• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







free counters


Todos os Vinhos Provados pelo Blog Os Vinhos
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos

domingo, 9 de Dezembro de 2012

2444 - Quinta do Monte d'Oiro Reserva 2004 (Tinto)



Região: Regional Estremadura
Castas: Syrah e Viognier
Produtor: José Bento dos Santos - Quinta do Monte D'Oiro
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: José Bento dos Santos, Graça Gonçalves e Gregory Viennois
Notas de Prova: Cor granada intensa e concentrada, o nariz revela-se fino e elegante, onde as especiarias e as notas minerais combinam agradavelmente com a fruta vermelha madura, com a tosta e com um leve toque terroso e até floral, na boca é um vinho muito equilibrado e harmonioso, onde os taninos denotam alguma firmeza e ao mesmo tempo uma elegância contagiante, o paladar continua muito frutado e especiado, confirmando os aromas do nariz, agora apoiados em delicadas notas apimentadas e um ligeiro toque vegetal, o final de boca é prolongado e bem persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Fevereiro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Junho 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Fevereiro 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Outubro 2010

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.7
• Data da Revista: Setembro 2009

Classificação Blue Wine: ...................................17
• Data da Revista: Março 2008

Classificação Wine Passion: ..............................17.7
• Data da Revista: Março 2009

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Dezembro 2007

Rótulo: Este vinho foi elaborado com as castas Syrah (96%) e Viognier (4%). O rendimento de produção foi mantido muito baixo para lhe provocar a desejada concentração e estagiou em barricas de carvalho francês (Seguin Moreau) totalmente novas, seguindo a filosofia de produção de vinhos de excelência da Quinta do Monte d'Oiro. Conseguiu-se, assim, um vinho com uma identidade muito própria e um notável sentido gastronómico que proporcionará harmonias perfeitas com uma culinária delicada. Este vinho deverá atingir o seu auge dentro de 8 a 12 anos. Não tendo sido sujeito a filtração deve ser decantado 2 a 4 horas antes de ser servido.

Etiquetas: , , , , ,