• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4749)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3860)

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Prova de Vinhos Herdade dos Lagos (Dez/2007)


No passado dia 31/12/2007 realizei uma Prova de Vinhos do produtor alentejano Herdade dos Lagos.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos tintos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Herdade dos Lagos pela disponibilidade apresentada para com o Blog Os Vinhos.

717 - Herdade dos Lagos 2005 (Tinto)Herdade dos Lagos 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Aragonez e Syrah
Produtor: Sociedade Agrícola Herdade dos Lagos, Lda
Álcool: 13.5%
Enólogo: António Saramago e Dorina Lindemann
Nota de Prova: Nariz delicado e aromático, frutos vermelhos maduros e ligeira especiaria, na boca está suave e com uma acidez equilibrada, leves notas vegetais num conjunto com estrutura mediana, final simpático e bem agradável.
Classificação Pessoal: 15
Herdade dos Lagos Aragonez 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Aragonez
Produtor: Sociedade Agrícola Herdade dos Lagos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago e Dorina Lindemann
Nota de Prova: Nariz intenso de frutos pretos e ligeiramente alicorado e tostado, na boca tem um corpo cheio, boa acidez, equilíbrio quanto baste, ainda com forte presença dos taninos embora a fruta esteja sempre presente, o final é doce e médio/longo.
Classificação Pessoal: 15
718 - Herdade dos Lagos Aragonez 2005 (Tinto)
719 - Herdade dos Lagos Reserva 2004 (Tinto)Herdade dos Lagos Reserva 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Aragonez e Syrah
Produtor: Sociedade Agrícola Herdade dos Lagos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago e Dorina Lindemann
Nota de Prova: Cor de grande concentração e auréola um pouco violeta, os aromas ainda estão um pouco escondidos, mas abrem-se ao fruto silvestre maduro e alguma baunilha, é ainda muito jovem e está pronto para evoluir as suas capacidades, a boca é muito marcada pela madeira e a especiaria casa muito bem com a fruta, taninos redondos e média acidez num final equilibrado mas expressivo.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas: