• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4440)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3604)

domingo, 21 de setembro de 2014

Os Colheitas de Excelência da Kopke (Nov/2013)


No passado dia 08/11/2013 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, teve lugar uma Prova denominada Os Colheitas de Excelência, da prestigiada marca Kopke, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2013, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Prova comentada pelo Enólogo Carlos Alves.


Kopke Colheita 1963 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Cor castanha no centro e rebordo de tonalidade aloirada, o nariz revela-se muito complexo e elegante, onde as notas de frutos secos estão bem evidentes, bem como algum caramelo e figos e ainda um leve toque de iodo e vinagrinho, na boca é um vinho grandioso, cheio de garra e vivacidade, muito harmonioso e sedutor, no paladar destacam-se as notas de frutos secos, muito caramelizadas e uma evidente componente de madeira velha entre delicadas mas sugestivas especiarias, termina de uma forma muito longa e persistente.
Classificação Pessoal: 19
Kopke Colheita 1960 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Apresenta uma cor acastanhada no centro e uma auréola esverdeada, o nariz revela-se profundamente complexo, cheio de aromas de frutos secos, especialmente noz, notas de vinagrinho e ainda alguma madeira velha, na boca é um vinho cremoso e sedutor, cheio e envolvente, muito untuoso e estruturado, com um paladar elegante, muito vivo e especiado, com diversos frutos secos bem presentes, o final de boca é longo, seco e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18.5
Kopke Colheita 1957 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Cor acastanhada no centro e auréola de tonalidade aloirada, o nariz revela-se mais fechado e complexo, onde as notas de madeira velha estão muito bem envolvidas com os frutos secos, algum vinagrinho e delicadas notas meladas, na boca é um vinho gordo e untuoso, muito complexo e algo doce, onde dominam as notas de caramelo, amparadas pela madeira velha muito presente e mais uma vez por sugestivos apontamentos de frutos secos, o final de boca é muito elegante, prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Kopke Colheita 1953 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 21%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Apresenta uma cor acastanhada e bem esverdeada, um nariz sedutor, cheio de frutos secos, figos e um leve toque resinoso, especiado e com a madeira velha muito subtil, num fundo claramente dominado pelas notas de vinagrinho, na boca é um vinho volumoso, muito estruturado e complexo, contando com um paladar muito vivo, elegante e atractivo, cheio de frutos secos, figos e nozes, envolvidos em sugestivas notas adoçicadas e caramelizadas, termina muito longo e com uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 18.5
Kopke Colheita 1941 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Apresenta uma cor castanha de média concentração no centro e uma auréola aloirada, no nariz destacam-se as notas de avelãs e caramelo, entre outros frutos secos, bem como delicados aromas de iodo, verniz e novamente a madeira, na boca é um vinho sedutor, envolvente e muito harmonioso, além de concentrado, denota um paladar rico em frutos secos e madeira velha, num fundo delicadamente especiado, termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Kopke Colheita 1938 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Apresenta uma cor acastanhada no centro e uma auréola aloirada, com um nariz cheio de notas caramelizadas, muitas avelãs e nozes, madeira velha e ainda um toque de vinagrinho bem presente, na boca é um vinho aveludado e muito complexo, além de volumoso e estruturado, no paladar destacam-se as notas de frutos secos, madeira velha e um leve toque de nozes e diversas especiarias, termina de uma forma muito prolongada e com uma persistência bem pronunciada.
Classificação Pessoal: 18
Kopke Colheita 1937 (Porto)Kopke Colheita 1937 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Apresenta uma cor acastanhada no centro com uma auréola de tonalidade esverdeada, o nariz revela intensos aromas de figos e diversos frutos secos, além de sedutoras notas de iodo, vinagrinho, madeira velha nobremente integrada e um leve toque especiado, na boca é um vinho untuoso, cheio e volumoso, com uma estrutura vibrante e uma acidez notável, no paladar destacam-se as complexas notas de madeira envolvidas com os frutos secos e algum caramelo, muito bem secundados por algumas especiarias, formando assim um conjunto com uma elegância notável e um final de boca de um comprimento e persistência intermináveis.
Classificação Pessoal: 19.5
Kopke Colheita 1940 Edição Especial 375 Anos (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: C. N. Kopke & Cª. Lda
Álcool: 20%
Enólogo: Carlos Alves
Nota de Prova: Cor acastanhada de tonalidade esverdeada, o nariz revela uma notável elegância e complexidade, com os frutos secos, as notas de caramelo, a madeira e um certo vinagrinho, a revelarem uma envolvência incrível, na boca é um vinho intenso, volumoso, muito complexo e ao mesmo tempo fino, além de aveludado e acetinado, no paladar sobressai o caramelo, as nozes e outros frutos secos, com a madeira velha muito bem integrada com as especiarias e as notas de caramelo, o final de boca tem um comprimento e uma persistência notáveis.
Classificação Pessoal: 19

Etiquetas: