• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4440)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3604)

domingo, 8 de novembro de 2015

Apresentação dos Vinhos da Bodega Dominio del Bendito no Restaurante Tendinha - Parte II (Fev/2015)


No passado dia 20/02/2015 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar a Apresentação dos vinhos do Produtor Bodega Dominio del Bendito da região de Toro (Espanha), através da organização e convite de João Pedro Carvalho, responsável pelo Blog Copo de 3.
Na 2ª parte deste Evento, o Produtor teve a oportunidade de realizar uma Prova Vertical do seu vinho Tinto Topo de Gama: El Titán del Bendito, através da apresentação das colheitas de 2004 a 2011.

Prova comentada pelo Produtor/Enólogo Antony Terryn.



El Titán del Bendito 2004 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de forte tonalidade granada, o nariz evidencia aromas de fruta negra e sugestivas notas minerais e de barrica, bem como algumas sugestões apimentadas e ainda um toque de couro muito subtil, na boca é um vinho encorpado e volumoso, com uma delicada evolução e taninos firmes, no paladar domina a fruta preta e as notas de madeira, bem como um leve toque vegetal seco, formando um conjunto muito elegante e harmonioso, o final termina com um comprimento longo e persistente.
Classificação Pessoal: 18
El Titán del Bendito 2005 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada muito concentrada e um nariz muito fino e elegante, onde os aromas de fruta negra e cerejas maduras se complementam com um leve toque apimentado e especiado, na boca é um vinho envolvente, profundo, muito encorpado e com taninos poderosos mas ao mesmo tempo muito elegantes, no paladar destaca-se a fruta madura e a madeira, que se integram na perfeição e estã muito bem acompanhadas por delicadas nuances apimentadas, o final de boca termina longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
El Titán del Bendito 2006 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Cor granada de agradável intensidade, o nariz revela aromas florais e de fruta vermelha madura, além de evidenciar também notas de barrica e ainda uma certa mineralidade, na boca é um vinho muito equilibrado e envolvente, com uma agradável estrutura e taninos poderosos, revela um paladar muito frutado e especiado, além de apresentar breves apontamentos vegetais e minerais, termina com um final de boca muito longo e de elevada persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
El Titán del Bendito 2007 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Cor rubi intensa e muito concentrada, nariz rico em fruta vermelha e notas apimentadas, bem como delicadas notas florais e uma fina tosta que confere uma belíssima elegância ao conjunto, na boca é um vinho envolvente, profundo e muito encorpado, conta com um paladar cheio de fruta negra e notas especiadas, bem como alguma mineralidade, num fundo delicadamente vegetal, tostado e até ligeiramente achocolatado, termina com um final de boca longo e de enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18
El Titán del Bendito 2008 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Cor rubi muito carregada e nariz elegante e harmonioso, com a fruta vermelha e delicadas notas tostadas e florais a formarem um conjunto profundo e denso, na boca é um vinho mais fresco mas ao mesmo tempo envolvente e denso, com um corpo musculado e uma secura muito interessante, no paladar destaca-se a fruta preta e as notas minerais, bem como alguma pimenta preta e finas notas de barrica muito elegantes, o final de boca é longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 18.5
El Titán del Bendito 2009 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e concentrada e um nariz muito floral, com a fruta vermelha a revelar uma forte presença, agradavelmente envolvida por delicadas notas especiadas e de tosta fina, na boca é um vinho agradável, com taninos firmes mas ao mesmo tempo finos, no paladar destaca-se a fruta vermelha madura, as notas vegetais e ainda delicadas sugestões de especiarias, bem como alguma tosta, terminando com um final de boca de comprimento e persistência bem expressivos.
Classificação Pessoal: 17
El Titán del Bendito 2010 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15.5%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Cor rubi de intensidade média/alta, nariz rico em frutos silvestres e notas de especiarias, bem como algum floral e vegetal, na boca é um vinho encorpado e elegante, com taninos relativamente presentes e um paladar cheio de fruta preta e notas de especiarias, bem como alguma pimenta e ainda evidentes sugestões de barrica, o final de boca é muito prolongado, quer em termos de comprimento, quer na persistência.
Classificação Pessoal: 17
El Titán del Bendito 2011 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinta de Toro e Vinhas Velhas
Produtor: Bodega Dominio del Bendito
Álcool: 15.5%
Enólogo: Antony Terryn
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz muito fino, elegante e envolvente, onde os frutos do bosque combinam na perfeição com a barrica e delicadas notas florais, bem como com um leve toque vegetal e apimentado, na boca é um vinho profundo, volumoso e muito encorpado, onde o paladar revela uma elegância notável e uma riqueza invulgar, é revelador de imensas notas de fruta vermelha madura e especiadas e até vegetais, a barrica está muito presente e confere uma belíssima complexidade a conjunto que termina com um final de boca longo e de uma persistência incrível.
Classificação Pessoal: 19

Etiquetas: