'Ordens. A conjugação das castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz, todas com grande carácter e personalidade, deram origem a este vinho, cujo lema para a sua criação foi a expressividade. Com uma vinificação cuidada e um estágio de 12 meses de barricas de carvalho francêsm obteve-se um vinho muito expressivo no nariz com as notas florais da Touriga Nacional evidenciando na boca a personalidade das três castas, onde ressaltam as notas florais, as especiarias e o volume dos taninos, conjugando um final de boca muito elegante. Vinho não filtrado, sujeito a criar depósito. Servir com cuidado.16-18ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Fernão de Magalhães Reserva 2012 (Ago/2016)


No passado dia 14/08/2016, realizei uma Prova do vinho tinto Fernão de Magalhães Reserva 2012 do produtor Adega Cooperativa de Sabrosa, CRL do Douro.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Adega Cooperativa de Sabrosa, CRL pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Fernão de Magalhães Reserva 2012 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Adega Cooperativa de Sabrosa, CRL
Álcool: 13.5%
Enólogo: Celeste Marques
Nota de Prova: Cor rubi de concentração média e nariz dominado pelos frutos silvestres e diversas notas de especiarias, num fundo mais floral e ligeiramente tostado, na boca é um vinho equilibrado, de corpo médio e volume bem agradável, no paladar revela-se um vinho harmonioso, com a fruta bem envolvida pela barrica, o final de boca termina com uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sábado, 18 de fevereiro de 2017

4314 - Conde Villar Alvarinho 2014 (Branco)



Região: Regional Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta das Arcas Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Fernando Machado e Henrique Lopes
Notas de Prova: Cor citrina pálida e nariz agradavelmente floral e muito fresco, com a fruta tropical madura envolvida por uma forte componente citrina, na boca é um vinho saboroso, com uma acidez vibrante e um interessante volume, no paladar destacam-se as notas florais e de citrinos, além de sugestivos apontamentos de ananás, o final de boca termina relativamente prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: O vinho Conde Villar Alvarinho é um produto da natureza. O perfil equilibrado, complexo e fresco deste vinho reflecte um terroir de excepção para o bom desenvolvimento desta casta. Degustar e beber este vinho é um prémio à terra, à vinha e ao homem.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

4313 - JJ 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira e Syrah
Produtor: JJMR Sociedade Agrícola Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta vermelha madura envolvida por delicadas notas especiadas e vegetais, na boca é um vinho equilibrado, de volume médio e taninos redondos, no paladar destaca-se a a fruta e o final de boca termina com um comprimento de expressão mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: This wine is a tribute to all those who daily work on this vineyards. This blend is the result of the best red grape varieties produced in our property. Região: Micro clima situado na Vidigueira - Beja. Castas: Aragonez, Trincadeira e Syrah. Servir a 15º, consumir entre 16º e 18º.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

4312 - Papa Figos 2015 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Rabigato, Viosinho, Arinto, Códega e Moscatel Galego Branco
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Luis Sottomayor
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela de forte tonalidade esverdeada, o nariz evidencia notas minerais e citrinas misturadas com a fruta tropical madura, na boca é um vinho muito fresco e seco, com uma acidez viva e um paladar vibrante, onde a fruta e a sua componente mineral integram-se de uma forma bem agradável com breves sugestões limonadas, o final de boca termina muito seco e com um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15
• Data da Revista: Setembro 2016 / Outubro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2016

Rótulo: De todas as aves do Douro, o Papa Figos é uma das mais raras. Uma ave migratória de cores vivas e atraentes. Chega ao Douro na Primavera, quando as videiras começam a florir, e parte para o Sul no fim do Verão, quando se preparam as vindimas. O Papa Figos fêmea, vestido de tons esverdeados, é a imagem perfeita para evocar este vinho único da Casa Ferreirinha. O seu aroma revela frutos de polpa branca, apontamentos florais e ligeira mineralidade. Na boca sobressai a sua frescura, bom volume e complexidade. Servir entre 9-11ºC.

Etiquetas: , , , , , , , ,

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

4311 - Xavier Santana Reserva Viosinho & Moscatel 2014 (Branco)



Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Viosinho e Moscatel Graúdo
Produtor: Fernando Santana Pereira, Unipessoal, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Joaquim Costa
Notas de Prova: Cor amarelo citrino e nariz marcado pelas notas de flor de laranjeira envolvidas por um subtil toque floral e breves aromas limonados, na boca é um vinho correcto, com uma acidez mediana e uma secura bem presente, o paladar revela-se mais floral do que frutado e o final de boca termina com um comprimento e uma persistência pouco expressivos.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2015

Rótulo: Vinho branco produzido com uvas provenientes de colheita nocturna, das castas Viosinho e Moscatel-Graúdo. Revela-se genuíno e delicado, de aroma frutados com toque floral, fresco e intenso na boca com um final de prova agradável e persistente. Combinação ideal com pratos de peixe, mariscos e aperitivos ligeiros. Deve servir-se a 10ºC ~ 12ºC.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

4310 - Deu La Deu Alvarinho 2015 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Adega Cooperativa Regional de Monção, C.R.L.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Fernando Moura
Notas de Prova: Cor pálida e nariz rico em notas florais e de citrinos acompanhados por um breve toque mineral, na boca é um vinho agradável, com uma acidez interessante e um paladar dominado pela sua componente mais limonado e mineral face à fruta, o final de boca termina com um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .15.5
• Data da Revista: Janeiro 2017 / Junho 2017

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Novembro 2016 / Dezembro 2016

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.5
• Data da Revista: Agosto 2016 / Setembro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Julho 2016

Rótulo: Vinho elaborado a partir da nobre casta Alvarinho da Sub-Região de Monção e Melgaço, Límpido e brilhante de aspecto e de cor citrina, frutado, donde se destaca pêssego, alperce, frutos tropicais e nuances florais. Com a idade evolui para aromas a frutos secos e melados. Perfeito como aperitivo e para acompanhar marisco, pratos de peixe e carnes brancas. Consumir a 12ºC.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

4309 - Quinta da Pedra Alvarinho 2011 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Sociedade Agricola Colinas de S. Lourenço, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13%
Enólogo: António Selas e Pascal Chatonnet
Notas de Prova: Cor amarelo palha e nariz delicadamente mineral, além de agradavelmente citrino e floral, formando um conjunto elegante e fresco, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez interessante e um paladar rico em fruta madura e notas limonadas, além de evidenciar uma forte mineralidade, o final de boca termina de uma forma prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 12 de fevereiro de 2017

4308 - Catena Chardonnay 2011 (Branco)



Região: Argentina
Castas: Chardonnay
Produtor: Bodega Catena Zapata
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Alejandro Vigil
Notas de Prova: Apresenta uma cor de forte tonalidade amarelo/dourado, o nariz sugere elegantes aromas de fruta tropical madura envolvidos pela madeira e baunilha, além de subtis nuances minerais e até florais, na boca é um vinho sedoso e volumoso, com uma acidez vibrante e um corpo untuoso, no paladar destaca-se a envolvência da fruta com a madeira, muito bem apoiada por breves notas vegetais e florais, o final de boca termina longo.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Dezembro 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2016

Rótulo: The Catena Family, since 1902: One hundred years of defining Argentina wine. For over four generations, the Catena Family has grown vines in the foothills of the Andes mountains. Catena Chardonnay is sourced from the family's high-altitude vineyards in Mendoza, Argentina. From the marriage of these historic parcels emerges a wine of unique character that has natural balance, concentration and a distinct varietal identity.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho branco Bons Ares 2015 (Ago/2016)


No passado dia 07/08/2016, realizei uma Prova do vinho branco Bons Ares 2015 do produtor Ramos Pinto do Douro.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Ramos Pinto pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Bons Ares 2015 (Branco)

Região: Regional Douro
Castas:
Viosinho, Rabigato e Sauvignon Blanc
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 14%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor amarela citrina de tonalidade esverdeada, o nariz sugere aromas vegetais e cítricos acompanhados por sugestivas notas de fruta tropical e subtis nuances minerais, na boca é um vinho equilibrado, harmonioso e com uma acidez bem interessante, no paladar revela-se mais frutado e mineral, além de ligeiramente floral e vegetal, terminando com um final de boca de comprimento e persistência ligeiramente acima da média.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sábado, 11 de fevereiro de 2017

4307 - Colinas Grande Reserva Chardonnay 2009 (Branco)



Região: DOC Bairrada
Castas: Chardonnay
Produtor: Sociedade Agricola Colinas de S. Lourenço, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pascal Chatonnet
Notas de Prova: Apresenta uma bonita cor amarela intensa com laivos dourados, o nariz revela elegância e uma subtil evolução, com delicados aromas de tosta e baunilha misturados com a fruta madura e um leve toque amanteigado, na boca é um vinho cremoso, gordo e com um bom volume, onde denota uma acidez e estrutura bem interessantes, o paladar volta a destacar a fruta muito bem envolvida com as notas de barrica e uma leve sensação mineral, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Agosto 2014

Rótulo: Este vinho produzido na nossa adega das Colinas de São Lourenço beneficia de toda a complexidade e nobreza dos diferentes solos argilo-calcários da Região da Bairrada. Ao longo de todo o ano cada uma das parcelas é objecto de um trabalho minucioso, que permite ao vinho exprimir a plenitude das suas qualidades e revelar a identidade do seu terroir. A vinificação do Colinas Rosé é feita com o rigor e a elegância dos melhores vinhos do mundo. Com notas de morago e cerejas revela um aroma fino e delicado. É um vinho fresco, encorpado mas com final suave.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

4306 - Eminência Loureiro 2010 (Branco)



Região: Mesa Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Sociedade Agricola Colinas de S. Lourenço, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Selas e Pascal Chatonnet
Notas de Prova: Cor amarela intensa e laivos de tonalidade dourada, o nariz revela elegância e evidentes notas citrinas acompanhadas pela fruta madura e subtis nuances florais e de frutos secos, na boca é um vinho unutoso e envolvente, com uma ligeira sensação de evolução, no paladar dominam as notas limonadas e a fruta madura, terminando com um final de boca prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Dezembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Setembro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Março 2012

Rótulo: Em meados do séc. XVIII, sua Eminência, D. José de Bragança, Arcebispo de Braga e Principe da Casa Real, manda construir um dos mais belos e requintados monumentos arquitetónicos desta região. O Royal Palmeira Eminência é produzido unicamente, em anos de colheita excepcional, após rigorosa selecção das melhores uvas da casta Loureiro.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

4305 - Terra Quente 2014 (Tinto)



Região: Regional Trás-os-Montes
Castas: Trincadeira, Tinta Carvalha e Aragonez
Produtor: Adega Cooperativa de Valpaços, C.R.L.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Paulo Aguiar
Notas de Prova: Cor avermelhada e nariz algo terroso e vinoso, apoiado em delicados apontamentos de fruta madura, na boca é um vinho fácil, com taninos perfeitamente domados e um paladar relativamente frutado e algo especiado, o final de boca termina de uma forma muito pouco expressiva.

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: Valpaços é o centro de uma Região de vinhos de alta qualidade. Especiais condições micro-climáticas dão às tradicionais castas: Trincadeira, Tinta-Carvalha e Aragonez, carcaterísticas ímpares. Esta região é notável pela óptima qualidade dos seus produtos agrícolas. Beber a temperaturas de 16º a 18ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

4304 - Mateus Rosé Aragonês 2015 (Rosé)



Região: Regional Beiras
Castas: Aragonês
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 10.5%
Enólogo: Miguel Pessanha
Notas de Prova: Cor vermelha de tonalidade rosada e nariz bem preenchido por aromas florais e de frutos vermelhos, nomeadamente morangos, na boca é um vinho adoçicado, fresco e com uma acidez correcta, revela um paladar frutado e termina com um final de boca curto.


Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: Refrescante e fácil de beber, este vinho Rosé tem um aroma frutado com notas florais e tropicais. 8-10ºC.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

4303 - Vértice Grande Reserva 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Celso Pereira
Notas de Prova: Cor rubi densa e muito concentrada, o nariz revela aromas minerais e de barrica integrados com a fruta preta madura e um delicado toque floral, na boca é um vinho envolvente, elegante e encorpado, revelando taninos finos e um paladar cheio de fruta e especiarias, bem como alguma tosta e mineralidade, o final de boca termina longo.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Novembro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Dezembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Outubro 2014

Rótulo: Engarrafado em Julho de 2013.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

4302 - Cavanza Chardonnay 2015 (Branco)



Região: Chile
Castas: Chardonnay
Produtor: Viña Santa Rita
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Cecilia Torres e Andrés Ilabaca
Notas de Prova: Cor amarela esverdeada e nariz algo discreto, com a fruta tropical envolvida por um ligeiro toque mineral e citrino, na boca é um vinho correcto, com uma acidez mediana e um paladar mais frutado que vegetal e até mineral, o final de boca termina curto, em termos de comprimento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Maio 2016

Rótulo: Cavanza (Caballo que Avanza) is the local name given to the strong Chilean horses born and raised in the Andes Mountains. Since 1880, the year Santa Rita was founded, these beautiful beasts of burden heve helped generations of vineyard workers establish some of the highest quality vineyards in the most wild and rural places. Everything we have today is owed to the Cavanza horse. This Chardonnay pais perfectly with salads, shelfish, fish, cheese and white meats.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 5 de fevereiro de 2017

4301 - Frei Gigante Superior 2015 (Branco)



Região: Regional Açores
Castas: Arinto dos Açores, Verdelho e Terrantez
Produtor: Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico, C. R. L.
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Maria Álvares
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela de tonalidade citrica e um nariz agradavelmente composto por aromas florais e minerais, acompanhados por breves notas de fruta tropical e um sugestivo toque vegetal e até salino, na boca é um vinho fresco e com uma acidez vibrante, onde revela um paladar frutado, claramente dominado pela sua componente mineral, o final de boca termina com um comprimento expressivo e uma persistência bem agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Vinho Grandes Escolhas: ..............17
• Data da Revista: Junho 2017

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Setembro 2016

Rótulo: A História atribui a Frei Pedro Gigante o cultivo das primeiras cepas na Ilha do Pico, no final do século XV. As castas que se adaptaram melhor - Arinto dos Açores, Verdelho e Terrantez do Pico - continuam a ser plantadas nas fissuras da lava basáltica e a ser protegidas da salsugem do mar pelos muros dos currais. O trabalho é árduo para que a paisagem da vinha continue a ser o orgulho dos picarotos, que fizeram uma obra colossal reconhecida pela Unesco como Património Cultural da Humanidade. O vinho, delicadamente perfumado, fresco e surpreendente na boca, é o espelho de um terroir perfeito, no meio do atlântico, que o saber dos frades, o suor dos picarotos e a enologia do séc. XXI tornaram único no mundo. Servir a 10º - 12ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

Novo jantar de vinhos que reúne alguns Bloggers no Restaurante Tendinha (Jul/2016)


No passado dia 26/07/2016 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar de grandes vinhos, onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer) e ainda um curioso Pedro.

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Jantar:

Quinta das Bágeiras Garrafeira Pai Abel 2010 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas: Bical e Maria Gomes
Produtor: Mário Sérgio Alves Nuno
Álcool: 13.5%
Enólogo: Mário Sérgio Alves Nuno
Nota de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz elegante e complexo, com sugestões de citrinos maduros e algum marmelo bem envolvidos por delicadas nuances fumadas, minerais e também alguma tosta, na boca é um vinho volumoso e com estrutura que ao mesmo tempo revela fineza e elegância, no paladar destacam-se a fruta madura e os citrinos apoiados por uma imensa mineralidade, o final de boca termina fresco e bem prolongado.
Classificação Pessoal: 17
Marquês de Borba Bruto Natural Rosé 2013 (Espumante)

Região: DOC Alentejo
Castas: Pinot Noir, Touriga Nacional e Aragonez
Produtor: João Portugal Ramos
Álcool: 11.5%
Enólogo: João Portugal Ramos
Nota de Prova: Apresenta uma cor pálida, de tonalidade salmão, o nariz sugere delicados aromas de fruta vermelha e um subtil toque floral e de biscoito, na boca apresenta uma bolha mediana e alguma secura, revelando um paladar floral e bem preenchido por notas de fruta vermelha e um breve toque vegetal, o final de boca termina com uma persistência média.
Classificação Pessoal: 15.5
Esporão Private Selection 2014 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Semillon
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Sandra Alves
Nota de Prova: Cor amarelo citrino com laivos de tonalidade esverdeada, o nariz sugere elegantes aromas de fruta madura tropical envolvidos por sugestivas notas tostadas e vegetais, na boca é um vinho harmonioso e sedoso, com um paladar fino e elegante, onde se destaca a fruta envolvida pela barrica de muito boa qualidade, o final de boca termina de uma forma prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Herdade dos Nogueirões Selection Old Vines Limited Edition 2013 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Quinta dos Nogueirões - Vinhos, Lda
Álcool: 16%
Enólogo: Bruno e João Oliveira
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de intensidade alta e um nariz agradavelmente floral e muito bem apoiado por frutos do bosque e sugestivas notas especiadas e de barrica, na boca é um vinho equilibrado, com taninos polidos e uma estrutura mediana, o paladar evidencia fruta vermelha madura secundada por subtis nuances tostadas e um fino recorte vegetal, terminando com um final de boca de comprimento médio.
Classificação Pessoal: 16
Châteauneuf-du-Pape Clos de L'Oratoire des Papes 2012 (Tinto)

Região: França
Castas: Grenache, Syrah, Mourvèdre e Cinsault
Produtor: Vignobles Ogier
Álcool: 14.5%
Enólogo: Edouard Guerin
Nota de Prova: Apresenta uma cor de forte tonalidade avermelhada, o nariz revela frescas notas de frutos vermelhos bem maduros acompanhadas por um delicado toque floral e de pimenta, num fundo mais especiado e subtilmente marcado por notas de tabaco, na boca é um vinho equilibrado, com taninos firmes mas não pesados e uma textura cremosa, conta com um paladar muito frutado e ligeiramente apimentado e mentolado, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Castello della Paneretta Chianti Clássico Riserva 2009 (Tinto)

Região: Itália
Castas: Sangiovese e Canaiolo
Produtor: Castello della Paneretta
Álcool: 13.5%
Enólogo: Nicola Berti
Nota de Prova: Cor granada de intensidade média e nariz agradavelmente preenchido por aromas de especiarias, fruta vermelha e breves nuances vegetais e de barrica, na boca é um vinho equilibrado, com algum estrutura e complexidade e taninos polidos, no paladar volta a destacar-se a fruta em harmonia com uma componente vegetal mais presente e breves sugestões tostadas, o final de boca termina com um comprimento de expressão média.
Classificação Pessoal: 16
Finca Flichman Dedicado 2010 (Tinto)

Região: Argentina
Castas:
Cabernet Sauvignon, Malbec e Syrah
Produtor: Finca Flichman S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Cabral de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma densa cor rubi no centro com uma auréola de tonalidade violeta, o nariz sugere aromas de frutos pretos e do bosque envolvidos por delicadas e sugestivas notas especiadas e apimentadas, bem como um ligeiro toque de compota e de cacau, além de breves nuances mentoladas, na boca é um vinho muito encorpado e volumoso, com taninos sedosos e complexos, o paladar revela a fruta preta em claro destaque, aliada a subtis notas de barrica misturadas com um ligeiro toque de chocolate, terminando com um final de boca longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Grandjó Late Harvest 2012 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Semillon
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 13%
Enólogo: Jerry Luper
Nota de Prova: Cor amarela de forte tonalidade dourada, o nariz revela exuberantes aromas melados e de fruta em calda envolvidos por uma breve sensação floral, na boca é um vinho muito fino, doce e com uma belíssima frescura, evidencia um volume e uma complexidade notáveis, com o paladar a reafirmar as notas de mel, fruta e subtis nuances de frutos secos, o final de boca termina longo e com uma longínqua persistência.
Classificação Pessoal: 18
Alambre Moscatel Roxo de Setúbal 2010 (Moscatel)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Moscatel Roxo
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 17.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor âmbar levemente esverdeada e nariz rico em aromas florais e de citrinos, nomedamente líchias e notas de flor de laranjeira, envolvidos por uma delicada sensação de mel, na boca motra-se um vinho vivo e equilibrado, com uma boa acidez e uma textura sedosa, no paladar destaca-se a fruta muito fresca e subtis nuances de frutos secos e mel, o final de boca termina com um comprimento médio/alto.
Classificação Pessoal: 16.5
Alambre 20 Anos (Moscatel)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Moscatel de Setúbal
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor âmbar profunda e brilhante, o nariz revela finos e ao mesmo tempo complexos aromas de mel, fruta cristalizada, notas de caramelo e uma forte componente de frutos secos, onde se destacam as avelãs, tudo muito harmonioso e elegante, na boca motra-se um vinho untuoso, vibrante e complexo, no paladar é a fruta e o caramelo que dominam e muito bem acompanhados por sugestivas nuances de caramelo, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência de grande nível.
Classificação Pessoal: 17.5
Alambre 20 Anos (Moscatel)
Royal Oporto Colheita 2001 (Porto)

Região: DOC Douro
Castas: Várias
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 20%
Enólogo: Jerry Luper e Gabriela Canossa
Nota de Prova: Cor castanha de tonalidade alaranjada e nariz amplamente dominado pelos frutos secos e subtis nuances de especiarias e madeira velha, na boca mostra-se vivo, encorpado e relativamente volumoso, com o paladar a evidenciar notas de baunilha e frutos secos, além de subtis nuances de café e mel, o final de boca termina com um comprimento médio/alto.
Classificação Pessoal: 16
Offley 10 Anos (Porto)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Barroca e Tinto Cão
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 20%
Enólogo: Luis Sottomayor
Nota de Prova: Apresenta uma cor carregada, de tonalidade mogno, o nariz sugere aromas de frutos secos, além de delicadas notas de torradas e de compota, num fundo mais amendoado e abaunilhado, na boca é um vinho equilibrado, ligeiramente doce e com uma agradável complexidade, no paladar é a fruta madura que domina, bem como sugestivos apontamentos de frutos secos, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência de expressão mediana.
Classificação Pessoal: 16.5
Blandy's Verdelho 1977 (Madeira)

Região: Madeira
Castas:
Verdelho
Produtor: Blandy's Madeira Wine Company
Álcool: 21%
Enólogo: Francisco Albuquerque
Nota de Prova: Apresenta uma cor topázio/dourado brilhante, de laivos esverdeados, o nariz revela uma notável elegância e fineza de aromas, onde a madeira e os frutos secos dominam e são agradavelmente secundados por notas de especiarias, algum fumo e ainda caixa de charutos, num fundo que faz lembrar sugestões típicas de iodo e vinagrinho, na boca evidencia uma enorme secura, tão grande quanto a sua grandiosidade e volume focado numa acidez vibrante, no paladar destacam-se novamente os frutos secos envolvidos pelas notas de carvalho e diversas especiarias, terminando com um final de boca que perdura no tempo.
Classificação Pessoal: 18

Etiquetas:

sábado, 4 de fevereiro de 2017

4300 - Herdade do Rocim 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Syrah
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Cor rubi de tonalidade avermelhada e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta vermelha madura e delicadas notas florais aliadas a um breve toque vegetal e até especiado, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e um paladar rico em fruta, além de um subtil toque alicorado, o final de boca apresenta um comprimento e uma persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Revista de Vinhos A Essência do Vinho: 16
• Data da Revista: Maio 2017

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, onde a cultura da vinha encontra características de excepção, fica a Herdade do Rocim. É aqui, com 70 hectares de vinha e com adega própria, que se produz este vinho, onde se cruzam o saber e a paixão de gerações que tiveram sempre pela terra o maior respeito e ternura. Produzido a partir das castas Aragonez, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Syrah.

Etiquetas: , , , , , , ,