• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

quarta-feira, 24 de Outubro de 2012

Prova de Vinhos Os Últimos 2 Séculos de Vintage Ramos Pinto (Out/2011)


No passado dia 28/10/2011 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, teve lugar uma Prova de Vinhos do Porto Vintage, da prestigiada marca Ramos Pinto, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2011, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Prova comentada pelo Enólogo João Nicolau de Almeida.


Ramos Pinto Vintage 2007 (Porto)Ramos Pinto Vintage 2007 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Franca e Tinta Roriz
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor carregada no centro com laivos de tonalidade violácea/rubi, no nariz destacam-se os aromas de frutos do bosque, bem como delicadas notas florais, compota e ainda um leve toque químico, tudo muito bem apoiado por suaves sugestões especiadas e terrosas, na boca apresenta um volume intenso e uma estrutura vibrante, o paladar revela fruta preta, um leve toque mentolado e ainda delicadas notas de diversas especiarias e algum vegetal seco, termina relativamente seco mas muito bem prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Ramos Pinto Quinta da Ervamoira Vintage 2007 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor carregada e concentrada no centro, com uma auréola de tonalidade violácea brilhate, o nariz revela-se muito elegante, rico em notas florais, frutos do bosque e também alguma barrica, num fundo ligeiramente mais vegetal, na boca é um vinho intenso, volumoso, macio e com taninos mais delicados, o paladar apresenta-se muito atractivo, beneficiando da envolvência das notas achocolatadas com a fruta preta, com diversas especiarias e também breves apontamentos de fruta vermelha madura, o final de boca é longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Ramos Pinto Quinta da Ervamoira Vintage 2007 (Porto)
Ramos Pinto Vintage 2003 (Porto)Ramos Pinto Vintage 2003 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Franca e Tinta Roriz
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada no centro e rebordo de tonalidade granada, revelando uma subtil evolução, no nariz, destaca-se a fruta vermelha madura equilibrada com diversas notas quentes e profundas, muito especiadas, bem como um ligeiro toque de café e cacau, na boca é um vinho volumoso, muito estruturado, com taninos bem presentes e um paladar frutado e algo vegetal, onde são marcantes as notas de barrica, apresenta ainda uma bela juventude e termina longo, persistente e seco.
Classificação Pessoal: 17.5
Ramos Pinto Vintage 1997 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Barroca e Tinta Roriz
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa, muito concentrada no centro e com laivos acastanhados, no nariz destacam-se uns atractivos aromas alicorados, bem como um certo caramelo, frutos secos e delicadas notas de fruta vermelha madura e alguma barrica, na boca é um vinho elegante, com uma textura sedosa e uma complexidade agradável, revela uma paladar cheio de fruta madura, diversas especiarias e delicadas notas terrosas e de madeira velha, o final de boca é prolongado e com uma bela persistência.
Classificação Pessoal: 17
Ramos Pinto Vintage 1997 (Porto)
Ramos Pinto Vintage 1994 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de concentração média/alta no centro e uma aréola de tonalidade acastanhada, o nariz revela uma bela dose de fruta vermelha, bem como um delicado toque de flores secas, apoiados em suaves nuances de caramelo e algum químico, na boca é um vinho aveludado, complexo e volumoso, com um paladar marcado pelos frutos secos, por um certo fumado e ainda fruta em passa, dando já alguns sinais de evolução, destaca-se ainda a sua grande secura, num final de boca de comprimento médio/alto e persistência interessante.
Classificação Pessoal: 17
Ramos Pinto Vintage 1983 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Tinta Barroca, Vinhas Velhas e Touriga Nacional
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor rubi de tonalidade acastanhada e uma concentração mediana no centro, o nariz é composto por diversos aromas de frutos secos, finas especiarias e um delicado toque de caramelo torrrado e folhas secas, tudo muito bem integrado e elegante, com as notas fumadas a aparecem durante a prova, na boca é um vinho imenso, cheio, profundo e muito elegante, revela um tostado e torrado que se complementam de uma forma brilhante, ambos apoiados em delicadas notas de frutos secos, formando um conjunto poderoso e sedutor, o final de boca é prolongado e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18.5
Ramos Pinto Vintage 1983 (Porto)
Ramos Pinto Vintage Touriga Nacional 1983 [não comercializado] (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: -%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor de tonalidade acastanhada e atijolada de média concentração, o nariz revela-se pouco exuberante, apenas exibindo delicadas notas de couro, flores secas e um leve toque de fruta em passa, na boca é um vinho de volume médio, já muito redondo e com uma evolução evidente, o paladar revela frutos secos e um leve toque torrado, terminando com um comprimento médio/longo e uma persistência relativamente expressiva.
Classificação Pessoal: 16
Ramos Pinto Vintage Touriga Franca 1983 [não comercializado] (Porto)

Região: Douro
Castas:
Touriga Franca
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: -%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de concentração relativamente intensa no centro e laivos de tonalidade acastanhada, o nariz revela alguma complexidade, onde as notas caramelizadas acompanhadas por delicados frutos secos e por um certo fumado, formam um conjunto delicado mas elegante, na boca é um vinho volumoso, denso e estruturado, que é capaz de conferir um paladar fresco, dominado pelos frutos secos e por alguma barrica, bem como por suaves especiarias e ainda um leve toque vegetal seco, o final de boca tem um comprimento e uma persistência muito interessantes.
Classificação Pessoal: 17
Ramos Pinto Vintage 1970 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Várias
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: -%
Enólogo: José Ramos Pinto Rosas
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada com relativa intensidade e tonalidade acastanhada, no nariz sobressai uma elegância, uma fineza de aromas e uma sedutora complexidade, capazes de nos prender ao copo durante largos minutos, os aromas de cereja madura, algum marmelo, tudo muito fresco e agradavelmente apoiado em delicadas especiarias e notas fumadas, num leve toque vegetal seco, bem como café, frutos secos e ainda uma surpreendente componente de fruta preta, na boca é um vinho aveludado, com uma textura de seda e uma estrutura ímpar, revela-se encorpado e complexo, untuoso e volumoso, na boca dominam os frutos secos e as notas de caramelo muito bem integradas com a fruta vermelha madura, com finas especiarias e uma acidez inacreditável para a sua idade, o final de boca é longo, muito longo e de persistência enormíssima.
Classificação Pessoal: 19
Ramos Pinto Vintage 1931 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Várias
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: -%
Enólogo: Rui Brito e Cunha
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar no centro e laivos de tonalidade aloirada e acastanhada, o nariz revela um delicado vinagrinho, apoiado em notas de diversos frutos secos, como avelãs, ameixa seca e ainda elegantes notas especiadas e fumadas, bem como caramelo e canela, tudo muito elegante, fino, complexo e sedutor, na boca é um vinho imenso, que até parece jovem face à idade que ostenta, revela uma estrutura imponente, uma delicadeza e elegância notáveis e uma envolvência e harmonia inacreditáveis, o paladar confirmas as notas de frutos secos, bem como um certo fumado, um delicado achocolatado e ainda vibrantes notas especiadas, tudo cheio de força e garra, o final de boca é incrivelmente longo e de uma persistência espectacular.
Classificação Pessoal: 19
Ramos Pinto Vintage 1924 (Porto)

Região: Douro
Castas:
Várias
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: -%
Enólogo: Spratley
Nota de Prova: Cor âmbar de tonalidade aloirada/acastanhada, o nariz revela-se muito elegante, com um ligeiro vinagrinho a conferir complexidade a um conjunto dominado pelas notas de frutos secos, caramelo, ameixa seca, um certo balsâmico apoiado em alguma madeira velha, delicadas notas de caixa de charutos e também diversas mas requintadas especiarias, na boca é um vinho sedoso, fino, aveludado e incrivelmente fresco, no paladar dominam as notas torradas, os frutos secos, um leve toque de cacau e ainda um evidente toque de couro, termina com um comprimento enorme e uma persistência imensa.
Classificação Pessoal: 18.5

Etiquetas: