• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4493)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3654)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

2060 - Adega de Pegões Colheita Seleccionada 2010 (Branco)


2060 - Adega de Pegões Colheita Seleccionada 2010 (Branco)
Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Arinto, Chardonnay e Antão Vaz
Produtor: Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, CRL
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: Jaime Quendera
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e reflexos dourados, no nariz o destaque vai para a harmomia dos vários aromas, desde a fruta madura,aliada a delicadas sugestões de baunilha, bem como um leve toque mineral e também alguma fruta tropical, na boca é um vinho muito equilibrado, atractivo e fresco, onde as notas de fruta tropical madura combinam agradavelmente com a tosta e um ligeiro citrino, o final tem um comprimento médio e uma interessante persistência.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2011

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Julho 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Maio 2011

Rótulo: Cultivadas com esmero no centro da grande mancha do Pliocénio de Pegões, os vinhedos que criam os afamados vinhos produzidos e engarrafados há mais de 50 anos, pela Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, CRL, devem a sua alta qualidade às condições edafoclimáticas, caracterizadas por solos arenosos de relevo plano. Integrados na região vitícola "Terras do Sado", os vinhos de Pegões, apresentam, porém, características específicas e únicas que o bom apreciados sabe distinguir. Este vinho foi produzido a partir de três variedades de uvas: O "Arinto" que lhe confere boa frescura e aromas cítricos, o "Chardonnay" e o "Antão Vaz" que lhe dão estrutura e os aromas amanteigados e tropicais. Estagiou em meias pipas de madeira com Batônnage para lhe conferir mais complexidade. Deverá ser servido a 14º.

Etiquetas: , , , , , ,