• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4493)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3654)

terça-feira, 21 de agosto de 2012

2318 - Quinta da Pedra Escrita 2009 (Branco)



Região: Regional Douro
Castas: Alvarinho, Rabigato, Verdelho e Viognier
Produtor: VDS - Vinhos do Douro Superior, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Roboredo Madeira
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarelo palha de delicados reflexos esverdeados, o nariz impressiona pela forte mineralidade que evidencia, aliada a vibrantes notas cítricas e ainda uma leve sensação vegetal e também frutada, na boca é um vinho muito fresco, com uma excelente acidez e uma estrutura vibrante, destacam-se novamente as notas minerais, cítricas e vegetais, num fundo ligeiramente fumado, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência muito interessante.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2012

Rótulo: A Lebre - "Lepus europeus" - um animal em estado selvagem oriundo da Europa, sendo uma das principais espécies cinegéticas. Encontra-se sobretudo em zonas agrícolas planas e pouco humanizadas. É uma das principais marcas da paisagem da Quinta da Pedra Escrita, em Freixo de Numão, no Douro Superior. A uma altitude de 575 metros, os solos secos e áridos são predominantemente graníticos, arenosos e muito pobres em nutrientes. A Quinta da Pedra Escrita pertenceu à minha família durante várias gerações, tendo sido adquirida pela VDS em 207. Foi aqui que quis fazer o vinho branco com que sempre sonhei, que traduzisse a verdadeira essência deste "terroir" único, o respeito pelo solo, o clima e a lavoura das zonas graníticas e mais planas do Douro Superior. Este vinho cativa-nos pela sua grande frescura, persistência e longevidade, foi engarrafado no dia 8 de Abril de 2011 após o estágio sobre borras finas. É um vinho branco para beber após estágio em garrafa, prevendo-se que melhore nos dois próximos anos, quando estará no seu auge para ser bebido. Caracteriza-se por ter um aroma muito cítrico e mineral com notas de flores e ervas muito características das castas e do "terroir", na boca é fresco e muito longo, está bem evidenciada a acidez natural das uvas criadas em altitude das castas Alvarinho, Rabigato, Verdelho e uma pequena percentagem de "Viognier". Os vinhos desta Quinta são também um tributo a todos aqueles que me moldaram aquilo que sou e que sempre me inspiraram. "O Novo Mapa Ilustrado do Douro": já passaram mais de 160 anos desde que Barão Joseph James Forrester desenhou o famoso mapa do Douro, desde então mais nenhum outro artista fez qualquer versão actualizada. O inglês David Eley criou agora uma visão moderna do Douro Vinhateiro do século XXI... um épico de trabalho com mais de 3 metros que compreende cerca de 130 aguarelas e publicado em duas sublimes edições limitadas. Escolhi a ilustração da Lebre pintada por David Eley neste mapa como o símbolo icónico das vinhas da Quinta a Pedra Escrita. Para mais detalhes sobre o mapa, visite: www.douromap.com." Rui Roboredo Madeira, Enólogo.

Etiquetas: , , , , , , ,