• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4493)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3654)

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Prova Vertical dos Syrah de Cortes de Cima - Parte II - o vinho Cortes de Cima Incógnito (Nov/2014)


No passado dia 07/11/2014 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, tiveram lugar duas Provas Verticais dos vinhos Cortes de Cima Homenagem Hans Christian Andersen e Cortes de Cima Incógnito, ambos monocasta Syrah do Produtor Cortes de Cima, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2014, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Na 2ª Parte deste Evento teve lugar uma Prova Vertical do vinho Cortes de Cima Incógnito.

Prova comentada pelo Enólogo Hamilton Loureiro.


Cortes de Cima Incógnito 1999 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 15%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade e um nariz rico em aromas de pimenta preta e algum couro, bem como delicadas sugestivos aromas compotados e delicadas notas de madeira e fumo, na boca conta já com uns taninos muito polidos e uma estrutura mediana, embora denote elegância e estrutura, no paladar destacam-se as notas de especiarias e a madeira velha, num fundo agradavelmente preenchido por alguma fruta bem madura, termina com um final de boca relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Cortes de Cima Incógnito 2002 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 15%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada de média concentração e um nariz mais especiado e apimentado que frutado e terroso, num fundo delicadamente marcado pelas notas de cacau e algum vegetal, na boca é um vinho com taninos bem presentes, muito complexo e vegetal, revela um paladar dominado pelo couro e por finas sugestões de especiarias, onde a madeira denota uma belíssima integração, termina com um comprimento e uma persistência expressivos.
Classificação Pessoal: 17
Cortes de Cima Incógnito 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Apresenta uma cor concentrada de tonalidade granada e avermelhada, o nariz revela fruta vermelha madura e notas de especiarias e pimenta, muito bem acompanhadas por algum vegetal seco, na boca é um vinho encorpado, muito fino, complexo e volumoso, com taninos firmes e um paladar cheio, onde a fruta preta e leves notas de chocolate combinam muito bem com as especiarias e a madeira, o final de boca é longo e muitíssimo elegante.
Classificação Pessoal: 17.5
Cortes de Cima Incógnito 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14.5%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada de concentração acima da média, o nariz revela aromas vegetais, de fruta preta e algum chocolate, envolvidos por algum couro, delicadas sugestões de pimenta e notas de barrica, na boca é um vinho atractivo, com estrutura e uma certa cremosidade, evidenciando uma acidez bem presente e taninos sólidos, o paladar revela notas de fruta negra e especiarias, bem como um ligeiro toque terroso e apimentado, termina com um final de boca de comprimento e persistência expressivos.
Classificação Pessoal: 18
Cortes de Cima Incógnito 2005 (Tinto)
Cortes de Cima Incógnito 2008 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e laivos de tonalidade violeta, o nariz revela uma excelente dose de fruta vermelha envolvida por notas vegetais e apimentadas, num perfil elegante e sedutor, na boca destaca-se a sua juventude e complexidade, bem como a fineza dos taninos, o paladar apresenta-se rico em fruta madura, com elegantes notas de barrica muito bem integradas com diversas especiarias e subtis nuances vegetais, termina longo e com uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 18
Cortes de Cima Incógnito 2009 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz fino e elegante, onde as notas de fruta madura e compota se misturam com delicadas sugestões vegetais e de pimenta preta, bem como algum floral e suaves nuances fumadas e de barrica, na boca é um vinho muito redondo e frutado, além de se revelar especiado e onde a barrica está muito bem integrada, termina com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média/alta.
Classificação Pessoal: 17
Cortes de Cima Incógnito 2011 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: Casa Agrícola Cortes de Cima, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Hans Kristian Jorgensen
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz muito elegante e fino, com ricos, complexos e sedutores aromas frutados e especiados, num fundo delicadamente vegetal que se apresenta apoiado num subtil toque achocolatado, na boca é um vinho poderoso, envolvente e muito encorpado e volumoso, revela um paladar amplamente dominado por uma bela dose de fruta, silvestre e vermelha madura, excepcionalmente envolvidas com a barrica, embora esta ainda se apresente muito presente, termina com um final de boca enorme no comprimento e na persistência.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas: