• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4440)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3604)

domingo, 13 de agosto de 2017

Prova Vertical Pêra-Manca e Scala Coeli, duas faces da excelência - Parte I - os vinhos Scala Coeli branco e tinto (Nov/2016)


No passado dia 12/11/2016 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, tiveram lugar Provas Verticais dos vinhos brancos e tintos Pêra-Manca e Scala Coeli, do Produtor Fundação Eugénio de Almeida, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2016, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Na 1ª Parte deste Evento teve lugar uma Prova Vertical dos vinhos Scala Coeli branco e tinto.

Prova comentada pelo Enólogo Pedro Baptista.


Scala Coeli 2009 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Verdelho
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Cor dourada intensa e nariz bem preenchido por aromas de fruta madura e notas fumadas, além de um toque muito delicado de frutos secos e tosta, na boca é um vinho untuoso, com uma acidez bem presente e uma estrutura interessante, no paladar destaca-se a fruta madura e as notas tostadas e algo meladas terminando com um final de boca de expressão relativamente prolongada e de persistência média.
Classificação Pessoal: 16.5
Scala Coeli 2011 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Cor amarela pálida e nariz rico em aromas frutados envolvidos por uma interessante mineralidade e algum floral, na boca mostra-se um vinho equilibrado e vivo, com uma acidez agradável e um volume acima da média, no paladar é a fruta tropical madura que domina, muito bem acompanhada por uma leve sensação especiada e tostada, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Scala Coeli 2014 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Viosinho
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 13%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Cor amarela de tonalidade esverdeada, o nariz revela aromas minerais e vegetais envolvidos por frescas notas citrinas e até florais, na boca é um tão volumoso quanto seco, com uma acidez bem presente e uma elegância notória, no paladar são as notas citrinas e minerais que dominam um conjunto jovem, vivo e muito equilibrado, com a fruta madura e breves nuances especiadas a conferirem alguma complexidade, o final de boca termina com uma persistência bem acima da média.
Classificação Pessoal: 17
Scala Coeli 2005 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Cabernet Sauvignon e Merlot
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 15%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz cheio de aromas especiados e de fruta preta, agradavelmente envolvidos por um fino e elegante toque apimentado e de couro, na boca é um vinho muito tão equilibrado e volumoso, com taninos firmes e uma interessante estrutura, no paladar destaca-se a fruta negra e as notas apimentadas e especiadas, num fundo algo terroso, o final de boca termina longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Scala Coeli 2007 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tonalidade granada, o nariz evidencia elegantes aromas florais e de fruta vermelha acompanhados por notas de diversas especiarias e um subtil toque balsâmico, na boca é um vinho muito equilibrado, estruturado e envolvente, com um paladar cheio de fruta preta e onde a madeira revela elegância e subtileza, o final de boca termina de uma forma prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Scala Coeli 2009 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Franca
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Álcool: 15%
Enólogo: Pedro Baptista
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada no centro e laivos de tonalidade avermelhada, o nariz apresenta aromas frescos de fruta vermelha envolvidos por uma delicada sensação vegetal e floral, num fundo mais apimentado e até especiado, na boca é um vinho volumoso e encorpado, além de muito elegante e com taninos bem presentes, o paladar revela-se cheio de frutos negros, notas de pimenta preta e com a barrica bem presente, o final de boca termina longo e com um nível de persistência elevado.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas: