• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4584)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3729)

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

4587 - Chão Rijo 2015 (Branco)



Região: DOC Lisboa
Castas: Malvasia, Galego Dourado, Jampal e Fernão Pires
Produtor: Adega Regional de Colares, C.R.L.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Francisco Figueiredo e Jorge Páscoa
Notas de Prova: Cor amarela intensa ligeiramente esverdeada e nariz marcadamente frutado e citrino, apoiado em subtis notas minerais, na boca é um vinho fácil, com uma acidez mediana e uma frescura quanto baste, no paladar voltam a dominar os frutos tropicais e sugestões limonadas, terminando com um final de boca correcto.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2017

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Setembro 2017

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Março 2017

Classificação Vinho Grandes Escolhas: ..............16
• Data da Revista: Setembro 2017

Rótulo: Produzido a partir das castas Malvasia, Galego Dourado, Jampal e Fernão Pires, este vinho veste-se de amarelo-pálido, com reflexos verdes. Possui uma componente aromática intensa, marcada por elementos cítricos e tropicais. Na boca acrescenta-se um toque mineral, com presença de mar. Pode consumir-se como aperitivo e acompanha, especialmente bem, peixes grelhados, marsicos, saladas e os aromas exóticos das cozinhas orientais. 10-12ºC. "Chão-rijo" é uma expressão local usada para identificar os solos argilo-calcários da região.

Etiquetas: , , , , , , ,

Nº de Comentários: 1

  • Blogger José Carlos Gama comentou na data de sexta-feira, 17 novembro, 2017:

    Sem dúivida um dos melhores vinhos do Tejo e com excelente potencial a nível Nacional.
    Agradeço ao amigo Pedro Barata a oportunidade da prova deste preciosidade.

Inserir Novo Comentário