• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (5286) A-M / N-Z
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (4117)

domingo, 10 de novembro de 2019

Novo encontro de Bloggers no Restaurante Tendinha (Jul/2019)


No passado dia 16/07/2019 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar de grandes vinhos, onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer) e Miguel Pedro.

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Jantar:

Portal das Hortas Vindima Tardia Avesso 2015 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Avesso
Produtor: Quinta & Casa das Hortas - Soc. Agrícola e Com. Lda
Álcool: 11%
Enólogo: Lídia Silva
Nota de Prova: Cor amarela de tonalidade dourada, o nariz sugere aromas de fruta madura, nomeadamente pêssego, acompanhados por delicadas notas meladas e uma ligeira sensação floral, na boca revela uma certa cremosidade, uma acidez correcta e um toque adoçicado que marca o conjunto, no paladar dominam as notas citrinas e frutadas muito maduras, além de uma leve sensação melada, com o final de boca a terminar com um comprimento algo curto.
Classificação Pessoal: 14.5
Grandjó Late Harvest 2013 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Semillon
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 12%
Enólogo: Jerry Luper
Nota de Prova: Cor dourada de forte intensidade, sinalizando que nem tudo estaria perfeito, o nariz revela aromas de fruta muito madura e em passa envolvidos por evidentes notas meladas e de tosta, num fundo a fazer lembrar alguns frutos secos, na boca revela complexidade e volume, apesar de não estar em perfeitas condições, já o paladar é notório o casamento entre os secos e o mel, bem como breves nuances especiadas, com o final de boca a terminar com um comprimento relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16
Pêra-Manca 2016 (Branco)

Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz e Arinto
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela brilhante e um nariz marcado pela elegância e complexidade, onde as notas cítricas e minerais se fundem com a tosta e delicados apontamentos de fruta madura, na boca é um vinho com estrutura e volume, uma acidez excelente e uma envolvência e harmonia notáveis, no paladar domina a sua componente mais mineral em conjunto com a elegância da madeira e cremosidade da fruta e de nuances limonadas, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Guru 2017 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Viosinho, Rabigato, Códega de Larinho e Gouveio
Produtor: Wine & Soul, Lda
Álcool: 13%
Enólogo: Sandra Tavares da Silva e Jorge Serôdio Borges
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz muito fino e elegante, com os aromas minerais muito bem envolvidos com a fruta e citrinos bem maduros, num fundo subtilmente tostado, na boca apresenta-se um vinho harmonioso e volumoso, além de complexo e estruturado, no paladar destaca-se a fruta e as notas mais tostadas, com o final de boca prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Murganheira Super Reserva Bruto 2013 (Espumante)

Região: DOC Távora Varosa
Castas: Malvasia Fina, Cerceal e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial do Varosa, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Orlando Lourenço
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz muito agradável, onde as notas de biscoito e frutos secos combinam de uma forma muito interessante com breves nuances mais cítricas e frutadas, na boca revela frescura e equilíbrio, já o paladar volta a revelar-se frutado e especiado, com o final de boca a terminar relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16
Penfolds Bin 28 Kalimna Shiraz 2016 (Tinto)

Região: Austrália
Castas: Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e uma auréola de tonalidade granada e avermelhada, o nariz revela aromas de fruta vermelha e preta bem maduras, agradavelmente envolvidas por sugestivas notas especiadas e de tabaco, num fundo mais achocolatado e até mineral, na boca é um vinho volumoso, envolvente e com uma belíssima estrutura e equilíbrio, no paladar realce para a harmonia existente entre os frutos pretos, a barrica e as notas apimentadas e de chocolate, com o final de boca a terminar com um comprimento bem prolongado e uma persistência muito interessante.
Classificação Pessoal: 17
Zuccardi Concreto Malbec 2017 (Tinto)

Região: Argentina
Castas: Malbec
Produtor: Familia Zuccardi
Álcool: 14%
Enólogo: Sebastián Zuccardi
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro com laivos de tonalidade violeta bem brilhantes, o nariz sugere aromas de frutos silvestres e pretos maduros misturados com sugestivas notas especiadas e apimentadas, num fundo mais achocolatado e onde a barrica confere uma agradável complexidade, na boca é um vinho equilibrado, com um volume assinalável e taninos bem redondos, no paladar realce para a harmonia existente entre a fruta preta e as notas de barrica, acompanhadas por leves nuances apimentadas e achocolatadas, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 16.5
Las Sabias Viñas Viejas Pie Franco 2015 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro
Produtor: Dominio del Bendito, SL
Álcool: 16.5%
Enólogo: Anthony Terryn
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e muito concentrada no centro e uma auréola brilhante de tonalidade violeta, o nariz revela-se cheio de fruta preta e notas especiadas, além de sugestivas nuances terrosas, achocolatadas e até balsâmicas, num fundo marcado por subtis apontamentos fumados e florais, na boca é um vinho complexo, volumoso e envolvente, com os taninos a revelar firmeza e ao mesmo uma impressionante elegância, no paladar domina a fruta preta e do bosque, além de evidentes notas de barrica e couro, chocolate preto e uma certa mineralidade, o final de boca termina de uma forma bem prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Messias 10 Anos (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S. A.
Álcool: 20%
Enólogo: João Soares
Nota de Prova: Cor avermelhada e acastanhada, o nariz revela agradáveis e elegantes aromas de frutos secos, especialmente amêndoas, agradavelmente misturados breves apontamentos de fruta em passa e alguma compota, na boca é um vinho untuoso e fresco, com um volume e estrutura agradáveis, no paladar voltam a dominar os frutos secos e a fruta mais compotada, além de breves nuances caramelizadas e cristalizadas, com o final de boca a terminar com um comprimento acima da média.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas: