• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4897)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3920)

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Prova Vertical do Vinho Tinto Mouchão no Restaurante Rubro (Jun/2018)


No passado dia 22/06/2018, realizei uma Prova Vertical do Vinho Tinto Mouchão, do produtor Vinhos da Cavaca Dourada, SA da região do Alentejo, juntamente com um grupo de amigos no restaurante Rubro, em Lisboa.

Esta prova foi efectuada com a degustação de 4 colheitas: 2008, 2009, 2010 e 2011.


Mouchão 2008 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Loureano
Nota de Prova: Cor granada intensa e muito concentrada no centro, com uma delicada auréola de tonalidade avermelhada, no nariz sobressai a envolvência entre a fruta preta madura e as sugestivas notas vegetais, além de evidenciar uma forte componente especiada, algum couro e ainda um delicado toque mineral, num fundo marcado pela madeira e por alguma resina, na boca é um vinho harmonioso, com uma grande estrutura e um corpo elegante e aveludado, o paladar apresenta-se fino e sedutor, com a fruta vermelha e preta bem maduras muito bem casadas com as notas vegetais e com leves sensações de especiarias, num fundo dominado pela barrica de grande qualidade, o final de boca termina com um comprimento longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Mouchão 2009 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Loureano
Nota de Prova: Cor granada intensa e um nariz rico em aromas de fruta preta madura, muito bem envolvidas por sugestivas notas vegetais e minerais, num fundo marcado pela barrica e por uma delicada sensação mentolada, na boca apresenta-se um vinho volumoso, de grande elegância e complexidade e com taninos finos, o paladar sugere fruta preta e do bosque muito bem integradas com as notas de barrica e com um ligeiro toque vegetal, além de uma subtil sensação apimentada e de couro, o final de boca termina com um comprimento muito prolongado e com uma grande persistência.
Classificação Pessoal: 17
Mouchão 2010 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Loureano
Nota de Prova: Cor granada carregada e profunda no centro, com uma fina auréola de tonalidade rubi/avermelhada, o nariz apresenta-se muito elegante e ao mesmo tempo complexo e fino, onde as frutas vermelhas e negras estão muito bem acompanhadas por delicadas mas complexas notas de barrica, num fundo mais vegetal e mentolado, não passando despercebidos os breves apontamentos terrosos e minerais, na boca denota uma elegância e uma vivacidade fantásticas, com os taninos a revelarem firmeza e o corpo uma estrutura e volume enormes, o paladar mostra-se poderoso, cheio de fruta preta, notas de barrica e ainda pimenta preta, além de uma leve sensação balsâmica e vegetal, o final de boca termina com um comprimento longo e uma excelente persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Mouchão 2011 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Vinhos da Cavaca Dourada, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Loureano
Nota de Prova: Apresenta uma cor praticamente opaca no centro e um fino rebordo de tonalidade violeta, no nariz destaca-se a elegância e envolvência dos frutos silvestres e pretos, subtilmente envolvidos por sugestivas notas de barrica de grande qualidade, além de uma breve sensação vegetal, que faz lembrar um ligeiro toque mentolado, formando um conjunto nobre, muito complexo e ao mesmo tempo sedutor, na boca é notória a sua juventude mas também a sua harmonia e envolvência, resultando num vinho aveludado, volumoso e muito encorpado, no paladar é a fruta preta e a barrica que dominam um conjunto sério e distinto, que tem uma enorme capacidade de envelhecimento, o final de boca termina com um comprimento muito longo e uma persistência que perdura no tempo.
Classificação Pessoal: 18

Etiquetas: