• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4749)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3860)

domingo, 8 de abril de 2018

Novo jantar de vinhos de Bloggers no Restaurante Tendinha (Dez/2016)


No passado dia 09/12/2016 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar de grandes vinhos, onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage) e Miguel Pedro, Pedro Sovela e um curioso Pedro.

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Jantar:

Charles Pelletier Grande Reserve Rosé Brut (Espumante)Charles Pelletier Grande Réserve Rosé Brut (Espumante)

Região: França
Castas: Syrah
Produtor: Veuve Ambal
Álcool: 11.5%
Enólogo: Jean Pierre Depaquis
Nota de Prova: Cor rosada de tonalidade avermelhada brilhante e nariz agradavelmente frutado e floral, além de subtilmente especiado, na boca revela-se fresco e equilibrado, com bolha de pequena dimensão e uma frescura bem presente, o paladar confirma a fruta vermelha fresca envolvida por breves notas citrinas, o final de boca termina com um comprimento médio e uma persistência delicada.
Classificação Pessoal: 16
Jean Dumangin Carte d'Or Héritage Premier Cru Brut (Champanhe)

Região: França
Castas: Chardonnay, Pinot Meunier e Pinot Noir
Produtor: Champagne Jean Dumangin
Álcool: 12%
Enólogo: Gilles Dumangin
Nota de Prova: Cor amarela dourada e nariz agradavelmente elegante e bem preenchido por aromas de biscoito, pão torrado e diversas frutas maduras, na boca revela uma interessante frescura, além de uma certa cremosidade e untuosidade, no com uma bolha fina e uma acidez bem presente, no paladar é a fruta que domina um conjunto sedutor, apoiada por um breve toque fumado e de frutos secos, o final de boca termina longo.
Classificação Pessoal: 17
Mirabilis Grande Reserva 2012 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Viosinho e Gouveio
Produtor: Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Alves e Sónia Pereira
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor dourada e um nariz rico em aromas tostados e fumados, apoiados por evidentes notas de fruta madura e uma subtil mineralidade, na boca é um vinho estruturado, muito cremoso e harmonioso, além de volumoso, no paladar destaca-se a envolvência entre a fruta e as sugestivas e elegantes notas de barrica, com o final de boca a terminar longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17
Menguante Garnacha Blanca 2015 (Branco)

Região: Espanha
Castas: Garnacha Blanca
Produtor: Viñedos y Bodegas Pablo
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Pascual Gracia
Nota de Prova: Cor amarelo pálido e nariz rico em aromas de fruta tropical e delicadas notas de maracujá, num fundo mais limonado e subtilmente floral, na boca é um vinho equilibrado, muito redondo e fresco, com uma acidez bem presente e um paladar acima de tudo frutado, apoiado por breves notas florais e vegetais, num funfo mais mineral, o final de boca termina com um comprimento e persistência de expressão mediana.
Classificação Pessoal: 15.5
Marques da Grinon Emeritus 2004 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Cabernet Sauvignon, Syrah e Petit Verdot
Produtor: Pagos de Familia Marqués de Griñón, S. A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Julio Lópe
Nota de Prova: Cor opaca no centro e auréola de tonalidade granada, o nariz revela uma elegância ímpar, onde a fruta vermelha aparece envolvida por diversos frutos negros e delicadas nuances de couro e barrica, formando um conjunto complexo e harmomioso, na boca é um vinho volumoso e muito encorpado, denotando ao mesmo tempo fineza e uma evolução muito ligeira, no paladar destacamm-se os frutos pretos, as especiarias e notas de cacau, terminando com um final de boca bem prolongado.
Classificação Pessoal: 17.5
Herdade do Peso Reserva 2013 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas: Alicante Bouschet e Syrah
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luis Cabral de Almeida
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz muito bem preenchido por aromas de fruta preta misturadas com diversas notas especiadas e tostadas, onde se destaca a pimenta preta e uma certa mineralidade, na boca é um vinho equilibrado, ainda jovem e com taninos firmes, evidenciando um volume médio/alto e um corpo cheio, no paladar volta a destacar-se a fruta preta bem madura envolvida por delicadas notas apimentadas e achocolatadas, com o final de boca a terminar com uma interessante persistência.
Classificação Pessoal: 16.5
La Vitoriana La Vizcaína 2013 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Mencía
Produtor: La Vizcaína de Vinos - Raul Pérez
Álcool: 13.5%
Enólogo: César Marquez e Raul Pérez
Nota de Prova: Cor rubi de intensidade média e um nariz rico em fruta vermelha e delicadas notas florais e de especiarias, num fundo marcado por breves notas de fruta em passa e flores secas que marcam em demasia o conjunto, na boca é um vinho encorpado e com taninos bem presentes que secam a boca, o paladar revela fruta preta e delicadas notas florais, bem como uma subtil sensação de barrica, terminando com um final de boca médio.
Classificação Pessoal: 15.5
Quinta da Leda 1999 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 13%
Enólogo: José Maria Soares Franco
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade no centro e laivos avermelhados, o nariz apresenta-se delicado e dominado por evidentes notas de couro acompanhadas por breves toques resinosos e terrosos, em segundo plano surge a fruta mais compotada e breves notas fumadas e especiadas, na boca é um vinho algo evoluído mas ainda com um volume interessante e taninos bem redondos, no paladar destaque para a fruta vermelha muito madura envolvida por breves notas de madeira velha e um toque de couro muito presente, o final de boca termina com um comprimento médio/alto e uma persistência mais prolongada.
Classificação Pessoal: 16.5
Vietti Barolo Castiglione 2010 (Tinto)

Região: Itália
Castas: Nebbiolo
Produtor: Vietti s.r.l.
Álcool: 14%
Enólogo: Luca Currado
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta vermelha fresca, algum couro e uma evidente nuance marcadamente floral e vegetal, na boca revela taninos firmes e uma estrutura bem presente, além de se apresentar volumoso e envolvente, no paladar destaca-se a fruta vermelha fresca misturada com breves sugestões vegetais e florais, num fundo delicadamente especiado, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Ferrer Bobet Vinyes Velles 2011 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Cariñena, Garnacha Tinta e Vinhas Velhas
Produtor: Ferrer Bobet
Álcool: 15%
Enólogo: Isabel Fortuny e Raül Bobet
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi carregada e concentrada no centro e uma auréola de tonalidade violeta brilhante, o nariz sugere elegantes e profundos aromas de de frutos vermelhos e pretos, nomeadamente cerejas e morangos, acompanhados por evidentes notas florais e fumadas, além de breves nuances de tabaco e diversas especiarias, formando um conjunto complexo e ao mesmo tempo muito sedutor, na boca é um vinho harmonioso, envolvente, muito encorpado e estruturado, onde os taninos revelam uma grande fineza, no paladar destacam-se os frutos negros e a barrica de grande qualidade, além de um subtil toque mineral e de pimenta preta, o final de boca termina longo e com uma persistência formidável.
Classificação Pessoal: 18
El Titán del Bendito 2011 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15.5%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi praticamente opaca no centro e uma fina auréola de tonalidade vermelha/avioletada, o nariz evidencia aromas de frutas pretas e do bosque acompanhadas por sugestivas notas florais, especiairas, couro e chocolate, num fundo dominado pela barrica de grande qualidade e responsável por uma notáve complexidade num conjunto sedoso e ao mesmo tempo poderoso, na boca é um vinho profundo, volumoso, envolvente e de grande fineza, com o paladar a confirmar a fruta preta como dominante, secundada por deliciosos apontamentos minerais e apimentados, além de leves nuances terrosas e achocolatados, o final de boca termina com um comprimento muito longo e uma persistência incrível.
Classificação Pessoal: 18.5
Sablettes Sauternes 2012 (Branco)

Região: França
Castas: Semillon, Sauvignon Blanc e Muscadelle
Produtor: SCEA Julie Gonet-Médeville
Álcool: 13.5%
Enólogo: -
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela intensa com laivos dourados, o nariz revela evidentes aromas de mel, fruta bem madura e subtis nuances cristalizadas e florais, na boca é um vinho agradável, com uma acidez interessante e uma certa cremosidade, no paladar destaca-se a fruta envolvida por notas meladas e uma agradável doçura, o final de boca termina com um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 16
Reserva Particular 1963 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: -
Álcool: 20%
Enólogo: -
Nota de Prova: Cor acastanhada e nariz fino e elegante, com a madeira velha agradavelmente envolvida por sugestivas notas de couro e frutos secos, dando origem a um conjunto muito interessante apesar de ligeiramente evoluído, na boca revela subtileza e uma impressionante frescura e complexidade, com o paladar a evidenciar notas especiadas e de madeira, bem como alguma fruta em passa, o final de boca termina com um comprimento médio/longo e uma persistência imensa.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Noval 40 Anos (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Álcool: 21%
Enólogo: António Agrellos
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar intensa e brilhante, o nariz revela elegância, complexidade e fineza, com frutos secos envolvidos pela madeira velha e por algum caramelo, bem como subtis notas fumadas e de vinagrinho, na boca é um vinho sedoso, harmonioso e aveludado, com um volume enorme, impressionante mesmo, no paladar destacam-se novamente os frutos secos, nomeadamente as nozes, as avelãs e as amêndoas, muito bem misturadas com subtis notas caramelizadas e florais, um ligeiro toque torrado e ainda uma breve e fina doçura que confere ao conjunto uma sensação única, o final de boca termina longo e com uma persistência inacreditável. É um vinho simplesmente fabuloso!
Classificação Pessoal: 19
Don PX Gran Reserva 1982 (Licoroso)

Região: Espanha
Castas: Pedro Ximenez
Produtor: Bodegas Toro Albalá, S.L.
Álcool: 17%
Enólogo: Antonio Sánchez
Nota de Prova: Apresenta uma cor âmbar intensa e um nariz amplamente dominado pelos aromas de frutos secos envolvidos por doces notas meladas e caramelizadas, secundados por breves apontamentos de fruta cristalizada, na boca revela untuosidade e complexidade, com uma doçura muito presente e uma acidez viva, no paladar voltam a destacar-se as notas de nozes e figos, bem como subtis nuances de mel e citrinos maduros, o final de boca termina com um comprimento longo.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas: