• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (5012)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3988)

domingo, 31 de março de 2019

5088 - Solitar Mosel Riesling 2017 (Branco)



Região: Alemanha
Castas: Riesling
Produtor: Weingut S. A. Prüm
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 11.5%
Enólogo: Raimund Prüm, Saskia-Andrea Prüm e Michael Blümling
Notas de Prova: Cor amarela relativamente pálida e um nariz rico em aromas minerais e florais, além de delicadas notas citrinas e frutadas, na boca apresenta-se algo seco e com uma acidez citrina bem presente, sobressai a sua componente mais mineral e cítrica, com a fruta em segundo plano, o final de boca termina com um comprimento médio e uma secura bem presente.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Solitar is made with a selection os riesling wines from the Mosel. Its fragant aroma and fresh fruit flavour is perfectly balanced by a racy mineral character, making it the ideal pairing to fish and white meat.

Etiquetas: , , , , ,

Prova dos Vinhos La Sastrería de Espanha (Mar/2019)


No passado dia 17/03/2019, realizei uma Prova dos Vinhos La Sastrería de Espanha, juntamente com um grupo de amigos em Colares.

Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos, 1 branco, 1 rosé e 1 tinto.


La Sastrería Garnacha Blanca 2017 (Branco)

Região: Espanha
Castas:
Garnacha Branca
Produtor: Bodegas Añadas, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Óscar Martínez
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela viva com delicados laivos de tonalidade esverdeada, o nariz sugere aromas florais acompanhados por evidentes notas de fruta tropical, nomeadamente ananás, num fundo mais citrino e subtilmente mineral, na boca é um vinho agradável, muito fresco e com uma acidez média, no paladar realce para a frescura da fruta e dos citrinos, além de breves apontamentos minerais, terminando com um final de boca de comprimento médio e levemente seco.
Classificação Pessoal: 15.5
La Sastrería Garnacha 2017 (Rosé)

Região: Espanha
Castas:
Garnacha Tinta
Produtor: Bodegas Añadas, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Óscar Martínez
Nota de Prova: Cor vermelha carregada e nariz dominado pelos aromas de fruta vermelha, principalmente morangos, framboesas e até groselha, combinados com delicadas notas florais e ainda uma breve sensação vegetal, na boca é um vinho equilibrado, fresco e evidencia uma secura agradável, já o paladar revela dominadoras notas de frutos vermelhos misturadas com um ligeiro floral e vegetal, o final de boca termina com um comprimento curto/médio mas bem saboroso.
Classificação Pessoal: 15.5
La Sastrería Roble Garnacha 2016 (Tinto)

Região: Espanha
Castas:
Garnacha Branca
Produtor: Bodegas Añadas, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Óscar Martínez
Nota de Prova: Cor rubi de média concentração e nariz agradavelmente dominado por aromas frescos de fruta vermelha envolvidos por breves nuances florais, num fundo amplamente dominado pela baunilha e alguma tosta, na boca é um vinho correcto, de taninos redondos e com uma estrutura fácil e um volume médio, no paladar volta a evidencia exuberantes notas frutadas e abaunilhadas, com o final de boca a terminar com um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sábado, 30 de março de 2019

5087 - Soalheiro Alvarinho 2017 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Notas de Prova: Cor citrina brilhante e nariz rico em aromas de fruta tropical e maçã verde, notas florais e delicadas sugestões mais cítricas, na boca é um vinho equilibrado e muito fresco, onde revela uma acidez assinalável, no paladar destacam-se, além da fruta, evidentes notas citrinas e uma delicada sensação mineral e vegetal, o final de boca termina com um comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2018

Classificação Vinho Grandes Escolhas: ..............16.5
• Data da Revista: Fevereiro 2018

Rótulo: Soalheiro é a primeira marca de Vinho Verde Alvarinho de Melgaço, o ponto mais nortes de Portugal. As encostas soalheiras de Monção e Melgaço garantem o terroir perfeito para o nosso Alvarinho. Esperamos que sintam neste clássico do Soalheiro a sua elegante e vibrante expressão, algo que nos apaixona desde 1982.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 29 de março de 2019

5086 - Santa Vitória Grande Reserva 2015 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Syrah
Produtor: Casa de Santa Vitória - Sociedade Agro-Industrial, SA
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Nuno Cancela de Abreu e Bernardo Cabral
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira.




Classificação Pessoal: ......................................-


Rótulo: Situada em Beja, Região Alentejana, a Casa de Santa Vitória integra um projecto de enoturismo com 1.620ha onde hotelaria, gastronomia e viticultura se cruzam em perfeita harmonia com a natureza. Aqui se produzem vinhos com personalidade e carácter, encorpados, macios, de aromas intensos e muito elegantes. Vinificação: Produzido a partir das castas Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Syrah. Estagiou durante 13 meses em barricas novas de carvalho francês e, no mínimo, 1 ano em garrafa, até que a fruta e a madeira "casem" de uma forma perfeita e harmoniosa. Notas de Prova: Vinho encorpado, macio e muito equilibrado, com aromas florais e notas de chocolate, café e especiarias. Na boca apresenta complexidade e um final de prova longo. Consumo: Entre 16º e 18ºC com pratos de carnes vermelhas, caça ou queijos de massa mole.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 28 de março de 2019

5085 - Coutada Velha Signature 2016 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Viogner
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Cor amarela intensa com laivos de tonalidade esverdeada, o nariz sugere notas de tosta e baunilha, envolvidos por breves notas de fruta madura e uma delicada sensação citrina e mineral, na boca é um vinho equilibrado, com alguma estrutura e uma acidez agradável, no paladar destaca-se a fruta misturada com as notas de barrica e o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Este vinho tem origem numa Coutada na Herdade da Mata, no norte alentejano, em Arroilos. A coutada é uma área que durante décadas serviu como reserva e meio de preservação da grande biodiversidade existente. Este é um vinho complexo, estruturado, nobre e de perfil internacional. Um blend das castas Antão Vaz, Arinto e Viogner com estágio de 6 meses em barricas de carvalho francês novas e usadas. Combina bem com pratos de carne, peixes grelhados e queijos moles. Temperatura ideal 10ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 27 de março de 2019

5084 - Soalheiro Oppaco 2014 (Tinto)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho e Vinhão
Produtor: Quinta de Soalheiro
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 12%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Notas de Prova: Cor rubi de tonalidade avermelhada, o nariz sugere aromas de fruta preta e vermelha combinados com delicadas notas vegetais e florais, num fundo subtilmente mineral, na boca é um vinho seco, fresco e relativamente elegante, com taninos bem polidos e uma acidez interessante, no paladar volta a dominar a fruta vermelha apoiada em sugestões vegetais e de barrica, além de breves apontamentos de cacau e especiarias, o final de boca termina com um comprimento médio/alto.
Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2018

Classificação Revista de Vinhos A Essência do Vinho: 17
• Data da Revista: Fevereiro 2018

Classificação Revista de Vinhos A Essência do Vinho: 17
• Data da Revista: Novembro 2017

Classificação Revista de Vinhos A Essência do Vinho: 17
• Data da Revista: Outubro 2017

Rótulo: O primeiro tinto (vinho opaco) produzido no Soalheiro, uma nova dimensão para os tintos da região. Elaborado a partir de Vinhão (sinonimia Sousão em outra região - casta tinta) e Alvarinho (casta branca) tem uma cor elegante, aroma com alma e sabor harmonioso com leves notas de carvalho bem integradas (beber entre 14 e 16ºC).

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 26 de março de 2019

5083 - Quinta das Bágeiras Avô Fausto 2016 (Branco)



Região: DOC Bairrada
Castas: Maria Gomes
Produtor: Mário Sérgio Alves Nuno
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Mário Sérgio Alves Nuno
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz muito elegante e complexo, onde se destacam os aromas minerais e florais, além de breves apontamentos tropicais e citrinos, resultando num conjunto distinto e com uma fina sensação tostada e fumada, na boca revela-se um vinho com uma acidez vibrante, um volume elevado e uma estrutura bem vincada, no paladar realce para a sua componente mineral e citrina, além de uma juventude muito presente, o final de boca termina de uma forma prolongada e bem persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Outubro 2018

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 25 de março de 2019

5082 - Olho de Mocho Reserva 2017 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Catarina Vieira e Pedro Ribeiro
Notas de Prova: Cor amarela citrina com delicados laivos de tonalidade esverdeada, o nariz sugere exuberantes aromas cítricos e minerais, envolvidos por breves notas vegetais e de fruta fresca, na boca é um vinho jovem e muito vivo e equilibrado, com uma acidez bem presente e um paladar dominado pelas notas de citrinos e por sugestivos apontamentos minerais e até florais, o final de boca termina com um comprimento médio/alto e uma breve secura.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior alentejano, fica a Herdade do Rocim. Nesta propriedade com 60 hectares de vinha e adega própria, foi pensado e concebido este vinho ao qual quisemos dar um sabor genuíno e um aroma perfumado por mil cuidados, saberes e carinhos. Produzido com as melhores uvas da vindima de 2017, a partir da casta Antão Vaz.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 24 de março de 2019

5081 - Soalheiro Primeiras Vinhas Alvarinho 2017 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela citrina e um nariz dominado pelos aromas de fruta tropical muito fresca, apoiados por sugestivas notas minerais e citrinas, num fundo subtilmente fumado, na boca apresenta-se muito equilibrado, elegante e vivo, com o paladar a revelar-se muito frutado e floral, além de evidenciar uma forte componente mineral e especiada, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Alvarinho produzido a partir das primeiras vinhas - vinhas velhas - da Quinta de Soalheiro onde protegemos o ecossistema vitícola global fomentando a biodiversidade e a sustentabilidade ambiental. O Soalheiro Primeiras Vinhas inclui actualmente no lote uma seleção de uvas de Alvarinho plantadas em pé-franco e estágio parcial em pipa de carvalho de grande dimensão.Alvarinho produzido a partir das primeiras vinhas - vinhas velhas - da Quinta de Soalheiro onde protegemos o ecossistema vitícola global fomentando a biodiversidade e a sustentabilidade ambiental. O Soalheiro Primeiras Vinhas inclui actualmente no lote uma seleção de uvas de Alvarinho plantadas em pé-franco e estágio parcial em pipa de carvalho de grande dimensão. Visital virtual e notícias recentes em www.soalheiro.com.

Etiquetas: , , , , ,

Apresentação dos Vinhos Pinhal da Torre no Restaurante Tendinha (Jan/2019)


No passado dia 24/01/2019 teve lugar a Apresentação dos vinhos do Produtor Pinhal da Torre da região do Tejo, no Restaurante Tendinha em Mem Martins, através da organização e convite de Carlos Janeiro, responsável pelo Blog Comer, Beber e Lazer.
O Produtor teve a oportunidade de realizar uma Prova de vários dos vinhos do seu Portfolio.

Prova comentada pelo Produtor Paulo Saturnino Cunha.



Pinhal da Torre 2 Worlds 2015 (Branco)

Região: DOC Tejo
Castas: Chardonnay, Arinto e Fernão Pires
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 12.5%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz algo complexo e sem grande exuberância, com a fruta madura e os citrinos também maduros a revelarem-se mais presentes face a delicadas notas de barrica e um ligeiro toque floral, na boca revela alguma untuosidade, uma agradável acidez e uma estrutura interessante, evidenciando ainda uma leve secura e um delicado toque amanteigado, no paladar apresenta-se bem mais frutado e muito bem apoiado por notas tostadas e uma delicada sensação cítrica, o final de boca termina com uma agradável persistência.
Classificação Pessoal: 16
Pinhal da Torre 2 Worlds 2012 (Tinto)

Região: DOC Tejo
Castas: Syrah, Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e granada à volta, no nariz revela fruta vermelha madura envolvida por breves nuances vegetais e ligeiras sugestões apimentadas, na boca é um vinho equilibrado, com uma estrutura média e taninos bem redondos, no paladar destaca-se a fruta vermelha acompanhada por delicadas notas especiadas e uma sensação vegetal bem presente, o final de boca termina com um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15.5
Pinhal da Torre Resoluto 2015 (Tinto)

Região: DOC Tejo
Castas: Touriga Franca, Alicante Bouschet e Trincadeira
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz cheio de fruta vermelha fresca muito bem acompanhada por breves notas florais e de especiarias, num fundo ligeiramente marcado pela madeira e por uma delicada sensação mentolada, na boca apresenta-se estruturado, com uma agradável complexidade e uma juventude bem presente, principalmente nos taninos, no paladar volta a dominar a fruta vermelha envolvida por delicadas notas vegetais e breves apontamentos especiados, terminando com um final de boca de comprimento médio/longo.
Classificação Pessoal: 16.5
Pinhal da Torre The Syrah 2013 (Tinto)

Região: DOC Tejo
Castas: Syrah
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta, o nariz revela intensas notas vegetais e de fruta vermelha e preta bem frescas, envolvidas por uma delicada sensação balsâmica, num fundo marcado por elegantes notas fumadas e tostadas, na boca é um vinho encorpado, ligeiramente seco e com uma complexidade bem presente, no paladar realce para a harmonia existente entre a fruta vermelha e a barrica, num fundo mais vegetal e especiado, com o final de boca a terminar de uma forma bem prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Pinhal da Torre Antagonista 2013 (Tinto)

Região: DOC Tejo
Castas: Syrah e Garnacha
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz de grande elegância e complexidade, onde a fruta vermelha e silvestre bem maduras combinam na perfeição com breves notas mentoladas, diversas especiarias e uma leve sensação resinosa, num fundo marcado pela elegância da barrica e por um ligeiro toque fumado, na boca é um vinho encorpado e volumoso, envolvente, harmonioso e com taninos finos, no paladar é a fruta vermelha que domina o conjunto, estando muito bem secundada por breves nuances especiadas e apimentadas, o final de boca termina longo e com grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Pinhal da Torre Protagonista 2013 (Tinto)

Região: DOC Tejo
Castas: Touriga Franca, Alicante Bouschet e Syrah
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor rubi de intensidade alta e nariz muito bem preenchido por diversas frutas pretas, alguma compota e breves nuances de cacau, num fundo mais especiado, tostado e até mentolado, na boca é um vinho elegante, estruturado, muito encorpado e com taninos finos, no paladar voltam a dominar os frutos negros, muito bem acompanhados pela barrica e por sugestivas notas minerais, com o final de boca a terminar de uma forma bem prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Pinhal da Torre Resiliente 2013 (Tinto)

Região: DOC Tejo
Castas: Touriga Nacional, Syrah, Touriga Franca, Tinta Roriz, Alicante Bouschet, Sousão e Tinta Francisca
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de forte intensidade no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta brilhante, o nariz sugere elegantes e complexos aromas de fruta vermelha e preta, misturadas com sugestivas notas florais e barrica de grande qualidade, num fundo mais especiado e delicadamente balsâmico, na boca é um vinho volumoso, encorpado e com taninos vigorosos mas ao mesmo tempo finos, já o paladar revela uma mineralidade encantadora, além de subtis nuances de pimenta preta, tosta e fruta negra, que se revela dominadora, o final de boca termina longo e com uma enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Pinhal da Torre Tardio Late Harvest 2010 (Branco)

Região: DOC Tejo
Castas: Fernão Pires
Produtor: Pinhal da Torre
Álcool: 11%
Enólogo: Mário Andrade
Nota de Prova: Cor amarela intensa com laivos dourados, o nariz sugere aromas melados e florais envolvidos por uma delicada sensação de frutos secos, na boca mostra-se um vinho untuoso e harmonioso, onde revela um agradável equilíbrio entre a doçura e frescura apresentadas, no paladar volta a evidenciar-se o mel em conjunto com diversos frutos secos e uma delicada sensação citrina, terminando com um final de boca de comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sábado, 23 de março de 2019

5080 - Félix Martínez Cepas Viejas Reserva 2011 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Vinhas Velhas, Tempranillo e Outras
Produtor: Vinos Jeromin S.L.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 15%
Enólogo: Manuel Martínez Chacón
Notas de Prova: Cor vermelha intensa no centro e uma auréola de tonalidade granada, o nariz sugere aromas minerais e especiados, além de frutos vermelhos e pretos bem maduros, num fundo mais balsâmico e que faz lembrar caixa de charutos, na boca revela-se um vinho volumoso e encorpado, com taninos firmes mas nada pesados, no paladar sobressai a madeira envolvida por breves notas apimentadas e minerais, com a fruta preta em segundo plano e o final de boca a terminar bem prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Setembro 2018

Rótulo: Variedades: Tempranillo 90%, resto otras variedades. Crianza: 24 meses en barricas nuevas de la máxima calidad de roble Francés y Americano. Consumo recomendado: Corto y largo plazo. Temperatura de Servicio: Entre 16º y 18ºC. Nota de Cata: Bonito color picota muy cubierto, aroma potente con notas de fruta madura, hollejo y carácter de terruño. Muy elegante, armonioso y especiado, con la madera muy bien integrada en el conjunto. En boca es concentrado y complejo con notas minerales y unos taninos muy sedosos de fruta bien madura. Un vino muy largo y persistente.

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 22 de março de 2019

5079 - Hexagon 2009 (Tinto)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Syrah, Trincadeira, Tinto Cão e Tannat
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Notas de Prova: Cor granada profunda no centro, o nariz revela aromas elegantes e finos, onde se destaca a fruta preta, o chocolate e uma forte componente especiada, além de sugestivas notas florais, caixa de charutos e uma leve sensação abaunilhada, num fundo mais mineral e até ligeiramente balsâmico, na boca é um vinho grandioso, com um belíssimo volume, taninos sedosos e uma estrutura fantástica, o paladar revela-se muito semelhante ao nariz, rico em frutos negros, madeira, pimenta preta e algum chocolate, com o final de boca a terminar longo e com uma enorme persistência.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Março 2019

Rótulo: Seis lados, mas também seis uvas e seis gerações. A sexta colheita de Hexagon foi produzida a partir das castas Touriga Nacional, Touriga Francesa, Syrah, Trincadeira, Tinto Cão e Tannat plantadas nas vinhas da José Maria da Fonseca na Península de Setúbal. Hexagon é a procura da excelência que tem marcado a minha geração e a minha família ao longo dos tempos. Este vinho pode criar depósito. Domingos Soares Franco.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 21 de março de 2019

5078 - Quinta do Carmo 2017 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Roupeiro, Arinto e Antão Vaz
Produtor: Sociedade Agrícola Quinta do Carmo, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Hugo Carvalho
Notas de Prova: Cor pálida de tonalidade amrelo/palha, o nariz sugere expressivos aromas cítricos e florais, acompanhados por frescas notas de fruta e um delicado toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez muito interessante e uma estrutura agradável, o paladar evidencia notas minerais e citrinas, além de imensa fruta e uma leve sensação floral, o final de boca termina com um comprimento relativamente prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Pessoal: Julho 2018

Rótulo: Das vinhas da Quinta do Carmo plantadas em terrenos argilo-xistosos, selecionámos as castas Roupeiro, Arinto e Antão Vaz. Com um aroma exuberante, o Quinta do Carmo branco apresenta uma boa acidez natural que lhe confere uma frescura e vivacidade única. Ideal com pratos de peixe. Servir à temperatura de 12ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 20 de março de 2019

5077 - Dido La Universal 2011 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Garnacha Tinta, Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah
Produtor: Venus La Universal S.L.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Sara Pérez e René Barbier
Notas de Prova: Cor granada intensa e nariz muito fino e elegante, onde os aromas de fruta vermelha madura se envolvem com sugestivas notas especiadas e de barrica, num fundo levemente marcado pelo couro e por uma certa mineralidade, na boca é um vinho equilibrado, encorpado e com um volume acima da média, no paladar destaca-se a frua vermelha, muito fresca e madura, além de leves notas apimentadas e de especiarias, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Novembro 2018

Rótulo: Sòls de granit - Agricultura sostenible.

Etiquetas: , , , , , , ,

terça-feira, 19 de março de 2019

5076 - Vila Ruiva Premium 2016 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz e Arinto
Produtor: Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, C.R.L.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Luis Morgado Leão
Notas de Prova: De cor amarelo/citrino, revela um nariz marcado pela fruta tropical madura envolvida por breves notas citrinas e vegetais, na boca é um vinho fácil, com uma acidez correcta e uma ligeira secura, no paladar apresenta mais fruta do que notas de citrinos e o final de boca termina com um comprimento algo curto.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Vinho branco produzido com origem nas castas Antão Vaz e Arinto, cor citrina clara, aroma de grande intensidade a fruta tropical, sabor muito fresco e com uma acidez extremamente equilibrada, final fresco e longo. Deve ser consumido à temperatura de 7 a 9ºC.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 18 de março de 2019

5075 - Raimat Ventada Garnatxa Blanca 2016 (Branco)



Região: Espanha
Castas: Garnacha Blanca
Produtor: Bodegas Raimat
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Mark Nairn
Notas de Prova: Cor pálida levemente esverdeada, o nariz revela aromas citrinos e minerais apoiados por breves notas apetroladas e vegetais, na boca é um vinho equilibrado, fresco e com uma acidez interessante, no paladar aparece a fruta subtilmente misturada com as nuances limonadas e minerais, com o final de boca a terminar de uma forma seca e medianamente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: 9 intensitats. Cuerpo intenso. Exhuberante. Aperitivos y Arrossos.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 17 de março de 2019

5074 - Casa Ermelinda Freitas Reserva Syrah 2014 (Tinto)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Syrah
Produtor: Casa Ermelinda Freitas
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Jaime Quendera
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz rico em aromas de frutos pretos e notas especiadas e balsâmicas, num fundo subtilmente marcado por breves nuances achocolatadas e vegetais, na boca é um vinho equilibrado, com um volume ligeiramente acima da média e taninos redondos, no paladar destaca-se a fruta preta, as notas especiadas e uma ligeira sensação de barrica, com o final de boca termina com um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Para nós a procura de novos paladares e aromas é uma constante na medida em que pretendemos levar até si sempre novas sensações que lhe permitam envolver-se ainda mais com este fascinante mundo do vinho. Temos por isso mesmo, nas nossas vinhas, pequenas plantações de diversas castas que de quando em vez nos proporcionam a produção de vinhos que consideramos de grande qualidade. Este vinho produzido da casta Syrah, é disso mesmo um óptimo exemplo. Deverá ser servido a 16-18ºC. Pronto a consumir, caso deseje guardar, guardar em local fresco com garrafa deitada por um período máximo de 9 anos. Leonor Freitas Proprietária.

Etiquetas: , , , , ,

E mais uma Prova Vertical do Vinho Tinto Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas no Restaurante Rubro (Jan/2019)


No passado dia 18/01/2019, realizei uma Nova Prova Vertical do Vinho Tinto Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas, do produtor Quinta do Crasto da região do Douro, juntamente com um grupo de amigos no restaurante Rubro, em Lisboa.

Esta prova foi efectuada com a degustação de 4 colheitas: 2009, 2010, 2012 e 2013.


2196 - Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2009 (Tinto)Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2009 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14.5%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor granada intensa, de forte concentração no centro e com uma delicada auréola de tonalidade avermelhada, o nariz sugere elegantes aromas de frutos pretos e diversas notas especiadas, muito bem envolvidas pela barrica de grande qualidade e complexidade, num fundo a fazer lembrar algum couro e também uma subtil sensação mineral, na boca é um vinho muito encorpado, com taninos sedosos e um volume notável, no paladar merece todo o destaque a perfeita harmonia existente entre a fruta vermelha e preta bem maduras, a barrica e ainda breves nuances de pimenta preta, o final de boca termina com um comprimento longo e uma enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2010 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor rubi de média concentração e um delicado rebordo de tonalidade granada, o nariz surpreende com uma elegância e complexidade notáveis, revelando fruta vermelha madura em perfeita harmonia com as notas de barrica e com um ligeiro perfume floral, num fundo mais especiado e delicadamente mineral, na boca é um vinho elegante, estruturado, muito encorpado e envolvente, com o paladar a evidenciar notas de fruta vermelha e preta maduras, bem como um ligeiro toque apimentado e breves nuances de barrica, o final de boca termina com um comprimento bem prolongado e uma persistência duradoura.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2012 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14.5%
Enólogo: Dominic Morris e Manuel Lobo
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e profunda no centro, com laivos brilhantes de tonalidade violeta/avermelhada, no nariz destacam-se os aromas florais, de fruta vermelha e do bosque, agradvelmente envolvidos por sugestivas notas tostadas e de diversas especiarias, num fundo subtilmente mineral, na boca é um vinho elegante, complexo e volumoso, com um paladar cheio de fruta madura e onde a barrica está muito bem integrada no conjunto, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2013 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14%
Enólogo: Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada no centro e laivos de tonalidade violácea, o nariz apresenta-se muito jovem, com os aromas florais e de frutos silvestres a destacarem-se, além de evidenciar notas especiadas e de barrica muito presentes, na boca é um vinho encorpado e volumoso, com taninos bem presentes mas ao mesmo tempo elegantes, no paladar realce para a dominadora fruta preta madura em conjunto com delicadas notas tostadas, vegetais e também especiadas, o final de boca termina longo.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

sábado, 16 de março de 2019

5073 - Viña Pomal Gran Reserva 2010 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Tempranillo e Graciano
Produtor: Bodegas Bilbaínas
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Alejandro López
Notas de Prova: Cor rubi concentrada no centro e uma auréola de tonalidade violeta e avermelhada, o nariz revela aromas de frutos silvestres e diversas especiarias, num fundo mais tostado e ligeiramente achocolatado, na boca é um vinho equilibrado, com taninos bem presentes mas nada pesados e um volume médio/alto, no paladar domina a fruta preta madura envolvida pela barrica e por leves notas minerais, com o final de boca a terminar com um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Estandarte de los Grandes Reservas, esencia de Rioja. Con 90% Tempranillo y 10% Graciano, el vino envejece durante 24 meses en barrica de roble americano y 36 meses en botella. Rubí intenso, con tonos teja. Intenso aroma a frutos rojos y especias, con matices a vainilla y torrefactos. Clásico, de gran elegancia y madurez espléndida.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 15 de março de 2019

5072 - Quinta do Carmo Reserva 2015 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Roupeiro, Arinto e Antão Vaz
Produtor: Sociedade Agrícola Quinta do Carmo, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Hugo Carvalho
Notas de Prova: Cor amarela intensa e nariz muito complexo, com aromas florais misturados com delicadas notas citrinas e minerais, num fundo marcado pela tosta e pela madeira, na boca revela untuosidade e estrutura, com uma acidez equilibrada e um volume interessante, no paladar apresenta-se mais frutado e citrino do que mineral e especiado, com o final de boca a terminar com um comprimento e uma persistência acima de média.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Pessoal: Junho 2018

Rótulo: Quinta do Carmo Reserva Branco, é produzido apenas em anos de qualidade excepcional, com as castas Roupeiro, Arinto e Antão Vaz. Com boa estrutura, acidez e frescura, este vinho fermentou e estagiou em barricas de carvalho francês.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 14 de março de 2019

5071 - Ossian 2010 (Branco)



Região: Espanha
Castas: Verdelho e Vinhas Velhas
Produtor: Ossian Vides y Vinos S.L.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Ismael Gozalo
Notas de Prova: Cor de ouro, com uma tonalidade amarela intensa e forte laivos dourados, o nariz revela elegantes e finas notas minerais e de fruta tropical muito madura, apoiadas por um toque fumado e especiado, num fundo mais apetrolado, na boca destaca-se a sua untuosidade e acidez, além de um volume grandioso e de um paladar marcado por frutos secos, citrinos bem maduros e uma fina sensação de barrica, o final de boca termina longo.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Setembro 2018

Rótulo: Vino de la Terra de Castilla y León. Vino de uva de Agricultura Ecológica. Permanencia en barrica, 9 meses. Viñas viejas Verdejo 100% fermentado y criado en barricas francesas en el antiguo Monasterio del Parral.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 13 de março de 2019

5070 - Legaris Reserva 2011 (Tinto)



Região: Espanha
Castas: Tinto Fino
Produtor: Legaris S.L.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Jorge Bombín
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi profunda e um nariz rico em aromas de frutos vermelhos e notas de barrica, além de sugestivos apontamentos de baunilha e um ligeiro toque fumado, na boca é um vinho equilibrado e encorpado, com um bom volume e taninos polidos, no paladar volta a destacar-se a fruta madura, além de breves notas de madeira, especiarias e também algum couro, o final de boca termina com um comprimento longo.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: 100% Tinto Fino. Este vino ha sido elaborado con métodos naturales para preservar sus características, por lo que puede presentar sedimentos en botella. Se recomenda su decantación.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 12 de março de 2019

5069 - Piteira Signature 2016 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Alfrocheiro, Alicante Bouschet, Aragonez, Moreto e Trincadeira
Produtor: Amareleza, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Piteira
Notas de Prova: Cor rubi de média concentração, o nariz revela notas florais e fruta vermelha bem presente, num fundo delicadamente especiado e vegetal, na boca apresenta-se um vinho equilibrado, com taninos redondos e um volume médio, no paladar sobressai a fruta vermelha, além de subtis notas apimentadas e florais, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: A filosofia deste vinho tem origem no próprio nome. Com o objectivo de criar um vinho fiel à sua origem, criado em vinhas únicas, com pouca intervenção, verdadeiro e honesto, apresento-vos as minhas origens. Saúde! José Piteira.

Etiquetas: , , , , , , , ,

segunda-feira, 11 de março de 2019

5068 - Herdade dos Grous 2014 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Gouveio
Produtor: Herdade dos Grous
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luís Duarte
Notas de Prova: Cor amarelo algo carregado com uma ligeira tonalidade dourada, o nariz mostra-se mais frutado do que cittrino, embora a sua evolução seja já evidente, na boca revela uma acidez curta, fruto da sua evolução, com o paladar a mostrar-se mais limonado e delicadamente floral, o final de boca termina seco e curto de comprimento.

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Criado a partir das castas Antão Vaz, Arinto e Gouveio, foi vinificado a baixas temperaturas de modo a evidenciar a exuberância de cada casta . É um vinho fresco, elegante e com grande intensidade aromática.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 10 de março de 2019

5067 - Vidigueira Premium 2016 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Roupeiro
Produtor: Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, C.R.L.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12%
Enólogo: Luis Morgado Leão
Notas de Prova: Cor citrina com delicados laivos de tonalidade esverdeada, o nariz revela breves notas cítricas e de fruta madura, apoiadas por apontamentos florais, na boca é um vinho correcto, com uma acidez mediana e um paladar marcadamente citrino, relegando para segundo plano a fruta e um ligeiro toque vegetal, o final de boca termina pouco expressivo.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho branco Marquês de Borba Colheita 2018 (Mar/2019)


No passado dia 02/03/2019, realizei uma Prova do vinho branco Marquês de Borba Colheita 2018 do produtor João Portugal Ramos do Alentejo

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor João Portugal Ramos - Vinhos, SA pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Marquês de Borba Colheita 2018 (Branco)

Região: DOC Alentejo
Castas: Arinto, Antão Vaz e Viognier
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Álcool: 12.5%
Enólogo: João Portugal Ramos
Nota de Prova: Cor citrina pálida e nariz fresco, onde dominam os aromas florais e cítricos, além de uma delicada sensação mineral e de fruta tropical, na boca é um equilibrado, com uma estrutura delicada e uma acidez correcta, no paladar realce para a sua componente mais frutada e limonada, secundada por breves nuances minerais, o final de boca termina com um comprimento curto.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

sábado, 9 de março de 2019

5066 - CARM 2014 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Rabigato, Códega de Larinho e Viosinho
Produtor: CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: João Garrido
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela com laivos dourados e um nariz que faz lembrar fruta madura e breves notas limonadas, num fundo subtilmente mineral, na boca revela uma evolução muito ligeira e uma acidez bem presente, além de uma estrutura bem interessante, no paladar volta a dominar a fruta e as notas citrinas maduras, com o final de boca a terminar com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Sobre este vinho: Produzido na nossa Adega, em Almendra, no Douro Superior, a partir de uvas de castas tradicionais em todo o Douro, de modo a exprimir a excelência desta região para vinhos brancos de grande complexidade. Nota de Prova: Aroma fresco, frutado e mineral, paladar muito fresco com volume invulgar e longo. Acompanha: Peixe, crustáceos, carnes brancas e vegetais. Servir: Fresco 10º / 11ºC. Grape Varieties: Códega de Larinho, Rabigato, Viosinho.

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 8 de março de 2019

5065 - Paulo Laureano Bucelas 2014 (Branco)



Região: DOC Lisboa
Castas: Arinto e Sercial
Produtor: Paulo Laureano Vinus, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor dourada e nariz dominado por notas evoluídas de fruta em passa e alguns frutos secos, num fundo ligeiramente marcado por notas de citrinos bem maduros, na boca apresenta-se já um vinho demasiado evoluído, com alguma secura e um paladar delicado, com notas de fruta já muito madura, o final de boca termina seco e curto.

Classificação Pessoal: ......................................12
• Data da Prova: Junho 2018

Rótulo: Acredito nas nossas castas, nas suas cores, nos seus aromas e sabores, por isso elegi-as como suporte dos meus vinhos. A minha aposta é desenhar vinhos exclusivamente com castas portuguesas, vinhos feitos com o que é nosso, aquilo que todos nos orgulhamos. Paulo Laureano. "Bucelas escondida, encastoada e quase esquecida entre os seus vales apertados abafados pelas suas altas colinas, diamante bruto que ninguém se dá ao trabalho de lapidar e montar no engaste a que tem direito." [Ferreira Lapa, João Inácio; Technologia Rural ou Artes Chímicas, Agrícolos-Florestais, 1ª parte: Produtos Fermentados, Tipografia da Academia Real de Ciências, 1885], Com este vinho de Arinto e Sercial (Esgana-Cão), desenhado nos vales apertados mas deslumbrantes de Bucelas vitivinícola, queremos responder ao desafio do ilustre Ferreira Lapa.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 7 de março de 2019

5064 - Pacheca 2015 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Produtor: Quinta da Pacheca, Sociedade Agrícola e Turística, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Maria Serpa Pimentel
Notas de Prova: Cor rubi de média concentração, o nariz revela delicados aromas de fruta vermelha misturados com breves notas vegetais e especiadas, na boca é um vinho correcto, de estrutura média e taninos bem redondos, no paladar sobressai ligeiramente a fruta, vermelha e do bosque, com o final de boca a terminar de uma forma relativamente curta.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Pacheca tinto 2015, obtido a partir de uvas das castas Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca, de cor rubi intensa, aroma frutado e elegante. Boca bem equilibrada com taninos polidos e final longo.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 6 de março de 2019

5063 - Bucellas Arinto 2016 (Branco)



Região: DOC Lisboa
Castas: Arinto
Produtor: Enoport - Produção de Bebidas, S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Nuno Faria
Notas de Prova: Cor pálida e levemente esverdeada, o nariz sugere frescos aromas citrinos misturados com breves notas florais e alguma fruta tropical, na boca é um vinho delicado, com uma acidez correcta e um paladar mais frutado que citrino, o final de boca termina com um comprimento curto mas agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2018

Rótulo: Arinto (100%). Cor citrina definida com ligeiros tons esverdeados. Aroma característico da casta Arinto onde se destacam os frutos tropicais e os citrinos, flores e frutos de polpa branca. Sabor frutado, frescura viva, harmonioso e elegante. Acompanhar como aperitivo, iguarias à base de peixes cozidos ou grelhados, mariscos, pizzas, carnes brancas grelhadas, pratos japoneses e chineses. É da Quinta do Boição, localizada em Bucelas que provêm as uvas da casta Arinto, que deram origem a este vinho. 8ºC.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 5 de março de 2019

5062 - Ravasqueira Vinha das Romãs 2015 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Franca e Syrah
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira.






Classificação Pessoal: ......................................-


Rótulo: Distinta pela concentração e elegância as uvas, o Vinha das Romãs tornou-se Icon do Monte da Ravasqueira pela influência das antigas romãnzeiras que existiam na actual vinha, dando origem todos os anos a um blend de Touriga Franca e Syrah, em proporções sempre diferentes. Estagiou 20 meses em barricas novas de carvalho francês. Irá ter uma evolução positiva em garrafa nos próximos 15 anos.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 4 de março de 2019

5061 - Adega Mayor Seleção 2016 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Verdelho, Antão Vaz e Arinto
Produtor: Adega Mayor
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Reguinga, Carlos Rodrigues e Bruno Pinto da Silva
Notas de Prova: Cor citrina pálida e nariz agradavelmente marcado por aromas limonados e florais, acompanhados por breves notas de fruta madura, na boca é um vinho muito fresco, com uma acidez interessante e uma certa secura, no paladar dominam as notas mais cítricas e frutadas, com o final de boca a terminar com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Junho 2018

Rótulo: Abre os sentidos à melodia. Na planície alentejana os instantes retratam-se por inteiro. Em cada garrafa, o autorretrato de uma terra abre a imaginação. É assim que se revelam as verdades eternas - nos instantes que sentimos e guardamos para sempre no coração. Descarregando na eira. Fotografia de Fernando da Silva Dias. In "Campo Maior a pretoe branco. Dos anos vinte aos anos cinquenta". Cedida pela Arqº Luís Dias Caraças. Verdelho, Antão Vaz, Arinto. 10-12º.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 3 de março de 2019

5060 - Quintas de Borba Grande Reserva 2014 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Syrah e Touriga Nacional
Produtor: Adega Cooperativa de Borba, C.R.L.
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Óscar Gato
Notas de Prova: Cor granada de intensidade média/alta, o nariz sugere aromas de frutos pretos misturados com sugestivas notas de baunilha e tosta, num fundo delicadamente floral e especiado, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e uma complexidade e volume bem presentes, no paladar destaca-se novamente a fruta negra, bem como nuances de barrica e um leve toque de chocolate preto, com o final de boca a terminar de uma forma agradavelmente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2018

Rótulo: Alicante Bouschet, Syrah, Touriga Nacional. 16 - 18ºC. De cor granada, aroma a compota de frutos negros, sabor cheio com taninos suaves, frutados e tostados, de frescura final a cacau adocicado. Acompanhamento ideal para a rica gastronomia tradicional portuguesa.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova Vertical do Vinho Tinto Quinta de Cidrô Touriga Nacional no Restaurante Rubro (Fev/2019)


No passado dia 08/02/2018, realizei uma Prova Vertical do Vinho Tinto Quinta de Cidrô Touriga Nacional, do produtor Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A da região do Douro, juntamente com um grupo de amigos no restaurante Rubro, em Lisboa.

Esta prova foi efectuada com a degustação das últimas 4 colheitas: 2013, 2014, 2015 e 2016.


Quinta de Cidrô Touriga Nacional 2013 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 14%
Enólogo: Jorge Moreira
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz agradavelmente marcado por aromas de frutos vermelhos, acompanhados por evidentes e bem interessantes notas de barrica e de algum couro, num fundo mais especiado e subtilmente balsâmico, na boca é um vinho equilibrado, estruturado e com um volume médio, os taninos revelam uma boa presença e o paladar denota uma excelente integração entre a fruta madura, a madeira e ainda diversas especiarias, o final de boca termina com um comprimento médio e uma persistência prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Quinta de Cidrô Touriga Nacional 2014 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 14%
Enólogo: Jorge Moreira
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi com laivos violetas brilhantes, o nariz revela frescas notas florais e de fruta vermelha, envolvidas por delicadas notas tostadas e uma ligeira sensação vegetal, na boca é um vinho agradável, com uma estrutura e volume acima da média e taninos finos, no paladar revela-se um vinho muito frutado, em perfeita harmonia com notas florais e de barrica, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência prolongados.
Classificação Pessoal: 17
Quinta de Cidrô Touriga Nacional 2015 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 14%
Enólogo: Jorge Moreira
Nota de Prova: Cor rubi de forte tonalidade avioletada, o nariz sugere frescos aromas florais agradavelmente misturados com a fruta preta e do bosque, num fundo que faz lembrar especiarias, tosta e até uma ligeira sensação de cacau, na boca é um vinho equilibrado, muito fresco e com um corpo cheio e um volume interessante, o paladar apresenta-se mais especiado e tostado, embora a fruta preta madura também esteja bem presente, o final de boca termina algo seco e com um comprimento relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta de Cidrô Touriga Nacional 2016 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 14%
Enólogo: Jorge Moreira
Nota de Prova: Cor rubi de média concentração e um rebordo intensamente marcado por tons violáceos, o nariz apresenta exuberantes aromas florais, especialmente violetas, além de frescas notas de amoras e frutos vermelhos, num fundo mais vegetal e ligeiramente mentolado, na boca revela toda a sua juventude, num conjunto fresco e de taninos firmes, já o paladar apresenta-se mais frutado e floral e onde a barrica confere uma certa complexidade a um conjunto que termina com um final de boca de comprimento e persistência médios.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas: