• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4340)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3527)

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Prova Vertical de Vinhos do Porto Quinta do Noval Colheita (Nov/2012)


No passado dia 09/11/2012 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, teve lugar uma Prova de Vinhos do Porto Colheita, da prestigiada marca Quinta do Noval, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2012, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Prova comentada pelo Enólogo António Agrellos.


Quinta do Noval Colheita 1997 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor topázio e delicada auréola avermelhada, o nariz apresenta-se muito vivo e fresco, com os aromas de frutos secos amplamente dominadores e agradavelmente secundados por delicadas nuances balsâmicas e de madeira, na boca está muito fresco, envolvente e complexo, além de ainda muito jovem, revela um paladar rico em frutos secos e um leve toque de fruta em passa muito bem misturada com as sugestões de barrica, termina com uma acidez vibrante e um final algo seco, de comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta do Noval Colheita 1995 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar profunda no centro e delicada auréola aloirada, o nariz revela-se muito fresco, com os aromas de diversos frutos secos, avelãs e nozes entre outros, perfeitamente integrados com a madeira e com um delicado toque resinoso, na boca apresenta-se de uma forma harmoniosa e sedosa, com um volume enorme e uma acidez bem presente, o paladar está cheio de frutos secos e o final de boca é muito longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Noval Colheita 1986 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar intensa e um nariz muito elegante, sedoso e vivo, onde os frutos secos, especialmente noz, casam na perfeição com delicadas notas de vinagrinho, tabaco e especiarias, num fundo complexo e algo terroso, na boca revela uma textura cremosa, uma grande envolvência e um enorme volume, o paladar está muito bem preenchido pelos frutos secos e por um delicado toque de iodo, além de subtis nuances de caramelo, termina de uma forma gulosa e com um final de boca longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Noval Colheita 1976 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar com uma delicada tonalidade acastanhada e esverdeada à volta, o nariz revela-se complexo e balsâmico, com os frutos secos a surgirem perfeitamente envolvidos com as notas terrosas e com um leve vinagrinho, na boca é um vinho sedoso, com uma textura cremosa e rica, uma acidez vibrante e também alguma secura, o paladar apresenta-se muito elegante, com os frutos secos muito bem casados com a madeira, o final de boca tem um enorme comprimento e uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Noval Colheita 1971 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar de média concentração no centro e um rebordo levemente esverdeado, o nariz sobressai imediatamente pelo seu carácter sedutor e envolvente, cheio de elegância e rico em aromas de caramelo, frutos secos, principalmente nozes, tabaco e especiarias, com um vinagrinho bem presente que confere uma excelente complexidade ao conjunto, na boca é um vinho apaixonante, muito complexo e com uma acidez perfeita, revela um paladar volumoso e envolvente, onde os frutos secos e o caramelo casam na perfeição com as especiarias e com a madeira, o final de boca é ligeiramente seco e interminável.
Classificação Pessoal: 19
Quinta do Noval Colheita 1968 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar de média concentração e uma auréola de tonalidade acastanhada/aloirada, o nariz está muito complexo, algo fechado e com delicadas notas balsâmicas, além de caramelo e frutos secos e um evidente toque de vinagrinho, tudo muito bem envolvido com a madeira velha e com breves apontamentos resinosos, na boca é cremoso, muito harmonioso e volumoso, conta com uma textura sedosa e um paladar muito complexo, onde a madeira velha se envolve com um suave toque torrado, diversos frutos secos e ainda um leve toque melado, formando um conjunto vibrante e com uma excelente acidez, o final de boca é simplesmente notável.
Classificação Pessoal: 19
Quinta do Noval Colheita 1964 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21.5%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Cor âmbar acastanhada e nariz cheio de frutos secos e madeira velha, além de um delicado toque de vinagrinho e aromas complexos de especiarias, caramelo e folhas de tabaco, na boca apresenta uma acidez bem vincada e uma textura sedosa e muito elegante, com um paladar rico em frutos secos, diversas especiarias e notas de caramelo, tudo muito bem integrado com a madeira velha, o final de boca é longo e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Noval Colheita 1937 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Outras
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor castanha profunda no centro e um rebordo de tonalidade esverdeada, no nariz destacam-se os seus aromas muito complexos, envolventes e elegantes, nomeadamente as notas de frutos secos, caramelo e um certo torrado, tudo agradavelmente aliado à madeira velha, a um certo vinagrinho e ainda um delicado toque de verniz, na boca é um vinho de uma untuosidade notável, com um corpo volumoso, estruturado e harmonioso, o paladar conta com uma acidez belíssima e frescas notas de frutos secos, caramelo e algum mel muito bem envolvidas com a madeira velha e com um ligeiro toque torrado e especiado, terminando com um final de boca de enorme persistência e um comprimento muito prolongado.
Classificação Pessoal: 18.5

Etiquetas: