• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

sábado, 1 de maio de 2010

Prova de Grandes Vinhos Brancos Portugueses (Mai/2010)

No passado dia 04/05/2010, realizei uma Prova de Vinhos Brancos Portugueses das várias regiões do nosso país.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 5 vinhos brancos e 1 porto branco.


Quinta do Portal Extra Dry White (Porto)Portal Extra Dry White (Porto)

Região: Douro
Castas:
Viosinho, Malvasia e Gouveio
Produtor: Quinta do Portal
Álcool: 20%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor amarela de tons levemente dourados, onde o nariz lembra notas florais e alguns frutos secos com boa dose de frescura, na boca é um vinho cremoso, vivo e com uma boa acidez, revela um ligeiro toque amendoado que confere estrutura a um conjunto bem marcado pela fruta, o final tem um comprimento mediano e uma persistência agradável.
Classificação Pessoal: 16
Quinta do Crasto Reserva 2006 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor citrina de leve tonalidade esverdeada, tem um nariz algo complexo no início mas que vai abrindo para um conjunto floral, muito mineral e uma leve sensação de fruta, mostrando-se muito equilibrado, fresco e elegante, na boca é um vinho saboroso, com estrutura, um corpo volumoso e com uma acidez bem presente, as notas minerais estão dominantes, sendo secundadas por alguma alguma fruta madura e um certo toque de citrinos, o final é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta do Crasto Reserva 2006 (Branco)
1599 - Encontro 1 2008 (Branco)Encontro 1 2008 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas:
Arinto e Bical
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Lucas
Nota de Prova: Cor límpida de tons amarelo palha, o nariz apresenta uma elegância pura, benefeciando da harmonia perfeita entre os sedutores toques minerais, que são acompanhados por leves notas tostadas e abaunilhadas, na boca revela-se aveludadado, onde delicadas notas vegetais, frescos citrinos e elegantes sugestões de madeira de grande qualidade, formam um conjunto muito atractivo e envolvente, o final de boca é longo e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2008 (Branco)

Região: DOC Dão
Castas:
Malvasia, Cerceal e Encruzado
Produtor: Paço de Santar - Vinhos do Dão, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Carlos Lucas
Nota de Prova: Cor amarela de leves tons esverdeados, no nariz os fortes mas elegantes aromas tostados têm a companhia de frescas notas florais, de alguma fruta tropical e de um leve toque vegetal e ligeiro fumado, na boca é um vinho com estrutura, elegância, conta com uma excelente acidez e uma frescura marcante, é um vinho harmonioso, frutado e que conta com um final persistente e prolongado.
Classificação Pessoal: 17.5
1527 - Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2008 (Branco)
1639 - Quinta do Soalheiro Reserva Alvarinho 2007 (Branco)Quinta do Soalheiro Reserva Alvarinho 2007 (Branco)

Região: DOC Vinhos Verdes
Castas:
Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Álcool: 13%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Nota de Prova: Cor amarela com boa concentração e nariz muito vegetal, algo herbáceo até, não deixando a madeira dominar os aromas, no decorrer da prova aparecem ligeiros toques citrinos e alguma fruta madura, na boca o equilíbrio é a nota dominante, conta com um bom volume e uma acidez bem evidente, revela um paladar envolvente, muito citrino e frutado, que equilibra com delicadas sugestões especiadas e muito minerais, o final é persistente e de comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Pêra-Manca 2007 (Branco)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Antão Vaz e Arinto
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 13.5%
Enólogo: Colaço do Rosário e Pedro Baptista
Nota de Prova: Cor amarela concentrada e nariz algo complexo no início que aos poucos e poucos evolui para sugestões de fruta tropical, delicadas notas fumadas e tostadas, tudo num fundo profundamente mineral, na boca mostra-se um vinho mais sedutor, com boa estrutura e um paladar muito cremoso, as finas notas tostadas acompanham muito bem os frutos secos e a baunilha, mas o grande destaque vai para a sua componente mineral, tem um final longo e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
1383 - Pêra-Manca 2007 (Branco)

Etiquetas: