• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

3283 - Vinha Paz Reserva 2009 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Produtor: António Canto Moniz, Unipessoal, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: João Paulo Gouveia, Carlos Silva e Miguel Oliveira
Notas de Prova: Apresenta uma bonita cor rubi, muito concentrada no centro e com uma auréola de tonalidade violácea, no nariz sobressaem os aromas florais, de fruta preta e diversas especiarias, além de um leve toque de cacau, além de nuances de vegetal seco e alguma barrica, na boca é um vinho jovem, com uma textura sedosa e uma complexidade muito interessante, conta com um paladar muito frutado e especiado, com alguma madeira ainda a pedir tempo em garrafa, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2013 / Fevereiro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Dezembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Junho 2012

Rótulo: A casta predominante é Touriga Nacional (80%) e estagiou 19 meses em meias pipas de carvalho novo francês e americano.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho tinto José de Sousa Mayor 2011 (Mai/2014)


No passado dia 24/05/2014, realizei uma Prova do vinho tinto José de Sousa Mayor 2011 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

José de Sousa Mayor 2011 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Grand Noir, Trincadeira e Aragonez
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor rubi de tonalidade avermelhada, no nariz realce para a sua frescura, com os aromas florais e apimentados muito bem envolvidos com a fruta vermelha madura, algum café e delicadas notas de barrica, na boca é um vinho encorpado e com bom volume, de taninos finos e um paladar cheio de fruta negra e notas especiadas, com um leve toque achocolatado a conferir complexidade ao conjunto, termina com um final de boca prolongado e uma persistência bem acima da média.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

terça-feira, 26 de Agosto de 2014

3282 - Olho de Mocho Reserva 2012 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Cor amarelo citrino com uma evidente tonalidade esverdeada, o nariz revela sugestivos aromas de citrinos, bem como delicadas notas florais e uma certa mineralidade envolvida com a fruta, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez bem presente e um paladar cheio de fruta e notas cítricas, além de um delicado toque vegetal e também algumas especiarias e madeira, o final de boca tem um comprimento e uma persistência ligeiramente acima da média

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Novembro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Março 2014 / Abril 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Dezembro 2013

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, fica a Herdade do Rocim. Nesta propriedade com 60 hectares de vinha e adega própria, foi pensado e concebido este vinho ao qual quisemos dar um sabor genuíno e um aroma perfumado por mil cuidados, saberes e carinhos. O vinho Olho de Mocho Reserva 2012 foi produzido com as melhores uvas da vindima de 2012, a partir da casta Antão Vaz.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

3281 - Grandes Quintas Colheita 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinto Cão, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola da Casa d'Arrochella, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luís Soares Duarte
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade no centro e rebordo de tonalidade violeta, o nariz apresenta frescas notas florais envolvidas com sugestivos aromas de frutos do bosque e um ligeiro toque especiado, na boca é um vinho muito equilibrado, com taninos redondos e um paladar dominado pela fruta, por notas de baunilha e ainda um ligeiro toque vegetal, o final de boca tem um comprimento e uma persistência de expressão média.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Novembro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Março 2014

Rótulo: Touriga Nacional, Tinto Cão, Touriga Franca, Tinta Roriz. Cor ruby, com notas de frutos silvestres de baga, boa frescura e especiaria. Na boca é volumoso, com notas abaunilhadas da barrica, boa fruta e final longo. Recomendamos pratos de carne vermelha, caça, peixes gordos assados e queijos. 16-17ºC. Beber desde já ou nos próximos 5 a 7 anos. Enólogo: Luís Soares Duarte.

Etiquetas: , , , , , , ,

domingo, 24 de Agosto de 2014

3280 - Carvalhas 2010 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Códega de Larinho, Rabigato, Viosinho e Vinhas Velhas
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Jorge Moreira
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarelo brilhante com evidentes apontamentos dourados, no nariz destaca-se a qualidade da tosta e baunilha, envolvidas com a fruta madura e um leve toque fumado, na boca é um vinho estruturado e encorpado, com algum volume e uma elegância muito agradável, conta com um paladar cheio de fruta, tosta e alguns citrinos, num perfil ligeiramente seco, o final de boca é persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .15.5
• Data da Revista: Novembro 2012 / Dezembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Junho 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Outubro 2011

Rótulo: A Quinta das Carvalhas é uma propriedade de grande beleza e espectacularidade, com uma posição predominante na encosta da margem esquerda do Rio Douro no Pinhão, que se estende pelas encostas da margem direita do afluente Rio Torto. As mais antigas referências escritas sobre a Quinta remontam a 1759, estando as suas magníficas vinhas velhas, de plantação pós-filoxerica, a atingir a respeitável idade de um século. As vinhas de uva branca estão localizadas nas cotas altas beneficiando de temperaturas mais amenas e exposição a brisas frescas, que muito contribuem para a excelente acidez e mineralidade que caracterizam ese complexo vinho branco, cheio de carácter e frescura.

Etiquetas: , , , , , , ,

#daowinelover - Touriga Nacional Day no Restaurante Claro! - Parte II (Nov/2013)


No passado dia 23/11/2013, participei no Evento #daowinelover - Touriga Nacional Day, que decorreu no Restaurante Claro! em Paço de Arcos, situado no Hotel Solar das Palmeiras.

Esta prova de vinhos foi organizada pelos Bloggers Miguel Pereira (Blog Pingamor) e Rui Miguel (Blog Pingas no Copo) e contou com a presença de 12 Produtores do Dão:
- Agriema, Lda - Christelle e Casimir Da Silva
- António Lopes Ribeiro Wines, Lda
- Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
- Caminhos Cruzados, Lda
- Julia Kemper
- Magnum - Carlos Lucas, Vinhos Lda
- O Abrigo da Passarela, Lda
- Peter Viktor Eckert - Quinta das Marias
- Quinta de Lemos - Produção e Comercialização de Vinhos, S.A.
- Quinta do Escudial - Vinhos, Lda
- Quinta dos Carvalhais - Sogrape Vinhos de Portugal, SA
- Quinta dos Roques - Vitivinicultura e Agropecuária, Lda.


Na 2ª parte deste Evento, foram provados 9 vinhos, 1 vinho branco e 8 vinhos tintos, que os Produtores tiveram a gentileza de trazer.

Titular Alfrocheiro 2011 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Alfrocheiro
Produtor: Caminhos Cruzados, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e uma brilhante tonalidade avermelhada à volta, o nariz revela uma agradável dose de fruta vermelha madura envolvida em alguma tosta e um delicado toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado, com um volume e estrutura medianos, o paladar está muito frutado e ligeiramente especiado, com taninos vigorosos e com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média.
Classificação Pessoal: 15.5
Ribeiro Santo Grande Escolha 2010 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro, Tinta Roriz e Tinto Cão
Produtor: Magnum - Carlos Lucas, Vinhos Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Lucas
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz elegante, onde sobressai a frescura dos aromas florais e da fruta vermelha madura, tudo agradavelmente envolvido com alguma tosta e diversas especiarias, na boca é um vinho muito sedutor e complexo, com taninos firmes e um volume muito interessante, no paladar destaca-se a fruta preta, bem como um ligeiro toque fumado e tostado, envolvidos com diversas especiarias, o final de boca é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Fonte do Gonçalvinho Inconnu 2010 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Agriema, Lda - Christelle e Casimir Da Silva
Álcool: 14%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Cor rubi de tonalidade avermelhada e concentração média/alta, no nariz sobressai uma imensa fruta vermelha madura envolvida em delicadas notas vegetais, menta e também diversas especiarias e tosta, bem como uma certa mineralidade e breves apontamentos de cacau, na boca é um vinho muito elegante, vivo e volumoso, com um paladar fino, delicado e elegante onde a fruta preta reina, amparada por sugestivas notas de barrica, o final de boca é longo e de grande persistência.
Classificação Pessoal: 17
Ribeiro Santo Vinha da Neve 2009 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinto Cão
Produtor: Magnum - Carlos Lucas, Vinhos Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Lucas
Nota de Prova: Cor rubi densa e nariz muito elegante, complexo e sedutor, composto por aromas de frutos do bosque e frescas notas de violeta, além de uma fina tosta, uma delicada mineralidade e um leve toque químico, na boca é um vinho harmomioso, volumoso, atractivo e até aveludado, conta com um paladar cheio de fruta negra e do bosque, com as notas de barrica bem presentes e um delicado toque especiado e vegetal, o final de boca é muito longo.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Escudial Touriga Nacional 2012 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Quinta do Escudial - Vinhos, Lda
Álcool: -%
Enólogo: Vines & Wines
Nota de Prova: Cor rubi de média intensidade e tonalidade violácea, o nariz revela agradáveis e frescos aromas florais combinados com alguma fruta vermelha, na boca é um vinho fresco, relativamente seco e acima de tudo muito frutado e vegetal, bem como floral, termina com um final de boca de comprimento e persistência de expressão medianas.
Classificação Pessoal: 15.5
Flor das Maias 2007 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz
Produtor: Quinta dos Roques - Vitivinicultura e Agropecuária, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Reguinga
Nota de Prova: Cor avermelhada e nariz rico em aromas de fruta madura, algumas especiarias e ainda um ligeiro toque vegetal, na boca é um vinho fresco, equilibrado e muito frutado, com taninos firmes e um paladar marcado pela forte componente vegetal, além de diversas especiarias e alguma fruta vermelha, o final de boca termina de uma forma mediana.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta do Escudial 2012 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas:
Encruzado, Barcelo, Malvasia Fina e Rabo de Ovelha
Produtor: Quinta do Escudial - Vinhos, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: Miguel Oliveira
Nota de Prova: Cor citrina e nariz muito aromático, onde as notas florais e cítricas formam um conjunto muito fresco, na boca é um vinho atractivo, equilibrado e com uma bela acidez, conta com um paladar rico em fruta madura, além de um evidente toque limonado e vegetal, o final de boca tem um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta das Marias Garrafeira 2010 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Peter Viktor Eckert - Quinta das Marias
Álcool: 14%
Enólogo: António Narciso
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi profunda e um sedutor nariz, onde aromas florais se misturam com frescas notas de fruta vermelha e algumas especiarias, bem como delicadas notas de barrica e algum couro, na boca é um vinho encorpado, com um volume médio e um paladar complexo, dominado pela fruta vermelha e por delicadas notas vegetais, muito bem envolvidas pela barrica, de taninos finos termina com um final de boca de comprimento médio/alto.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta do Escudial Reserva Vinhas Velhas 2009 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Escudial - Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Vines & Wines
Nota de Prova: Cor intensa de tonalidade rubi/avioletada, o nariz mostra-se rico em frescas notas florais, fruta vermelha e delicadas notas vegetais, tudo muito bem envolvido com um leve toque terroso e especiado, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez bem presente e um paladar cheio de fruta madura e evidentes notas vegetais, o final de boca além de seco apresenta um comprimento ligeiramente acima da média.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sábado, 23 de Agosto de 2014

3279 - Dory Reserva 2010 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional e Syrah
Produtor: Adega Mãe - Quinta da Archeira - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Apresenta uma cor fechada no centro e uma auréola de tonalidade rubi, no nariz destacam-se os aromas de fruta negra envolvidos com um delicado toque achocolatado, químico e mineral até, e onde a madeira marca a sua presença, na boca é um vinho envolvente, encorpado e com taninos firmes mas não pesados, conta com um paladar cheio de fruta preta, notas de pimenta e um certo vegetal seco, o final de boca é longo e agradavelmente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2014

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Novembro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Março 2014 / Abril 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Janeiro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Maio 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Abril 2012

Rótulo: "O Dory Reserva, é feito com as duas melhores castas da vindima de 2010, a Touriga Nacional e a Syrah. Estagiou 12 meses em barricas novas de carvalho francês. Sirva-se à temperatura de 16ºC." Os Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

3278 - Quinta do Escudial 2011 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Encruzado, Barcelo, Malvasia Fina e Rabo de Ovelha
Produtor: Quinta do Escudial - Vinhos, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Vines & Wines
Notas de Prova: Cor citrina e nariz pouco exuberante mas muito fresco, com a fruta madura e um delicado toque cítrico e até mineral a formarem um conjunto que surpreende pela diferença, na boca é um vinho com corpo, estrutura e uma secura contagiante, revela um paladar frutado e um final de boca de comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Agosto 2012

Rótulo: Vinho elaborado com uvas provenientes das castas tradicionais do Dão: Encruzado, Barcelo, Malvasia-Fina e Rabo de Ovelha. As vinhas estão plantadas em terrenos graníticos da encosta sul do Vale de Sena. A vinificação é efectuada com pré-maceração pelicular e fermentação longa com controle de temperatura. Apresenta um aroma citrino e mineral, fino e delicado. Na boca é fresco e jovem com acidez equilibrada e persistente. Deve servir-se a uma temperatura entre os 13º e os 15ºC.

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

3277 - Atalaya 2008 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Sousão e Vinhas Velhas
Produtor: VDS - Vinhos do Douro Superior, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Rui Roboredo Madeira
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi muito carregada no centro, no nariz destacam-se os aromas da fruta bem madura combinada com notas de diversas especiarias, fumo e também folhas de tabaco, num fundo marcado pela baunilha e tosta, na boca é um vinho encorpado, complexo, estruturado e também algo seco, conta com um paladar frutado, especiado e acima de tudo fumado, terminando de uma forma persistente e com um comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Março 2012

Rótulo: Elaborado com uvas de castas típicas da região, provenientes de diversas vinhas em altitude do Douro Superior, combinando a frescura e elegância dos solos graníticos com a intensidade e complexidade dos solos xistosos. Este vinho estagiou em barrica, em cave climatizada com temperatura controlada a 17ºC, foi engarrafado em qualquer tipo de filtração ou estabilização pelo frio, motivo pelo qual, aconselhamos que o decante. Enólogo: Rui Roboredo Madeira.

Etiquetas: , , , , , , , ,

quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

3276 - Quinta dos Quatro Ventos 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Caves Aliança, SA
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Pascal Chatonnet e Francisco Antunes
Notas de Prova: Apresenta uma cor concentrada, de forte tonaliadde granada no centro, no nariz destacam-se os aromas de fruta vermelha madura, envolvidos com atractivas e frescas notas florais e um ligeiro toque resinoso e fumado, num fundo bem mais especiado, na boca é um vinho encorpado, estruturado e harmonioso, conta com um paladar muito frutado, cheio de especiarias e onde a barrica confere uma bela complexidade, o final de boca é prolongado e agradavemente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Novembro 2013

Rótulo: Na Quinta dos Quatro Ventos, em pleno Douro Superior, seleccionámos as castas Tinto Roriz, Touriga-Nacional e Touriga Franca para criar este vinho, que estagiou 12 meses em barricas novas de carvalho Francês e Russo e do qual foram produzidas 69.2987 garrafas de 750ml e 2.000 magnum. A torre caracterizada no rótulo situa-se no alto de um dos patamares da Quinta dos Quatro Ventos. Fornece abrigo às aves de rapina do Vale do Douro.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

3275 - Encostas do Trogão Reserva 2010 (Tinto)



Região: DOC Trás-os-Montes
Castas: Tinta Roriz, Trincadeira e Touriga Nacional
Produtor: Adega Cooperativa do Rabaçal, CRL
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: João Silva e Sousa e Francisco Baptista
Notas de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em aromas de fruta vermelha madura acompanhada por delicadas notas florais e diversas especiarias, na boca é um vinho equilibrado, com taninos firmes e um paladar frutado e algo terroso, o final de boca é mediano.


Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Outubro 2013

Rótulo: Produzido a partir de uvas das castas Tinta Roriz, Trincadeira e Touriga Nacional, em perfeito estado de maturação, este vinho revela uma cor vermelha com muita profundidade, um aroma intenso a fruta madura, muito complexo e na boca mostra-se elegante mas encorpado, muito envolvente, com taninos redondos e um final longo e persistente. Deve acompanhar pratos tradicionais da cozinha Portuguesa à base de carne e bacalhau ou queijos de pasta mole. Servir a uma temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho espumante Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo Rosé 2012 (Mai/2014)


No passado dia 18/05/2014, realizei uma Prova do vinho espumante Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo Rosé 2012 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo Rosé 2012 (Espumante)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas:
Moscatel Roxo
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor salmão de tonalidade ligeiramente avermelhada, o nariz revela notas florais bem evidentes, bem como frescos aromas de fruta vermelha e alguns citrinos, na boca é um vinho delicado, de bolha média e paladar muito frutado, onde a sua doçura está bem presente, o final de boca tem um comprimento mediano.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

terça-feira, 19 de Agosto de 2014

3274 - Borges Douro Reserva 2009 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Gouveio e Viosinho
Produtor: Sociedade dos Vinhos Borges, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Maria Machado
Notas de Prova: Cor amarelo pálido e nariz rico em aromas citrinos e de fruta tropical, misturados com atractivas notas minerais e um subtil toque de baunilha, na boca é um vinho muito equilibrado, com uma bela acidez e um paladar cheio de fruta e notas cítricas, num fundo mais complexo, devido às sugestões tostadas e da madeira, o final de boca tem um comprimento acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Outubro 2013

Rótulo: A história da Borges, com mais de 125 anos, faz-se sobretudo através dos seus vinhos. Os Borges Reserva espelham essa experiência e são o resultado da selecção das melhores uvas das suas Quintas. Este Borges Reserva - elaborado a partir das castas Gouveio e Viosinho - apresenta-se límpido. O aroma é intenso, jovem e fresco, com nuances de ananás, pêra e limão. Na boca é encorpado, com uma acidez equilibrada que lhe confere frescura. O estágio em madeira dá-lhe um final longo, que persiste. Foram produzidas 13.250 garrafas.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

3273 - Quinta da Vedejosa 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Amorim Queirós
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: João Brito e Cunha
Notas de Prova: Cor rubi de tonalidade violeta e nariz cheio de fruta vermelha e algumas notas de compota e aromas florais, na boca é um vinho equilibado, com taninos polidos e um volume médio, revela um paladar cheio de fruta, algumas especiarias e subtis notas de barrica, o final de boca tem um comprimento médio/alto.


Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2013

Rótulo: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz. Quinta da Vedejosa é um vinho especial feito a partir das melhores uvas do Vale do Douro. Tem um carácter único, decorrente dos múltiplos aromas que explodem no copo e saturam na boca. Frutos vermelhos, ameixas maduras e amoras silvestres combinam com aromas de violeta e passas. A fruta é extensa no paladar com taninos sumptuosos e um final quente e prolongado.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 17 de Agosto de 2014

3272 - Meandro do Vale Meão 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Sousão, Tinta Barroca e Tinto Cão
Produtor: Francisco Olazabal & Filhos, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Francisco Olazabal
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz muito elegante e apelativo, com a fruta vermelha madura a combinar muito bem com delicadas notas florais e frutos do bosque, além de sugestivas notas de especiarias, tosta e um suave toque mineral, na boca é um vinho encorpado, com um bom volume e taninos presentes mas sedosos, conta com um paladar marcado pela fruta preta e por delicadas notas de barrica, além de especiarias e um leve apontamento vegetal, o final de boca é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Novembro 2013

Rótulo: Produzido e engarrafado no Vale Meão, uma histórica propriedade contornada por um vasto Meandro. Este vinho Meandro é composto de 35% de Touriga Nacional, 30% de Touriga Franca, 27% de Tinta Roriz, 3% de Sousão, 3% de Tinta Barroca e 2% Tinto Cão, foi engarrafado em Junho de 2013. Não tendo sido submetido a qualquer tratamento de estabilização. Poderá apresentar algum depósito.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Prova do Vinho branco MR Premium 2012 (Mai/2014)


No passado dia 16/05/2014, realizei uma Prova do Vinho branco MR Premium 2012 do produtor Monte da Ravasqueira da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

MR Premium 2012 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Viognier, Alvarinho, Semillon, Arinto e Marsanne
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Álcool: 12%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Nota de Prova: Cor amarelo pálido e nariz pouco exuberante mas muito fino e atractivo, com as notas minerais e de fruta madura bem misturadas com um leve toque de barrica e um suave toque floral, na boca é um vinho muito jovem, com estrutura, volume e uma certa complexidade, é perceptível um evidente toque amargo num paladar onde se destaca a fruta madura e as notas minerais, aliadas a subtis sugestões cítricas e de barrica, o final de boca é muito seco e termina com um comprimento e uma persistência agradavelmente prolongadas.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

sábado, 16 de Agosto de 2014

3271 - Flor das Tecedeiras 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Barroca e Tinto Cão
Produtor: Quinta das Tecedeiras - Sociedade Vitivinícola, Lda [Dão Sul]
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Lucas
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz rico em aromas de frutos do bosque envolvidos com frescas notas florais e alguma barrica, na boca é um vinho envolvente e conta com taninos redondos e um paladar cheio de fruta madura e delicadas sugestões de madeira, o final de boca tem um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Janeiro 2013

Rótulo: Cima Corgo, sub-região do Douro Vinhateiro, é a localização das Tecedeiras. Este vinho foi elaborado a partir de uvas criteriosamente vinificadas, provenientes de vinhas velhas em excelente estado de maturação. Para enaltecer a sua complexidade e harmonia, estagiou 9 meses em barricas de carvalho francês. Acompanha bem carnes vermelhas estufadas ou grelhadas, caça e queijos bem estruturados. Consumir a 18ºC.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

3270 - S de Soberanas 2004 (Tinto)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Sociedade Agro-Pecuária das Soberanas, Lda
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor granada intensa e concentrada, com um nariz dominado pela fruta negra, compota e sugestivas notas de couro, num fundo dominado por um subtil toque achocolatado e delicadas nuances de barrica, na boca é um vinho volumoso e encorpado, apesar de revelar já alguma evolução, conta com uns taninos sedosos e um paladar cheio de fruta preta madura e notas vegetais, muito bem integradas com a madeira, o final de boca tem um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Revista Néctar: ............................89*
• Data da Prova: Fevereiro 2008 / Março 2008
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Outubro 2007

Classificação Blue Wine: ...................................17.5
• Data da Revista: Outubro 2007

Rótulo: Produzido apenas em anos excepcionais, este vinho simboliza a excelência do Monte da Soberana. Foi produzido a partir das castas Trincadeira e Alicante Bouschet. Estagiou 18 meses em barricas novas de carvalho francês, seguido de um ano em garrafa. Deve ser serivdo a 16/17ºC, decantado.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

3269 - Roda I Reserva 2006 (Tinto)


Roda I Reserva 2006 (Tinto)
Região: Espanha
Castas: Tempranillo
Produtor: Bodegas Roda S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Gonzalo Lainez
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e concentrada no centro e uma auréola,de tonalidade granada, o nariz revela sugestivos aromas de fruta preta, notas florais, diversas especiarias, nomeadamente pimenta e cravinho, além de delicadas notas terrosas e minerais, na boca é um vinho volumoso e complexo, onde a madeira e a fruta casam na perfeição e os taninos revelam firmeza e elegância, conta com um paladar frutado, ligeiramente marcado pelas notas de chocolate e alguma resina, o final de boca tem um comprimento prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Outubro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Abril 2011

Rótulo: De esta reserva de 2006 fueron embotelladas 119.318 litros de Roda I en botellas de 0.75, 0.50, 1.5, 3 y 6 litros. Esta es la botella Nº 138885. Debido alproceso de estabilización natural pueden aparecer precipitados en la botella. 100% tempranillo.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

3268 - Aalto 2011 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Tinto Fino
Produtor: Bodegas Aalto SA
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 15%
Enólogo: Mariano Garcia
Notas de Prova:







Classificação Pessoal: ......................................-


Rótulo: 100% Tinto Fino procedente de viñedos de más de 40 años permanencia en barrica 20 meses. Embotellado en Julio 2013.

Etiquetas: , , , , ,

3267 - Quinta do Infantado 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Quinta do Infantado, Vinhos do Produtor, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Fátima Ribas e Luis Soares Duarte
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz dominado pelas notas florais e evidentes aromas de fruta vermelha madura, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e um paladar frutado, além de ligeiramente vegetal e especiado, o final de boca tem um comprmento e persistência medianos.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2013

Rótulo: Este Douro 2010 tinto provem exclusivamente de uvas seleccionadas na quinta, no terroir único de Gontelho. Vinificado em lagar de pisa a pé, tradição na Quinta desde 1816, ano da sua criação. Estágio em cuba inox e 12 meses em barricas de carvalho. Em Setembro de 2012 foram cheias, sem filtração 38.944 garrafas e 252 magnums, todas numeradas. Apreciar a 17ºC nos próximos 7 anos. Garrafa: 5.983.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 13 de Agosto de 2014

3266 - Manoella 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Francisca
Produtor: Wine & Soul, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Sandra Tavares da Silva e Jorge Serôdio Borges
Notas de Prova: Cor rubi concentrada no centro e auréola de fina tonalidade violácea, o nariz revela frescos aromas florais e de frutos do bosque combinados com delicadas sugestões de especiarias e alguma tosta, na boca é um vinho equilibrado, encorpado e relativamente volumoso, conta com um paladar cheio de fruta vermelha madura e subtis notas vegetais e florais, além de um evidente toque especiado e de barrica, termina com um final de boca prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2014

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2013

Rótulo: 60% Touriga Nacional, 25% Touriga Franca, 10% Tinta Roriz, 5% Tinta Francisca. Engarrafado em 2013. Enólogos: Sandra Tavares da Silva, Jorge Serôdio Borges.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova Vertical de Vinhos do Porto Quinta do Noval Colheita (Nov/2012)


No passado dia 09/11/2012 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, teve lugar uma Prova de Vinhos do Porto Colheita, da prestigiada marca Quinta do Noval, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2012, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Prova comentada pelo Enólogo António Agrellos.


Quinta do Noval Colheita 1997 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor topázio e delicada auréola avermelhada, o nariz apresenta-se muito vivo e fresco, com os aromas de frutos secos amplamente dominadores e agradavelmente secundados por delicadas nuances balsâmicas e de madeira, na boca está muito fresco, envolvente e complexo, além de ainda muito jovem, revela um paladar rico em frutos secos e um leve toque de fruta em passa muito bem misturada com as sugestões de barrica, termina com uma acidez vibrante e um final algo seco, de comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta do Noval Colheita 1995 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar profunda no centro e delicada auréola aloirada, o nariz revela-se muito fresco, com os aromas de diversos frutos secos, avelãs e nozes entre outros, perfeitamente integrados com a madeira e com um delicado toque resinoso, na boca apresenta-se de uma forma harmoniosa e sedosa, com um volume enorme e uma acidez bem presente, o paladar está cheio de frutos secos e o final de boca é muito longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Noval Colheita 1986 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar intensa e um nariz muito elegante, sedoso e vivo, onde os frutos secos, especialmente noz, casam na perfeição com delicadas notas de vinagrinho, tabaco e especiarias, num fundo complexo e algo terroso, na boca revela uma textura cremosa, uma grande envolvência e um enorme volume, o paladar está muito bem preenchido pelos frutos secos e por um delicado toque de iodo, além de subtis nuances de caramelo, termina de uma forma gulosa e com um final de boca longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Noval Colheita 1976 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar com uma delicada tonalidade acastanhada e esverdeada à volta, o nariz revela-se complexo e balsâmico, com os frutos secos a surgirem perfeitamente envolvidos com as notas terrosas e com um leve vinagrinho, na boca é um vinho sedoso, com uma textura cremosa e rica, uma acidez vibrante e também alguma secura, o paladar apresenta-se muito elegante, com os frutos secos muito bem casados com a madeira, o final de boca tem um enorme comprimento e uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Noval Colheita 1971 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar de média concentração no centro e um rebordo levemente esverdeado, o nariz sobressai imediatamente pelo seu carácter sedutor e envolvente, cheio de elegância e rico em aromas de caramelo, frutos secos, principalmente nozes, tabaco e especiarias, com um vinagrinho bem presente que confere uma excelente complexidade ao conjunto, na boca é um vinho apaixonante, muito complexo e com uma acidez perfeita, revela um paladar volumoso e envolvente, onde os frutos secos e o caramelo casam na perfeição com as especiarias e com a madeira, o final de boca é ligeiramente seco e interminável.
Classificação Pessoal: 19
Quinta do Noval Colheita 1968 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar de média concentração e uma auréola de tonalidade acastanhada/aloirada, o nariz está muito complexo, algo fechado e com delicadas notas balsâmicas, além de caramelo e frutos secos e um evidente toque de vinagrinho, tudo muito bem envolvido com a madeira velha e com breves apontamentos resinosos, na boca é cremoso, muito harmonioso e volumoso, conta com uma textura sedosa e um paladar muito complexo, onde a madeira velha se envolve com um suave toque torrado, diversos frutos secos e ainda um leve toque melado, formando um conjunto vibrante e com uma excelente acidez, o final de boca é simplesmente notável.
Classificação Pessoal: 19
Quinta do Noval Colheita 1964 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar acastanhada e nariz cheio de frutos secos e madeira velha, além de um delicado toque de vinagrinho e aromas complexos de especiarias, caramelo e folhas de tabaco, na boca apresenta uma acidez bem vincada e uma textura sedosa e muito elegante, com um paladar rico em frutos secos, diversas especiarias e notas de caramelo, tudo muito bem integrado com a madeira velha, o final de boca é longo e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Noval Colheita 1937 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor castanha profunda no centro e um rebordo de tonalidade esverdeada, no nariz destacam-se os seus aromas muito complexos, envolventes e elegantes, nomeadamente as notas de frutos secos, caramelo e um certo torrado, tudo agradavelmente aliado à madeira velha, a um certo vinagrinho e ainda um delicado toque de verniz, na boca é um vinho de uma untuosidade notável, com um corpo volumoso, estruturado e harmonioso, o paladar conta com uma acidez belíssima e frescas notas de frutos secos, caramelo e algum mel muito bem envolvidas com a madeira velha e com um ligeiro toque torrado e especiado, terminando com um final de boca de enorme persistência e um comprimento muito prolongado.
Classificação Pessoal: 18.5

Etiquetas:

terça-feira, 12 de Agosto de 2014

3265 - Teoria Grande Reserva Vinhas Velhas 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Rosa A. F. Araújo
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Dinis e Rosa Araújo
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e uma auréola de tonalidade violácea, no nariz o destaque vai para os evidentes e frescos aromas florais, aliados aos frutos silvestres e envolvidos por subtis notas de especiarias e também de barrica, na boca é um vinho encorpado, com um bom volume e uma estrutura interessante, conta com um paladar muito frutado, ligeiramente especiado e mineral e onde a madeira está muito bem integrada, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Abril 2014

Rótulo: Teoria resulta da combinação de várias castas provenientes de vinhas velhas da Região do Douro, vinificadas em lagares, com posterior estágio em barricas de carvalho Francês e Americano. Possui uma cor rubi fechada, com um aromas de fruta madura muito complexo; na boca apresenta-se encorpado, equilibrado e persistente. Um longo final completa o prazer da degustação deste impressionante vinho.

Etiquetas: , , , ,

segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

3264 - Piloto Collection Moscatel Roxo 2012 (Branco)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Moscatel Roxo
Produtor: Quinta do Piloto - Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Filipe Cardoso
Notas de Prova: Cor citrina com uma delicada tonalidade esverdeada, o nariz revela atractivas e frescas notas florais misturadas com alguma fruta, nomeadamente laranja e breves apontamentos minerais, na boca é um vinho agradável, com uma acidez interessante e um paladar envolvente, onde as sugestões florais e minerais se voltam a encontrar, termina com um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2013

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Março 2014 / Abril 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Março 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Novembro 2013

Rótulo: A Quinta do Piloto está localizada em Palmela, pertence à família Cardoso, uma das mais antigas famílias de Palmela com grande tradição na produção de grandes vinhos.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 10 de Agosto de 2014

3263 - Quinta do Regainho Loureiro 2011 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Loureiro
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Regainho, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 10.5%
Enólogo: -
Notas de Prova: Cor citrina e nariz dominado pelas notas florais e minerais, num fundo mais cítrico, na boca é um vinho fresco, com uma acidez agradável e uma acidez mediana, revela um paladar dominado pelos citrinos e um final de boca de comprimento curto/médio.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Outubro 2013

Rótulo: Produzido na região do vinho verde a partir de uvas da casta Loureiro. De aroma frutado e acidez equilibrada, este vinho apresenta elegância na prova e uma boa harmonia no seu conjunto.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho rosé Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo 2013 (Abr/2014)


No passado dia 30/04/2014, realizei uma Prova do vinho rosé Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo 2013 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo 2013 (Rosé)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas:
Moscatel Roxo
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor salmão bem bonita e nariz cheio de aromas florais, principalmente líchias e notas de jasmim, envolvidos por um leve toque citrino e delicadas nuances de laranja e fruta vermelha, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez correcta e um paladar cremoso mas pouco expressivo na fruta que apresenta, revela-se fresco e termina com um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

sábado, 9 de Agosto de 2014

3262 - Herdade do Portocarro 2009 (Tinto)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Aragonez, Alfrocheiro e Cabernet Sauvignon
Produtor: José A. L. da Mota Capitão
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo:<