• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (5143)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (4050)

domingo, 12 de maio de 2019

Novo Jantar de vinhos de Bloggers no Restaurante Tendinha (Jan/2019)


No passado dia 18/01/2019 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os seguintes Bloggers:
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage)
e ainda Miguel Pedro.

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Jantar:

Chateau Sigalas Rabaud Premier Cru Sauternes 2009 (Branco)

Região: França
Castas: Semillon e Sauvignon Blanc
Produtor: Château Sigalas Rabaud
Álcool: 13.5%
Enólogo: Georges Pauli
Nota de Prova: Cor amarela dourada e nariz rico em aromas melados e de frutos secos amparados por delicadas sensações de citrinos bem maduros e alguma fruta cristalizada, na boca evidencia-se a sua doçura equilibrada por uma acidez agradável e por uma subtil sensação de secura, no paladar o destaque vai para a fruta bem madura e para as notas citrinas, bem como algum mel e figos, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo e uma persistência interessante.
Classificação Pessoal: 16.5
Casa de Santar Vinha dos Amores Encruzado 2014 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas: Encruzado
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Osvaldo Amado
Nota de Prova: Cor citrina levemente esverdeada e nariz muito elegante e complexo, onde se destacam os aromas de fruta madura envolvidos por sugestivas notas de barrica, mais concretamente tosta, baunilha e muitos fumados, num fundo amparado por frutos secos e por uma leve sensação mineral e até vegetal, na boca é um vinho envolvente, com uma estrutura de grande nível e uma elegância bem presente, o paladar mostra-se tão tostado como frutado e a sua componente mineral confere vivacidade e fineza a um conjunto que termina com um final de boca muito prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Pai Horácio Grande Reserva 2015 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Viosinho e Rabigato
Produtor: Vinilourenço Unipessoal
Álcool: 13.5%
Enólogo: Virgílio Loureiro e Manuel Ferreira
Nota de Prova: Cor amarelo pálido com laivos de tonalidade esverdeada, o nariz revela notas florais e de citrinos frescos envolvidos por evidentes aromas de fruta tropical e uma delicada sensação tostada e abaunilhada, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez agradável e uma estrutura interessante, no paladar volta a evidenciar-se a fruta tropical e a tosta, em conjunto com notas mais cítricas, terminando com um final de boca de comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16
Chateau Lafaurie-Peyraguey 1er Grand Cru Sauternes 2009 (Branco)

Região: França
Castas: Semillon, Sauvignon Blanc e Muscadelle
Produtor: Château Lafaurie-Peyraguey S.A.S.
Álcool: 14%
Enólogo: Eric Larramona e Vincent Despujos
Nota de Prova: Cor amarela intensa com laivos de tonalidade dourada, o nariz revela elegantes e exuberantes aromas de frutos secos, notas florais e mel, além de breves apontamentos de citrinos bem maduros e uma delicada sensação de fruta tropical, na boca é um vinho envolvente, harmonioso e volumoso, destacando-se o casamento perfeito entre a acidez e a doçura, no paladar sobressai a fruta madura acompanhada por delicadas notas meladas e de frutos secos, com o final de boca a terminar de uma forma bem prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Château de Rayne Vigneau 1er Grand Cru Sauternes 2009 (Branco)

Região: França
Castas: Semillon e Sauvignon Blanc
Produtor: Château de Rayne Vigneau
Álcool: 13.5%
Enólogo: Vincent Labergère e Denis Dubourdieu
Nota de Prova: Cor de ouro e tonalidade dourada, o nariz sugere notas meladas e florais muito bem acompanhadas com delicados apontamentos de marmelada e citrinos, num fundo dominado pelos frutos secos e uma leve sensação torrada, na boca apresenta-se um vinho complexo, volumoso e com uma união perfeita entre a acidez e a doçura apresentadas, no paladar destacam-se os frutos secos e as suas componentes mais meladas e limonadas, com o final de boca a terminar de uma forma bem prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Domaine Gramenon La Sagesse Côtes-du-Rhone 2009 (Tinto)

Região: França
Castas: Grenache
Produtor: Domaine Gramenon Aubery-Laurent
Álcool: 14.5%
Enólogo: Michèle Aubèry-Laurent
Nota de Prova: Cor granada de intensidade média/alta, o nariz revela aromas de diversas especiarias e de fruta vermelha e preta, envolvidos por uma delicada sensação vegetal e terrosa, na boca apresenta-se um vinho muito equilibrado, com um corpo e um volume bem interessantes, além de taninos bem presentes, no paladar volta a sobressair a fruta vermelha e a sua componente mais vegetal, acompanhada por breves apontamentos minerais, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 16.5
Aalto 2011 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinto Fino
Produtor: Bodegas Aalto SA
Álcool: 15%
Enólogo: Mariano Garcia
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi muito concentrada no centro e uma fina auréola de tonalidade granada, o nariz sugere elegantes e complexos aromas especiados muito bem acompanhados por notas de fruta vermelha e preta bem maduras, além de breves sugestões florais, alguma tosta e ainda um subtil toque mentolado e de chocolate, na boca é um vinho muito encorpado e volumoso, com taninos sedosos e uma complexidade muito interessante, no paladar destaca-se a envolvência e harmonia existente entre a fruta negra e a barrica, além de diversas notas apimentadas, algum cacau e também um leve apontamento mineral, o final de boca termina longo e com uma grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Noval LBV 1965 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 20%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade, revela um nariz evoluído mas com uma elegância ainda bem presente, onde se destacam os aromas de frutos secos e de fruta em passa, subtilmente combinados com delicadas notas de especiarias e madeira velha, na boca revela alguma complexidade e uma estrutura média, destacando-se um paladar marcado pelas notas licorosas e pela madeira, num fundo mais frutado e ligeiramente balsâmico, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência agradáveis.
Classificação Pessoal: 16.5
Croft Vintage 2000 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Croft
Álcool: 20.5%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada de forte intensidade no centro e um rebordo de tonalidade avermelhada, o nariz revela aromas de fruta vermelha madura envolvida por sugestivas notas especiadas e compotadas, num fundo marcado pela madeira e por breves nuances minerais, na boca revela elegância e vivacidade, bem como estrutura e volume, no paladar sobressai a fruta preta em perfeita harmonia com subtis nuances de madeira e um evidente toque achocolatado, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência prolongados.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas: